Mapa de visitantes

sábado, 14 de janeiro de 2012

AMBIENTALISMO: COLETA SELETIVA E AÇAÍ


AÇAÍ E COLETA SELETIVA EM DESTAQUE

Fonte: http://coomclima.blogspot.com

Cooperativa dos Catadores de Abaetetuba

COLETA SELETIVA, NÓS FAZEMOS!

ABAETETUBA-PA


Regularização dará às organizações acesso a linhas de crédito do Estado

A Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri) e o Instituto de Desenvolvimento Econômico e Educacional Açaí firmaram convênio para beneficiar 40 cooperativas e associações de produtores de açaí e catadores de materiais recicláveis dos municípios de Igarapé-mirí, Igarapé-Açu, Abaetetuba, Moju, Barcarena, Cametá, Baião, Oeiras do Pará, Acará, Tailândia e Limoeiro do Ajurú. Segundo Geraldo Tavares, gerente de Fruticultura da Sagri, o convênio, no valor de R$ 150 mil, objetiva regularizar essas entidades, que juntas têm cerca de dois mil filiados, conforme informações do Instituto Açaí. A partir daí, elas poderão participar de outros projetos financiados pelo Governo. "As entidades foram escolhidas pelo Instituto para serem conveniadas e participarem de futuros projetos", observou.

Arnaldo Silva, presidente do Instituto Açaí, explica que o convênio, firmado no final do ano passado, envolve quatro cooperativas de catadores de materiais recicláveis, sete cooperativas mistas, que produzem açaí no verão e peixe no inverno, e nove associações e cooperativas de produtores de frutas, entre elas o açaí. "Nós já estamos legalizando todas essas associações que antes não tinham apoio do Governo", observou. Com isso, as entidades vão poder ficar em dia com tribunais de contas, INSS e outros órgãos, estando aptas a participar de grandes projetos.

Um dos projetos do Instituto Açaí envolve a criação de cinco complexos agroindustriais, na Região do Baixo Tocantins. No local, haverá trabalho de manejo dos açaizais, produção de polpa e néctar. O caroço da fruta, servirá para a produção de briquete (lenha ecológica) e ração para peixe. As cooperativas de reciclagem e compostagem dos municípios de Cametá, Igarapé-Açu, Abaetetuba e Moju produzirão adubo orgânico, através dos resíduos do açaí. Para isso, suas equipes, serão capacitadas e equipadas para o trabalho. "Com esses trabalhos, você vai poder desenvolver aquela região do Baixo Tocantins", afirmou Arnaldo Silva.

Fonte: Portal ORM de 08/01/2012

Postado por COOP. DOS CATADORES DE ABAETETUBA às 18:20 0 comentários
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut

Reproduzido pelo Blog do Professor Ademir Rocha, de Abaetetuba/Pa

Nenhum comentário:

Postar um comentário