Mapa de visitantes

sábado, 1 de dezembro de 2012

ARRAIAL DE CONCEIÇÃO 2012: COR, ALEGRIA E VIDA

O COLORIDO DO ARRAIAL DE CONCEIÇÃO 2012
A Igreja Catedral e a Barraca da Santa ao
lado da Igreja são fortes símbolos da Festa
de Nossa Senhora da Conceição.
A imponente samaumeira agora faz parte
da paisagem do Arraial de Conceição

O ARRAIAL DE CONCEIÇÃO

O Arraial dos Santos Católicos existem há muitos anos em Abaetetuba. Essa manifestação cultural das Festas de Santos já faziam parte das festas de santos que se realizavam na antiga Praça da República, que também foi chamada Praça da Constituição, Praça do Divino, Praça da Bandeira, que atualmente possui o nome oficial de Francisco de Azevedo Monteiro, o fundador do Povoado de Nossa Senhora da Conceição de Abaeté e que é mais conhecida como Praça da Bandeira. Nessa antiga praça, no tempo da Igreja do Divino Espírito Santo, eram realizadas todas as festas de santos da cidade até o ano de 1937 quando a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição começou a receber as festas religiosas da cidade de Abaeté. Na antiga Praça do Divino (assim também chamada devido a Igreja do Divino ficar localizada em frente à Praça da Bandeira) eram realizadas as festas dos seguintes santos: São Raimundo Nonato, Divino Espírito Santo, Nossa Senhora da Conceição (devido a realização das Festas de Nossa Senhora da Conceição na Praça do Divino, esta também era chamada de Praça da Conceição) e outros santos populares da Igreja Católica.

Sabemos que as antigas Festas de Santos de Abaeté eram realizadas por populares ou confrarias e irmandades que se formavam ao redor do Santo de devoção para a realização das orações para o mesmo santo e, junto com as orações, essas festas também eram ocasiões para as manifestações culturais desses antigos tempos. Desse modo, as mais antigas e importantes Festas de Santos de Abaeté já possuíam os seus ARRAIAIS, que se formavam na Praça do Divino, iluminada por lampiões. Claro que as motivações dos Arraiais de Santos eram em sua maioria manifestações dos costumes da época  e que, portanto, continham grande parte das manifestações culturais antigas e parte desses costumes ainda permanecem nas Festas de Santos atuais.

E a Festa de Nossa Senhora da Conceição não podia fugir a essa regra e também, desde os seus primeiros tempos de festejos na Praça do Divino, passou a possuir também o seu ARRAIAL DA CONCEIÇÃO. É claro que os Arraiais de Santos de Abaeté foram enormemente influenciados pelo Arraial de Nazaré, de Belém do Pará, arraial que surgiu oficialmente a partir de 1793, através da feira promovida pelo governador Francisco de Souza Coutinho nesse mesmo ano.

Como o Antigo Arraial de Nazaré, de Belém, foi sofrendo modificações no decorrer dos anos, o mesmo aconteceu com Arraial de Conceição, em Abaeté, que foi sofrendo várias modificações através dos anos. Antes era realizado em terreno de chão de terra batido, varrido e limpo ou capinado, da Praça do Divino e com a presença de música, teatro, mastro do santo e também a presença dos primeiros vendedores desses arraiais, na forma de produtos como doces secos, pastéis, caldo de cana e outras iguarias da época, como também de bebidas alcóolicas na forma de goles de pingas ou licores da época.
 
Os Arraiais de Santos mudavam conforme as mudanças nas antigas Festas de Santos. E o Arraial de Conceição não fugiu a essa regra. As primeiras mudanças aconteceram quando os padres começaram a tomar a rédea dessas festas religiosas. A Festa de Nossa Senhora da Conceição de Abaetetuba começou a sofrer mudanças através dos Frades Franciscanos (Padres Capuchinhos) de 1937 em diante, quando foram esses padres que começaram a organizar as festas, e não mais somente os leigos ou o povo. A presença dos brinquedos, das barquinhas, dos carrosséis, jogos de pescarias e tiros e iguarias mais aperfeiçoadas começaram a aparecer a partir do Arraial da Conceição, onde começaram a surgir as primeiras barraquinhas e enfeites mais aprimorados dos Arraiais de Santos. Mas o Arraial de Conceição, no seu início na nova Praça de Conceição, ainda apresentava o mastro do Santo e apresentações de teatros. Depois é que esses antigos costumes foram retirados dessas festas, isso ainda no tempo dos Padres Capuchinhos. Com a energia elétrica a afluência do povo aos atos religiosos e aos arraiais foram aumentando a cada ano e nas décadas de 1950, 1960 e 1970 essas festas mexiam com toda a população do município, incluindo suas zonas: Ilhas, Colônias Agrícolas e Cidade e os arraiais foram se modificando e recebendo mais elementos, especialmente em relação aos brinquedos e vendedores de todos os tipos de produtos, incluindo iguarias, brinquedos, bijuterias e outros produtos. A cidade se embelezava e recebia os devotos, quando as casas dos habitantes da cidade abriam suas portas para receber parentes, amigos e os provenientes das Estradas e Ilhas de Abaetetuba em uma enorme festa de confraternização.

