Mapa de visitantes

terça-feira, 12 de maio de 2015

Família Cardoso - Genealogia Abaetetubense

Família Cardoso - Genealogia Abaetetubense

FAMÍLIA CARDOSO
Os Cardoso
Muitos da tradicional Família Cardoso de Abaetetuba têm origem
ribeirinha e foram donos de engenhos e casas comerciais nas
Ilhas de Abaetetuba

Postagem em construção
alaci
Os Cardoso
. ALEXANDRE CARDOSO, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correia.

. Ana Cardoso, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
. Anastácio Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Feliciano de Lima.
. Anartézia Cardoso, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Teodorico dos Santos.
alaci
. Angelita Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correia.
laura
• Angelina Domingas Cardoso, citada em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.
. Anilo Cardoso, citado em 1953 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. 
. Antonia Cardoso, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.
• Antonio Hildebrando Cardoso, membro da Irmandade de Nossa Senhora da Conceição, em 1908.

mitirito
. Armando Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Mitirito Cardoso.

. BENEDITO ALEXANDRE CARDOSO, membro da Irmandade de São Sebastião em 1908.
. Benedito Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria da festa. 
• BENEDITO ANTONIO CARDOSO, presente no Ato de Instalação da cidade de Abaeté em 15/8/1895.
. BENITO CARDOSO, músico que tocava pandeiro e prato e que formou na Banda Carlos Gomes e no Jazz Tupy, este citado em 5/3/1953 e que subsistiu até os ano de 1965 e que foi criado pelo músico da Banda Carlos Gomes, Otacílio Ferreira Dias/Ramito, com uma de suas formações: Ramito, no saxofone; Raimundo da Silva (Besteira), que tocava pistão; Manoel Roque Ferreira, que tocava contra-baixo; Benito Cardoso, que tocava pandeiro e prato; Raimundo Melo, que tocava Banjo; Siriri, que tocava trombone. Foi antigo membro do Clube Carlos Gimes, conforme citação;
Componentes da Banda Carlos Gomes nos anos 1980: Rui Guilherme, mestre da banda; Prudente Araujo, no flautim; Miguel Negrão, no clarinete; Manoel Antonio, no pistão; Valdeíno Cardoso, no tombone; Otacílio Dias (Ramito), no sax alto; Adamor, no sax alto; Francisco Negrão no sax tenor; Vicente Gama, como bumbeiro; José Pinheiro Rodrigues, na caixa clara; Manoel João, como pratilheiro; Benito Cardoso, na caixa surda; Belchioara, no baixo tuba.

• BENJAMIM SUDÁRIO CARDOSO, citado em 1931.
• Bibiano Cardoso, ourives, chefe dos Escoteiros, viu pai e filho se debatendo nas águas do rio Maratauhyra, perto da Ilha da Pacoca e foi tentar salvá-los e ele, heroicamente, faleceu junto por afogamento junto com Vavá Quaresma (relojoeiro) e Chiquinho (filho do Chico). Bibiano tem rua com o seu nome em Abaetetuba, pois é um herói.

emercindo
. Bito Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.
. Brasilino Cardoso, citado em 1961 na equipe de mordomagem da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Catarino Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria da festa.
. Cecílio Cardoso, citado em 1953 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Conceição Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria dos Reis Santos.
. Constância Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso.
. Dedilo Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Carmosina Jaques Pinheiro.
laura
• Delfina Cardoso, citada em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.
• Delfino Cardoso, membro da Irmandade de S. Sebastião, em 1908.
• Dina Cardoso, c/c Euzébio Cardoso e tiveram filhos: Rebenque, Afonso, Josina, Mita, Laburina, Dijó, Ari, Manoel Cardoso de Castro/Dé.
. Djanira Cardoso, citada em 1961 como contribuinte de promessa da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Édson Anilo Cardoso, citado em 2014
• Eládio Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

emercindo
. Ernestina Cardoso, citada em 1953 como Membro Auxiliar da Diretoria e citada como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
• Epaminondas Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz  e em 1961 como contribuinte da localidade Rio Curuperé da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

emercindo
• Esmerino Cardoso, músico membro da Banda Carlos Gomes no tempo de Chiquinho Margalho.
. Evilásio Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.

. Gabi Cardoso, citada em 2014
. Graciliano Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Carmosina Jaques Pinheiro.
. HILÁRIO CARDOSO
. Humberto Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso.
. Ingleirina Cardoso, citada em 1942 como contribuinte e juíza e em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Inglezina Cardoso, citada em 1961 na equipe de mordomagem da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

laura
• Izabel Jovita Cardoso, citada em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.

firmo
• Jaime Tomás Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.

COSTA MARATAUÍRA
• Jerônimo Cardoso, origem na localidade Casa Branca, citado em 1944.
• João da Memória Cardoso, citado em 1920.

alaci
. José Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Cardoso.

• José Joaquim Cardoso, dono do engenho Bela Vista na localidade Pontinha, um dos primeiros de Abaeté.

afonso
. Jovita Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Afonso Caetano dos Santos.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
. Juquinha Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.

• Leocádia Cardoso, citada em 1961.
laura
. Manoel Bento Cardoso, citado em 1939 e 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Laura dos Santos Cardoso.
• Manoel Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Manoel Cardoso, citado em 1961 na equipe de mordomagem da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Marçal Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Carmosina Jaques Pinheiro.
laura
• Maria Anunciação Cardoso, citada em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.

• Maria do Perpétuo Socorro Cardoso, c/c Alcindo Oliveira da Silva e tiveram filhos.
. Maria Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso.
• Maria Felícia Cardoso, c/c Aquibaldino Pontes Margalho e tiveram uma filha.

alaci
. Maria José Cardoso, citada em 1953 como contribuinte e Membro Auxiliar da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correa.

. Maria Madalena Cardoso, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Teodorico dos Santos.

• Maria Zaíde Cardoso, professora, citada em 1939 como contribuinte através de Laura dos Santos Cardoso e arrecadadora da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba e citada em 1953 e 1961 como auxiliar arrecadadora da diretoria na arrecadação de fundos na festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba, foi a 1ª diretora do Grupo Escolar Dr. Vicente Maués, inaugurado em 28/8/1968, citada como professora em 1993.
• Maximiano Antonio Cardoso, professor, antigo morador da Travessa Santa Luzia em Abaeté, citado em 1931.
• Maximiano Cardoso, citado em 1953 como contribuinte e Membro Auxiliar da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Maximiniano Silvino Cardoso, prefeito nomeado de Abaeté em 1930-5/3/1933, na Revolução de 1930, citado em 1940.
. MIGUEL CARDOSO, músico que foi o fundador do antigo do Miguel Cardoso
Componentes da Banda Carlos Gomes nos anos 1980: Rui Guilherme, mestre da banda; Prudente Araujo, no flautim; Miguel Negrão, no clarinete; Manoel Antonio, no pistão; Valdeíno Cardoso, no tombone; Otacílio Dias (Ramito), no sax alto; Adamor, no sax alto; Francisco Negrão no sax tenor; Vicente Gama, como bumbeiro; José Pinheiro Rodrigues, na caixa clara; Manoel João, como pratilheiro; Benito Cardoso, na caixa surda; Belchioara, no baixo tuba.
• Nazareno Cardoso, dono de engenho no Ramal de Beja e da fábrica de bebidas Amazônia.

. Osmarina Cardoso, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Teodorico dos Santos.

FURO GRANDE
• Osvaldo Cardoso, citado na localidade Furo Grande em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.

. Osvaldo Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva, esta da localidade Jarumã.

alaci
. Raimundo Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Cardoso.

. Raymundo Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Teodoro dos Santos.

alaci
. Raimundo Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correia.

ARUMANDUBA
• Raimundo Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
• Rogério Cardoso, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.
. Rogério Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Feliciano de Lima.
• Sarica Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Segisfredo José Cardoso, com oficina de barbeiro e comerciante citado em 1922.
• Sérgio Cardoso, citado em 1920.
• Siloca Cardoso, representante do jornal “O Liberal” em Abaetetuba, casado e com filhos: Walter e outros.
emercindo
. Teodomiro Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
. Valdemar Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
• Valdomira Cardoso, citada em 1927, citada como participante e contribuinte das festas de N. S. da Conceição em Abaetetuba em 1939 e 1940, citada e 1953 como juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Valeriano Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.
. Valeriano Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Feliciano Cardoso.
• Valério Antônio Cardoso, açougueiro em 1922.
. Valmir Cardoso, citado em 2013
. Virgulina Cardoso, citada em 2012.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
• Zaíde Cardoso, professora, citada em 1953 como Membro Auxiliar  e em 1961 como contribuinte da localidade Rio Curuperé da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Cardoso e as Outras Famílias
Os Cardoso Dias
. ANTONIO CARDOSO DIAS, foi antigo membro do Clube Carlos Gomes, em Abaetetuba, conforme citação acima:
Componentes da Banda Carlos Gomes nos anos 1980: Rui Guilherme, mestre da banda; Prudente Araujo, no flautim; Miguel Negrão, no clarinete; Manoel Antonio, no pistão; Valdeíno Cardoso, no tombone; Otacílio Dias (Ramito), no sax alto; Adamor, no sax alto; Francisco Negrão no sax tenor; Vicente Gama, como bumbeiro; José Pinheiro Rodrigues, na caixa clara; Manoel João, como pratilheiro; Benito Cardoso, na caixa surda; Belchioara, no baixo tuba.
. VALDEÍNO CARDOSO DIAS, foi antigo membro do Clube Carlos Gomes, em Abaetetuba, conforme citação acima:
Componentes da Banda Carlos Gomes nos anos 1980: Rui Guilherme, mestre da banda; Prudente Araujo, no flautim; Miguel Negrão, no clarinete; Manoel Antonio, no pistão; Valdeíno Cardoso, no tombone; Otacílio Dias (Ramito), no sax alto; Adamor, no sax alto; Francisco Negrão no sax tenor; Vicente Gama, como bumbeiro; José Pinheiro Rodrigues, na caixa clara; Manoel João, como pratilheiro; Benito Cardoso, na caixa surda; Belchioara, no baixo tuba.

Os Cardoso Pinheiro
• Ana Cardoso Pinheiro, citada em 1939 como contribuinte da da comissão da classe da Mocidade Abaetetubense nas noites de leilões de donativos  e em 1961 como contribuinte da localidade Rio Curuperé da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Cardoso da Silva
• Jerônima Cardoso da Silva, citada em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

CARIPETUBA
• Raimundo Cardoso da Silva, citado em 1939 como Membro Auxiliar  e em 1961 como contribuinte da localidade Rio Curuperé da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
As Outras Famílias e os Cardoso
Os Assis Cardoso
• Francisca de Assis Cardoso, citada em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.
Os B. Cardoso
. Sinforosa B. Cardoso, citada em 1953 como auxiliar da diretoria da festa de N. S. da Conceição na arrecadação de fundos nas localidades rios Abaeté e afluentes, Colônia.

laura
Os Barbosa Cardoso
• Maria Barbosa Cardoso, citada em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.

Os Carvalho Cardoso
• Sebastião Carvalho Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

laura
Os Dias Cardoso
• João Dias Cardoso, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.

Os F. Cardoso
• Manoel F. Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

laura
Os Jovita Cardoso
• Izabel Jovita Cardoso, citada em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.
• Raimunda Jovita Cardoso, citada em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.
Os Machado Cardoso
• Valdomira Machado Cardoso, citada em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.

firmo
Os Maués Cardoso
• Sebastião Maués Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.

laura
Os Oliveira Cardoso
• Augusto de Oliveira Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.

ARUMANDUBA
Os P. Cardoso
• Raimundo P. Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.

Os Paixão Cardoso
• Manoel da Paixão Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Paraense Cardoso
• Francklin Paraense Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

ARUMANDUBA
Os Piedade Cardoso
• Maria da Piedade Cardoso, citada em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.

laura
Os Santos Cardoso
• Laudelino dos Santos Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.
Os Silva Cardoso
• Manoel da Silva Cardoso, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.

ARUMANDUBA
• Sebastiana da Silva Cardoso, citada em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.

laura
Os Vilhena Cardoso
• Clara Vilhena Cardoso, citada em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.

horácio
Família
• João Raimundo Cardoso, pai de João Raimundo Cardoso Filho..
• João Raimundo Cardoso Filho, citado na localidade Furo Grande em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.

 Localidades
ABAETÉ
• Brasiliano Cardoso, origem na localidade Rio Abaeté, citado em 1944.

Localidades
ARUMANDUBA
. Cecílio Cardoso, origem na localidade Rio Arumanduba, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Manoel Bento Cardoso, origem na localidade Rio Arumanduba, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Manoel Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Manoel Elias Cardoso, origem na localidade Rio Arumanduba, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Rio Arumanduba
. Maria Cardoso, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Odival Cardoso, origem na localidade Rio Arumanduba, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Manoel Raimundo Cardoso, origem na localidade Rio Arumanduba, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Rio Arumanduba
. Sebastiana Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Tomás Cardoso, origem na localidade Rio Arumanduba, citado em 1953 como contribuinte através de José Vilhena e em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Localidades
CAMOTIM
Rio Camotim
• Antonio Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944.
• Esperidiana Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944.
• João Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citado em 1944.
• João Alcides Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citado em 1944.
• José Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citado em 1944.
• Manoel Pedro Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944.
• Maria Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944.
• Maximiano Sudário Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citado em 1944.
• Miguel Archanjo Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citado em 1944.
. Mitirito Cardoso, citado em 1953 como contribuinte e Membro Auxiliar arrecadador da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Naíde Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944.
• Rosiana Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944.
• Terezinha Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944.

