Mapa de visitantes

terça-feira, 13 de setembro de 2011

INSTITUTO NOSSA SENHORA DOS ANJOS/INSA: ESCOLAS DE ABAETETUBA

INSTITUTO NOSSA SENHORA DOS ANJOS/INSA: ESCOLAS DE ABAETETUBA

INSTITUTO NOSSA SENHORA DOS ANJOS/INSA: ESCOLAS DE ABAETETUBA

O Ministério da Educação divulgou em 12/09/2011 as notas por escola no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e o Instituto Nossa Senhora dos Anjos, de Abaetetuba, ocupa a 5ª melhor colocação no Estado do Pará. Vide acima as 20 melhores escolas do Pará (publicado em O Liberal de 13/9/2011) e abaixo a nota elogiosa o poeta e ex-aluno Celso de Alencar sobre a Escola INSA.

Oi Ademir
Somente agora redescobri seu email e estou a lhe escrever para agradecer por suas boníssimas considerações sobre o meu trabalho. Hoje é um momento bastante particular para mim porque lendo o resultado do enem, pude observar que o Nossa Senhora dos Anjos ocupa a 756ª posição no ranking escolar. Isso para mim é magnífico. Minha vida se iniciou nessa escola. Carrego na alma a contribuição que a mim foi dada. Ocupar essa posição entre milhares de estabelecimentos de ensino do País é naturalmente honroso. A melhor escola ranqueada paraense é o Centro de Estudos John Knox, creio que a 186ª e com nota 684.25. O Nossa Sra. dos Anjos, salvo engano, é a 5ª melhor paraense com a nota 651.95. Salve a nossa cidadezinha. Tenhamos orgulho sempre. Peço-lhe que você seja difusor do meu mais profundo amor por Abaeté. Espero que você sinta a emoção que toma conta de mim nesse momento. Espero que mais investimentos tenhamos aí, tanto na educação, como na cultura, para que assim possamos alcançar novos patamares. Novos conhecimentos. Congratulo-me com os professores de Abaeté. Não apenas os do NSA, mais sim com todos aqueles que são responsáveis pela formação de cidadãos. Os responsáveis pela formação do caráter e da dignidade do nosso povo. Gostaria de ter o seu endereço postal pois quero lhe remeter o novo livro, Poemas Perversos, lançado recentemente. E com um feliz ensaio, como posfácio, escrito pelo poeta abaetetubense, João de Jesus Paes Loureiro. Lendo o seu blog li algo que nos torna mais próximos ainda: o Portal Vermelho. Caso tenha um tempo livre, veja o blog poesiapod. Dei alguns depoimentos, além de leituras de poemas. Vou ficando por aqui. Por favor, envie-me o número de seu telefone porque já vasculhei as minhas agendas e infelizmente não o encontro. Anexo lhe envio um poema desse novo livro.
grande abraço desse camarada
celso
DEVOLVAMOS O RIO
Devolvamos o rio.
Devolvamos tudo aquilo que lhe pertence.
O silêncio das manhãs entreabertas.
O sol atravessando o orvalho com
formato de um ombro inteiro.
As bandeirolas de papel crepom resplandecente.
Os barcos e seus porões de pequenas estátuas.
O gozo do redemoinho deslumbrado.
As árvores derramando flores
sobre as corredeiras.
O cântico dos pássaros que se banham nas margens
onde dormem os cavalos levemente embriagados.
Os segredos dos namorados
e a inocência dos corações emigrantes.
Devolvamos as pequenas ondas.
A solidão dos pequenos pescadores
com seus sonhos transparentes
e os peixes.
Devolvamos a morte estremecente
e além da morte
o cemitério viajante e afundado.
Devolvamos tudo, inclusive o leito experimentado
que acolhe a vastidão de nomes inteiros
e a vida com suas mamas profundamente desfiguradas.
Devolvamos o rio.


Prof. Ademir Rocha
Reproduzido de o Diário do Pará (13/09/2011)
ESCOLAS DO PARÁ NO ENEM/2011
Pará
Terça-feira, 13/09/2011, 08h44

Pará só tem duas escolas entre as 200 melhores
O Pará teve somente duas escolas classificadas entre as 200 que obtiveram melhor desempenho em todo o país no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem): o Centro de Estudos John Knox, da rede privada e a EEIFM Tenente Rego Barros, da rede pública, que ficaram na 180ª e na 189ª colocação, respectivamente, ambas em Belém. Entre as escolas que não conseguiram atingir a nota média de 511,21, 183 são do Pará. As notas do Enem 2010 foram divulgadas ontem pelo Ministério da Educação.

Nenhuma escola estadual ou municipal aparece entre as cem primeiras do Enem. As escolas públicas que se destacaram são colégios de aplicação de universidades, colégios militares, escolas federais e escolas técnicas. Aumentando o universo para as mil escolas com mais de 75% de participação que obtiveram melhor desempenho no exame, o Enem tem 926 privadas e apenas 74 públicas.

CRITÉRIO
O resultado de determinada escola no Enem não deve ser o único critério para que pais decidam matricular seus filhos nela, afirmam especialistas em educação ouvidos pelo portal de notícias G1. Segundo os educadores, a comparação entre escolas não dá pistas sobre a qualidade do ensino, e o uso do Enem como “vestibular” não mede os desafios que o estudante enfrenta no aprendizado durante o ensino médio.

Em todo o país, 63,6% das escolas foram reprovadas no exame. As escolas foram divididas em quatro categorias de acordo com a porcentagem de participação de seus estudantes no Enem: de 75% a 100% (4.640 escolas); de 50% a 74,9% (5.444 escolas); de 25% a 49,9% (8.616 escolas); e de 2% a 24,9% (7.399 escolas). As escolas mais bem colocadas do Pará estão no primeiro grupo.