As famílias se faziam presentes com todos os seus membros, incluindo avós, pais, filhos e netos e todos se divertiam à vontade, especialmente as crianças com os muitos brinquedos, iguarias e diversões nos parques dos brinquedos. Os mais requisitados brinquedos do parque eram as barquinhas e os carrosséis. Os adultos se divertiam nas barracas de jogos, de tiros, de pescarias e de bebidas e iguarias.

Os dois coretos eram os pontos onde aconteciam as apresentações musicais das bandas e ao seu redor ficavam as pessoas sentadas nos bancos e mesmo em pé, apreciando os dobrados, sambas, mambos e outros ritmos musicais de nossas tradicionais bandas Carlos Gomes e Virgem da Conceição.

Acrescente-se que o povo ía para os passeios e diversões no arraial somente após as funções religiosas. Uma das maiores mudanças ocorridas no Arraial de Conceição foi a proibição da venda de bebidas alcóolicas das Festas de Santos de Abaetetuba, mudança ocorrida através dos Padres Xaverianos que vieram para Abaetetuba em substituição aos Padres Capuchinhos.

Como o objetivo desta postagem é falar e mostrar o Arraial de Conceição, que é a parte cultural da Festa de Nossa Senhora da Conceição, faremos uma paralelo entre os antigos arraiais e o atual, acrescentando que os brinquedos do Arraial de Conceição de 2012 são bem simples em comparação aos que já existiram em anos passados, quando as rodas gigantes e outros gigantescos brinquedos do parque faziam parte desse arraial. Como parte integrante do Arraial de Conceição existem as barracas e vendas ao derredor do arraial, fora dos limites da Praça de Conceição, onde existem os jogos, pescarias, estandes de tiros e barracas para a venda de lanches e bebidas alcóolicas, pois já estão montadas nas ruas ao redor da praça, como se pode observar nas imagens.

O QUE EXISTIA NO ANTIGO ARRAIAL OU LARGO DE N. S. DA CONCEIÇÃO?

O que o povo chamava de arraial ou largo para os festejos de santos em Abaeté possuía os seguintes elementos:

O mastro levantado na praça, devidamente enfeitado com muitos motivos religiosos ou não. Atualmente o mastro não mais existe.

Os bancos para o povo sentar e descansar dos passeios no arraial, que existem até os dias atuais.

O arco devidamente enfeitado c/motivos religiosos ou a imagem dos santos festejados, p/baixo dos quais a procissão obrigatoriamente tinha que passar. Esse costume existe até os dias de hoje.

As bandeirinhas e outros enfeites na praça do festejo ou as ruas p/onde passava a procissão.

As vendas de comida, bebida, doces, salgadinhos e comidas típicas. Nos dias atuais muitas dessas vendas foram disciplinadas para vendas em barraquinhas dentro da área da praça ou nas ruas adjacentes à praça dos festejos.

Vendas na Barraca da Santa e Demais Barracas: bebidas e comidas:

Comidas: pastéis, canudinhos, churrascos, galinha c/farofa, arroz, pratos típicos da região como maniçoba, tacacá, queijo, etc.

Os brinquedos que antigamente eram poucos, como cadeiras de balanço, barquinhos, o carrossel de madeira, os brinquedos vendidos nas girândolas como: corró-corró, cataventos, brinquedos de miriti e muitos outros brinquedos que surgiam da criatividade de muitos artesões de Abaeté.

Os jogos como: tiro-ao-alvo com espingardas de ar comprimido, pescarias, jogo das argolas e outras atrações que chamavam a atenção de todos, especialmente das crianças.

Nos coretos da praça, as duas bandas musicais se revezavam nos acordes, coisa que hoje não se vê mais.

Os fogos do meio dia, das dezoito horas e os depois das celebrações religiosas e os fogos de artifício do Dia da Festa de Nossa Senhora da Conceição.

A Iluminação do arraial:A Praça e a Igreja eram iluminadas com os recursos antigos da iluminação pública.

A Música:

Eram as músicas das bandas nos coretos da praça, a música da Barraca da Santa e a música das inúmeras barracas.