CAMPOMPEMA
. Antonio Cardoso, origem na localidade Rio Campompema, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Localidades
CARIPETUBA
Rio Caripetuba
• João Esmerino Cardoso, origem na localidade Rio Caripetuba, citado em 1944.
• Raimundo Cardoso, origem na localidade Rio Caripetuba, citado em 1944.
• Teodomiro Cardoso, origem na localidade Rio Caripetuba, citado em 1944.

Localidades 
CURUPERÉ
Rio Curuperé
. Manoel de Jesus Cardoso, citado na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Localidades
MARACAPUCU
Os Cardoso do Rio Maracapucu
. Acendino Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1953 e 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Alexandre Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Cilomário Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Delba Catarina Cardoso, citada na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. João Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. José Maria Cardoso, citada na localidade Rio Maracapucu em 19653 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba  através de Carmosina Jaques Pinheiro.
• Manoel Laurindo Cardoso, presente na instalação da Cidade de Abaeté em 15/8/1895, comerciante e dono de engenho para mel no rio Maracapucu e morador à Rua Siqueira Mendes em 1922.
. Maria de Lourdes Cardoso, citada na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Raimunda Cardoso, origem na localidade Baixo Maracapucu, citada em 1944.
. Raymunda Jovita Cardoso, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Feliciano de Lima.
• Raimundo André Cardoso, origem na localidade Baixo Maracapucu, citado em 1944.
. Raimundo Cardoso, origem na localidade Rio Maracapucu, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Raimundo Cardoso, origem na localidade Baixo Maracapucu, citado em 1944.

Rio Maracapucu
• Velho Cardoso, com origem na localidade Maracapucu, tinha irmãos: Tibúrcio Teixeira, origem no Maracapucu, Antonio Alexandre Cardoso, Antonio Amanajás Cardoso. Vide avós maternos de Maria de Nazaré Cardoso e Carmem Cardoso Ferreira: Benedita Maria da Conceição Teixeira e Antonio Alexandre Cardoso.

URUBUÉUA/MARACAPUCU
Os Cardoso Dias
. André Cardoso Dias, citado na localidade Rio Urubuéua em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Francisco Cardoso Dias, citado na localidade Rio Urubuéua em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Manoel Cardoso Dias, citado na localidade Rio Urubuéua em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Maria da Glória Cardoso Dias, citado na localidade Rio Urubuéua em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
MARACAPUCU
• Teodora Cardoso Dias, origem na localidade Rio Maracapucu, citada em 1944.

Localidades
PANACUERA
Furo Panacuéra
• Brasilino Cardoso, origem Furo Panacuéra, citado em 1944.

Rio Sapocajuba
. Maria Regina Cardoso, citada em 1961 na localidade Rio Sapocajuba como contribuinte da festa de N. S. da Conceição, em Abaetetuba.
Localidades
TUCUMANDUBA
. Fermiano Cardoso, citado em 1961 na localidade Rio Tucumanduba como contribuinte da festa de N. S. da Conceição, em Abaetetuba.
. Horácio Cardoso, citado em 1940 e 1953 como Membro Auxiliar da diretoria na zona do Tucumanduba e como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.

• Jaime Tomás Cardoso, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emília Maués Cardoso.
Tucumanduba
. Manuel Cardoso, citado em 1953 como contribuinte através de Maria Loureiro Maués da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
BAIXO TUCUMANDUBA/PARURU
Os Maués Cardoso
• Sebastião Maués Cardoso, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emília Maués Cardoso.
Os Cardoso dos Santos
• Demétrio Cardoso dos Santos, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emília Maués Pinheiro.

Localidades
XINGU
Os Cardoso
• Francisca Herundina Cardoso, origem na localidade Rio Xingu, citada em 1944.

MARACAPUCU
Família
. Rosalina Cardoso/Rosa, com origem na localidade Rio Maracapucu, com 67 anos em 2014,  e atualmente reside em Joanes, vila do município de Pontas de Pedra/PA para onde se mudou em 1974, filha de Aluísio Derjoni Dias e Maria Iraci Cardoso, esta com 101 anos em 2014 e Rosalina é casada e com filhos: Ocivaldo e outros em pesquisa.

Família
. Alessandro Cardoso, citado em 2014
. Rita Cardoso, citada em 2014
. Valmir Cardoso, citado em 2014

joão albino
. Ercília B. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.

. Sinforosa B. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte e arrecadadora da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os B. Cardoso
. Alair B. Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sinforosa B. Cardoso.
. Domingos B. Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.


. Luiz B. Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sinforosa B. Cardoso.
Os D. Cardoso
. João D. Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.

Os F. Cardoso
. Antonio F. Cardoso, citado em 1939 como representante da Mocidade Abaeteense em uma das noite da  da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

MARACAPUCU
Os Ferreira Cardoso
. Benedito Ferreira Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Ernestina Ferreira Cardoso, citada em 1961 como contribuinte e arrecadadora na localidade Rio Maracapucu da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Capim
. José F. Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Nabor Sousa Azevedo, este da Ilha do Capim.

MARACAPUCU
. Oberdan F. Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

. Raimunda Ferreira Cardoso, citada em 1961 como juiza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Raimundo Ferreira Cardoso, citado em 1961 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba/PA.

MARACAPUCU
. Raimundo Ferreira Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

OS FIGUEIREDO CARDOSO
Pesquisas de Ademir Rocha, colaboração de Arnaldo Paes Figueiredo, este grande depositário da genealogia e cultura abaetetubense.
  Os Figueiredo Dias
ANTONIO DE FIGUEIREDO DIAS, Citação de 1922:
“Antonio de Figueiredo Dias com casa de commércio na Costa Maratauhyra”.
. Antonio de Figueiredo Dias Primo. Citações de 1922: “Antonio de Figueiredo Dias Primo com engenho para fabricar mel no Rio Maracapucú”. “Antonio de Figueiredo Dias Primo com pagamento de imposto de valor locativo, por um imóvel sito à Rua Siqueira Mendes, na cidade de Abaeté, no valor de 12$000, no tempo da intendência do Dr. Lindolpho Cavalcante de Abreu”. “Antonio de Figueiredo Dias Primo transfere o imóvel sito à Rua Siqueira Mendes, em Abaeté, para José Saul”.
Anos de referência: 1918 e Antonio era comerciante e senhor de engenho.
. Elpídio de Figueiredo, era tio de MAXIMIANO FIGUEIREDO CARDOSO, este morava em Parintins.

Os Figueiredo Cardoso e Cardoso de Figueiredo
. Adelino Cardoso de Figueiredo, é irmão de João Cardoso de Figueiredo
. Elpídio Figueiredo, tio de Maximiano Figueiredo Cardoso
. Maximiano Figueiredo Cardoso, era casado e com filhos: Aníbal, Sinval, Antoniozinho, Alfredinho e outros. Maxico Cardoso, como era chamado, era rico e tinha uma lancha tipo gaiola que foi para o fundo do mar e nesse episódio morreram duas de suas filhas. Depois desse fato ele resolveu se mudar para a cidade de Parintins, no Amazonas, onde morava um seu tio de nome Elpídio Figueiredo. Nessa cidade ele se tornou industrial, comerciando fibra de juta, comércio de exportação, adquiriu prestígio como bom e rico comerciante e nessas condições veio até Abaeté e contratou a Banda Carlos Gomes para tocar na festa de Nossa Senhora do Carmo, em Parintins, de quem era devoto. Prudente Ribeiro de Araújo trabalhava no seu escritório, como Guarda-Livro.
Citações sobre Maximiano Figueiredo Cardoso:
- Pagamentos em 30/10/1896, a João Gabriel de Figueiredo, pelo fornecimento de mercadorias e materiais ao quartel e cadeia desta cidade (Abaeté), no governo do Intendente Emygdio Nery da Costa.
- Miguel Matos e João Gabriel de Figueiredo possuíam imóveis na Av. Coronel Aristides Siva, anos de 1920.
É citado com herdeiros em 1930.
. Adelino Cardoso de Figueiredo, filho de João Gabriel de Figueiredo e Anna Cardoso de Figueiredo.
. João Cardoso Figueiredo
. João Figueiredo
- Irmão de João Cardoso de Figueiredo: Adelino Cardoso de Figueiredo, este falecido e sepultado na quadra Santa Maria, filhos de João Gabriel de Figueiredo (falecido) e D. Anna Cardoso de Figueiredo.
- O Mestre Coló (Coriolano da Gama Margalho) construiu o barco “São Cláudio”, para João Figueiredo.
- Sinhuca (Hidelfrides dos Reis e Silva) tornou-se comerciante marítimo, viajando no barco “São Cláudio”, de João Figueiredo, viajando para o Baixo Amazonas, no comércio de regatão, onde foi um dos pioneiros nesse tipo de comércio.
. Cláudio Figueiredo
- Em 1942, Lauro Cardoso da Silva foi estudar em Belém, ingressando no Instituto Nossa Senhora de Nazaré, dos irmãos Maristas, como interno da escola e viajou para Belém no navio-motor de propriedade do pai de Claúdio Figueiredo, que era seu primo.
. João de Figueiredo, com comércio de mercearia à Rua Justo Chermont, em 1931.
Filhos de Maximiano Figueiredo Cardoso
. Anibal Figueiredo, filho de Maximiano Figueiredo Cardoso/Maxico
. Sinval Figueiredo, filho de Maximiano Figueiredo Cardoso/Maxico
. Antonio Figueiredo/Antoniozinho, filho de Maximiano Figueiredo Cardoso/Maxico
. Alfredo Figueiredo/Alfredinho, filho de Maximiano Figueiredo Cardoso/Maxico
. João Gabriel de Figueiredo
Família
. Dolores Negrão Figueiredo/Santinha, filha de Marcellino Figueiredo e Anna Rita Negrão, c/c Diquinho Cardoso e tiveram filhos: Dica, Raimundinho, Joana, Ana e outros em pesquisa.
Filhos de Dolores Negrão Figueiredo/Santinha e Raimundo Ferreira Cardoso/Diquinho Cardoso:
. Dica Figueiredo Cardoso
. Elza Negrão Figueiredo/Piquixita, filha de Marcellino Figueiredo e Anna Rita Negrão, c/c Maximiano Lima Cardoso/Maxico e com filhos: Vera, Ana Brígida, Elza Hildebrandina, Sérvulo, João Bosco, Passarinho e Clóvis de Figueiredo Cardoso.
. Marcellino Figueiredo, de descendência portuguesa, com vários irmãos que moravam em Macapá, Villa Viçosa e outros lugares do Pará, sendo que só sua irmã Mimita Figueiredo veio com Marcellino para Abaeté. Marcellino c/c Anna Rita Negrão, esta filha de Leandro Victor Negrão e Anna Negrão que são originários do Maracapucu-Mirim/Jupariquara e de descendência portuguesa e tiveram filhos: Raimundo, Dolores/Santinha, Abigail/Branca, Antonia/Preta, Elza/Piquixita, Clara/Clarita, Oneide, Amazonina, Benedita/Graci, Maria Brígida/Brígida, Marcelino/Bideca, Francisco/Chico e Pedro Negrão Figueiredo.
. Anna Negrão, casou com Leandro Victor Negrão e com filhos: Anna Rita Negrão
. Anna Rita Negrão, casou com Marcellino Figueiredo e com filhos. Vide Marcellino Figueiredo
. Leandro Victor Negrão, casou com Anna Negrão e com filhos: Anna Rita Negrão
. Mimita Figueiredo, irmã de Marcellino Figueiredo.

