Mapa de visitantes

terça-feira, 31 de julho de 2012

Animais da Amazônia 2

Animais da Amazônia 2
Inicialmente iremos publicar as fotos de outros animais de Abaetetuba e, com o tempo, iremos acrescentando os devidos textos. São animais que faziam parte de nossa memória ambiental ou que ainda fazem parte do cotidiano e cultura de Abaetetuba.
 Esta multicolorida cobra é a famosa cobra cutimbóia que não é venenosa
e vive caçando ratos e outros pequenos animais para a sua
alimentação. A da foto vive no telhado da casa, caçando
ratos. Ela também enfrenta e geralmente vence as lutas
contra outras cobras venenosas e as vencidas são engolidas
pela cutimbóia. Quando uma pessoa tenta atacar esse tipo
de cobra ela rimpa a pessoa com o rabo e a rimpada é
dolorida

 As corujas de Abaetetuba estão rareando cada vez mais.
A coruja murucututu não foi mais ouvida soaltando seus
gritos. Igualmente também a coruja "rasga mortalha", com seus
gritos como que rasgando panos grosos. A "corujinha do luar"
não mais cantou e só existem a coruja dos telhados quando
estão criando seus filhotes e perturbando o sono das pessoas
durante bom tempo da noite

 Essa ranzinha é uma das muitas espécies de rãs do brejo
que quando chove sai de seu habitat na caça de insetos
e acasalamento e são muito fáceis de capturar com
as mãos

 As garças brancas, garcinhas brancas e garças cinzentas
já não mais existem nas praias e mangues de Abaetetuba
e só existem em viveiros ou parques de Belém. Antigamente
as garças eram caçadas para a retirada de suas penas que
serviam como caneta-tinteiro ou outro objeto feito de penas
de aves

 Os guarás já não mais são vistos no Baixo Tocantins e só
podem ser encontrados em terras do Arquipélago do Marajó
ou nos viveiros e parques de Belém

 Guarás sendo alimentados em parques de Belém

Tartarugas
 Tartarugas, jabotis, muçuãs e tracajas, que existiam em
grande quantidade nas matas do Baixo Tocantins, agora são
animais raros e que existem só na forma de brinquedos

Tartarugas e tracajás são quelônios de vida aquática e 
jabotis são terrestres e todos em falta nos rios e matas
do Baixo Tocantins.

Blog do Ademir Rocha, de Abaetetuba/Pa

4 comentários:

  1. gostaria de saber se o lagarto preto é normal aparecer em casa na cidade? o meu gato já matou 2,só os vi mortos.Obrigada

    ResponderExcluir
  2. Cara Marli Catharino, se vc se refere ao lagarto preto com foto postada aqui pelo Blog do ADEMIR ROCHA, esse lagarto é urbano e vive pelos muros das cidades amazônicas, especialmente Belém, onde esse foi fotografado em estado estático e, naturalmente, cachorros e gatos podem matar o referido, ele não é muito grande, e não é páreo para gatos e cachorros e vive à custa da caça de insetos e outros animais menores.

    ResponderExcluir
  3. Qual o nome da espécie desse lagarto preto encontrado nos muros?

    ResponderExcluir
  4. Caro Caio Dias, o nome científico eu não sei, mas ele faz parte do nosso dia-a-dia e pode ser encontrado pelos muros das cidades e paredes de casas e nós o chamamos de lagarto preto em contraposição ao lagarto verde, que também é encontrado com facilidade. abçs, Ademir Rocha

    ResponderExcluir