Mapa de visitantes

domingo, 17 de janeiro de 2010

RELIGIÃO, IGREJAS E VULTOS DE ABAETÉ/ABAETETUBA/PA 6


DEVOÇÃO À NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO 3




MUDANÇAS NA FESTIVIDADE DE N. S. DA CONCEIÇÃO:


As mudanças foram necessárias devido a uma nova visão de Igreja, trazidas pelos padres xaverianos que não aceitavam o antigo devocionismo popular dos santos e a Igreja local deveria estar afinada c/os novos rumos que vieram a partir das mudanças preconizadas pelo Concílio Vaticano II e muitos das religiosas e religiosos xaverianos que chegaram em Abaeté, a partir do ano de 1961, já chegaram imbuídos das reformas que o dito concílio e os documentos de Medellin e de Puebla anunciavam na forma de evangelização dos povos e das celebrações litúrgicas.


O novo perfil do cristão que tais documentos traçavam era a exigência do homem novo, diante dos problemas sociais que se faziam presentes na vida das comunidades. Só que muitos abaetetubenses não aceitaram pacificamente essas mudanças e alguns fatos aconteceram devido conflitos de posições trazidas pelas mudanças impostas. Vide padres xaverianos, devoção popular e outros assuntos de religião.


No decorrer dos tempos o modo de se festejar os santos da Igreja Católica foram mudando. Com a chegada dos padres xaverianos, estes dividiram a Paróquia de Abaetetuba em Setores, que no início, nos anos de 1960, eram: Setor Centro, Setor Nazaré, Setor Algodoal, Setor São José.


E, à medida que a cidade ia crescendo, outros setores foram criados: Setor Divino, Setor Santa Rosa, Setor Francilândia, Setor S. Sebastião, Setor Cristo Redentor, Setor Angélica, Setor Mutirão, Setor S. João.


Cada setor possuía o seu santo padroeiro c/a s/capela ou igreja e as suas comunidades católicas.



AS MUDANÇAS:


A partir dessa organização estrutural na paróquia, as festas de santos começaram a mudar, como:


A substituição da diretoria pelas comunidades:


A introdução dos noitários, formada p/entidades, escolas, comunidades, órgãos públicos, etc;
Introdução do bar e cozinha;


A introdução de equipes das missas, novenas, nos serviços na barraca e a equipe do círio;
A equipe para a organização do arraial;


Até mesmo o tradicional dia do círio em 28/11 foi mudado;


A música de bandas no arraial foi substituída pela música de aparelhagens musicais.


Para as celebrações religiosas eram convidados padres pregadores de outras paróquias do Pará.
O fim das bebidas alcóolicas na barraca, praça e arredores;




MUDANÇAS NA PROCISSÃO DO CÍRIO:


O Círio de N. S. da Conceição sofreu muitas mudanças, também, como:


O uso de equipamento c/rodas para levar a berlinda da santa (antes era levada nos ombros dos fiéis);


A introdução dos guardas-da-santa, para disciplinar a presença dos fiéis ao redor da berlinda;


O carro de som para executar os cantos da procissão do círio. Posteriormente aconteceu a sonorização da procissão, através da Rádio Conceição;


O uso da TV para gerar as imagens e comentários da procissão do círio;


As mudanças dos percursos da procissão do círio. O círio passou a sair de um determinado setor da paróquia, posteriormente ficou fixo durante alguns anos, devido a sonorização.


A introdução de outras procissões: círio fluvial, moto-romaria, círio mirim, auto da padroeira, etc.



UMA FESTA DE N. S. DA CONCEIÇÃO ORGANIZADA PELAS COMUNIDADES DA PARÓQUIA:


Uma Programação da Festividade de N. S. da Conceição, após a chegada dos padres xaverianos:
As festas de santos em Abaetetuba começaram a ser organizadas pelas comunidades, diferentemente das festas antigas onde eram organizadas p/diretoria e s/comissões, formadas p/pessoas que não tinham muita afinidade c/a Igreja, como autoridades, políticos, comerciantes, industriais e outras pessoas da elite social de Abaeté.


Agora, segundo os xaverianos, as festas de santos dizem respeito aos fiéis e estes, em assembléias, juntamente c/o vigário, é que decidem de como serão realizados os festejos. Essa maneira de decidir os festejos de santos visava tornar essas festas mais religiosas e menos profanas.


Depois aconteciam seguidas reuniões, convocadas pelo vigário e criados grupos para os diversos trabalhos da festividade.