IMAGENS DO ARRAIAL DE CONCEIÇÃO, ANO 2012:

Quem se dirigir ao Arraial de Conceição de 2012 vai encontrar um local altamente colorido. O colorido deste ano se deve a uma mudança na organização do Arraial em relação às barraquinhas e brinquedos do parque. Antes as barraquinhas eram feitas em madeira-de-lei e com acabamento rústico e onde eram comercializados variados produtos do Arraial. Como aconteceu um reordenamento dessas barracas, essas passaram a adotar um mesmo tipo de barraca, cada qual com uma cor diferente. Os brinquedos, para chamar mais atenção das crianças, deve ser colorido também. E as pinturas da Igreja Catedral, da Barraca da Santa, da Casa Paroquial, da Barraca da Paróquia e outros espaços, inclusive os calçamentos, receberam também pinturas em cores vibrantes, daí o fato do Arraial de Conceição, edição 2012, apresentar todo esse colorido das imagens abaixo.

Coreto, bancos e brinquedos coloridos e a árvore
de cor verde oferecendo o contraste para as demais
cores da foto
Carrossel de patinhos colorido e as casas comerciais
do derredor do Arraial coloridos
Igreja Catedral e brinquedos coloridos visto do
outro lado da Praça e os mototaxistas com
uniformes coloridos
Os fundos do Arraial de Conceição para a Rua
Barão do Rio Branco com suas barracas, vendas e
brinquedos coloridos e o movimento da referida
rua
Um portal para a entrada no Arraial de Conceição
pelo lado esquerdo da Igreja Catedral de Nossa
Senhora da Conceição
Uma tenda colorida cobrindo aparelhos de sons
e ao lado de uma uma grande samaumeira que se
encarrega de fornecer sombra a todos
Bancos, brinquedos e prédios coloridos
Carrossel de carrinhos coloridos
O belo coreto colorido da Praça da Conceição e
na sua frente os bancos coloridos
Na foto acima a Barraca da Paróquia devidamente
pintada em colorido vibrante e abaixo outro carrossel
colorido de carrinhos
O pula-pula e o outro coreto da Praça da Conceição
coloridos
Barraquinhas padronizadas coloridas para vendas
diversas e a calçada pintada com faixas coloridas
Prédios ao redor do Arraial, árvore, bancos e a
Barraca da Paróquia
Aqui é o pequeno palco para as celebrações
religiosas e apresentações artísticas ao ar livre
A Casa Paroquial e seus anexos devidamente
pintados para a Festa de Conceição e as árvores
que fornecem sombra, em bela harmonia de
cores
Gramado e árvores e ao fundo as barraquinhas
padronizadas e coloridas
A Barraca da Paróquia, motos e calçada em
cores vibrantes
Chão de areia, bancos, coreto e barracas coloridas
em contraste com o verde das árvores

ARRAIAL DE CONCEIÇÃO: COR, BRILHO, LUZ E VIDA:

O Arco do Círio de N. S. da Conceição, tradicional símbolo
do Círio e Festa de Conceição
Os vendedores variados fazem a festa durante os 15 dias do
Arraial de Conceição
Devotos rezando e fazendo poses em frente à Imagem de
N. S. da Conceição
Brinquedos, coreto e Praça Catedral iluminada e o povo
passeando na Praça
Uma barraca de vendas aluminada
Imagem Original de Nossa S. da Conceição, em sua Berlinda,
recebendo os devotos
Interior da Igreja Catedral lotada de fiéis na cerimônia religiosa.
Ao fundo temos as pinturas da parede e o Cristo Crucificado ao
alto
Enquanto muitos passeiam ou se divertem nos brinquedos e
barracas de vendas, outros aproveitam os bancos do Arraial
de Conceição para conversar
Adultos, jovens e crianças se divertindo nos carrinhos elétricos
Uma barraquinhas de vendas
Uma lanchonete em forma de ônibus no Arraial de Conceição
Apresentações do Círio Cultural no palco do Arraial de
Conceição
Vendedor ambulante no Arraial de Conceição
Crianças se divertindo no carrossel de patinhos
Brinquedos, barracas iluminadas e o povo nos bancos e
nas barracas de vendas
O povo passeando em frente à Igreja Catedral de Nossa
S. da Conceição
Barraquinhas padronizadas de vendas diversas
O  coreto iluminado do Arraial de Conceição e as pessoas
passeando e se divertindo nos brinquedos da Praça Catedral
O Blog do Ademir Rocha, com 126 seguidores e perto de 100 mil
visitas,  começa a desejar a esses seguidores e visitantes um Feliz Natal
e Boas Festas a todos
Blog do Ademir Rocha, de Abaetetuba/Pa

Nenhum comentário:

Postar um comentário