Família
. Adelino Cardoso de Figueiredo, nascido em 1881, filho de João Gabriel de Figueiredo.
. Amérco Cardoso de Figueiredo, falecido por volta de 1922 deixando herdeiros, filho de João Gabriel de Figueiredo, antigo morador da Rua Siqueira Mendes, comerciante, era aviador e faleceu vítima de um desastre de avião.
. Anibal Figueiredo, filho de Maximiano Figueiredo Cardoso e Venina Cardoso de Figueiredo
. Antonio Cardoso de Figueiredo, nascido em 1/7/1926, filho de João Gabriel de Figueiredo.
. Cláudio Tavares de Figueiredo, nascido em 25/10/1932 e falecido afogado na baía em frente de Abaeté em 7/10/1958, filho de João Cardoso de Figueiredo e que faleceu afogado na baía em frente de Abaeté.
. Elpídio Cardoso de Figueiredo, filho de João Gabriel de Figueiredo, natural de Abaetetuba, irmão de João, José e Venina Cardoso de Figueiredo, esta casada com Maximiano Figueiredo Cardoso/Maxico Cardoso, residente em Parintins/AM, industrial, comerciante e exportador de fibra de juta. 
. Elza Figueiredo Cardoso, filha de Maximiano Figueiredo Cardoso e Venina Cardoso de Figueiredo
. João Cardoso de Figueiredo/João Coletor, filho de João Gabriel de Figueiredo, dono do engenho de cachaça São Cláudio no Rio Arapapu em 1930, comerciante do setor de pesca, dono da antiga casa comercial Safira na Rua Justo Chermont em 1931 e dono do barco-motor São Cláudio nos anos de 1940/1950 o qual tinha como comandante Hildefrides dos Reis e Silva e que viajava para o Baixo Amazonas em comércio de regatão, era coletor do Estado e com residência na antiga Rua Nilo Peçanha em frente da residência de Fortunato Lobato.
. João Gabriel de Figueiredo, nascido em fevereiro de 1915, pai de João Cardoso de Figueiredo e irmãos, comerciante, dono de engenho de cana, contemporâneo de Emygdio Nery da Costa para o qual era fornecedor de gêneros para as repartições públicas municipais no tempo em que Emygdio era intendente municipal em Abaeté (1894-1896), casado e com filhos: Américo, Elpídio, João, José e Venina Cardoso de Figueiredo.
José de Carvalho Figueiredo, irmão de João Gabriel de Figueiredo, citado em 1944.
José Cardoso de Figueiredo, filho de João Gabriel de Figueiredo.
. José Chrispim Cardoso de Figueiredo, irmão de João Gabriel de Figueiredo, residente na Rua Siqueira Mendes, nº 54 ao lado da residência da família de Carlos Barbageta, e José Chispim era coletor do Estado, c/c Oscarina de Melo Figueiredo e tiveram filhos: Rubens, Walter, Helenice, Gilberto e Maria Lúcia Melo Figueiredo e essa família foi morar no Rio de Janeiro.
. Rubens Melo Figueiredo, filho de José Chrispim Cardoso de Figueiredo e Oscarina de Melo Figueiredo.
. Walter Melo Figueiredo, filho de José Chrispim Cardoso de Figueiredo e Oscarina de Melo Figueiredo.
. Helenice Melo Figueiredo, filho de José Chrispim Cardoso de Figueiredo e Oscarina de melo Figueiredo.
. Rubens Melo Figueiredo, filho de José Chrispim Cardoso de Figueiredo e Oscarina de Melo Figueiredo.
. Gilberto Melo Figueiredo, filho de José Chrispim Cardoso de Figueiredo e Oscarina de Melo Figueiredo.
. Maria Lúcia Melo Figueiredo, filha de José Carvalho de Figueiredo e Oscarina de Melo Figueiredo.
. Olavo Figueiredo, filho de Maximiano Figueiredo Cardoso e Venina Cardoso de Figueiredo
. Venina Cardoso de Figueiredo, filha de João Gabriel de Figueiredo, citada como professora em 1920, c/c Maximiano Figueiredo Cardoso/Maxico Cardoso e tiveram filhos: Antonio/Antoniozinho, Aníbal, Sinval, Olavo, Elza Figueiredo Cardoso, sendo que numa viagem pelo Rio Amazonas, perto de Manaus/Am faleceram 4 desses irmãos presos nos camarotes do navio de Maximiano Figueiredo Cardoso que naufragou.
. Sinval Figueiredo, filho de Maximiano Figueiredo Cardoso e Venina Cardoso de Figueiredo, com fazenda no Uruguai.

Família
• Antonio Cardoso Figueiredo, nascido em 1/7/1926.
• Adelino Cardoso de Figueiredo, nascido em 1881.
• Cláudio Tavares de Figueiredo, nascido em 25/10/1932 e falecido em 7/10/1958.
• João Gabriel de Figueiredo, nascido em fevereiro de 1915.
Outros
• João Cardoso de Figueiredo, citado em 1927/1946.
• João Figueiredo, dono do engenho de cachaça São Cláudio, Rio Arapapu, no início do século 20, comerciante nos anos de 1940, 1950.
• João Cardoso de Figueiredo, citado em 1946.

~~~~~~~~
Os Figueiredo Cardoso
• ANA DE FIGUEIREDO CARDOSO, c/c Alcimar Carneiro de Araujo e tiveram 7 filhos.
• Aníbal de Figueiredo Cardoso, citado em 1946.
. Antonio Figueiredo Cardoso, citado em 1953 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Antonio de Figueiredo Cardoso, citado em documento de 1944.
• Maria da Conceição Figueiredo Cardoso, Humanistas de 1960, do Ginásio N. S. dos Anjos.
. Sérvolo de Figueiredo Cardoso, citado em 2012.
. Sinval Figueiredo Cardoso, casado, citado em 1953 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Venina Figueiredo Cardoso (professora), citada em 1920.

Descendentes de JOÃO LOURENÇO CARDOSO e demais parentes
• Cecílio de Almeida Cardoso, c/c Maria Maués Cardoso e tiveram os seguintes filhos: José Antonio de Pádua, Ana Nazaré, Cristina, Maria da Ressurreição, Ely de Sabatini, Esmaelino de Jesus, Maria Dalcy e Raimunda Nonata.
• Esmerina de Almeida Cardoso, nascida em 12/2/1900 e falecida a 24/3/1974, filha do rico Cel. Maximiano Guimarães Cardoso e Anna Judith de Almeida. Era Esmerina quem tomava conta da grande fortuna de seu pai e dos trabalhos da casa da fazenda, c/seus escravos, alforriados e famílias. Era tanto dinheiro em casa, guardado em baús, que as notas “pegavam bolor”/fungos e era necessário que, de vez em quando, se estendessem as notas de dinheiro em cima de esteiras feitas de palha e talas de jupati/espécie de palmeira, colocadas s/a grande ponte do trapiche da casa e com os ventos, muitas notas voavam e caíam no rio e eram levadas pelas águas, c/c Latino Lídio da Silva e teveram 8 filhos. Vide fam. Silva.
• João Lourenço Cardoso, c/c Gertrudes Guimarães, ávos paternnos de Esmerina de Almeida Cardoso.
• MAXIMIANO GUIMARÃES CARDOSO, filho de João Lourenço Cardoso e Gertrudes Guimarães, homem forte e alto e usava bigode característico, que ajudou na 1ª Comissão para a construção da Igreja Matriz de N. S. da Conceição, dono de fazendas/engenhos e escravos no Rio Tucumanduba, provida de luz elétrica fornecida por um sistema com gerador acoplado a rodas de ferro com pás de madeira, movimentadas pela força da correnteza do rio. Ali ele criava gado, carneiros, porcos, cabras, patos, galinhas, cavalos, além do engenho produtor de cachaça e mel de cana. Ele plantava cana-de-açúcar, cacau e possuía seringais. Ele comprou direto da Inglaterra duas lanchas em ferro e aço, a Tucumanduba e a Cardosinha. A Tucumanduba era muito veloz e com sirene potente. Possuía muitos escravos e trabalhadores na fazenda. Com a abolição da escravatura trabalhava com escravos alforriados, citado nas décadas de 1920,1930. O Coronel Maximiano c/c Ana Judith de Almeida Cardoso e tiveram 9 filhos: Esmerina, Esmerina Cardoso da Silva/nome de casada, teve 8 irmãos e também 8 filhos.
Família
. João Francisco Cardoso, origem na localidade Rio Caripetuba, carpinteiro naval, casado e com filhos: Tacilo e outros.
. Mocinha Cardoso,  irmã de João Francisco Cardoso
. Tacilo Cardoso, origem na localidade Rio Caripetuba, carpinteiro naval, dono de estaleiro na localidade rio Jarumã, em Abaeteetuba.
Famílias Maués Cardoso e Nunes Ferreira
. ACENDINO MAUÉS CARDOSO/Dinda, filho de Alexandre Antonio Cardoso e Joana Maués Cardoso, casado e com filhos: Alexandre Maués Cardoso, Joana, Leocendino/Caboco, Raimundo/Costela, Gregório/Guigo, Maria de Nazaré e Ambrosina.
7ª G/Pentanetos/Pn dos Roberto Maués
. 7ª G/Pn, ADELAIDE NUNES FERREIRA, filha de José Nunes Ferreira e Maria Maués Ferreira
 Adelaide Ferreira Carneiro, casou com João Baptista Ferreira, este antigo capataz do porto de Abaeté.
. ADELAIDE MAUÉS CARDOSO/Dadá, filha de Alexandre Antonio Cardoso e Joana Maués Cardoso, casou com Carlos Nunes Ferreira e tiveram filhos, 8ª G/Hexanetos/Hn, dos Roberto Maués.

. ALEXANDRE MAUÉS CARDOSO, filho de Alexandre Antonio Cardoso e Joana Maués Cardoso,

• ALEXANDRE ANTONIO CARDOSO, um dos patriarcas da Família Cardoso, foi morador na então Praça da República, vogal na Intendência: do Tenente-Coronel Torquato Pereira de Barros em 1900-1902, da intendência do Dr. João Evangelista Correa de Miranda em 1902-1906, na Intendência do Coronel Hygino Maués em 1906-1908, comerciante citado em 1922, Major-fiscal do Estado-maior do 214º Batalhão de infantaria da Guarda Nacional em 12/4/1906, casou com Joana Maués Cardoso e tiveram filhos, 3ª G/Netos/N: Antônia Felícula Cardoso/Preta, Raimundo Maués Cardoso/Mundico, Alexandre Maués Cardoso, Adelaide Maués Cardoso/Dadá, Acendino Maués Cardoso/Dinda, Horácio Maués Cardoso e Tarcilo Maués Cardoso.

. Alexandre Ferreira Cardoso/Francisquinho, filho de Raimundo Maués Cardoso/Mundico e Maximina Ferreira, casado e com filhos: Adenaldo, Adelma, Ângela, Angelandre, Alexandre, Advaldo/Abaeté, Agenaldo.
~~~~~~~~~~~~~~
. Alexandre Maués Cardoso/Mundico, filho de Alexandre Antonio Cardoso e Joana Maués Cardoso, 

Esmeralda Cardoso,
Antonia Felícula Cardoso. Antonia Felícula tinha outros irmãos: Dadá e Horácio Cardoso.
c/c Benedita Maria da Conceição Teixeira