UM EXEMPLO DA ORGANIZAÇÃO DA FESTA DE N. S. DA CONCEIÇÃO ORGANIZADA PELAS COMUNIDADES:


27/11, sexta-feira, às 19;00 h, trasladação da imagem de N. S. da Conceição, saindo da catedral até o bairro Jarumã.


28/11, sábado, 7:30 h, saída do Círio, com o percurso: Bairro do Jarumã, Trav. Manoel da Silva Raposo, Trav. Aristides dos Reis e Silva, Rua 7 de setembro, Av. D. Pedro II, Rua Lauro Sodré,, Av. Pedro Rodrigues, Cruzeiro, Rua Justo Chermont, Av. D. Pedro II e Catedral. Missa campal na chegada do Círio. À noite: 19;30 h, novena.


29/11, domingo, missas no horário normal de domingo e às 10:30 h, batizados e 19;30 h novena.
30/11, segunda-feira,as 5:45 h rosário da alvorada e às 6:15 e 18:00 h, missas. 19:30 hs novena.


1/12, terça-feira, idem.


2/12, quarta-feira, idem e as 17:00 h bênçãos dos carros e motoristas na praça da Catedral.


3/12, quinta-feira, idem.


4/12, sexta-feira, idem e primeira sexta-feira do mês, às 16:00 h, adoração do Sagrado Coração de Jesus.


5/12, sábado, 8:30 h, celebração com os doentes e anciões e às 15:30 h, a tarde das crianças. Às 19:00 h, novena c/missa.


6/12, domingo, missas no horário normal de domingo e às 10:00 h, batizados. 17:00 h, bênção dos barcos.


7/12, segunda-feira, 5:45 h, rosário da alvorada e às 6:15 e 18:00 h, missas. Às 19:30 h novena.


8/12, terça-feira, dia da festa de Nossa Senhora. Missas às 6:30 e 8:30 h. Às 17:00 h, procissão e na chegada, missa campal. Às 19;30 h, encerramento da parte religiosa da festa.


Confissões no decorrer da festa.



LEILÕES E NOITÁRIOS NA BARRACA:


28/11, sábado: bancários, comerciantes e industriais.


29/11, domingo: estudantes e professores.


30/11, segunda-feira: irmandades e mães de famílias.


1/12, terça-feira: grupos religiosos da cidade.


2/12, quarta-feira: motoristas.


3/12, quinta-feira: noite penitencial, com a barraca fechada.


4/12, sexta-feira: operários e funcionários.


5/12, sábado: peixeiros e açougueiros.


6/12, domingo: grupos religiosos das ilhas e estradas.


7/12, segunda-feira: marítimos.


8/12, terça-feira: povo em geral.


Além dessa programação existiam os leiloeiros para os donativos, isto é, uma pessoa que fazia o leilão dos donativos ofertados pelos fiéis católicos, órgãos e entidades, na forma de bolos, galinhas assadas c/farofa, miniaturas de barcos, animais vivos e uma variedade grande de outros produtos.



UMA INOVAÇÃO COM A PUBLICAÇÃO DA PROGRAMAÇÃO DA FESTA NO JORNAL “O SINO”, BOLETIM DA PARÓQUIA:


Nesse ano aconteceu uma inovação em relação à divulgação dessa festividade, que foi feita através do Boletim Paroquial – O Sino, e não mais nos tradicionais folhetos da festa.


Ainda se seguia o antigo calendário do Círio, que era o dia 28 de novembro de 1993. O Hino a N. S. da Conceição veio impresso na 1ª página do boletim.


Na 4ª e 5ª páginas, D. Ângelo Frosi lança a sua mensagem para essa festa. A seguir seguem as notícias do boletim. Entre essas notícias os redatores do Sino fazem alguns alertas, como: Não bastar “participar do Círio, pagar promessas, beijar fitas, acender velas, soltar foguetes”, que eram alertas contra a religiosidade popular enraizadas na fé do povo.


Outro alerta: “A Barraca da Santa não é um salão de festas, onde prevalecem: a bebedeira, o barulho infernal dos conjuntos e as músicas de mau gosto. A gente quer conversar, trocar idéias, colocar em dia os acontecimentos da vida”.


Esse já era um prenúncio do fim da venda de bebidas e os famosos leilões da barraca, onde somente os ricos podiam arrematar algum produto.


Continua: “Alegria, serenidade, fraternidade devem criar o clima da nossa barraca. Vamos fazer dela um ambiente diferente, como convém a quem deseja fazer da nossa festa UMA FESTA MAIS CRISTÔ.


Na páginas 16 e 17 do Sino vinha o “programa religioso”, com os horários das missas, da trasladação da imagem de N. Senhora, c/vigília e oração. Aí seguia a programação, desde o dia 28/11, dia do Círio de N. S. da Conceição e o seu percurso, até o dia da festa, 08/12/1993, c/os horários das missas, batizados, novenas, romarias, procissões e os responsáveis do dia.


Os setores e movimentos responsáveis pelas novenas eram os seguintes: Catedral, Francilândia, Apostolado da Oração, Perpétuo Socorro, Nazaré, Sagrado, S. José, Cristo Redentor, Aviação, Santa Rosa, S. Sebastião, Comunidades das Ilhas, Mutirão, Angélica, Comunidade São Pedro.



Nas página 18 vinham os tradicionais noitários da Barraca da Santa:


Setor Catedral e Açougueiros (28.11);
Setor Francilândia e Coroinhas;
Setor Perpétuo Socorro e Assoc. dos Artistas de Abaetetuba;
Setor Nazaré e Casais;
Setor Sagrado, Irmandades e Motoristas;
Setor S. José, Bancários e Funcionários Públicos;
Setores Cristo Redentor e Aviação e Assoc. dos Panificadores, Comércio e Indústria;
Setores Santa Rosa e S. Sebastião e Escolas Estaduais e Municipais;
Comunidades da Ilhas;
Setores Mutirão e Angélica e Marítimos;
Abaetetubenses de Belém e o Povo em Geral, 8/12.



PROGRAMAÇÃO DE UMA FESTA DE N. S. DA CONCEIÇÃO, ANO DE 2008:


Programação Religiosa:


Dia 21/11, sexta-feira, às 17:00 h: Romaria Ciclística, saindo da Praça do Trabalhador. Responsáveis: Rui e Fátima Pimentel.


Dia 22/11, sábado, às 7: h: Círio Fluvial, saindo da Comunidade de Nossa Senhora de Nazaré, na Costa Maratauíra. Responsável: Grupo Guarda da Conceição. Às 10:00 h, Moto-Romaria, saindo da Praça de Bandeira. Responsável: Higino. Às 18:00 h, Missa e Trasladação, saindo da Igreja Catedral para a Igreja de São Francisco, na Francilândia. Responsável: Equipe do Círio.

Novena de Nossa Senhora da Conceição, todos os dias às 19:00 h.

Tema da Festividade: Abaetetuba, com Maria, Escolhe a Vida.

Dia 23/11, domingo, às 7:00 h: Círio de Nossa Senhora da Conceição, saindo da Igreja de São Francisco, na Francilândia. Responsável: Equipe do Círio. Logo após o Círio, Missa na Praça da Catedral. Responsável: Grupo Os Neófitos. Às 17:00 h, Missa Dominical. Às 19:00 h, Novena – Noite da Fazenda da Esperança. Responsável: Fazenda da Esperança.


Dia 24/11, segunda-feira, Noite Penitencial, com a Barraca fechada. Às 19:00 h: Celebração da Penitência. Responsável: RCC, Setor São José e Setor São João. Tema: A conversão a caminho da vida nova. Pregador: Padre Siro.


Dia 25/11, terça-feira, Noite do Seminário, com a Barraca fechada.


Noite Cultural na Praça Catedral. Responsável: Fundação Cultural de Abaetetuba.


Às 19:00 h, Novena. Responsável: Seminaristas. Tema: A vida, dom de Deus. Pregador: Padre Sebastião.


Dia 26/11, quarta-feira, Noite dos setores: Cristo Redentor, Mutirão, Angélica e Santa Clara. Às 19:00 h: Novena. Responsáveis: Coordenadores dos setores. Tema: Defender a vida até seu natural declínio. Pregador: Padre Praxedes. Responsável da Barraca: Setores das áreas III e IV.


Dia 27/11, quinta-feira, Noite da Pastoral Familiar. Às 8:00 h: Missa dos idosos e doentes. Responsável: Pastoral do Idoso e Saúde.


Noite Cultural na Praça Catedral. Responsável: GRUDA e CEDA.


Às 19:00 h, Novena. Responsável: Pastoral Familiar da Paróquia. Tema: Proteger a vida desde o início. Pregador: Padre Dante.


Dia 28/11, sexta-feira, Noite dos Setores: Nazaré e Sagrado. Às 19:00 h: Novena. Responsáveis: Coordenadores de Setores. Pregador: Padre Renilson.


Dia 29/11, sábado, Noite da Pastoral da Juventude. Às 19:00 h: Missa. Responsável: Pastoral da Juventude Paroquial. Tema: O Trabalho, Direito do Homem e da Mulher e Fonte de Vida. Pregador: Padre Sebastião.


30/11, domingo. Às 6:30 h: Missa Dominical. Responsável pela Liturgia: Setor Centro. Às 8:00 h: Círio da Crianças, saindo da Escola Municipal de Ed. Infantil do Algodoal e logo após, Missa celebrada pelo Padre Siro. Responsável: Catequese. Às 17:00 h: Missa Dominical. Responsável pela liturgia: Setor Centro. Às 19:00 h: Novena, Noite da APAE. Tema: Vida em Plenitude para as pessoas com deficiência e Mensagem da APAE.



Roteiro do Círio-Mirim: Escola Municipal de Ensino Infantil do Algodoal, Rua Jairlândia, Trav. Santa Izabel, Rua Barão do Rio Branco, até a Igreja Catedral.


Noite Cultural na Praça Catedral. Responsável: APAE.


Dia 1/12, segunda-feira: Noite da Pastoral Social, com Barraca Fechada. Às 19:00 h: Novena. Responsáveis: Coordenação da Pastoral Social. Tema: A Vida e a Opção pelos pobres e excluídos. Pregador: Padre Adolfo.


Dia 2/12, terça-feira, Noite da Pastoral do Menor e da Pastoral da Criança, com a Barraca fechada. 19:00 h: Novena. Responsáveis: Coordenação da Pastoral do Menor e da Criança. Tema: Chamados a Viver e Recriar a Vida, com mensagens das pastorais.


Noite Cultural na Praça da Catedral. Responsáveis: Pastorais do Menor e da Criança.


Dia 3/12, quarta-feira: Noite dos setores: Santa Rosa, São Sebastião e Algodoal. Às 19:00 h: Novena. Responsáveis: Coordenadores dos setores. Tema: A Violência, Caminho de Morte. Pregador: Padre Nicola. Após: Confraternização na Barraca: Setores I e II.


Dia 4/12, quinta-feira: Noite dos Setores: Divino e Francilândia. Às 19:00 h: Novena. Responsáveis: Coordenadores dos setores. Tema: A Vida e os Cuidados com a Natureza. Pregador: Padre Davi.


Dia 5/12, sexta-feira: Noite da Educação. Às 19:00 h: Novena. Responsáveis: C. S.F.X, Cristo Trabalhador, INSA. Tema: Educar para a Vida. Pregador: Padre Reginaldo.


Dia 6/12, sábado: Noite da Paróquia de Nossa Senhora da Paz (Ilhas de Abaetetuba). Às 19:00 h: Missa. Responsáveis: Coordenação da Paróquia da Ilhas. Tema: O Sim de Maria, um Sim à Vida. Pregador: Padre Lindoval.


Dia 7/12, domingo: Noite do Setor Centro e Abaetetubenses de Belém. Às 6:30 h: Missa Dominical. Responsável da Liturgia: Setor Centro. Às 8:30 h: Missa das Crianças. Responsável: Catequese. Celebrante: Padre Siro. Às 17:00 h: Missa Dominical. Responsáveis: Equipe de Liturgia do Setor Centro. Às 19:00 h: Novena. Responsável: Coordenação do Setor Centro. Tema: Abaetetuba, com Maria, Escolhe a Vida. Pregador: Padre Mariano.


Dia 8/12, segunda-feira: Festa da Imaculada Conceição, Nossa Padroeira. Às 6:30 h: Missa. Responsável: Liturgia do Setor Centro. Às 10:00 h: Missa Solene, presidida por D. Flávio. Responsável: Equipe de Liturgia Paroquial. Às 17:00 h: Procissão e Celebração da Missa. Responsável: Renovação Carismática Cristã. Logo após: Coroação de Nossa Senhora. Responsável: Colégio INSA.



Roteiro da Procissão: saindo da Igreja Catedral, Av. D. Pedro II, Rua 1º de Maio, Trav. Santos Dumont, Rua Barão do rio Branco, até a Catedral.

Como se vê todas as atividades práticas e espirituais das festividades tinha uma equipe responsável pela realização da tarefa.

Abaetetuba/Pa, 17/1/2010 – Prof. Ademir Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário