Mapa de visitantes

terça-feira, 28 de julho de 2015

"Tesouro descoberto no rio Amazonas" - anais_095_1975-1976_01.pdf

"Tesouro Descoberto no Rio Amazonas"
 Códices do Padre João Daniel
 Códice do Padre João Daniel - Anais da Biblioteca Nacional - Volume 95 TI 1975 - Divisão de Publicações e Divulgação - 1976.

Como pode um padre prisioneiro, proibido e destituído de tudo, escrever com precisão, tanta coisa?

Sobre Rios, Lugares, Vilas, Índios, Flora e Fauna

Clique na legenda em azul abaixo e leia o português quase arcaico

anais_095_1975-1976_01.pdf

Felipe Patroni: o paraense que a história maltrata (Série sobre os 180 anos da Cabanagem, escrita por Lúcio Flávio Pinto)

Felipe Patroni: o paraense que a história maltrata (Série sobre os 180 anos da Cabanagem, escrita por Lúcio Flávio Pinto)

Clique na legenda acima e veja fotos e textos interessantes escritos pelo jornalista Lúcio Flávio Pinto sobre Felipe Patroni, Batista Campos sobre o fato histórico da Cabanagem, que muitos ainda não dimensionaram sua importância histórica para o Pará.

Belém vai completar 400 anos e os governantes não estão se dando conta da importância desse fato para a História da Capital do Pará e do próprio Pará como um todo. Pelo contrário, alguns fatos históricos de nossa história paraense são até ignorados, talvez com receio de que esses fatos históricos se repitam dado as condições precárias em que se encontram vários setores dos deveres governamentais em que se encontram como as questões da Segurança, Saúde, Educação, Saneamento, Meio Ambiente, Cultura, Transportes, Indústria, Agricultura, Pesca, Urbanismo, sem falarmos no estado precário em que se encontra a História-Memória da Capital Paraense, como demonstram o completo abandono em que vários segmentos da Arquitetura Colonial e Provincial que, por conta desse descaso e consequente deterioração, vêm paulatinamente desabando por conta da falta de cuidados e dos incêncios que vêm destruindo pouco a pouco nossos monumentos históricos. Então, sem os serviços obrigatórios citados acima e com a destruição de nosso patrimônio histórico não teremos muito o que fazer nos 400 anos de Belém.  

Reproduzido pelo Blog do Ademir Rocha

Animais 62 - Cabas 4 e Outros Pequenos Animais de Abaetetuba e Região

Animais 62 - Cabas 4 e Outros Pequenos Animais de Abaetetuba e Região

Caba piranga












Soldadinho bicolor preto e branco e ninfas de soldadinho


Cigarra rosa variedade escura






Parasita branco de plantas com patas





Palmeira em vaso


Blog do Ademir Rocha, de Abaetetuba/PA

domingo, 12 de julho de 2015

Animais 61 - Ararutas, Sararás, Camarões e Outros Pequenos Crustáceos e Animais de Abaetetuba e Região

Animais 61 - Ararutas, Sararás, Camarões e Outros Pequenos Crustáceos e Animais de Abaetetuba e Região

Araruta amarela com pintas pretas


















Araruta amarela com pintinhas pretas


















Araruta preta dorminhoca












Ararutinha marrom com pintas e manchas



















Araruta branca
A araruta branca tem as pernas brancas e nas fotos pode
estar no meio de outros tipos de crustáceos.
Esses animais vêm junto com os camarões vendidos na
feira de Abaetetuba e, geralmente, já vêm quase mortos
ou mortos mesmo, como os camarões onde estão misturados
e acondicionados em grandes paneiros.
 Na foto abaixo temos as ararutas: pintadinha, dorminhoca (cor preta),
araruta de pintas grandes, araruta branca
 Na foto abaixo: camarão de água doce (uma das espécies),
araruta pintadinha e sarará de unha grande
 Abaixo a araruta branca está bem visível, junto com a pintadinha


 Araruta branca por cima das outras
 Sarará da unha grande
A grande unha desse tipo de sarará tem o tamanho do
próprio animal. Deve servir na abertura de buracos na ribanceira
do rio ou igarapé e, pode servir na captura de comida, presas, etc.






 Observe o tamanho da unha grande. Repare que esse sarará
já está todo estropiado e com falta de patas





 Sarará de unha grande, fora da água









Camarão de água doce e camarão pitu
O camarão pitu é grande e colorido














Camarão de água doce e camarãozinho tiririca com listas e unhas grandes
Abaixo, temos o camarão branco azulado de águas doces e, no meio deles, temos um
camarãozinho patudo e de cor violeta com listas














 Camarão branco azulado e no meio o camarãozinho patudo, de cor violeta
e com listas





 Repare abaixo o tamaninho do camarãozinho patudo com o camarão
branco azulado.
 Camarão branco azulado e no meio o camarãozinho patudo com listas e de cor violeta.


Lenda do camarãozinho patudo com listas
Dizem os ribeirinhos que esse camarãozinho, que vem no meio do
camarão de água doce do Baixo Tocantins e Marajó, que ele é a mãe
dos camarões e que, sem ele, não existiriam as demais espécies de
camarão dessas regiões. Portanto, é um camarão místico, na visão
do povo ribeirinho.









Quando fritos, os camarões pitu e o de água doce apresentam
coloração vermelha



Caramujo marrom


Caramujo marrom com pintas e listas
Os diferentes tipos de caramujos vêm junto com os camarões




Caramujo amarelo com listas pretas






Blog do Ademir Rocha, de Abaetetuba/PA