Entre as 20 melhores colocadas no Estado, 13 são de Belém, duas de Santarém e as outras cinco são de Abaetetuba, Barcarena, Tucuruí, Ananindeua e Uruará, cada uma com uma escola. Dentre elas, 16 são da rede privada e quatro da rede pública de ensino. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) teve duas escolas entre as 20 melhores do Pará: uma no campus Belém e outra em Tucuruí.

Para o diretor geral do IFPA campus Belém, Darlindo Maria Veloso, a qualificação dos profissionais que atuam na instituição pública de ensino é o que mais contribuiu para o bom desempenho. “Cerca de 90% dos nossos professores são especialistas, mestres e doutores. A formação dos professores está muito veiculada à melhoria da qualidade do ensino”.

Já Andréa Couto, diretora pedagógica do Colégio Jhon Knox, credita a boa colocação ao modelo pedagógico adotado pela instituição. “Devo admitir que esta colocação e o sucesso de nossos alunos são objetivos de um modelo pedagógico baseado em três aspectos: formação dos alunos através da filosofia cristã protestante, a orientação para disciplina no comportamento e a qualidade no conteúdo acadêmico”.

PARTICULARES
Em todo o país, o desempenho das escolas particulares superou o das públicas. Neste ano, das 100 melhores classificadas, 87 são instituições privadas. No topo da lista, aparece o Colégio São Bento, do Rio de Janeiro. A capital do Piauí, Teresina, teve duas escolas classificadas entre as 10 melhores do Brasil: o Instituto Dom Barreto, na 2ª colocação, e o Educandário Santa Maria Goretti, na 7ª posição.

No extremo oposto do ranking, entre as cem piores escolas, nenhuma é privada. Com média de 359,79 pontos, a Escola Estadual Indígena Dom Pedro I, no Estado do Amazonas, aparece no fim da lista. A unidade teve uma taxa de participação de 38,2% no exame. Logo acima, aparece o Centro de Ensino Médio Mediado por Tecnologia Rural, também do Amazonas, com 403,58 pontos e taxa de participação de 48,4%.

No Pará a pior colocação foi da Escola Estadual de Ensino Médio Carlos Henrique, de Parauapebas, que obteve nota geral de 452,25, bastante inferior à média de 511,21. Em seguida vem a Escola Estadual de Ensino fundamental Santa Luzia, de Belém.

MAIS INCENTIVO
Apesar da situação crítica apresentada pelo ensino público também no Pará, o coordenador do Ensino Médio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), José Roberto Alves, diz que o quadro apresentado pelo desempenho dos alunos de escolas públicas no Enem não reflete negativamente. “Não vejo como um aspecto negativo. Tem qualidade no trabalho que está sendo desenvolvido na escola pública, mas é preciso incentivar mais a participação do aluno”, acredita.

Segundo ele, o resultado está relacionado a pouca participação dos alunos de escolas públicas no exame, quando comparada com a participação dos alunos de instituições privadas. “A Seduc vem se esforçando para ampliar a participação dos alunos da escola pública no Enem”.

Participação maior e médias mais altas

Em 2010, as médias nas provas objetivas e de redação foram maiores do que em 2009. Enquanto em 2010, as médias foram, respectivamente, 511,21 e 596,25, em 2009 os números ficaram em 501,58 e 585,06.

Mais de 3,2 milhões de estudantes participaram das provas do ano passado, cujos resultados foram calculados a partir do desempenho dos alunos concluintes do Ensino Médio.

No total, 12.532 das 19.689 escolas com médias objetivas divulgadas pelo MEC tiraram nota menor que 511,21. Delas, 12.105 - 99,4% - são das redes públicas de ensino. Outras 4.211 unidades tiveram menos de 2% de todos os alunos e menos de 10 estudantes participando das provas objetivas e de redação e, por isso, não entram na conta. O top 10 das melhores escolas do país só conta com uma pública - o Colégio de Aplicação da UFV (Universidade Federal de Viçosa), em Minas Gerais.

Os dados do Inep mostram ainda que o número de escolas do ensino médio regular aumentou de 25.484 (2009) para 26.099 (2010).

O Enem de 2010 avaliou as áreas de conhecimento de ciências da natureza e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias, linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias, além da redação.

EVOLUÇÃO
De acordo com o Ministério da Educação, o Enem evoluiu tanto no aumento da participação dos estudantes concluintes das escolas regulares públicas e particulares - de 824 mil em 2009 para 1 milhão em 2010 - quanto na média nacional obtida por eles nas quatro provas objetivas. A participação dos alunos que concluíram o ensino médio regular no ano anterior passou de 45,8% em 2009 para 56,4% em 2010.

(Diário do Pará)
Reproduzido pelo Blog do Prof. Ademir Rocha

2 comentários:

  1. PARABÉNs PARA O INSTITUTO NOSSA SENHORA DOS ANJOS , para os funcionários , alunos , para as Irmas Capuchinhas .
    O INSA ainda é a maior refêrencia em educação em Abaetetuba!

    ResponderExcluir
  2. Carra Anna,
    Estamos aqui para elevar e promover Abaetetuba em todos os seus aspectos, inclusive na Educação e também ficamos contente de ter uma escola de Abaetetuba como uma das melhores do Pará nesse aspecto. Um bom ano de muitas felicidades para vc e familiares. De Ademir Rocha

    ResponderExcluir