• Antonia Felícula Cardoso/Preta, filha de Antonio Alexandre Cardoso e Benedita Maria da Conceição Teixeira,
~~~~~~~~~~~~

. ANTONIA FELÍCULA CARDOSO/Preta, filha de Alexandre Antonio Cardoso e Joana Maués Cardoso, c/c Arthur Nunes Ferreira, este possuía duas irmãs e esses três componentes da Família Nunes Ferreira casaram com outros 3 componentes da Família Maués Cardoso, portanto seus descendesntes são duas vezes primos entre si. Filhos, 8ª G/Hexanetos/Hn, de Antonia Felícula com Arthur Nunes Ferreira: Maria de Nazaré, Joana da Conceição, Artúnia, João Batista, Carmem Cardoso Ferreira. Antonia Felícula, faleceu com 99 anos, no dia de Santo Antonio. Inicialmente a família de Antonia Felícula residiu num chalé atrás do prédio da Escola Basílio de Carvalho, casa onde antes morou Zezé Paes. Irmãos de Arthur, casadas com Maués Cardoso: Carlos Nunes Ferreira, que c/c Adelaide Maués Cardoso/Dadá e tiveram filhos e Ernestina Nunes Ferreira/Nini que c/c Horácio Maués Cardoso e tiveram filhos.
• Antonio Alexandre Cardoso, irmão do Velho Cardoso, com origem no Maracapucu, c/c Benedita Maria da Conceição Teixeira e tiveram filhos.
• Antonio Amanajás Cardoso, irmão do Velho Cardoso, com origem no Rio Maracapucu. Vide avós maternos de Maria de Nazaré Cardoso Ferreira e Carmem Cardoso Ferreira: Benedita Maria da Conceição Teixeira e Antonio Alexandre Cardoso. Antonio Amanajás Cardoso, irmão de Tibúrcio Teixeira e Alexandre Antonio Cardoso.
• Antonio Cardoso Amanajás, coronel, com origem na antiga Freguesia de Santa Anna de Igarapé-Miry (que foi o introdutor do clã dos Amanajás), foi membro da 1ª Câmara da Villa de Igarapé-Miry (1845-1849, c/c Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, filha de um senhor de engenho e escravos em Abaeté de nome Antonio José da Silva Brabo, e tiveram filhos: Hygino Antonio Cardoso Amanajás e outros.
7ª G/Pentanetos/Pn dos Roberto Maués 
 . 7ª G/Pn, ARTHUR NUNES FERREIRA, filho de José Nunes Ferreira e Maria Maués Ferreira, antigo comerciante e industrial em Abaeté, casou com Antonia Felícula Cardoso/Preta e em 2ª núpcias casou com Mimita Floresta Ferreira e com filhos, 8ª G/hexanetos/Hn.
. Artúnia Cardoso, faleceu a 6/1/2012, é irmão de João Batista Cardoso/João Pata Gorda, ambos padrinhos do Dr. Assis, dentista em Abaetetuba.
7ª G/Pentanetos/Pn dos Roberto Maués 
 . 7ª G/Pn, CARLOS NUNES FERREIRA, filho de José Nunes Ferreira e Maria Maués Ferreira, antigo comerciante e industrial em Abaeté, casou com Adelaide Maués Cardoso/Cardoso Ferreira e com filhos, 8ª G/Hexanetos/Hn.
• Adelaide Cardoso Ferreira/Dadá Cardoso, c/c Carlos Nunes Ferreira, que, por sua vez, é irmão de: Arthur e Mimi Nunes Ferreira, que por sua vez casaram com membros da fam. Cardoso.
. Alexandre Cardoso/Francisquinho, com irmãos: Diquinho, Corumbá, Virgulina, primos de Horácio Sizino Cardoso.
. Conceição Ferreira Cardoso, filha de Raimundo Maués Cardoso/Mundico e Maximina Ferreira. 
7ª G/Pentanetos/Pn dos Roberto Maués
. 7ª G/Pn, ERNESTINA NUNES FERREIRA/Nini, foi professora municipal na então Abaeté, filha de José Nunes Ferreira e Maria Maués Ferreira e era irmã  de d. Adelaide Ferreira Cardoso e estas são netas do capitalista e industrial Sr. João Olympio Roberto Maués (patriarca da Família Roberto Maués), e descendente do Coronel Antonio Francisco Correa Caripuna, este capitalista da Família Correa de Miranda com origem em Igarapé-Miri e citados em 14/1/1913. Vide postagens das Famílias Roberto Maués e Correa de Miranda, de Igarapé-Miri/PA. Ernestina Nunes Ferreira/Ernestina Ferreira Cardoso/Nini e Horácio Maués Cardoso tiveram filhos, 8ª G/Hexanetos/Hn.

A Família Correa de Miranda vem desde a fundação da povoação de Sant'Anna de Igarapé-Miri, Século 18 e o Tenente-Coronel Antonio Francisco Correa de Miranda  mudou nome para Antonio Francisco Correa Caripuna, foram as gerações que seguem com os descendentes do Coronel Caripuna, incluindo os Roberto Maués.

A Família Maués Cardoso descende da Família Roberto Maués e da Família Correa de Miranda, conforme abaixo:
1ª G/Pais, de MANOEL JOÃO CORREA DE MIRANDA e seu irmão Julião Antonio Correa de Miranda, que tiveram filhos, 2ª G/Filhos/F.
2ª G/Filhos/F: MANOEL JOÃO CORREA DE MIRANDA e seu irmão Julião Antonio Correa de Miranda:
Manoel João Correa de Miranda, c/c Maria Ferreira de Gusmão (esta citada em 1825), donos de terras com plantações e donos de escravos e senhores de engenhos em Igarapé-Miri/Pa e tiveram cerca de 10 filhos, 3ª G/Netos/N: Manoel João Correa de Miranda (homônimo do pai) e Marcellino José. Outros filhos: José Carlos Correa de Miranda, Manoel Gonçalves Correa de Miranda. Como dono de escravos Manoel João teve outros filhos extra-conjugais, fato comum na época da escravidão.
3ª G/Netos, filhos de Manoel João Correa de Miranda e Maria Ferreira de Gusmão:

3ª G/N/ Manoel João Correa de Miranda (homônimo do pai), nasceu no distrito de Anapu, Freguesia de Igarapé-Miri, e faleceu em 1850, era dono de terras com plantações de seringueiras, dono de escravos e com laços de comércio de borracha em Belém/Pa, dono de engenhos, Tenente-coronel das antigas milícias, c/c Francisca Xavier Gonçalves Moura e ficou viúvo e casou uma 2ª vez com Catharina Maria de Oliveira Góes e sem filhos com essas esposas, porém teve um filho, 4ª G/Bisnetos/Bn, com Alexandrina Souza de Miranda (esta já era falecida em 1870) de nome Antonio Manoel Correa de Miranda. Manoel João Correa de Miranda faleceu quando seu filho Antonio Manoel tinha 20 anos de idade em 1850 e teve cerca de outros nove irmãos.

4ª G/Bisnetos/Bn, filhos de Manoel João e Alexandrina Souza de Miranda
4ª G/Bn: Antonio Manoel Correa de Miranda/BARÃO DE CAIRARY, que nasceu em 18/9/1831, na Freguesia de Sant' Anna de Igarapé-Miri e faleceu na Fazenda do Carmo, no Rio Anapu, Vila de Igarapé-Miri em 20/8/1903, comerciante e proprietário de terras, Juiz de Paz, oficial da Guarda Nacional qualificado em 10/7/1851, vereador da Câmara Municipal na Villa de Moju/Pa, que exerceu vários mandatos políticos de deputado na Assembléia Provincial na segunda metade do século 19 entre os anos de 1875 a 1877, Oficial da Guarda Nacional em Belém, citado em 10/7/1851 e 25/7/1851 como Tenente em Igarapé-Miri, Capitão Comandante em 24/5/1858, major comandante em 20/10/1869 e coronel comandante em 20/10/1869 e 31/12/1870 a 22/1872, e foi agraciado por D. Pedro II com o título de Barão de Cairary por carta imperial em 8/8/1888, era comerciante, dono de muitas terras em Anapu, Freguesia de Santa Anna de Igarapé-Miri e Freguesia de Moju, com plantações de seringais e outras culturas, dono do Engenho do Carmo, no Rio Anapu em 1870, atual Igarapé-Miri/Pa, e dono de engenho-fazenda no distrito de Cairary, citado em 1879, dono de escravos, c/c Leopoldina Campos e com filhos, 5ª G/Trinetos/Tn: Eufrosina Correa de Miranda, José Correa de Miranda, Antonio Miranda Filho e outros.
5ª G/Trinetos/Tn, filhos de Antonio Manoel Correa de Miranda (Barão de Cairary)
5ª G/Tn/ Eufrosina Miranda Ribeiro, c/c com o influente jornalista, advogado e político paraense, Raimundo Nina Ribeiro, com nome na história do Pará, ficou viúva e com filhos 6ª G/Tetranetos/Ttn.
5ª G/Tn/ José Correa de Miranda, este casado e com filhos, 6ª G/Tetranetos/Ttn: Vitorina Correa de Miranda e outros.
6ª G/Ttn, Vitorina Correa de Miranda, esta casada com Eládio Correa Lobato e com filhos, 7ª G/Pentanetos/Pn: Graça e outros.
5ª G/Tn/ Antonio Miranda Filho
3ª G/Netos/N: Marcellino José Correa de Miranda, dono de terras, senhor de engenhos para fabricar açúcar e cachaça, dono de 25 escravos, dono de casas, c/c Catharina Ignácia do Espírito Santo e tiveram cerca de 8 filhos, 4ª G/Bisnetos/Bn: Antonio Francisco Correa Caripuna e Justo José Correa de Miranda e outros.
4ª G/Bisnetos/Bn, filhos de Marcellino José e Catharina Ignácia do Espírito Santo
TENENTE-CORONEL CARIPUNA
4ª G/Bisnetos/Bn: Antonio Francisco Correa Caripuna (seu nome anterior era Antonio Francisco Correa de Miranda), nascido em 10/1814.e faleceu em 1877, dono de muitas terras com plantações (cana-de-açúcar, cacau e outras culturas) e era um dos maiores proprietários de terras desse período e dono de casas, inclusive casa de sobrado e casas em Belém (algumas dessas casas já cobertas com telhas), dono de olaria e serraria, senhor de muitos escravos (era o maior senhor de escravos da região que somavam mais de 77 escravos), dono de engenhos movido pela força da água ou engenhos movidos à vapor de lenha para fabricar açúcar e cachaça para exportação, oficial da Guarda Nacional com patente de tenente-coronel e comandante de Batalhão de Infantaria citado em 1862 e 1868, estabeleceu-se em várias localidades da Freguesia de Abaeté, dono de patrimônio de 70.066$041 réis, c/c Maria do Carmo de Castilho (esta falecida em 1851) e tiveram filhos, 5ª G/Trinetos/Tn: Firmino e Francisco Correa Caripuna.
. Antonio Francisco Correa Caripuna casou uma 2ª vez com Victória Maria da Silva Brabo, esta filha de abastado senhor de engenhos e escravos em Abaeté de nome Antonio José da Silva Brabo e com quem teve os filhos, 5ª G/Tn: Victório Antonio, José Fleury, Antonio Francisco Correa Caripuna (o filho). O Tenente-Coronel Caripuna teve muito outros filhos e filhas da 5ª G/Tn.
Foi o Tenente-Coronel Caripuna que tomou a iniciativa em 1868 da construção da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, Paróchia de Abaeté, visto que a 2ª igreja tinha desmoronado em 1862: “Antonio Caripuna decidiu arrematar junto ao governo provincial um contrato onde se estabelecia a construção de uma nova igreja matriz na localidade. Porém tal edifício não foi concretizado, pois suas obras estavam sendo construídas fora das condições do respectivo contrato e prescrições do engenheiro fiscal” Vide Relatórios da Presidência da Província, apresentados à Assembléia Legislativa Provincial na 1ª Sessão da 17ª legislatura pelo 4º vice-presidente, dr. Abel Graça, de 1870. Citação em http://www.crl.edu/content/brazil/para.htm.
Essa citação é importante para a história da igreja católica em Abaetetuba pois comprova 2 fatos: que a antiga Abaeté teve duas igrejas na antiga Travessa da Conceição e que ambas ficaram arruinadas devido as condições de umidade do local, que a citação acima aponta e que a iniciativa de construção da nova Igreja Matriz de Abaeté era uma aspiração antiga do povo abaeteense, que vem desde a ruína da 2ª capela de Nossa Senhora da Conceição em 1862. Vide postagens sobre Devoção a Nossa Senhora da Conceição em Abaeté.
O Tenente-Coronel Caripuna faleceu em 1877 e foi sepultado em Abaeté, possivelmente no 1º Cemitério Público de Nossa Senhora da Conceição e seus restos mortais foram transladados para um rico mausuléo que fica em frente à capelo do atual Cemitério Público de Abaetetuba. É um túmulo construído em mármore importado da Europa, ornamentado com um anjo.

Genealogia paralela dos Castilhos
. Maria do Carmo de Castilho, dona de engenho de cana movido à água, casas e dona de 32 escravos em terras em Abaeté, citada em 1853 e 1ª esposa do Cel. Caripuna, falecida em 1851. Filhos de Maria do Carmo de Castilho c/Antonio Francisco Correa Caripuna (Tenente-Coronel Caripuna): Francisco e Firnino Correa Caripuna.
. Francisco Correa Caripuna, c/c sua prima Aurélia, filha de Justo José (irmão do Coronel Caripuna) e tiveram filhos.
. Firmino Correa de Miranda, c/c sua prima Elíbia (filha de Justo José, irmão do Coronel Caripuna) e tiveram filhos.
. Isabel Maria de Castilho (possivelmente irmã de Maria do Carmo de Castilho), c/c Justo José Correa de Miranda (da 4ª G/Bisnetos/Bn, abaixo), sendo o 1º casamento deste e tiveram filhos: Aurélia Aureliana e Elíbia Eufrosina Correa de Miranda. Justo José casou uma 2ª vez com Alexandria Maria Pinheiro e tiveram filhos: Rogério, Raquel e Reinaldo Correa de Miranda.
Filhos de Isabel Maria de Castilho e Justo José Correa de Miranda
. Aurélia Aureliana Correa de Miranda, c/c seu primo Francisco Correa de Miranda, este filho do Tenente-Coronel Caripuna.
. Elíbia Eufrosina Correa de Miranda, c/c seu primo Firmino Correa de Miranda, filho do Tenente-Coronel Caripuna.
Como o Tenente-Coronel Caripuna foi uma figura proeminente na antiga Villa de Abaeté, dono de engenhos, senhor de escravos, chefe político, com patente e comandante da Guarda Nacional e muito rico, possivelmente dono da maior fortuna de Abaeté, foi reverenciado com um nome de rua, a Rua Coronel Caripuna, que aparece em documentos do início do século 20. Vide outras referências à Rua Tenente-Coronel Caripuna abaixo
Rua Cel. Caripuna, onde ficava a casa de Dionísio Pedro Lobato em 1894.
Na Rua Coronel Caripuna ficava a antiga Agência dos Correios de Abaeté, junto a ponte do igarapé, em 1905.
Raymumdo Lycio Baía, em 1906 residia na Rua Cel. Caripunas, perto da casa de Verônica Lobato, quase esquina c/a Trav. da Conceição.
A firma Antonio dos Santos &Irmão, com commércio à Rua Cel. Caripuna, em 1920.
Manoel de Castro, c/terreno à Rua Cel. Caripuna, em 1920.
Rua Cel. Caripuna, canto c/a Trav. 22 de Junho, em 1925.
Rua Cel. Caripuna onde ficava a casa de Carmelita Parente de Andrade,em 1930. Carmelita Parente de Andrade passa o s/terreno sito à Rua Cel. Caripunas p/D. Sumprosina Fonseca da Costa, em 1930.
Trecho de uma reportagem
Em 15/8/1884, quando a Villa de Abaeté comemorava a adesão do Pará à independência do Brasil, data em que também foi fundado o jornal “O Independente”, pelo Tenente-Coronel Caripuna e Hygino Amanajás, este como diretor desse periódico por 10 anos, a vila de Abaeté contava com as seguintes ruas:
Ruas: Tenente-Coronel Caripuna e Siqueira Mendes, construída recentemente, (como cita o jornal).
Genealogia paralela de Hygino Amanajás
1ª G/Pais do Coronel Antonio Cardoso Amanajás.
2ª G/Filhos/F: Coronel Antonio Cardoso Amanajás, com origem na antiga Freguesia de Santa Anna de Igarapé-Miry (que foi o introdutor do clã dos Amanajás), foi membro da 1ª Cãmara da Villa de Igarapé-Miry (1845-1849,. c/c Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, filha de um senhor de engenho e escravos em Abaeté de nome Antonio José da Silva Brabo, e tiveram filhos, 3ª G/Netos/N: Hygino Antonio Cardoso Amanajás e outros.
3ª G/Netos/N, filhos do Coronel Antonio Cardoso Amanajás
3ª G/N: Hygino Antonio Cardoso Amanajás/HYGINO AMANAJÁS, casou por 3 vezes e teve perto de 20 filhos, 4ª G/Bisnetos/Bn.
O Coronel Hygino Amanajás, nasceu em 15/5/1852 na antiga Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Abaeté, na localidade Rio Maracapucu, era jornalista (um dos fundadores do jornal O Abaeteense e seu diretor por 10 anos e jornalista em Belém/Pa), advogado, escritor (escreveu diversas obras), vogal em Abaeté (1887), procurador de Abaeté, deputado da Assembléia Legislativa por 3 mandatos sucessivos, iniciando no 1º mandato do Governador Lauro Sodré até a proclamação da República, no governo do Dr. João Coelho e o 1º diretor da Imprensa Oficial do Estado por 26 anos (11/6/1891-26/11/1917).
Se Hygino Amanajás/Antonio Hygino Cardoso Amanajás nasceu em 15/6/1852 e a 1ª Câmara da Vila de Santa Anna de igarapé-Miri foi instalada em 1845, isso quer dizer que se trata do Hygino Amanajás, o pai, vereador da 1ª Câmara Municipal dessa vila e que deve ter nascido por volta de 1812, portanto, contemporâneo dos primeiros Correa de Miranda de Igarapé-Miri dos anos iniciais do 1800.

Genealogia paralela de Victória Maria da Silva Brabo
1ª G/ Pais de Antonio José da Silva Brabo ou avós de Victória Maria
2ª G/Filhos/F: Antonio José da Silva Brabo, dono de engenhos e escravos, casou e teve filhos, 3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo.
3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, c/c o Coronel Antonio Cardoso Amanajás, com origem na antiga Freguesia de Santa Anna de Igarapé-Miri e tiveram filhos, 4ª G/Nisnetos/Bn: Hygino Amanajás e outros.
3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo, casou uma 2ª vez com o Tenente-Coronel Caripuna e tiveram filhos, 4ª G/Bisnetos/Bn: Victório Antonio, José Fleury, Antonio Francisco Correa Caripuna (o filho) e outros, inclusive a que se tornou esposa de Hygino Amanajás.
Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, é citada em 1877, mãe de Hygino Amanajás, citado em 1877, este genro do Tenente-Coronel Caripuna, por que casado com uma das filhas do Tenente-Coronel Caripuna, citado falecido em 1877. Victória Maria da Silva Brabo Amanajás era casada com o Coronel Antonio Cardoso Amanajás (que foi o introdutor do clã Amanajás na antiga Freguesia de Abaeté), com que teve vários filhos, entre os quais o Coronel Hygino Amanajás/Hygino Antonio Cardoso Amanajás.
5ª G/Trinetos/Tn: filhos de Antonio Francico Correa Caripuna (Tenente-Coronel Caripuna) e Maria do Carmo de Castilho
5ª G/Tn/ Francisco Correa Caripuna, c/c sua prima Aurélia, filha de Justo José (irmão do Coronel Caripuna).
5ª G/Tn/ Firmino Correa de Miranda, c/c sua prima Elíbia (filha de Justo José, irmão do Coronel Caripuna).
5ª G/Trinetos/Tn, filhos do Tenente-Coronel Caripuna e Victória Maria da Silva Brabo, citada em 1877
5ª G/Tn: Victório Antonio Correa Caripuna, citado em 1877.
5ª G;Tn: José Fleury Correa Caripuna, citado em 1877.
5ª G/Tn: Antonio Francico Correa Caripuna (o filho), citado em 1877.
5ª G/Trinetos/Tn, outros filhos do Tenente-Coronel Caripuna (estes filhos eram vivos quando a 2ª esposa do Tenente-Coronel Caripuna, Victória Maria da Silva Brabo, ficou viúva em 1877
5ª G/Tn; uma filha do Tenente-Coronel Caripuna c/c Hygino Amanajás, este citado em 1877.
5ª G/Tn: outra filha do Tenente-Coronel Caripuna c/c Antonio José Ferreira de Góes, citado em 1877.
5ª G/Trinetos/Tn, filhos do Tenente-Coronel Caripuna e Victória Maria
5ª G/Tn: uma filha do Tenente-Coronel Caripuna c/c Ildefonso Sosinho, citado em 1877.
5ª G/Tn, e a filha Adelaide Caripuna, do Tenente-Coronel Caripuna, casou com  João Olympio Roberto Maués (este deu origem ao clã dos Roberto Maués, de Abaeté), senhor de engenho e escravos, citado em 1877, ano de falecimento de seu sogro, o Cel. Caripuna. (Vide Fam. Roberto Maués) e tiveram filhos, 6ª G/Tetranetos/Ttn: Maria, José Honório, Firmo e Manoel Roberto Maués, que também se tornaram ricos donos de engenhos em Abaeté. Vide famílias Roberto Maués e Ferreira Nunes.
João Olympio Roberto Maués, citado em documentos de 1894.
6ª G/Tetranetos/Ttn, filhos de Adelaide Caripuna e João Olýmpio Roberto Maués
6ª G/Ttn: Maria Maués Nunes, c/c José Ferreira Nunes, comerciantes na Rua Justo Chermont em 1922, ficou viúva e tiveram filhos, 7ª G/Pentanetos/Pn. Portanto, a relação das famílias Maués Cardoso vem desde o seu patriarca, citado acima. de nome João Olymphio Roberto Maués, que junta sua descendência a partir de Joana Maués Cardoso e, posteriormente, a Maria Maués Nunes, que junta sua descendência aos Nunes Ferreira, com o seu casamento com José Ferreira Nunes.
Segue a Genealogia dos Roberto Maués
6ª G/Ttn: JOSÉ HONÓRIO ROBERTO MAUÉS, nasceu na Freguesia de Nossa S. da Conceição de Abaeté e foi sepultado no 2º Cemitério Público de Abaetetuba, dono da Fazenda/engenho São José, na margem esquerda da localidade Rio Tucumanduba, recebeu o título de Comendador da Ordem de Cristo do governo imperial, com patente de tenente-coronel da Guarda Nacional, foi deputado na Assembléia Imperial.
José Honório Roberto Maués, é citado em documentos de 1905 a 1931.
Tenente-coronel José Honório Roberto Maués com casa de com engenho para fabricar cachaça e mel no Rio Piquiarana em 1922.
Fábrica de cachaça, açúcar e mel, denominada “Conceição”, no Rio Piquiarana, da firma Maués e Barbosa, tendo como sócios José Honório Roberto Maués e José Barbosa Ferreira, em 1931.
Filhos, 7ª G/Pentanetos/Pn, do Coronel José Honório e Emiliana M. da Conceição:
7ª G/Pentanetos/Pn, filhos de José Honório Roberto Maués
7ª G/Pn: Dr. Vicente Antonio Maués nasceu em 22/1/1879, no Engenho São José, às margens do Rio Tucumanduba, em Abaeté, fez seus estudos primários no Colégio Cônego Gerônimo Oliveira, em Belém, mudou para o Liceu Paraense, concluindo o curso secundário e transferiu-se para a Escola de Engenharia de Pernambuco, colando grau como engenheiro civil no dia 27/3/1909. Foi nomeado, anteriormente, em 1903, engenheiro da Secretaria de Estado de Obras Públicas, Terras e Viação, interinamente, sendo efetivado nessa função em 27/7/1907. Tornou-se engenheiro-Chefe em 3/3/1923. Faleceu em Belém no ano de 1939.
6ª G/Tetranetos/Ttn: Firmo Roberto Maués, capitão da Guarda Nacional, foi membro do Conselho de Intendência de Abaeté, como vogal, dos seguintes intendentes:
2ª intendência de Domingos de Carvalho, de 1915 a 1918.
Manoel Pinto da Rocha, 1918-1919.
Coronel Aristides dos Reis e Silva, 1919-1922.
Dr. Lindolpho Cavalcante de Abreu, 1922-1926.
Garibaldi Parente, 1926-1930.
Citações sobre Firmo Roberto Maués
Firmo Roberto Maués com casa de commércio e engenho para fabricar mel de cana (melaço) no Rio Piquiarana, em 1922.
Firmo Roberto Maués casou e teve filhos, 7ª G/Pentanetos/Pn: Carmosina Maués, esta casada e c/filhos, 8ª G/Hexanetos/Hn.
6ª G/Ttn: Manoel Joaquim Roberto Maués, nasceu em 1870 e faleceu em 16/11/1947.
O Coronel Hygino Maués com engenho para fabricar cachaça e mel no Rio Tucumanduba, em 1922.
Hygino Antonio Maués, foi membro do Conselho de Intendência de Abaeté, como vogal, dos seguintes intendentes:
2ª intendência do Coronel Hygino Maués, de 1908 a 1911.
Major José Félix de Souza, de 1911 a 1913.
Domingos de Carvalho, de 1913 a 1915.
4ª G/Bisnetos/Bn, filhos de MARCELLINO JOSÉ CORREA DE MIRANDA e Catharina Ignácia do Espírito Santo
Justo José Correa de Miranda e seu irmão, Tenente-Coronel Francisco
Antonio Correa Caripuna têm origem em Igarapé-Miri/PA, mas residiram
por longos anos e deixaram descendentes em Abaetetuba/PA
4ª G/Bn: JUSTO JOSÉ CORREA DE MIRANDA, Oficial da Guarda Nacional de Abaeté citado em 1869, falecido quando seus filhos Rogério e Reinaldo (do 2º casamento) estavam com 12 e 3 anos, respectivamente, detentor de casas, inclusive 8 residências em Belém/Pa (uma casa de sobrado na Travessa do Passinho em Belém) e de muitas terras com plantações e engenhos movidos à vapor de lenha nos distritos de Igarapé-Miri e Abaeté, senhor de 32 escravos e dono de um grande patrimônio (147.840$040 réis), citado em 1878, dono dos seguintes engenhos:
. Engenho Santo Antonio, movido à vapor de lenha, no Furo do Coelho, Rio Tucumanduba, às proximidades do Engenho São Francisco dos herdeiros do finado Tenente-Coronel Caripuna (falecido em 1877) e do engenho do Major José Honório Roberto Maués, engenho para fabricar açúcar e cachaça e com uma capela.
Justo José casou uma 1ª vez com Isabel Maria de Castilho (possivelmente irmã da 1ª esposa do Coronel Caripuna, acima) e tiveram filhos, 5ª G/Trinetos/Tn: Aurélia Aureliana e Elíbia Eufrosina Correa de Miranda. Justo José casou uma 2ª vez com Alexandria Maria Pinheiro e tiveram filhos, 5ª G/Trinetos/Tn: Rogério, Raquel e Reinaldo Correa de Miranda.
5ª G/Trinetos/Tn, filhos de Justo José Correa de Miranda e Isabel Maria de Castilho
5ª G/Tn: AURÉLIA AURELIANA CORREA DE MIRANDA, c/c seu primo Francisco Correa de Miranda, este filho do Tenente-Coronel Caripuna.
5ª G/Tn: ELÍBIA EUFROSINA CORREA DE MIRANDA, c/c seu primo Firmino Correa de Miranda, filho do Tenente-Coronel Caripuna.
5ª G/Trinetos/Tn, filhos de Justo José Correa de Miranda e Alexandrina Maria Pinheiro
5ª G/Tn: ROGÉRIO CORREA DE MIRANDA, dono de muitos bens, casas em Belém, escravos, rebanhos de gado vacum, fez medicina no Rio de Janeiro, com firma de comércio de carnes em sociedade com seu irmão Reinaldo, na Vila de Soure/Pa, c/c Maria Luísa Bezzera (esta filha do rico detentor de terras e pecuarista na Ilha do Marajó na Vila de Soure, Sr. Cel. Francisco Bezerra de Moraes Rocha, falecido por volta de 1912, irmão do chefe democrata em Belém, Dr. Demétrio Bezerra e de Antonio Bezerra Rocha de Moraes, detentor de cargos políticos e patentes militares, citado em 9/2/1898, intendente da Vila de Soure, dono de marchantaria, falecido por vilta de 1912 e com filhos: Tenente-Coronel Raimundo Bezerra). Rogério e Maria Luísa tiveram filhos, 6ª G/Tetranetos/Ttn.
5ª G/Tn: Raquel Correa de Miranda
Fonte das fotos acima: Adriana Miranda Bezerra Costa, bisneta de Reinaldo Correa de Miranda, moradora no Rio de Janeiro
5ª G/Tn: REINALDO CORREA DE MIRANDA, donos de muitos bens, casas em Belém, escravos, dono de firma mercantil de comércio de carnes, em sociedade com seu irmão Rogério, c/c Malvina Bezerra (esta filha do rico detentor de terras e pecuarista dono de grandes rebanhos de gado vacum, na Ilha do Marajó, na Vila de Soure, Sr. Antonio Bezerra Rocha de Moraes, detentor de cargos políticos como vogal e prefeito de segurança na Vila de Soure/Pa e com patentes militares, sendo este irmão de Francisco Bezerra de Moraes Rocha, acima, Chefe de Segurança em Belém/Pa) e Reinaldo e Malvina tiveram filhos: 6ªG/Ttn, netos: 7ª G/Pn, bisnetos: 8ª G/Hn, trinetos: 9ª G/Ocn, etc.
Continuação da Genealogia dos Correa de Miranda
3ª G/Netos/N, filhos de Manoel João Correa de Miranda e Maria Ferreira de Gusmão
3ª G/N: JOSÉ CARLOS CORREA DE MIRANDA, c/c Joana Maria Ferreira de Gusmão (possivelmente irmã de Maria Ferreira de Gusmão e Anna Ferreira de Gusmão), donos fazendas/engenhos com plantação de mais de 2.800 pés de cacau e café, casas, donos de 13 escravos, citados em 1938 e José Carlos que herda de sua mãe vários bens, inclusive casas em Belém/Pa (na antiga Travessa de Santo Antonio).
3ª G/N: MANOEL GONÇALVES CORREA DE MIRANDA, citado em 1852, primo de Pedro Honorato Correa de Miranda e seu eleitor para a assembléia provincial em meados do século 19, citado em 1857, c/c Thereza de Jesus Maia, (viúva de Francisco José Ferreira Sandim? Cuja mão pretendia o Sr. Acatauassu para seu filho mais velho?), falecida em 1876, residentes no distrito de Anapu, Freguesia de Igarapé-Miri/Pa, donos de engenhos e muitos escravos e tiveram filhos, 4ª G/Bisnetos/Bn: João Antonio Sandim de Miranda, Anna, Theresa (filha) e Joana Correa de Miranda. Thereza (mãe) ficou viúva e herdeira dos bens do marido, tendo falecida em 1876, quando sua filha Joanna era menor.
Primos por parte de pai?

2ª G/Filhos/F: JULIÃO ANTONIO CORREA DE MIRANDA, citado em 1800 como tenente da 8ª Companhia do Regimento de Milícia da cidade de Belém, dono de engenho movido à água no rio Anapu, Freguesia de Santa Anna de Igarapé-Miri, dono de terras com plantações de cacau e café, dono de 47 escravos em 1810, irmão de Manoel João Correa de Miranda, este e sua esposa Maria Ferreira de Gusmão, citados em 1925.
Se Hygino Amanajás/Antonio Hygino Cardoso Amanajás nasceu em 15/6/1852 e a 1ª Câmara da Vila de Santa Anna de igarapé-Miri foi instalada em 1845, isso quer dizer que se trata do Hygino Amanajás, o pai, vereador da 1ª Câmara Municipal dessa vila e que deve ter nascido por volta de 1812.
Lutou na revolta da Cabanagem em 1840 no lado da legalidade em Cametá, Abaeté e Igarapé-Miri.
Portanto, a Família Roberto Maués é citada em Abaeté a partir de João Olymphio Roberto Maués e até Maria Maués Ferreira, esta da 6ª G/Tetranetos/Ttn, que segue com seus descendentes.
6ª G/Tetranetos/Ttn, filhos de Adelaide Caripuna e João Olýmpio Roberto Maués
6ª G/Ttn: Maria Maués Nunes, c/c José Ferreira Nunes, comerciantes na Rua Justo Chermont em 1922, ficou viúva e tiveram filhos, 7ª G/Pentanetos/Pn. Portanto, a relação das famílias Maués Cardoso vem desde o seu patriarca, citado acima. de nome João Olymphio Roberto Maués, que junta sua descendência a partir de Joana Maués Cardoso e, posteriormente, a Maria Maués Nunes, que junta sua descendência aos Nunes Ferreira, com o seu casamento com José Ferreira Nunes.
~~~~~~~~~~~~~~

. Esmeralda Cardoso, professora, nasceu em 19/6/1904 em Maracapucu/Abaeté/Pa e faleceu em 5/5/1968, aos 63 anos de idade, em Belém do Pará. Com a idade de cinco anos veio de Maracapucu para Abaeté e depois seguiu para Belém em companhia da família de Hygino Antonio Cardoso Amanajás, que chegou a ser editor de jornal em Abaeté e deputado pelo estado do Pará. Junto com Esmeralda seguiram para Belém suas tias Maria Pinho e Quitéria. Esmeralda Cardoso dá nome a uma escola muncipal em Abaeté, a Escola “Professora Esmeralda Cardoso”, mandada construir no governo do prefeito Municipal Ronald Reis Ferreira, em 1980, nas comemorações dos 85 anos de Abaetetuba à categoria de cidade. Ela foi sem dúvida um exemplo de dedicação e amor sem limites à sua família e à educação. A ligação com a fam. Amanajás deve-se ao fato de Esmeralda Cardoso ter sido adotada pela família de Hygino Amanajás.
Como aconteceram casamentos entre os componentes das Famílias Maués Cardoso e Nunes Ferreira, estas duas famílias estão incluídas juntas nesta postagem.
7ª G/Pentanetos/Pn dos Roberto Maués
• 7ª G/Pn, ESMERINA NUNES FERREIRA/Ferreira Bou-Habib, filha de José Nunes Ferreira e Maria Maués Ferreira, antiga professora de Abaeté, era solteira em 1935 quando do falecimento de sua mãe, c/c o imigrante sírio-libanês Jorge Antonio Bou-Habib, citados nos anos de 1940/1950.
. Ernestina Ferreira Cardoso, citada em 1961 como auxiliar na festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
7ª G/Pentanetos/Pn dos Roberto Maués 
. 7ª G/Pn, EULÁLIA NUNES FERREIRA, filha de José Nunes Ferreira e Maria Maués Ferreira
• Hilza Cardoso Ferreira. Professora do Grupo Escolar “Prof. Basílio de Carvalho”, em Abaetetuba, onde tornou-se diretora nos fins do ano de 1961.

.  HORÁCIO MAUÉS CARDOSO, filho de Alexandre Antonio Cardoso e Joana Maués Cardoso, foi ativo membro auxiliar da diretoria, juiz e membro da diretoria da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba, citado em 1920, citado em 1939 como auxiliar da festa de N. S. da Conceição na zona do Furo Grande, Tucumanduba, Bacuri, Biribatuba e Costa Maratauíra, citado em 1939 representante da comissão da Indústria e Agrícola na 3ª noite de leilões da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba, citado em 1942 como  auxiliar da diretoria e citado em 1953 como o maior arrecadador da festa de 1952 e  em 1953 como auxiliar da diretoria da festa de N. S. da Conceição na arrecadação de fundos nas localidades rios Furo Grande, Tucumanduba, Bacuri, Birituba, Pai Pedro e Costa Maratauíra, c/c Ernestina Nunes Ferreira/Ferreira Cardoso, esta da 7ª G/Pn, dos Roberto Maués e tiveram filhos, da 8ª G/Hexanetos/Hn. Horácio foi antigo comerciante de Abaetetuba e sua esposa Ernestina, foi professora na então Abaeté e era filha do Sr. José Nunes Ferreira e D. Maria Maués Ferreira e irmã  de d. Adelaide Ferreira Cardoso e estas são netas do capitalista e industrial Sr. João Olympio Roberto Maués, e este genro do Coronel Antonio Francisco Correa Caripuna, e citados em 14/1/1913.
.  8ª G/Hn, HORÁCIO SIZINO FERREIRA CARDOSO, nascido em 11/5/1935, filho de Horácio Maués Cardoso e Ernestina Nunes Ferreira/Ferreira Cardoso e Horácio Sizino foi pescador e nos anos de 1970 e 1980 trabalhava como comerciante de carnes e pescados em Abaeté com a casa comercial "Já te Dei", casou com Ambrosina Cardoso, esta filha de Acendino Maués Cardoso/Dinda, primos,  e com filhos, 9ª G/Heptanetos/Hpn: Horácio Ferreira Cardoso, Edu Ferreira Cardoso, Rodrigo Ferreira Cardoso e outros em pesquisa.
9ª G/Hpn, EDU FERREIRA CARDOSO, filho de Horácio Sizino Ferreira Cardoso e Ambrosina Cardoso, e Edu é pescador em Abaetetuba.
9ª G/Hpn, RODRIGO FERREIRA CARDOSO, filho de Horácio Sizino Ferreira Cardoso e Ambrosina Cardoso, e Edu é pescador em Abaetetuba.

9ª G/Hpn, HORÁCIO FERREIRA CARDOSO, professor em Abaetetuba, foi vice-diretor e diretor na Escola Estadual Irmã Stella Maria, atualmente (2013) ocupando o cargo de diretor da 3ª Unidade Regional de Educação-3ª URE, é casado com Ana Cristina e com filhos.

• HILZA CARDOSO FERREIRA, antiga professora e diretora (nos anos de 1960) do Grupo Escolar “Prof. Basílio de Carvalho”.
. JOÃO BATISTA CARDOSO/João Pata Gorda, é aposentado da Receita Estadual-SEFA.
• JOSÉ NUNES FERREIRA, antigo comerciante em Abaeté, c/c MARIA MAUÉS FERREIRA, esta da 6ª G/Tetranetos/Ttn dos Roberto Maués e tiveram  filhos, da 7ª G/Pentanetos/Pn: Raymundo Nunes Ferreira (este casado com Virgínia Silva Ferreira),  senhorinha Esmerina Nunes Ferreira, Eulália Nunes Ferreira (esta faleceu jovem com 20 anos),  Carlos Nunes Ferreira, Arthur Nunes Ferreira (casado com Mimita Floresta Ferreira), Adelaide Ferreira Carneiro (casada com João Baptista Ferreira), Carlos Nunes Ferreira (casado com Adelaide Cardoso Ferreira), Ernestina Ferreira Cardoso (professora municipal, casada com o comerciante Horácio Maués Cardoso) e outros.
~~~~~~~~~~~~

• Laurindo Cardoso, proveniente de Pernambuco e era, provavelmente, descendente de judeus convertidos que se espalharam de Pernambuco pelo Brasil, era comerciante, dono de terras, plantador de cana-de-açucar em Abaeté, c/c Joanna, esta descendente de judeus holandeses (Laurindo e Joanna eram bisavós de Maria Anna Cardoso Amanajás, chegados ao Pará no final do século 19).
• Lauro Maués Cardoso, c/c Maria de Lourdes de Araújo e tiveram duas filhas: Terezinha e Celeste Araujo Cardoso.
• Maria Anna Cardoso Amanajás, falecida em Belém em 12/2010, com origem em Abaetetuba e com filhos: Cláudio, Denise e Monalisa e com netos.
6ª G/Tetranetos/Ttn dos Roberto Maués 
 . 6ª G/Ttn, MARIA MAUÉS FERREIRA, nascida em 1867, falecida em 1935, filha do capitalista e industrial Cel. JOÃO OLYMPHIO ROBERTO MAUÉS, casada com José Nunes Ferreira (falecido anteriormente), este antigo comerciante em Abaeté e Maria Maués Ferreira ainda era neta materna do Cel. Antonio Correa Caripuna, este antigo chefe político de Abaeté.
. Maria Sizina
. MAXIMINA FERREIRA CARDOSO/Maxica, casou com RAIMUNDO MAUÉS CARDOSO/Mundico, filho de Alexandre Antonio Cardoso e Joana Maués Cardoso e com filhos: Alexandre Ferreira Cardoso/Francisquinho, Conceição Ferreira Cardoso, Tarcilo Ferreira Cardoso/Corumbá, Virgulina Ferreira Cardoso e Raimundo Ferreira Cardoso/Diquinho Cardoso.
. Raimundo Ferreira Cardoso, filho de Raimundo Maués Cardoso/Mundico e Maximina Ferreira, casado e com filhos: Dica, Conceição, Maria de Belém, Nazaré, Joana, Rafael, Cindo Roberto. 
. RAIMUNDO MAUÉS CARDOSO/Mundico, filho de Alexandre Antonio Cardoso e Joana Maués Cardoso,casou com Maximina Ferreira Cardoso/Maxica e com filhos: Alexandre Ferreira Cardoso/Francisquinho, Conceição Ferreira Cardoso, Tarcilo Ferreira Cardoso/Corumbá, Virgulina Ferreira Cardoso e Raimundo Ferreira Cardoso/Diquinho Cardoso.
7ª G/Pentanetos/Pn dos Roberto Maués
. 7ª G/Pn, RAIMUNDO NUNES FERREIRA, filho de José Nunes Ferreira e Maria Maués Ferreira, casou com Maria dos Anjos Ferreira
ou casou com Virgínia Silva Ferreira.
. 3ª G/Netos/N, TARCILO MAUÉS CARDOSO, filho de Alexandre Antonio Cardoso e Joana Maués Cardoso
. Tarcilo Ferreira Cardoso/Corubá, filho de Raimundo Maués Cardoso/Mundico e Maximina Ferreira Cardoso/Maxica, casou com Auta Correa Cardoso e com filhos: Maria José, Mariza e outros em pesquisa.
• Tibúrcio Teixeira, irmão de Velho Cardoso, com origem no Maracapucu. Vide avós maternos de Maria de Nazaré Cardoso e Carmem Cardoso Ferreira.
. VIRGULINA FERREIRA CARDOSO, filha de Raimundo Maués Cardoso/Mundico e Maximina Ferreira, casada e com filhos: Graça Monteiro e outros em pesquisa. 
juntar

Família
ADENALDO DOS SANTOS CARDOSO, poeta, cantor, compositor musical é
autêntico abaetetubense, promovendo através de suas poesias a cultura
geral de Abaetetuba
. ADELMA DOS SANTOS CARDOSO, filha de Alexandre Ferreira Cardoso e Ângela Joana dos Santos, e Adelma é casada e com filhos: Fernando
. ADENALDO DOS SANTOS CARDOSO, filho de Alexandre Ferreira Cardoso e Ângela Joana dos Santos, é poeta nato premiado há mais de 40 anos (em relação a 2013) e com dezenas de poemas publicados via Internet, cantor, compositor musical, interprete de Raul Seixas, já participou de inúmeros concursos de música e poesia, tendo conquistado vários prêmios nessas modalidades de arte, casado com Joelma Paes e com filhos: Ângela Inez Paes Cardoso e outros em pesquisa.
. ADVALDO DOS SANTOS CARDOSO/Abaeté, nascido a 25/8/...,já é falecido, filho de Alexandre Ferreira Cardoso e Ângela Joana dos Santos.
. AGENALDO DOS SANTOS CARDOSO, filho de Alexandre Ferreira Cardoso/Francisquinho e Ângela Joana Santos Cardoso.
. Agenor Kemil dos Santos, filho de Kemil dos Santos e Maroquita Santos, casado e com filhos.
. Agostinho Kemil dos Santos, filho de Kemil dos Santos e Maroquita Santos, casado e com filhos.
. Alberto Kemil dos Santos, filho de Kemil dos Santos, casado e com filhos
. Aldenize Nobre
. Alessandro José Cardoso
. Alexandre Ferreira Cardoso/Francisquinho, filho de Raimundo Maués Cardoso e Maximina Ferreira Cardoso, nascido em 1927 e falecido em 15/8/2003, foi marítimo viajando no barco Marabaense de sua propriedade, comerciante, casou com Ângela Joana dos Santos e com filhos: Adenaldo, Angelandre, Alexandre Júnior, Adelma, Ângela, Andrea dos Santos Cardoso e outros. Alexandre Ferreira Cardoso tinha irmãos: Diquinho Cardoso, Corumbá, Virgulina, Maria.
. Alexandre Júnior, filho de Alexandre Ferreira Cardoso/Francisquinho e Ângela Joana dos Santos.
. Alfredo Kemil dos Santos, filho de Kemil dos Santos e Maroquita Santos, casado e com filhos.
. Alzira Kemil dos Santos, filha de Kemil dos Santos
. Ana Cristina P. Nunes
. Ana Kemil dos Santos, filha de Kemil dos Santos e Maroquita Santos
. Ana Maria Pinheiro
. Ângela dos Santos Cardoso, filha de Alexandre Ferreira Cardoso e Ângela Joana dos Santos.
. Ângela dos Santos Cardoso, citada em 1961 como juiza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Ângela Joana dos Santos, filha de Kemil dos Santos e Maroquita Santos
. Angelandre dos Santos Cardoso, filho de Alexandre Ferreira Cardoso e Ângela Joana dos Santos, casado e com filhos: Alessandro e outros.
. Angelita Kemil dos Santos, filha de Kemil dos Santose Maroquita Santos
. Anice Kemil dos Santos, filha de Kemil dos Santos e Maroquita Santos
. Ângela Joana dos Santos Cardoso, filha de Kemil dos Santos e Maroquita Santos, casou com Alexandre Ferreira Cardoso e com filhos (ver Alexandre Ferreira Cardoso).
. Angelandre dos Santos Cardoso, filho de Alexandre Ferreira Cardoso e Ângela Joana dos Santos, casado e com filhos: Alessandro Cardoso, este já falecido, e outros em pesquisa
. Antonio Kemil dos Santos/Totó do Kemil, filho de Kemil dos Santos e Maroquita Santos, casado com Angelita dos Santos Araujo e com filhos: Betão, Ângela e outros em pesquisa..
. Cindo Roberto Cardoso, filho de Diquinho Ferreira Cardoso.
. Conceição Ferreira Cardoso,  filha de Raimundo Maués Cardoso e Maximina Ferreira Cardoso.
. Dica Cardoso Nobre, filha de Raimundo Ferreira Cardoso/Diquinho Cardoso, casada e com filhos: Aldenizy e outros em pesquisa.
. Graça Cardoso Monteiro, filha de Virgulina Ferreira Cardoso/Monteiro
. Horácio Maués Cardoso, antigo comerciante de Abaetetuba, casou com a Sra. Ernestina Ferreira Cardoso, esta antiga professora em Abaetetuba e filha do Sr. José Nunes Ferreira e D. Maria Maués Ferreira e irmã  de d. Adelaide Ferreira Cardoso e estas netas do capitalista e industrial Sr. João Olympio Roberto Maués, este já falecido, e neta do Coronel Antonio Francisco Correa Caripuna, este já falecido, chefe político de seu tempo e citados em 14/1/1913.
. José Alirio Correa Cardoso, filho de Tarcilo Ferreira Cardoso e Auta da Silva Correa/Cardoso.
. Júnior Cardoso, filho Alexandre Ferreira Cardoso e Ângela Joana Santos.
. Kemil dos Santos, pai de Ângela Joana dos Santos Cardoso, de origem síria, comerciante, dono de engenho, foi dono do terreno onde hoje está assentado o Grupo Basílio de Carvalho e adjacências que lhe foi tirado por questões políticos nos anos de 1950, casado com Maroquita Santos e com filhos: Alberto, Antonio/Totó do Kemil, Agostinho, Alfredo, Agenor, Anice, Angelita, Alzira, Ana Kemil dos Santos.
. Luíza Helena Correa Cardoso, filha de Tarcilo Ferreira Cardoso e Auta da Silva Correa/Cardoso.
. Maria Auxiliadora Correa Cardoso, filha de Tarcilo Ferreira Cardoso e Auta da Silva Correa/Cardoso.
. Maria da Conceição Cardoso Chaves, filha de Raimundo Maués Cardoso/Diquinho e Maximina Ferreira Cardoso, falecida a 9/6/2013, casada e com filhos: Néa.
. Maria José Correa Cardoso, filha de Tarcilo Ferreira Cardoso e Auta da Silva Correa.
. Maria de Nazaré Cardoso Magno, neta de D. Maxica
. Mariza Cardoso Alencar, citada em 2012, filha de Tarcilo Ferreira Cardoso e Auta da Silva Correa Cardoso, e Mariza é casada com o poeta Celso de Alencar desde 4/1969 e com irmãos: Maria José, José Alírio, Raimundo Nonato, Maria Auxiliadora e Luiza Helena, e Mariza com filhos:.
. Maroquita Santos, era casada com o Kemil dos Santos/Velho Kemil e com filhos: Ângela Joana dos Santos Cardoso e Outros. Vide Kemil dos Santos.
. Néa Chaves, filha de Maria da Conceição Cardoso Chaves
. Raimundo Ferreira Cardoso/Diquinho Cardoso, filho de Raimundo Maués Cardoso e Maximina Ferreira Cardoso, casado e com filhos: Dica, Joana, Raimundo Magno, Antonio, Cindo Roberto, Conceição, Nazaré e outros em pesquisa.
. Raimundo Magno Cardoso, trabalhou na Agência do Banpará, na década de 1970,  em Abaetetuba, casado com Ivonete e com filhos.
. Raimundo Maués Cardoso/Mundico, casou com Maximina Ferreira Cardoso/Maxica e com filhos: Alexandre/Francisquinho, Tarcilo, Raimundo/Diquinho Cardoso, Virgulina Ferreira Cardoso.
. Raimundo Nonato Correa cardoso, filho de Tarcilo Ferreira Cardoso e Auta da Silva Correa/Cardoso.
. Tarcilo Ferreira Cardoso/Corumbá, filho de Raimundo Maués Cardoso e Maximina Ferreira Cardoso, origem na localidade Rio Maracapucu em Abaetetuba, casou com Auta da Silva Correa Cardoso e com filhos: Maria José, Mariza, José Alírio, Raimundo Nonato, Maria Auxiliadora e Luiza Helena Correa Cardoso.
. Virgulina Ferreira Cardoso/Cardoso Monteiro, filha de Raimundo Maués Cardoso e Maximina Ferreira Cardoso, casada e com filhos: Graça Monteiro e outros em pesquisa.

Descendentes e Demais Parentes de JOFRE CARDOSO
. Higino Rodrigues Cardoso, filho de Jofre Cardoso e Júlia Rodrigues
. Israel Rodrigues Cardoso, filho de Jofre Cardoso e Júlia Rodrigues, é professor em Abaetetuba
• Jofre Cardoso, falecido a 15/2/2012, filho do cearense Pio Nelson Cardoso, era agricultor, morador da localididade Ipixuna, c/c Júlia Rodrigues e tiveram filhos: Mário, Raimundo, Higino, Israel, Jesus Rodrigues Cardoso e outro em pesquisa.
. Júlia de Lima Cardoso
. Júlia Rodrigues, falecida, nascida em 1922, falecida em 20/4/2015, casada com Jofre Cardoso.
. Maria de Jesus Rodrigues Cardoso, filha de Jofre Cardoso e Júlia Rodrigues, é professora em Abaetetuba, casada com Clelivaldo e com uma filha: Kiara
. Mario Rodrigues Cardoso, filho de Jofre Cardoso e Júlia Rodrigues
. Pio Nelson Cardoso, pai de Jofre Cardoso, era de origem cearense
. Rady Negrão Cardoso, filha de raimundo Rodrigues Cardoso e Edilena Negrão Cardoso e Rady tem duas filhas gêmeas.
• Raimundo Rodrigues Cardoso, nasceu em 6/8/1949 na localidade rio Ypixuna, filho de Jofre Cardoso, cabeleiro, artista plástico (escultura e pintura), ambientalista, sendo sócio-fundador do Movimento Ecológico e Cultural de Abaetetuba-MECA e seu 1º presidente, atualmente (11/2010) desempenha a função de Secretário de Meio Ambiente de Abaetetuba na gestão da prefeita Francinete Carvalho, tem bisavô descendente de escravos, tendo este casado com mulher branca em Abaeté, e Rai Cardoso c/c Edilena Negrão e tiveram filhos: Raissa, Radi, Raoni e netos.

emercindo
Os G. Cardoso
. Maria C. G. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.

rosendo
. Maria G. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Rosendo Maués.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os Gonçalves Cardoso
• Luiza Gonçalves Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944.
CARIPETUBA
• Luiz Gonçalves Cardoso, origem na localidade Rio Caripetuba, citado em 1944.

Os Santos Cardoso
• João dos Santos Cardoso/Tieté, funcionário púbico, casado.
• Raimundo dos Santos Cardoso/Dico, barbeiro, casado.

joão albino
Os M. Cardoso
. Eurica M. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.
. Justiniana M. Cardoso, citada como contribuinte em 1953 da festa de N. S. da Conceição através de Sisínia Silva.
. Maria C. M. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.

MARACAPUCU
Os Maués Cardoso
. Acendino Maués Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Ely de Sabatani Maués Cardoso, Humanista de 1960, do Ginásio N. S. dos Anjos.
• Lauro Maués Cardoso, c/c Maria de Loudes de Araujo e tiveram duas filhas: Terezinha e Celeste Araujo Cardoso.

TUCUMANDUBA
. Sebastião Maués Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Palmira Maués Pinheiro.
alaci
Os N. Cardoso
. . Demétrio N. Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correa.

Família
. Ambrosino Nogueira Cardoso, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. Senhora da Conceição, em Abaetetuba.
. Brayna Cardoso, é professora colaboradora da UFPA, mestranda em Linguística e neta de Ambrosino.

Família
. Antonio Eusébio Cardoso, origem na localidade Jarumã, casou com Maria Lima e com filhos: Maxico, Tatá, Maria, Catarino, Benedita e outros.
. Antonio Roberto de Figueiredo Cardoso, filho de Maximiano de Lima Cardoso e Piquixita Figueiredo, advogado, Defensor Público em Belém e que ocupou o cargo de Chefe da Defensoria Pública do estado do Pará, casado com Silvia Helena e com filhos.
. Benedita de Lima Cardoso/Tatá, casada e com filhos: Natalino, Benedito, Paulo Miranda e Rizzo Miranda.
. Bruno Lima
. Caçula
. Catarino de Lima Cardoso, falecido a 12/9/2006, casado  com D. Bena, esta com 72 anos em 10/2014 e com filhos: Genilda, Genilza, Carivaldo, Edivaldo, Gessy e Gertrudes.
. Clóvis de Figueiredo Cardoso, filho de Maximiano de Lima Cardoso e Piquixita Figueiredo, é poeta, formado em Direito, Sub-Secretário de Estado em Corumbá, no Mato Grosso, casado com Tânia e com filhos: Mariana Cardoso e outros em pesquisa.
. Diquinha de Lima Cardoso, casada e com filhos: Edson.
. Elza Maria de Figueiredo Cardoso, citada em 2012, filho de Maximiano de Lima Cardoso e Piquixita Figueiredo.
. Genilda Lima Cardoso, citada em 2012, filha de Catarino de Lima Cardoso e Bena.
. Genilza Lima Cardoso/Cardoso Nunes, filha de Catarino Lima Cardoso e Bena.
. Hildebrandina/Babá
. Hidebrandina de Figueiredo Cardoso/Dedéia, filha de Maximiano de Lima Cardoso e Piquixita Figueiredo.
. João Bosco de Figueiredo Cardoso, filho de Maximiano de Lima Cardoso e Piquixita Figueiredo, é advogado e trabalha na Defensoria Pública do Estado do Pará, município de Abaetetuba, casado e com filhos.
. Maximiano de Lima Cardoso/Maxico, origem na localidade Jarumã, filho de Antonio Eusébio, era esotérico, maçon em Abaetetuba nos anos de 1940/1950, dono de quitanda para venda de açaí batido e lanches, casado com Pixiquita Figueiredo e com filhos: Vera, Elza, Dedéia, Antonio, Sérvolo, João Bosco, Ana, Paulo.
. Maria, que chegou perto dos 100 anos de idade.
. Maria Cardoso Paes/Maria Paes, casou com Antonio Paes e com filhos: Duraval, Délio (gêmeo dom Emanuel), Emanuel, Tonico, Ronaldo, Zé, Carlinhos e, Neide, Aldemira e Manuel.
. Paulo de Figueiredo Cardoso, filho de Maximiano de Lima Cardoso e Piquixita Figueiredo.
. Roberto de Figueiredo Cardoso.
. Rosa de Lima, irmã de Babá, Terêncio
. Sérvolo de Figueiredo Cardoso, filho de Maximiano de Lima Cardoso e Piquxita Figueiredo, é oficial da Marinha Mercante ainda atuante, casado com Ana e com filhos.
. Terêncio Lima, tio de Maximiano de Lima Cardoso/Maxico e Terêncio foi figura popular de Abaetetuba, de vida boêmia e fazia discursos durante seus momentos de divertimentos e por ser da categoria dos rotos, durante os discursos segurava a bolsa escrotal e seu lugar preferido era a feira de Abaetetuba.
. Vera Lúcia de Figueiredo Cardoso

Família
. Ana Cardoso
. Aurélio Cardoso
. Helton Cardoso
. Lélio Cardoso
. Milton Cardoso

Família
. Anilo Cardoso, casado e com filhos: Nazareno e outros em pesquisa.
. Marcioney
. Margareth de Araujo Cardoso, citada em 1961 como juiza da Festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba, casou com Nazareno de Lima Cardoso e com filhos.
. Nazareno Lima Cardoso, comerciante, industrial, dono de engenhos, dono de fábrica de refrigerantes, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba, citado em 1961 na mesma festa como juiz, casado com Margareth e com filhos: Sebastião, Sebastiana e outros.
. Sebastião Cardoso, filho de Nazareno Lima Cardoso.
. Tiana Cardoso, filha de Nazareno Lima Cardoso

Família
. Alan da Silva Cardoso, nascido a 2/1985, filho de Natanael Dias Cardoso e Rosemary da Silva Cardoso e Alan é casado com Araceli Rocha e com filhos:  Vítor Alan e Henrique Heleno.
. Alfila Cardoso, irmã de Benedito Gomes Cardoso, irmã de Benedito Gomes Cardoso.
. Anita Ferreira Dias Cardoso, casou com Benedito Gomes Cardoso/Vila Flor e com filhos: Natanael Dias Cardoso e outros em pesquisa.
. Antonio Cardoso/Periquito, irmão de Benedito Gomes Cardoso/Vila Flor, era agricultor e evangélico da Igreja Cristã Evangélica, casado e com filhos: Abimael, Abinael.
. Daniel Dias Cardoso, filho de Benedito Gomes Cardoso/Vila Flor e Anita Ferreira Cardoso.
. Samuel Dias Cardoso, filho de Benedito Gomes Cardoso/Vila Flor e Anita Ferreira Cardoso.
. Davi Dias Cardoso, filho de Benedito Gomes Cardoso/Vila Flor e Anita Ferreira Cardoso.
. Joel Dias Cardoso, filho de Benedito Gomes Cardoso/Vila Flor e Anita Ferreira Cardoso.
. Esdras Dias Cardoso, filho de Benedito Gomes Cardoso/Vila Flor e Anita Ferreira Cardoso.
. Natanael Dias Cardoso, filho de Benedito Gomes Cardoso/Vila Flor e Anita Ferreira Cardoso, este é o pai de Alan e Aline da Silva Cardoso, casado em 2ª núpcias e com filhos:
. Neri Dias Cardoso, filha de benedito Gomes Cardoso/Vila Flor e Anita Ferreira Cardoso.
. Neuza Dias Cardoso, filha de benedito Gomes Cardoso/Vila Flor e Anita Ferreira Cardoso.
. Nilda Dias Cardoso, filha de benedito Gomes Cardoso/Vila Flor e Anita Ferreira Cardoso.
. Benedito Gomes Cardoso/Vila Flor, origem na localidade Rio Maracapucu, comerciante, produtor rural, industrial, casou com Anita Ferreira Dias/Cardoso e tiveram filhos: Davi, Primo, Natanael Dias Cardoso e outros em pesquisa.
. João Cardoso, antigo morador da 7 de setembro.
. Manoel Cardoso/Tio Rosa ou Rosa Cardoso, era irmão da mãe de Benedito Gomes Cardoso e irmãos e Rosa Cardoso era casado e com filhos: Raimunda, Mariazinha, Maria Rosa, Maricota, Maria das Graças.
. Maria Cardoso, irmã de Benedito Gomes Cardoso, residente em Cametá/PA.
. Maria Rosa Silva Abreu, origem na localidade Jarumã, casou com Napoleão e com filhos.
. Maria Rosa Cardoso/Graci, filha de Manoel Cardoso/Rosa Cardoso, casou com Vavá Mesquita e este já é falecido
. Missico Cardoso, irmão de Benedito Gomes Cardoso.
. Napoleão Cardoso da Silva, casou com Rosa Abreu da Silva e com filhos: Rosemeire.
. Natanael Dias Cardoso, casou com Rosimeire e com Filhos: Alan e Aline da Silva Cardoso.
. Nazaré Cardoso, irmã de Benedito Gomes Cardoso.
. Primo Cardoso, filho de Benedito Gomes Cardoso, casado e com filhos.
. Raimundo Cardoso/Mundicão, residente na localidade Rio da Prata e Mundicão era casado e com filhos.
. Tereza Cardoso, irmã de Benedito Gomes Cardoso.

Família
. Ana Cardoso
. Antonia Cardoso
. Jerônimo Cardoso, casado e com filhos
. João Cardoso/Tietê
. José Cardoso
. Maria Cardoso
. Pedro Cardoso
. Raimundo Cardoso/Dico Barbeiro
. Tereza Cardoso
Família
. Margareth de Araujo Cardoso, citada em 1961 como juiza da festa de N. S. da Conceição.
Família
. Olivia Rodrigues Cardoso, citada em 1961 como juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba, casou com Francisco Vasconcelos Cardoso e com filhos: Dirceu Antonio, Délio, Dário (gêmeo com Déli), Délcio e outros.

teodomiro
Os Almeida Cardoso
. Cecílio Almeida Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Teodomiro Augusto da Costa.

alaci
Os A. Cardoso
. Antonio A. Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correia.
Os C. Cardoso
. Iraci C. Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correia.
Os P. Cardoso
Pio P. Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Cardoso.

Localidades
Os R. Cardoso
. Amélia R. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.


. Maria R. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Carmosina Jaques Pinheiro.
. Raimunda N. R. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.

. Maria José R. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso. 
. Nair R. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso.
Os Rodrigues Cardoso

Localidades
. Feliz Rodrigues Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Prudente Ribeiro de Araujo.  
. Francisca Rodrigues Cardosocitada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Prudente Ribeiro de Araujo.

SAPOCAJUBA
. Maria da Conceição Rodrigues Cardoso, citada na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
. Manoel R. Cardoso, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
. Eurídice Rodrigues Cardoso, citada na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Maria José Rodrigues Cardoso, citada na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Santos Cardoso
. Advaldo dos Santos Cardoso, em 1976 era aluno do Curso de Educação do CSFX em Abaetetuba.
Os S. Cardoso
Valdomira S. Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva.  
Os Silva Cardoso

MARACAPUCU
. Acendino S. Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Jozimo S. Cardoso, citado em 1953 como contribuinte através de Horácio Maués Ferreira na festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Josino dos S. Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Rosenil da Silva Cardoso, que em 1999 era tesoureiro da Associação dos Profissionais da Comunicação Social de Abaetetuba.
MARACAPUCU
. Adriano Alves Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Auta Correa Cardoso, origem na localidade Baixo Maracapucu, citada como irganizadora da festa de N. S. da Conceição em 1944.
. Benedita Jorge Cardoso, citada na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. 
• Domingas de Sena Cardoso, origem na localidade Rio Maracapucu, citada em 1944.
. Dulcinda dos Santos Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. E. Reis Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Esmerina Neves Cardoso, origem na localidade Baixo Maracapucu, citada em 1944.
MARACAPUCU
. Gregório Pinheiro Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Outros Cardoso em Pesquisa
. Adelaide Cardoso Ferreira, citada em 1913, casou com Carlos Nunes Ferreira, este filho de José Nunes Ferreira e Maria Maués Ferreira.
• Alan da Silva Cardoso, citado em 2010.

URUBUÉUA
. Ambrosino Nogueira Cardoso, citado na localidade Rio Urubuéua em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
. Arina Silva Cardoso, citada na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Constâncio Silva Cardoso, citado na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Francisco Silva Cardoso, citado na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Maria Auxiliadora da Silva Cardoso, citada na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Raimundo Augusto S. Cardoso, citado na localidade Rio Abaeté em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
. Tereza da Silva Cardoso, citada na localidade Rio Abaeté em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. 
• Antonio Felix Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citado em 1944.
• Antonio Lobato Cardoso.

PARAMAJÓ
• Cardoso e Ferreira, comércio no Rio Paramajó em 1922.
. Carmem Cardoso Vilhena, citada em 2012.
. Clara Vilhena Cardoso, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Laura dos Santos Ribeiro.
• Climéria Venceslau Cardoso, participava da organização das festas de N. S. da Conceição nos anos de 1940 e citada em 1953 como juíza de ornamentação da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Francisca H. Cardoso, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Laura dos Santos Ribeiro.
ARUMANDUBA
. Francisca Rodrigues Cardoso, origem na localidade Arumanduba, citada em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Francisco Vasconcelos Cardoso/Chico Padeiro, padeiro, pele branca e olhos azuis, citado em 1946, casado e com filhos: Dirceu Antonio, Délcio, Délio, Dário e outros.
. Gersomina Pinheiro Cardoso, citado em 1953 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Hilma Lima Cardoso, citada em 2012.
• Joana Albuquerque Cardoso, origem na localidade Baixo Maracapucu, citada em 1944.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
. João Damasceno Cardoso, citado na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. João Edésio Costa Cardoso, citado na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Leocádia T Cardoso, citada em 1961 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
MARACAPUCU
. Luiz Gonzaga C. Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
SAPOCAJUBA
. Marcionila Correa Cardoso, citada em 1961 na localidade Rio Sapocajuba como contribuinte da festa de N. S. da Conceição, em Abaetetuba.
. Maria Ambrosina André Cardoso
• Maria da Conceição N. Cardoso, participou da organização das festas de N. S. da Conceição em 1944.
. Maria Etelvina Cardoso.

MAÚBA
• Maria das Graças Alfaia Cardoso, 50 anos em 2008, origem na localidade Maúba.

. Maria de Nazaré Barbosa Cardoso, citada em 1961 como juiza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
SAPOCAJUBA
. Maria dos Santos Cardoso, citada em 1961 na localidade Rio Sapocajuba como contribuinte da festa de N. S. da Conceição, em Abaetetuba.
CAPIM
. Maria Júlia dos Santos Cardoso, origem na localidade Ilha do Capim.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
. Maria Lima Cardoso, citada na localidade Rio Abaeté em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Maria Oliveira Cardoso, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944.
. Maria Pinheiro Carvalho, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.

TUCUMANDUBA
. Maria Ribeiro Cardoso, citado na localidade Rio Tucumanduba, em 1961, como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Maria Rosa Pereira Cardoso (mãe de Pirita).
• Maximiniano Melo Cardoso, que foi um dos trabalhadores do alargamento e construção de pontes da Rod. Dr. João Miranda em 1919.
• Maximiano de Lima Cardoso/Maxico, falecido a 4/11/2010 em Cuiabá/MT.
. Miguel Pereira Cardoso
. Milton Barreto Cardoso, foi um dos sócios-fundadores da Sociedade Beneficiente e Desportiva Tietê, em Abaetetuba/PA.
• Nazaré Barbosa Cardoso, humanista de 1962 pela escola INSA.
• Nazareno Lima Cardoso, industrial, citado em 1946.
. Nazareno Lima da Silva Cardoso

GUAJARÁ DE BEJA
• Nazareno L. da Silva Cardoso/N. L. da Silva Cardoso, dono de engenho no rio Guajará de Beja, que produzia a cachaça Amazônia.
MARACAPUCU
. Oberdan F. Cardoso, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Olívia Rodrigues Cardoso, citada em 1961 citada como juiza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba/Pa.
. Paulo Francisco Maués Cardoso, citado em 2012.

ARUMANDUBA
. Pedro Farias Cardoso, origem na localidade Rio Arumanduba, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ARAPIRANGA
. Procópio da M. Cardoso, citado em 1953 como responsável pelas localidades Vila de beja e Rio Arapiranga de Beja na festa de N. S. da Conceição, em Abaetetuba.

. Procópio M. Cardoso, citado em 1961 como auxiliar na festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
• Raimunda F. Cardoso, origem na localidade Bacuri do Curuperé, citada em 1944.
. Raimunda J. Cardoso, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ARUMANDUBA
• Raimundo Benedito Pinheiro Cardoso 29 anos, origem na localidade Maúba, poeta, citado em 2008.
. Raimundo Ferreira Cardoso, origem na localidade Rio Arumanduba, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Raymundo Lopes Cardoso, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
ARUMANDUBA
. Sabina Rodrigues Cardoso, origem na localidade Rio Arumanduba, citada em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.


MARACAPUCU
. Raimundo Pereira Cardoso,  citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Reginaldo Lima Cardoso, citado em 1980, 2013.
• Rodrigo José de Assis Cardoso, presente na instalação da Cidade de Abaeté em 15/8/1895.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
. Rosalina Dias Cardoso, citada na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Venina F. Cardoso, origem na localidade Bacuri do Curuperé, citada em 1944.
CAPIM
. Vicente de Lima Cardoso, origem na localidade Ilha do Capim, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
MAÚBA
• Zacarias Gomes Cardoso, morador do Rio Maúba há 59 anos, informante sobre os engenhos do Maúba, citado em 2008.
Rio Maracapucu, foto de Adenaldo Cardoso, que é origem de muitos
membros da Família Cardoso

Blog do Ademir Rocha, de Abaetetuba/PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário