Mapa de visitantes

sábado, 16 de janeiro de 2016

Famílias B - Matriz Genealógica Abaetetubense

A-J - Apelidos ou Nomes Incompletos de Abaetetuba
Catedral de Nossa S. da Conceição em Abaetetuba
Postagem em Construção
Nossas postagens sobre genealogia, a partir de agora, passará a inserir os apelidos e nomes incompletos, como forma de se encontrar os nomes completos de muitas pessoas que temos pesquisados somente por seus apelidos ou nomes incompletos. Nossos leitores que se depararem com esses apelidos ou nomes incompletos, na forma de parentes, amigos ou outros pesquisadores, podem, através das próprias postagens ou e-mail nosso ou mesmo pelo Facebook, que nós faremos os devidos acréscimos nesses nomes. Obrigados, desde já, pelas colaborações. Posteriormente faremos a transferência desses nomes para as devidas famílias já publicadas em nosso marcador de "genealogias". Ademir Rocha, o autor do Blog.

GENEALOGIA ABAETETUBENSE
               Objetivos do trabalho:
• Resgate da Genealogia do município de Abaetetuba;
• Contar trechos da história de alguns componentes das famílias abaetetubenses;
• Elencar os descendentes das tradicionais famílias de Abaetetuba.
                Documentos para se extrair informações:
• Certidões de nascimentos: nomes, origens, datas, nome dos pais e avós. Caso não possua certidão de nascimento serve a idade da pessoa.
• Certidões de casamentos: nomes, datas e origens. Na falta serve a data do casamento, tempo de duração da união e outros dados.
• Certidões de batismo: nomes, datas, origens;
• Certidões de óbitos: nomes, datas, origens;
• Documentos antigos: procurações, petições, escrituras, testamentos, aforamentos, inventários, etc.
               Outras informações importantes:
• Funções da pessoa na sociedade, na vida pública ou privada, com datas e localidades;
• Eventos ou fatos históricos importantes das quais a pessoa participou e com datas;
• Atividades, profissões desenvolvidas pela pessoa;
• Lista com nomes parentes na escala ascendente ou descendente, colaterais ou por afinidade das famílias de Abaetetuba.
• Listas diversas com nomes das pessoas. Ex. livro de atas, programas de festividades de santos e outros eventos.
               A lista da Genealogia Abaetetubense:
• Vem em ordem dos sobrenomes das famílias;
• Nomes das pessoas que constituíram a gênese do povo abaetetubense.
• Na falta dos nomes vem o apelido de alguns personagens importatantes.
               Ao lado de cada nome aparecem alguns dados referentes à:
• Nascimentos
• Falecimentos
• Casamentos
• Eventos
• Fatos históricos
• Funções na sociedade
• Localidades de origem.
• Nomes dos pais, filhos, cônjuges e outros parentes
               Procure seus ancestrais entre os nomes abaixo:
• Faça seus acréscimos
• Faça correções
• Inclua dados de seus familiares
               Enviar esses dados através:
• Do espaço para comentários do Blog.
• Pelo e-mail Ademir-heleno@bol.com.br,
• Enviar fotos, cópias de documentos, se quiser.
               A lista da Genealogia Abaetetubense:
• Inicia com alguns nomes;
• Vem sem muita preocupação com parentescos;
• Vai aumentando com os acréscimos, revisões;
               Os nomes:
• Vêm em ordem alfabética das famílias as quais pertenceram;
• Vêm com a sigla c/c (casado com), quando casados;
• Vêm com a origem, se tiver.

Postagem em construção:
Figuras Populares
. . Burunga, foi jogador de futebol em Abaetetuba/PA.

. Roberto Osório
. Gallate
. Gari
 Zé Nery
Rui Nery
Girard
. Clemir
. Filipinho

Obs: Para identificar ou completar.

B
Figuras Populares de Abaetetuba:
• Babi, comerciante de calçados nos anos de 1970/1980.
• Bacu, jogou futebol na lateral direita do Brasil nos anos de 1960.
• Bacu da Dedame, foi jogador de futebol do Abaeté, do Palmeiras e da seleção de futebol nos anos de 1970/1980.
. Badalo, conhecido mecânico de motos em Abaetetuba, filho do conhecido Bebé do Preto.
. BADICO, membro da Família Margalho.
 . Badu, professor, filho do Sr. Viloca
 . Baé, filho do Didico caxiado
• Bagica, antiga moradora da Rua Magno de Araujo canto com a Av. Pedro Rodrigues.
.  Baião, trabalhou na antiga Alfaitaria Araujo e na COSAMPA
• Baíco, filho de Perácio, foi jogador de futebol de salão nas escolas e de campo do clube Palmeiras nos anos de 1960/1970, desportista, diretor do Vênus, funcionário da ELETRONORTE, casado.
. Bandeira, conhecido filho do Sr. Caboquinho Riberiro
. Baranda, jovem da turma da Praça.
.  Barata, filho do antigo comerciante de Abaetetuba Sr. Nicola Parente.
. Baixote, antigo comerciante de Abaetetuba, irmão do Mário do BANPARÁ.
. Bala, antiga mecânico de motores marítimos em Abaetetuba
• Banana, filho de Guilherme Medeiros, antigo jogador de futebol do Vênus nos anos de 1950 e do Abaeté em 1957 e do Vênus nos anos de 1970, mestre mecânico.
• Bandute, marceneiro, antigo jogador de futebol.
• BANDUTE SENA, famoso folclorista com o Cordão do Periquito, carnavalesco de blocos de salão na antiga sede do Vasco, 1º dono de serviços de som na cidade na sede do Abaeté, o Sonoros Copacabana, vereador nas gestões dos prefeitos Pedro Pinheiro Paes (1948-1951), Joaquim Mendes Contente (1951-1955), Pedro Pinheiro Paes (1955-1959), João Luiz dos Reis (1959-1963).
 . BARACI,
. BARÃO, antigo morador da localidade Jarumã em Abaetetuba
. BARBAGELATA, foi antigo jornalista, dono de tipografia e do jornal "Gazeta de Abaetetuba".
• Barata, comerciante em Abaetetuba até os dias atuais (4/2011).
• Barriga, ribeirinho que morava na Ilha da Pacoca, filhos de Marcos Barbosa Dias e Catarina da Costa.
• Barriga, jogou futebol como goleiro do Vênus nos anos de 1950.
• Bassaca, organizava times de futebol de salão em Abaetetuba, é professor.
. Batelão, conhecido estudante que morou na Casa dos Estudantes de Abaetetuba, em Belém/PA, nos anos de 1970.
. Batfino, famosa figura popular de Abaetetuba
• Batista da Dora, antigo jogador de futebol do Abaeté e outros clubes nos anos de 1970/1980, comentarista de futebol, professor, casado e com filhos: Cyntia e outros.
• Bê, que tocava clarinete na Orquestra Brasil nos anos de 1960.
• Bebé do Abreu, antigo jogador de futebol de Abaetetuba, filho do Mestre Abreu.
• BEBÉ DO PRETO, filho do Preto, e Bebé foi antigo jogador de futebol e mecânico em Abaetetuba.
A Oficina do Pitaita, pra quem não sabe o nome dele é Welfares Arlindo...Nossa homenagem ao criativo e excelente mecânico Pitaita, filho do Bebé do Preto, irmão do Badalo e do Inácio e o Bebé do Preto trabalhou por muito tempo no DER (Departamento de Estrada de Rodagem), era muito inteligente e criativo, sempre que surgia algum problema com os maquinários do DER e que os demais mecânicos não conseguiam resolver, chamavam o Bebé e ele com sua competência, solucionava e era um dos melhores humoristas das rodas de conversa em Abaetetuba e ainda foi exímio puxador de entorces, rasgaduras e destroncamentos.Tinha uma mão muito fina e levíssima para este tipo de serviço. 
• Beca Lobato, antigo dono de salão de festas dançantes, festas de santos, ladainhas para São Miguel do Beca na localidade Jarumã.
. BECA MARGALHO, irmã do músico Chiquinho Margalho, era casada com o funcionário da P. M. de Abaeté Santinho Viégas.
• Becage, foi professor, bioquímico, dono de laboratório de análises clínicas.
• Belchioara, músico que tocava baixo-tuba na Banda Carlos Gomes nos anos de 1980 nos tempos do Mestre Rui Guilherme.
. Berilo, este é irmão do Gabi que foi motorista de táxi em Abaetetuba.
• Bendelac I, antigo jogador de futebol do Vasco da Gama nos anos de 1950.
. Bené Costa, conhecido radialista, comunicador de Abaetetuba, atual gerente  da Rádio Guarany FM, de Abaetetuba.
• BENÉ DO CACHIMBINHO, antigo locutor de aparelhagens de sons em Abaetetuba.
. Bené do Campompema, conhecido curador na localidade Campompema.
• BENÉ DO LÍDIO, filho do Sr. Lídio, antigo jogador de futebol nos anos de 1950/1960 e da seleção de futebol nos anos de 1960.
. BENECA, funcionária da antiga Fundação SESP
• Benedito, tocava sax-alto no Jazz União.
• Benézinho, mecânico.
. Benito, conhecido músico de Abaetetuba, tocava tambor e prato na Banda Carlos Gomes.
• Benones, tocava clarinete na Orquestra Brasil.
• Bento, jogou futebol como goleiro.
• Bernardo Rebolado, oficial de justiça e tocava requinta ( é uma espécie de clarinete antigo) na Banda Carlos Gomes.
• Berrane, filho do Sotero que era administrador da Vacaria de Contente, onde hoje é a sede do Bancrévea Club, antigo jogador de futebol em Abaeté em 1957.
• Besteira, músico que em 1976 tocava pistão na Orquestra Brasil, no conjunto musical Os Muiraquitãs do Mestre Rui Guilherme e na Banda Carlos Gomes e que em 1977 falece em pavoroso desastre rodoviário onde morreram 8 pessoas em viagem de ônibus dos membros do conjunto Muiraquitãs.
• Beto, era vocalista e tocava guitarra base em 1980 no conjunto musical Os Gênios, do Mestre Cloriomar.
• Bic-Bic, popular figura de Abaetetuba, trabalha na limpeza de terrenos.
• Bicicleta, é originário de Castanhal/Pa, foi jogador de futebol no meio de campo do Vênus Atlético Club e da Seleção de Futebol de Abaetetuba nos anos de 1950/1960, casado com uma abaetetubense.
. Bicinha, foi alfaiate em Abaetetuba, já é falecido
• Bideca, mecânico de motores, músico que tocava clarinete na Banda Virgem da Conceição nos anos de 1950.
.  Bidela
. BILICA BRABO, sogra do Benedito Oscar.
• Bilico, antigo jogador de futebol como ponta esquera e meia do Vasco da Gama, do Vênus Atlético Club e da Seleção de Futebol de Abaetetuba nos anos de 1950/1960.
• Biliquinha, foi jogador de futebol em Abaetetuba.
• Birichinha Costa, comerciante, parente de Altino, Maria e Jucá Costa.
• Birila, jogou futebol no Vênus.
• Biroba, foi jogador de futebol como avante do Vasco da Gama, do Vênus nos anos de 1950.
• Biru, filho de Raimundo Silvino, comerciante na Av. 15 de Agosto.
. Biscate, popular figura de Abaetetuba, motorista
. Bitita
• BITO, filho da antiga parteira Zita Margalho.
. BITO, carregador de carrinho de mão em Abaetetuba
• Bode, foi jogador de futebol.
. Bodiga, trabalhou na banco BANPARÁ e no Complexo Industrial de Barcarena, filho do antigo comerciante Miguel Porrada.
• Boé, filho de Raimundo Silvino, motaxista.
. BOI, foi antigo jogador de futebol no Vênus na gestão de Guilherme Cruz.
. BOLIVIANO/Nestor Ribera, foi um antigo mestre ferreiro em Abaetetuba, de origem boliviana e que casou e teve filhos em Abaetetuba.
.  Bololó
. Bomba, conhecido comerciante e empresário em Abaetetuba.
• Bombeiro, foi jogador de futebol no Tietê.
. BONIFÁCIO, antigo aluno da Escola Bernardino em Abaetetuba, anos de 1970.
. BORRÓ, antigo integrante do grupo carnavalesco PALHUK nos anos de 1980, filho do Caciro, este popular fabricante e vendedor de "pão de tapioca", em Abaetetuba.
• BOSA, tocava chocalho, bateria e atuava na sonoplastia na 1ª e 2ª formação de 1967 do conjunto D. M. Show, de Daniel Margalho.
• Botisca, foi jogador de futebol em Abaetetuba.
. Branco, filho do mecânico de motores Bideca.
• Brício, antigo jogador de futebol da Associação Sportiva de Abaeté nos anos de 1920/1930.
. BROGUE, antigo integrante do grupo carnavalesco PALHUK nos anos de 1980.
• Buçuá, antigo jogador de futebol da Associação Sportiva de Abaeté nos anos de 1920/1930.
. Buçuraua, foi dirigente de futebol do Tietê, e antigo sapateiro.
• Bucuca, jogou futebol como goleiro do Abaeté, funcionário do BASA, casado.
• Burunga, antigo jogador de futebol do clube Palmeiras nos anos de 1960/1970.
. Butetê, conhecido filho de Raimundo Silvino.
. Butisca, foi funcionário da antiga COTELPA (cia de telefone) e professor em Abaetetuba

B
Os B


FAMÍLIA BAÍA
Dias
. Maria Baía Dias, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia\Leite Lopes.

FAMÍLIA BARBOSA

Localidades

Os Barbosa Ferreira

. Benedito Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. 

. Mamédio Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

. Miguel Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

. Milton Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.. João Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

• José Barbosa Ferreira, dono de engenho de cana Conceição em sociedade com José Honório Roberto Maués, na localidade rio Piquiarana, citado em 1922, citado em 1927.. Mamede Barbosa Ferreira, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

. Maria Barbosa, citação:. HORÁCIO BAPTISTA ANDRÉ, faleceu c/78 anos de idade, c/c Maria Barbosa e tiveram os seguintes filhos: Pretinho, Raimundo/Diquinho Barbosa, Orêncio, Elza Barbosa André Matos, Aládio, Joana André Dias, Manoel, Júlia, Thadeu, Vartúlio/Vavá, Ataídes/Tatá e Ademir Barbosa André, cujos descendentes encontram-se espalhados p/Abaetetuba/Pa, Belém/Pa, Barcarena/Pa, Rio de Janeiro/RJ e outras cidades do Brasil.

. João Baptista Rodrigues, comerciante, marceneiro, carpinteiro e carpinteiro naval e um dos patriarcas da família Rodrigues do Rio Caripetuba, citado em 1931.

. FRANCISCO ANDRÉ/Chico André, casado e com filhos: Manoel Gregório André e outros.
. MANOEL GREGÓRIO ANDRÉ/Manoel Gregório, c/c Maria do Rosário e tiveram filhos: Januário Ferreira André, Horácio Batista André, Secundino André/Segundo, Erundino, Zito, Amélia, Maria Vitória, Maria e Alzira Ferreira André.

. JANUÁRIO FERREIRA ANDRÉ, c/c Jardelina Nazaré Margalho e tiveram filhos: Maria Benta Margalho André/Maria Benta Margalho Moraes, Heitor, Sebastião e Esmerina. Vide abaixo Maria Benta.

. MANOEL GREGÓRIO ANDRÉ e Maria do Rosário, casados e com filhos: Horácio Batista André e outros.

A maioria desses irmãos morava no Rio Arumanduba.

Rio Arumanduba:

É um afluente do Rio Maratauhyra e divide-se em Arumanduba Grande e Arumanduba da Zona das Estradas, com o Ramal do Arumanduba, na Colônia Velha. As famílias residentes no Arumanduba passam de 500 famílias.

Os da Conceição Barbosa
. Deucilis da Conceição Barbosa, conhecido auxiliar de enfermagem de Abaetetuba, citado em 2018.


FAMÍLIA BARRA

Família

Os Barra de Freitas

• Mauro Barra de Freitas

. Nereida Barra de Freitas, casada e com filhos

. José Barra de Freitas/José Caracará

• Salim Barra de Freitas, já é falecido, c/c Benvinda Conceição Pontes Ferreira/Manaída, esta filha de Lourival da Silva Ferreira/Lauri e Alpha de Araujo Pontes/Benzita, e tiveram 5 filhos: Halison, Riane Conceição Ferreira Freitas, Salim Filho, Saene e Lauremir Ferreira Freitas. Benvinda Conceição ficou viúva em 08.12.1990.


FAMÍLIA BARRETO
. Celestino B. Farias, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Antonia Barreto Farias, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.


. Antonio Barreto Farias, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.


Os Batista André
Família
. MARIA FERREIRA ANDRÉ
. ALZIRA FERREIRA ANDRÉ
. João Baptista Rodrigues, comerciante, marceneiro, carpinteiro e carpinteiro naval e um dos patriarcas da família Rodrigues do Rio Caripetuba, citado em 1931.
. FRANCISCO ANDRÉ/Chico André, casado e com filhos: Manoel Gregório André e outros.
. MANOEL GREGÓRIO ANDRÉ/Manoel Gregório, c/c Maria do Rosário e tiveram filhos: Januário Ferreira André, Horácio Batista André, Secundino André/Segundo, Erundino, Zito, Amélia, Maria Vitória, Maria e Alzira Ferreira André.
A maioria desses irmãos morava no Rio Arumanduba.
. JANUÁRIO FERREIRA ANDRÉ, c/c Jardelina Nazaré Margalho e tiveram filhos: Maria Benta Margalho André/Maria Benta Margalho Moraes, Heitor, Sebastião e Esmerina. Vide abaixo Maria Benta.
. MANOEL GREGÓRIO ANDRÉ e Maria do Rosário, casados e com filhos: Horácio Baptista André e outros.
. HORÁCIO BAPTISTA ANDRÉ, faleceu c/78 anos de idade, c/c Maria Barbosa e tiveram os seguintes filhos: Pretinho, Raimundo/Diquinho Barbosa, Orêncio, Elza Barbosa André Matos, Aládio, Joana André Dias, Manoel, Júlia, Thadeu, Vartúlio/Vavá, Ataídes/Tatá e Ademir Barbosa André, cujos descendentes encontram-se espalhados p/Abaetetuba/Pa, Belém/Pa, Barcarena/Pa, Rio de Janeiro/RJ e outras cidades do Brasil.
Arumanduba

~~~~~~
FAMÍLIA BAÍA


Baía
. Maria Baía Dias, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia\Leite Lopes.

Os Baía Ferreira
Família
Arumanduba
.  AGRIPINO FERREIRA, casou com Raimunda Gomes e tiveram 3 filhos: Miguel, Maria e Antonio Gomes Ferreira/Suraca
. Aninha Rodrigues
.  Miguel Gomes Ferreira
.  Maria Gomes Ferreira
. Antonio Gomes Ferreira/Suraca, nascido a 25/4/1902 na localidade Rio Arumanduba, casou com Vita Ferreira Baia, esta nascida a 24/61908 na localidade Rio Paramajó e tiveram 9 filhos: Maria Raimunda, Aládio, Maria da Conceição, Sandoval, Nazaré João, José, Expedito e Antonio Baia Ferreira.
.  Maria Raimunda Baia Ferreira
.  Aládio Baia Ferreira
.  Maria da Conceição Baia Ferreira
.  Sandoval Baia Ferreira
.  Nazaré Baia Ferreira
.  João Baia Ferreira
.  José Baia Ferreira
.  Expedito Baia Ferreira
.  Antonio Baia Ferreira
. Vita Ferreira Baía, nascida a 24/6/1908 na localidade Rio Paramajó, casada com Antonio Gomes Ferreira/Suraca e com 9 filhos..
.  Pais de Vita Ferreira Baia, com filhos: Vita, Hilário, Joana, Pedro, Didi, Nicota e Aladica Ferreira Baia
.  Vita Ferreira Baia
.  Hilário Ferreira Baia
.  Joana Ferreira Baia
.  Pedro Ferreira Baia
.  Didi Ferreira Baia
.  Nicota Ferreira Baia
.  Aladica Ferreira Baia.
Colaboração de Aninha Rodrigues

FAMÍLIA BARBOSA
Localidades:
Os Barbosa Ferreira
. Benedito Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. 
. João Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.


• José Barbosa Ferreira, dono de engenho de cana Conceição em sociedade com José Honório Roberto Maués, na localidade rio Piquiarana, citado em 1922, citado em 1927.
. Mamédio Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1939 e 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Miguel Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Milton Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BARRETO
Os Barreto Farias
. Antonia Barreto Farias, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
. Antonio Barreto Farias, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
. Servino Barreto, que comandava a festa de Santo Antonio no rio Arumanduba, município de Abaetetuba.

FAMÍLIA BARROS
Os Barros Ferreira
• Emílio Barros Ferreira, marchante em 1931.
Os Brandão Ferreira
• Paulino Brandão Ferreira, citado em 1927.

FAMÍLIA BATISTA
. João Batista, que comandava as festas de São João na localidade Arumanduba, município de Abaetetuba.
. Inez Baptista, residiu em Abaetetuba.

Os Batista André
Família
. MARIA FERREIRA ANDRÉ
. ALZIRA FERREIRA ANDRÉ.
João Baptista Rodrigues, comerciante, marceneiro, carpinteiro e carpinteiro naval e um dos patriarcas da família Rodrigues do Rio Caripetuba, citado em 1931.
. FRANCISCO ANDRÉ/Chico André, casado e com filhos: Manoel Gregório André e outros.. MANOEL GREGÓRIO ANDRÉ/Manoel Gregório, c/c Maria do Rosário e tiveram filhos: Januário Ferreira André, Horácio Batista André, Secundino André/Segundo, Erundino, Zito, Amélia, Maria Vitória, Maria e Alzira Ferreira André.
A maioria desses irmãos morava no Rio Arumanduba.
. JANUÁRIO FERREIRA ANDRÉ, c/c Jardelina Nazaré Margalho e tiveram filhos: Maria Benta Margalho André/Maria Benta Margalho Moraes, Heitor, Sebastião e Esmerina. Vide abaixo Maria Benta.
. JANUÁRIO FERREIRA ANDRÉ, c/c Jardelina Nazaré Margalho e tiveram filhos: Maria Benta Margalho André/Maria Benta Margalho Moraes, Heitor, Sebastião e Esmerina. Vide abaixo Maria Benta.
. MANOEL GREGÓRIO ANDRÉ e Maria do Rosário, casados e com filhos: Horácio Baptista André e outros.
. HORÁCIO BAPTISTA ANDRÉ, faleceu c/78 anos de idade, c/c Maria Barbosa e tiveram os seguintes filhos: Pretinho, Raimundo/Diquinho Barbosa, Orêncio, Elza Barbosa André Matos, Aládio, Joana André Dias, Manoel, Júlia, Thadeu, Vartúlio/Vavá, Ataídes/Tatá e Ademir Barbosa André, cujos descendentes encontram-se espalhados p/Abaetetuba/Pa, Belém/Pa, Barcarena/Pa, Rio de Janeiro/RJ e outras cidades do Brasil.

Arumanduba
Os Brandão Ferreira
• Paulino Brandão Ferreira, citado em 1927.

FAMÍLIA BRANDÃO
Os Brandão Ferreira
• Paulino Brandão Ferreira, citado em 1927.

FAMÍLIA BRITO
Os Brito Dias


. Ana Maria Brito Dias, citada na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Brito Ferreira
Família
Localidades:
. José Aluizio Brito Ferreira, citado na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Edgar Brito Ferreira, casado e com filhos.
• João Bostoque Ferreira, mestre marceneiro e antigo músico tocando caixa na Banda Carlos Gomes, casado e com filhos.
~~~~~~~~

B
FAMÍLIA BARBOSA
Localidades
Os Barbosa Ferreira
. Benedito Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Mamédio Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Miguel Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Milton Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. João Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• José Barbosa Ferreira, dono de engenho de cana Conceição em sociedade com José Honório Roberto Maués, na localidade rio Piquiarana, citado em 1922, citado em 1927.
. Mamede Barbosa Ferreira, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BARROS
Os Barros de Castro
. Antonia Barros de Castro, casada, citada em 1948 como contribuinte de juíza da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Barros Ferreira
• Emílio Barros Ferreira, marchante em 1931.

Os Brandão Ferreira
• Paulino Brandão Ferreira, citado em 1927.

FAMÍLIA BITENCOURT
. DÁRIO BITENCOURT, foi comerciante de regatão em Abaetetuba, e um de seus barcos era denominado "Dário Júnior".

FAMÍLIA BRANDÃO
Os Brandão Ferreira
• Paulino Brandão Ferreira, citado em 1927.

FAMÍLIA BRITO
Os Brito Ferreira
Família
Localidades:
. José Aluizio Brito Ferreira, citado na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Edgar Brito Ferreira, casado e com filhos.
• João Bostoque Ferreira, mestre marceneiro e antigo músico tocando caixa na Banda Carlos Gomes, casado e com filhos.
~~~~
Famílias B – Matriz  Genealógica Abaetetubense

B
Os B
Os B. dos Santos
. BENEDITA B. DOS SANTOS, citada em 1947 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Raimundo Segundo dos Santos.
. RAIMUNDO B. DOS SANTOS, citado em 1946, 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.

FAMÍLIA BAÍA
Os Baia
Família, vide abaixo:
. DICO BAÍA
. RAYMMUNDO NONATO VIEGAS/Santinho Viegas, foi antigo funcionário da Prefeitura Municipal de Abaetetuba, citado em 1941 como contribuinte e secretário da diretoria da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba, casado com Beca Margalho e com filhos: Jota, Dié, Terezinha e outros em pesquisa.
. Raymmundo Nonnato Viégas (Santinho Viégas) era filho de João Nepomuceno Viégas e Clotilde/Coló. São seus irmãos: Joanico, Júlio, Henriqueta/Zita (mãe de Miguel Silvestre Correa/Corumbá), Sinhara, Sinhá (casada com Sinhozinho Baía, este filho de Dico Baía), Babá e Ori Viégas.
Santinho Viégas, portanto, é tio de Corumbá, com quem chegou a morar e que prestou estas informações. Morreu em Belém do Pará, praticamente sozinho.
Corumbá, ainda nos dias de hoje (08.08.2008) ainda é vivo. Nasceu no dia 31.12.1923 e casou com Sebastiana dos Santos Correa. São seus pais. Raymmundo Nonnato Correa (Raimundo Chibé) e Henriqueta Viégas Correa (Zita). São seus irmãos, todos morando em Belém: Antonico, Didi, Neuza (falecida), Hilda, Flor, Aída e João (falecido).
Filhos de Corumbá: Conce, Lúcia, Henrique, José, Hugo e Miguel.
A avó de Corumbá teve três maridos, tendo tido três filhos com cada um deles. Valtúlio e Santinha (mãe de Rosildo Reis Ferreira) são meio-irmãos de seu pai Raymmundo Nonnato Correa (Raimundo Chibé). O apelido Corumbá vem do fato de ele ter nascido na época da Revolta de Corumbá.

Os Baía: continuação
. LIBERATO ANTONIO BAÍA, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.

Os Baía e a Outras Famílias
Os Baía Ferreira
Família
Arumanduba
. AGRIPINO FERREIRA, casou com Raimunda Gomes e tiveram 3 filhos: Miguel, Maria e Antonio Gomes Ferreira/Suraca
. Aninha Rodrigues
. Miguel Gomes Ferreira
. Maria Gomes Ferreira
. Antonio Gomes Ferreira/Suraca, nascido a 25/4/1902 na localidade Rio Arumanduba, casou com Vita Ferreira Baia, esta nascida a 24/61908 na localidade Rio Paramajó e tiveram 9 filhos: Maria Raimunda, Aládio, Maria da Conceição, Sandoval, Nazaré João, José, Expedito e Antonio Baia Ferreira.
. Maria Raimunda Baia Ferreira
. Aládio Baia Ferreira
. Maria da Conceição Baia Ferreira
. Sandoval Baia Ferreira
. Nazaré Baia Ferreira
. João Baia Ferreira
. José Baia Ferreira
. Expedito Baia Ferreira
. Antonio Baia Ferreira
. Vita Ferreira Baía, nascida a 24/6/1908 na localidade Rio Paramajó, casada com Antonio Gomes Ferreira/Suraca e com 9 filhos..
. Pais de Vita Ferreira Baia, com filhos: Vita, Hilário, Joana, Pedro, Didi, Nicota e Aladica Ferreira Baia
. Vita Ferreira Baia
. Hilário Ferreira Baia
. Joana Ferreira Baia
. Pedro Ferreira Baia
. Didi Ferreira Baia
. Nicota Ferreira Baia
. Aladica Ferreira Baia.
Colaboração de Aninha Rodrigues

As Outras Famílias e os Baía
Os Ferreira Baía
Os Baía Ferreira
Família
Arumanduba
. AGRIPINO FERREIRA, casou com Raimunda Gomes e tiveram 3 filhos: Miguel, Maria e Antonio Gomes Ferreira/Suraca
. Aninha Rodrigues
. Miguel Gomes Ferreira
. Maria Gomes Ferreira
. Antonio Gomes Ferreira/Suraca, nascido a 25/4/1902 na localidade Rio Arumanduba, casou com Vita Ferreira Baia, esta nascida a 24/61908 na localidade Rio Paramajó e tiveram 9 filhos: Maria Raimunda, Aládio, Maria da Conceição, Sandoval, Nazaré João, José, Expedito e Antonio Baia Ferreira.
. Maria Raimunda Baia Ferreira
. Aládio Baia Ferreira
. Maria da Conceição Baia Ferreira
. Sandoval Baia Ferreira
. Nazaré Baia Ferreira
. João Baia Ferreira
. José Baia Ferreira
. Expedito Baia Ferreira
. Antonio Baia Ferreira
. Vita Ferreira Baía, nascida a 24/6/1908 na localidade Rio Paramajó, casada com Antonio Gomes Ferreira/Suraca e com 9 filhos..
. Pais de Vita Ferreira Baia, com filhos: Vita, Hilário, Joana, Pedro, Didi, Nicota e Aladica Ferreira Baia
. Vita Ferreira Baia
. Hilário Ferreira Baia
. Joana Ferreira Baia
. Pedro Ferreira Baia
. Didi Ferreira Baia
. Nicota Ferreira Baia
. Aladica Ferreira Baia.
Colaboração de Aninha Rodrigues

Os Baia Lobato
. IGNEZ BAÍA LOBATO e Dionísio Edmilson Lobato”. presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté. Citação: “ ...em 1940, a sessão cívica-literária contou com os seguintes participantes: Ademar Lobato Rocha, Risoleta de Araújo Rocha, Messias de Sigmaringa Lobato, Raimundo Ribeiro de Araújo, Hildefrides dos Reis e Silva, Lauro Ribeiro de Araújo, Giordano Garibaldi Parente, Emiliano de Lima Pontes, Caio Parente de Andrade, Prudente Ribeiro de Araújo, Benvinda de Araújo Pontes, Clélia de Araújo Pontes, Pedro Ribeiro de Araújo, Philo Nery, Ormina Nery, Irandis Batista da Rocha, Raimundo Leite Lobato, Anísio Alvim de Lima, Raimundo Castilho Silva, Waldemar Pinheiro Paes, Elza de Jesus Silva, Lucídio Negrão Paes, Dalva Lobato da Cunha, José Margalho da Cunha, Isabel Margalho Viegas, Roselira Lobato, Terezinha de Jesus Margalho Viegas, Ignez Baia Lobato e Dionísio Edmilson Lobato”.
. Venância Bahia Lobato, citada em 1947 como contribuinte de dádivas e promessas da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Venâncio Baía Lobato, citado em 1946 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Baía Matos
. Ayres Baia Matos, citado em 1944, 1945, 1946, 1947, 1948, 1949, 1950, 1951 como contribuinte e juiz da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Baía dos Santos
. Prof. RAIMUNDO BAIA DOS SANTOS, licenciado, Bacharel e pós-graduado em História, residente na Colônia Velha.
Os Baia da Silva
. JOANA BAÍA DA SILVA, citada em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.
. JOÃO BAÍA DA SILVA, era membro da Irmandade de São Sebastião em 1908, em Abaeté. Vide Irmandade de S. Sebastião: nesta postagem.

As Outras Famílias e os Baía
Os Calliari Baía
• Anita Calliari Baía, c/c Otávio e tiveram filhos.
• Italo Calliari Baia, antigo jogador de futebol do Palmeiras nos anos de 1970/1980, engenheiro agrônomo.
• Júlio Calliari Baía, antigo jogador de futebol nos anos de 1970/1980, funcionário estadual.
Família Bentes
. ANA CRISTINA CALLIARI BENTES, filha de Leonídia Calliari e Felisberto Campos Bentes, neta de Menotti Calliari (avô materno) e bisneta de Lectícia Carmela Parente e Julio Ernesto Calliari (bisavô materno).

Os Maués Baía
. EULÁLIA MAUÉS BAIA, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.
Os Maués Loureiro
. MIGUEL MAUÉS LOUREIRO/Miguel Loureiro, era sapateiro e tocava saxofone, na Banda Carlos Gomes em 1928.
Os da Silva Baía
. Teodicéa da Silva. Baía, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Nabor Sousa de Azevedo.

FAMÍLIA BANDEIRA
Os Bandeira dos Reis
. JOÃO BANDEIRA DOS REIS, casado e com filhos: João bandeira dos Reis Filho, Raimundo Bandeira dos Reis e outros?
. JOÃO BANDEIRA DOS  REIS FILO, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
. RAYMUNDO BANDEIRA DOS REIS, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.

FAMÍLIA BARARATIM
Os Bararatim Barroso Franco
. BARARATIM BARROSO FRANCO, em 1927 é citado como ator do Grupo Scênico de Abaeteense.
Os Carvalho Bararatim
. ALDENISE CARVALHO BARARATIM
Família, vide abaixo:
Aldenise Carvalho Bararatim, c/c Antonio de Araujo Villaça.
Filhos, netos, genros e noras de Clarindo do Espírito Santo de Araújo e Ângela Ferreira:
Clarindo de Araújo Vilaça (Caíto), nasceu no dia 26.05.1924 e casou com Iracema e tiveram vários filhos: José Adílson, Paulo Sérgio, Maria de Lourdes, Idália e ...
Idalina Ribeiro de Araújo (Idália), nasceu no dia 09.12.1889, na Ilha de Tabatinga, Distrito de Abaeté e casou com Príncipe da Silva Villaça (Pichota) e tiveram 5 filhos: João Natalino (Joca), Antonio, José (falecido criança), Sebastiaão (Sabarico) e Clarindo de Araujo Vilaça (Caíto). Idália faleceu no dia 08.07.1962, na residência dos herdeiros de seus pais, à Rua Siqueira Mendes, 1531, com 72 anos, 5 meses e 1 dia.
Filhos, netos, genros e noras de Idália (Idalina Ribeiro de Araujo) com Príncipe da Silva Villaça(Pichota):
Aldenise Carvalho Bararatim
Antônio de Araújo Vilaça, casou com Aldenise Carvalho Bararatim.
Sebastião de Araujo Vilaça (Sabarico), nasceu no dia 19.12.1921 e casou com Pedrina. Tiveram 1 casal de filhos: Maria da Conceição e José Roberto.
Angelina Ribeiro de Araújo, asceu no dia 16.07.1904, na cidade de Abaeté, à Rua Siqueira Mendes, na casa do Major Cornélio Pereira de Barros.

Continiação das Famílias B:
FAMÍLIA BARBOSA
Os H. Barbosa
. ANSELMO H. BARBOSA, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.

FAMÍLIA BARRA
Família
Os Barra de Freitas
• Mauro Barra de Freitas
. Nereida Barra de Freitas, casada e com filhos
. José Barra de Freitas/José Caracará
• Salim Barra de Freitas, já é falecido, c/c Benvinda Conceição Pontes Ferreira/Manaída, esta filha de Lourival da Silva Ferreira/Lauri e Alpha de Araujo Pontes/Benzita, e tiveram 5 filhos: Halison, Riane Conceição Ferreira Freitas, Salim Filho, Saene e Lauremir Ferreira Freitas. Benvinda Conceição ficou viúva em 08.12.1990.

FAMÍLIA BARRETO
Os Barreto
. RAIMUNDO BARRETO.
Família. Vide abaxo:
. Mestre BARRETO/Velho Lica, carpinteiro naval em Abaeté, com 99 anos em ..., atualmente morando em Belém no bairro Sacramenta, casado e com filhos: Maria Barreto e outros?
. MARIA BARRETO, casada e com filhos: Raimundo Barreto e outros?
. RAIMUNDO CARDOSO, de origem libanesa e semita, que anos atrás mudou para Belém/PA, morando no Bairro do Jurunas, casado e com filhos: Raimundo Barreto/Cardoso e outros?
. RAIMUNDO BARRETO/Cardoso, que deveria ser Raimundo Barreto Cardoso, casado e com filhos: Esmael Barreto e outros?
. ESMAEL BARRETO, nascido em Belém, filho de Raimundo Barreto/Cardoso.
Colaboração de Esmael Barreto:
Olá Ademir ,tudo bom?espero q sim, me chamo Esmael Barreto, sou nascido em Belém, sou filho de Raimundo Barreto, logo minhas raízes são abaetetubenses, antes de tudo parabéns pelo blog, muito bom mesmo, o conheci em uma noite em que pesquisava sobre minha genealogia de famílias de abaeté, e achei seu blog por acaso, e o leio sempre. Bem, sou um cara que a tempos pesquiso sobre minha origem, e a tempos pesquiso sobre meus antepassados de abaeté, sou descendentes dos Cardoso, principalmente aí de Abaeté, mas como meu avô não registrou meu pai, ele herdou o nome da família de sua mãe, Maria Barreto, filha do Mestre Barreto, (que trabalhava construindo barcos, até fez um para o Roberto Carlos) que vc já citou no blog, quero lhe dizer que o Mestre Barreto, ainda é vivo, ele é meu bisavô, vai fazer 99 anos agora em outubro, e mora com minha vó, na Sacramenta, aqui em Belém, e seu apelido na família é Velho Lica, e sou neto também do Raimundo Cardoso, de Abaeté, que anos atrás se mudou para Belém e morava no Jurunas, e minhas características físicas são bem parecidas com a de meu pai Raimundo Barreto/Cardoso, que logo são bem parecidas com a do Raimundo Cardoso seu pai e meu avô, já fui ter contato com ele na minha adolescência, nunca fomos muito próximos, pelo fato dele não ter criado e nem registrado meu pai, mas nossas características lembram muito feições libanesas, semitas, por isso que minha caçada a minhas origens não terminam ainda, quero muito descobrir minhas raízes e gostaria de saber o que você tem ou sabe mais sobre a família Cardoso, suas origens, se eram libaneses espanhóis. Desde já fico agradecido, e também conheço muitas pessoas e histórias que poderiam acrescentar em seu blog, como o Mestre Barreto que ainda está vivo e tem inúmeras histórias pra contar, abraços Ademir!
Continuação da Família Barreto:
Os G. Barreto
. Izabel G. Barreto, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso. Os Palheta Barreto . Domingas Palheta Barreto, citada em 1961.

FAMÍLIA BARROS
Os Barros e as Outras Famílias
Os Barros e Silva
Família
. CLÓVIS BARROS DA SILVA/Fuan, na década de 1940 aprendeu com o Mestre Carlito Loureiro o ofício de sapateiro, em Abaeté.
. Vicente Gama e Silva, em 1931 era comerciante de gado, com terreno à Rua Benjamim Constant, de 16 x 33m, em Abaeté, confinando com ele mesmo à Rua Nilo Peçanha, casou e com filhos Clóvis Barros da Silva/Fuan e outros em pesquisa.
. Vicente Gama e Silva, em 1931 era comerciante de gado, com terreno à Rua Benjamim Constant, de 16 x 33m, em Abaeté, confinando com ele mesmo à Rua Nilo Peçanha, casou e com filhos Clóvis Barros da Silva/Fuan e outros em pesquisa.

As Outras Famílias e os Barros
Os Guiães de Barros
. ABEL GUIÃES DE BARROS/Abel Barros, de nacionalidade portuguesa, era mecânico, ferreiro, foi para São Francisco do Jararaca, na Ilha do Marajó e de lá voltou para fixar residência em Abaeté, atuava como ator amador no grupo de teatro denominado Grupo Scênico de Abaeté, onde, em 1919, era o presidente da 1ª diretoria do grupo, que subsistiu até os anos de 1930 e cuja finalidade era angariar fundos para a construção da sonhada Igreja Matriz de Abaeté. Participava, também, da Confraria de São Raimundo Nonato, braço religioso do Clube Musical Carlos Gomes. Residiu na Rua Siqueira Mendes e na entrada da atual Avenida Pedro Rodrigues, canto com a atual Rua Getúlio Vargas, onde também possuía a sua oficina de ferreiro. Como desportista participou, nos anos de 1920, da Associação Sportiva de Abaeté, sendo em 1927 seu diretor de sports.
Como músico tocava bumbo no tempo do Mestre Chiquinho Margalho em 1919, em 1922 possuía um imóvel na Rua Siqueira Mendes. Em 1927 ainda era músico na Banda Carlos Gomes, tocando bumbo, chegando a ser seu vice-presidente em 1928 e em 1927 é citado como ator do Grupo Scênico de Abaeteense, encenando a comédia "Quem Desdenha", de Pinheiro Chagas. Documentos de 1947 se referem a uma “Av. Aristides Silva”, onde ficava a oficina mecânica de Abel Barros e a Mercearia Boa Esperança. Nome completo: Abel Guiães de Barros Ferreira.
Citações:
"João Nepomuceno de Pontes, era o vice-presidente do Grupo Scênico Abaeteense em 1919, Abel Lobo, era o 2º vice-presidente, Prudente de Araujo, era o 1º secretário, Bararaty Franco, era o 2º secretário, Raimundo Leite era o tesoureiro e Guilherme Abreu, era o ensaiador do Grupo".
“Abel Barros possuía sua officina no canto da atual Avenida Pedro Rodrigues com a Rua Getúlio Vargas”.
Abel Guiãs de Barros
“O Clube Carlos Gomes, com eleição em 1908, ficando assim constituída a diretoria: Presidente, Garibaldi Parente; Secretário, Estácio Sena dos Passos; Tesoureiro, Abel Guiães de Barros; Regente, Gerônimo Guedes e Contra-mestre"
Em 1927 a diretoria da Associação Sportiva de Abaeté era assim constituída:
"Assembléia Geral: presidente, Latino Lídio da Silva; 1º secretário, João Nepomuceno de Pontes; 2º secretário, Giordano Parente. A Diretoria: presidente, Capitão Acrísio Villaça da Silva; vice-presidente, Antonio Paes Filho; 1º secretário, Antonio Ribeiro de Araujo; 2º secretário, Antonio Gama; tesoureiro, Capitão Raymmundo Leite Lobato; orador oficial, Américo Nery Cordeiro; diretor de sports, Abel Guiães de Barros; diretor de sede, Raymmundo Nonnato Viégas."
Documentos de 1947 se referem a uma “Av. Aristides Silva”, onde ficava a oficina mecânica de Abel Barros e a Mercearia Boa Esperança.
“O Clube Carlos Gomes, com eleição em 1927, ficando assim constituída a diretoria: presidente, Garibaldi Parente; secretário, Estácio Sena dos Passos; tesoureiro, Abel Guiães de Barros; regente, Gerônimo Guedes e contra-mestre, Raymmundo Pauxis”.
Em 1927: “Abel de Barros, vice-presidente da Banda Carlos Gomes, que veio de Jararaca para fixar residência em Abaeté”.
Em 1927 ainda era músico na Banda Carlos Gomes, tocando bumbo, chegando a ser seu vice-presidente em 1928.
“Abel Guiães de Barros com pagamento de imposto de valor locativo no valor de 6$000, por um imóvel sito à Rua Siqueira Mendes, na cidade de Abaeté”.
A Confraria de São Raimundo Nonato em 1908, tendo como alguns de seus membros: Horácio Nabor de Sena, João Cunha de Oliveira, Raimundo Damião de Carvalho, Paulo de Araujo Borges, Abel Guiães de Barros.
Continuação da Família Barros:
Os Lobato Barros
ANA LOBATO BARROS, citação: ANA JUDITH DE ALMEIDA CARDOSO, citação: "Catarina Pereira de Barros é filha de Torquato Pereira de Barros, logo é irmã de Ana Judith de Almeida Cardoso, esta mulher do Coronel Maximiano Guimarães Cardoso. Catarina Pereira de Barros e Silva é avó de Anna da Silva Sena. Latino Lídio da Silva, foi o 1º tabelião de Abaeté e secretário interino da Intendência de Abaeté. Lauro Cardoso da Silva, é filho de Latino Lídio da Silva. Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso. Latino nasceu em 24/3/1890, estudou em Belém o curso primário e o curso secundário. Lauro Cardoso da Silva. "Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso.
A Confraria de São Raimundo Nonato, tendo como alguns de seus membros: A Confraria de São Raimundo Nonato, tendo como alguns de seus membros: Horácio Nabor de Sena, João Cunha de Oliveira, Raimundo Damião de Carvalho, Paulo de Araujo Borges, Abel Guiãs de Barros.
Continuação da Família Barros:

Os Pereira de Barros
. ADÁLIA PEREIRA DE BARROS, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
. BERNARDINO PEREIRA DE BARROS, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté e foi homenageado com o nome de escola, EBPB-Escola Bernardino Pereira de Barros.
Família, citação:
. CATARINA PEREIRA DE BARROS, citação: "Catarina Pereira de Barros é filha de Torquato Pereira de Barros, logo é irmã de Ana Judith de Almeida Cardoso, esta mulher do Coronel Maximiano Guimarães Cardoso. Catarina Pereira de Barros e Silva é avó de Anna da Silva Sena. Latino Lídio da Silva, foi o 1º tabelião de Abaeté e secretário interino da Intendência de Abaeté. Lauro Cardoso da Silva, é filho de Latino Lídio da Silva. Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso. Latino nasceu em 24/3/1890, estudou em Belém o curso primário e o curso secundário.
. CORNÉLIO PEREIRA DE BARROS, citação: "Angelina Ribeiro de Araújo, nasceu no dia 16.07.1904, na cidade de Abaeté, à Rua Siqueira Mendes, na casa do Major Cornélio Pereira de Barros."
. OLEGÁRIO PEREIRA DE BARROS, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
. THEREZA PEREIRA DE BARROS, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
. TORQUATO PEREIRA DE BARROS, citação: "Catarina Pereira de Barros é filha de Torquato Pereira de Barros, logo é irmã de Ana Judith de Almeida Cardoso, esta mulher do Coronel Maximiano Guimarães Cardoso. Catarina Pereira de Barros e Silva é avó de Anna da Silva Sena. Latino Lídio da Silva, foi o 1º tabelião de Abaeté e secretário interino da Intendência de Abaeté. Lauro Cardoso da Silva. "Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso.
. TRAJANO PEREIRA DE BARROS, em 1908 era o tesoureiro da Irmandade de São Sebastião.
Citações de 1908:
Em 1908 a diretoria da Irmandade de S. Sebastião era assim constituída:
"Presidente, Pe. Francisco Manoel Pimentel/Pe. Pimentel; diretor, Horácio de Deus e Silva; tesoureiro, Trajano Pereira de Barros; secretários, Manoel Vigílio de Araujo e José Ferreira Ribeiro; zeladores, Pedro Pena de Araujo e Hygino Pereira; cobrador; Jósimo Leandro de Souza.
Os "irmãos" da Irmandade de S. Sebastião em 1908, eram os seguintes:
José Brandão Pimentel, Manoel Raymundo do Nascimento, Horácio de Deus e Silva Afilhado, Luiz Cavalcante da Frota, Gabriel Correa de Castro, Raymundo Pimentel da Silva, Liberato Antonio Baía, José da Conceição Amanajás, Raymundo Bandeira dos Reis, Leovegildo de Oliveira Campos, Camilo Alípio Pereira, Raymundo de Araujo Borges, Arlindo Lobato Negrão João Bandeira dos Reis Filho, Pacífico Mariano dos Reis, Prudente Ribeiro de Araujo, João Nepomuceno Viégas, José de Souza Pereira, Manoel Rodrigues, Miguel R. da Costa, Frederico Arleciano da Silva, Benedito Alexandre Cardoso, Anselmo H. Barbosa, Tupy Jorge, Manoel Antonio de França, Benedito do Nascimento, Simeão dos Santos Pereira, Olegário Pereira de Barros, Bernardino Pereira de Barros, Quintino Pauxis de Abreu, Delphino Cardoso, Domingos Tertuliano V. Alcântara, Marcelino Cardoso de Alcântara, Waldério de Moraes Pimentel, Luís Monteiro de Araujo, Abel Constantino da Silva, Ervécio de Castro, Licurgo de Sousa Paixão Pimentel, Benedito Ribeiro, José Pedro de Araujo, Anselmo Pereira do Valle, Raymundo dos Santos, Felippe Santiago de Araujo, Sebastião de Araujo Ferreira, Augusto da Conceição Ferreira, Manoel Carlos Monteiro, Eusébio Antonio da Conceição Ferreira, Jacinto José dos Santos, Edgar Borges, Lucídio Paes, Benedito Joaquim dos Passos, Antonio Hildebrando Cardoso, João Baía da Silva, Flauro Correa Damasceno, Audifax Mendes dos Reis.
Irmãs:
Victória dos Passos, Izabel Correa dos Passos, Constança de Moraes Pimentel, Emídia Ferreira, Izabel Maria da Trindade, Geralda Maria de Castilho, Carolina Maria do Rosário, Maria do Nascimento, Felicidade Maria do E. Santo, Ângela Maria Alves, Ricarda Antonia Leal, Sarah Valente da Silva Villaça, Olinda do Carmo Paiva, Francisca Gemaque, Luiza da Conceição Vieira, Júlia de Souza Reis, Damásia de Araujo, Thereza Pereira de Barros, Adália Pereira de Barros, Júlia  Pereira, Júlia Ferreira de Araujo. Ademir Heleno, Abaetetuba/Pa, 3/9/2009.

Continuação das Famílias B:
FAMÍLIA BARROSO
Os Barroso Franco
Família, vide abaixo:
Antônio de Araújo Vilaça, casou com Aldenise Carvalho Bararatim.
Filhos, netos, genros e noras de Clarindo do Espírito Santo de Araújo e Ângela Ferreira:
Clarindo de Araújo Vilaça (Caíto), nasceu no dia 26.05.1924 e casou com Iracema e tiveram vários filhos: José Adílson, Paulo Sérgio, Maria de Lourdes, Idália e ...
Idalina Ribeiro de Araújo (Idália), nasceu no dia 09.12.1889, na Ilha de Tabatinga, Distrito de Abaeté e casou com Príncipe da Silva Villaça (Pichota) e tiveram 5 filhos: João Natalino (Joca), Antonio, José (falecido criança), Sebastiaão (Sabarico) e Clarindo de Araujo Vilaça (Caíto). Idália faleceu no dia 08.07.1962, na residência dos herdeiros de seus pais, à Rua Siqueira Mendes, 1531, com 72 anos, 5 meses e 1 dia.
Filhos, netos, genros e noras de Idália (Idalina Ribeiro de Araujo) com Príncipe da Silva Villaça(Pichota):
Sebastião de Araujo Vilaça (Sabarico), nasceu no dia 19.12.1921 e casou com Pedrina. Tiveram 1 casal de filhos: Maria da Conceição e José Roberto.
. BARARATY BARROSO FRANCO, em 1919 era o 2º secretário da primeira diretoria do Grupo Scênico Abaeteense e em 1927 é citado como ator do Grupo Scênico de Abaeteense, encenando o sentimental drama de Júlio Dantas "Mater Dolorosa".

FAMÍLIA BATISTA
Família, vide abaixo
Nery
Costa
Jesus
. ANNA PORPHIRIA BAPTISTA, casou Emygdio Nery da Costa e com filhos, vide abaixo:
• Anna Porphiria Baptista, c/c Emygdio Nery da Costa, este nascido em 1841 e falecido em 1915, filho de Felippe Nery da Costa e Thereza de Jesus Nery, tenente-coronel, Intendente de Abaeté (1894-1896) na instalação da cidade de Abaeté em 15/8/1895, dono de engenho na localidade rio Biribituba, e tiveram filhos: Felippe Nery da Costa Nery Neto, Adolpho Eugênio, João Nery da Costa e outros.
Leitão
. Inez Batista e Thaila Baptista Leitão, se referem ao falecimento de Maria dos Reis Rosa Leitão/Neném, de origem maranhense e ela era a sogra da irmã de Inez Baptista.
. Thaila Baptista Leitão e Inez Baptista, se referem ao falecimento de Maria dos Reis Rosa Leitão/Neném, de origem maranhense e ela era a sogra da irmã de Inez Baptista.
Os Batista e as Outras Família
Costa
Lobato
Costa
Lima
Lobato
. FELIPE BATISTA DA COSTA, citação: "ALZIRA LOBATO, citação:"Filhos de Felipe Batista da Costa e Maria de Lima Batista/Maroca Lima, João de Lima Batista (Juruti), casou com Alzira Lobato e tiveram 5 filhos: Rosângela, João, Socorro, Antonio, Felício Lobato Batista."
Rocha
. IRANDIS BATISTA DA ROCHA, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.

As Outras Famílias e os Batista
Os de Lima Batista
Família
Lima
Soares
. JOANA DE LIMA SOARES, casou com João Soares e com filhos. Vide abaixo.
. JOÃO SOARES, casou com Joana de Lima Soares e com filhos: Célia Lima Soares e outros.
. CÉLIA LIMA SOARES/Cilica, é filha de Joana de Lima Soares e João Soares, e Cilica faleceu em 13/10.1993, casou com Raimundo e com filhos: Joanita e outros.
. JOANITA DE LIMA BATISTA, faleceu no dia 13.10.1993, é filha de Célia Lima Soares (Cilica) com Raimundo. Joanita teve 5 filhos: Osmar, Danilo, José, Dalcídio e Carlos Lima Batista.
Filhos de Joanita de Lima Batista
. OSMAR DE LIMA BATISTA, casado.
. DANILO DE LIMA BATISTA.
. DALCÍDIO DE LIMA BATISTA, casado.
. CARLOS DE LIMA BATISTA, falecido
. JOÃO DE LIMA BATISTA (Juruti), casou com Alzira Lobato e tiveram 5 filhos: Rosângela, João, Socorro, Antonio, Felício Lobato Batista.
. OSMAR DE LIMA BATISTA, casado. Danilo Lima Batista, casado; Dalcídio Lima Batista, casado.
. FRANCISCO DE LIMA BATISTA/Pombo da Maroca Lima, em 1927 é citado como ator do Grupo Scênico de Abaeteense.
. JOÃO DE LIMA BATISTA (Juruti), casou com Alzira Lobato e tiveram 5 filhos: Rosângela, João, Socorro, Antonio, Felício Lobato Batista.
. MARIA DE LIMA BATISTA, citação: "Filhos de Felipe Batista da Costa e Maria de Lima Batista/Maroca Lima, João de Lima Batista (Juruti), casou com Alzira Lobato e tiveram 5 filhos: Rosângela, João, Socorro, Antonio, Felício Lobato Batista."
Contnuação da Família Batista:

Os Lobato
. ALZIRA LOBATO: citação: Filhos de Felipe Batista da Costa e Maria de Lima Batista/Maroca Lima.
Continuação dos Batista:
Martins
Rodrigues
. Francisco Carlos Rodrigues Batista, Casou com Maria do Livramento Martins, e tiveram 4 filhos: Walesca, Williams, Willienderson e Vanessa Martins Batista.
P
• Esmerino P. Batista, citado em 1951 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. através da diretoria.
Ribeiro
. JOÃO RIBEIRO BATISTA, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.

FAMÍLIA BECHIR
. MIGUEL ELIAS, citado em 1922, comerciante em Abaeté na década de 1930.
Os Bechir Elias
. JOSÉ BECHIR ELIAS, citado em 1922, comerciante na Avenida João Pessoa, nº 5 e na Rua Justo Chermont, em Abaeté, na década de 1930 e em 1931 com comércio na Avenida João Pessoa em Abaeté.
. SALIM JOSÉ BECHIR, comerciante em Abaeté na década de 1930.
Os Dias Bechir
. MARY DIAS BECHIR

FAMÍLIA BELÉM
Os Garcia Belém
. Lucila Gonçalves Garcia Belém, casada, citada em 1950 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Gonçalves Garcia Belém
. Lucila Gonçalves Garcia Belém, casada, citada em 1950 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Lobo Santos Belém
. Alice Lobo Santos Belém, casada, citada em 1950 como contribuinte e juíza da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Lobo Santos
. Alice Lobo Santos Belém, casada, citada em 1950 como contribuinte e juíza da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BELO
Os A. Belo da Silva
. A. BELO DA SILVA, com engenho na margem direita do rio Maracapucu.
FAMÍLIA PANTOJA
Os Pantoja Belo
. Sireno Pantoja Belo, citado em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
FAMÍLIA BENJAMIM
Os Benjamim
, Mestre BENJAMIM (cego de um lado), era calafate e tocava trompa, na Banda Carlos Gomes em 1928.

FAMÍLIA BENTES
Os Bentes Guerreiro
. GERMANO BENTES GUERREIRO, foi Jiiz Substituto em Abaeté, era consórcio do Vera Cruz Sport Club em 1920, citação:  Raimundo Pinheiro Garcia, José Joaquim Nunes, Tupy Jorge, Anísio Rodrigues, Joaquim Loureiro Silva, Plínio Andrade, José Ferreira, João Paranhos, Raymundo B. de Araujo Pereira, Maximiano Rodrigues, Pedro Ribeiro de Araujo, Germano Bentes Guerreiro (Juiz Substituto de Abaeté).
Os Figueiredo Bentes
. Francisco de Figueiredo Bentes/Frank Bentes, músico eclético, mestre musical de Abaetetuba, antigo membro do grupo de jovens católicos Os Neófitos, desde a década de 1970, fundador do conjunto Os Neófitos, que foi um dos conjuntos precussores da música eletrônica em Abaetetuba nos anos 70, foi secretário municipal em Abaetetuba, casou com Orlandina e com filhos.
Os Lins Bentes
. Naídes Lins Bentes, citada em 1961 como juíza da Festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os do Vale Bentes
. Arthur Orlando do Valle Bentes, citado em 1961, 1962 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Arthur do Valle Bentes, citado em 1962 como juiz na festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BORGES
Os Borges
. EDGAR BORGES, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté e em 1927 é citado como ator do Grupo Scênico de Abaeteense, encenando o sentimental drama de Júlio Dantas "Mater Dolorosa".
Paulo Borges (Polo), era carpinteiro e tocava afrenquides (instrumento de apelido mamoeiro por ser muito alto), na Banda Carlos Gomes em 1928.
Os de Araujo Borges
. PAULO DE ARAUJO BORGES, citação: A Confraria de São Raimundo Nonato, tendo como alguns de seus membros: A Confraria de São Raimundo Nonato, tendo como alguns de seus membros: Horácio Nabor de Sena, João Cunha de Oliveira, Raimundo Damião de Carvalho, Paulo de Araujo Borges, Abel Guiãs de Barros.
. RAYMMUNDO DE ARAUJO BORGES, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.

FAMÍLIA BRABO
Os Brabo
. Antonio Brabo, era comerciante de regatão viajando para o Baixo Amazonas, casado com Maria do Carmo Coutinho da Silva e com filhos: Maryelle Brabo e outros?
As Outras Famílias e os Brabo

Os Gonçalves Brabo
Família, vide abaixo:
. OTÍLIA GONÇALVES BRABO, casada e com filhos, vide abaixo.
• Otília Gonçalves Brabo, nasceu em 19/1/1934 e foi batizada pelo Padre Ignácio Magalhães na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em 3/12/1934, c/c Heitor Margalho André e tiveram filhos: Maria Rodrigues André, que nasceu em 23/7/1957, falecida pequena; Manoel, que nasceu em 27/8/1958, falecido pequeno;
Maria da Conceição, que nasceu em 4/12/1959, falecida pequena; Maria Auxiliador, que nasceu em 5/1/1961, falecida pequena;
Maria do Socorro, que nasceu em 15/6/1963, casada; Manoel do Livramento, que nasceu em 30/12/1967;
Maria Gonçalves, que nasceu em 13/5/1969, falecida pequena;
Manoel, que nasceu em 15/4/1972, falecido pequeno.
Maria de Nazaré, que nasceu em 8/4/1973, falecida pequena.
Maria do Socorro, que c/c João Batista da Silva Vilhena e tiveram os seguintes filhos: Elcilene André Vilhena, José Maria e Andréa.

Continuação da Família Brabo:
Os Nahum Brabo
. ANTONIO NAHUM BRABO, citação, vide abaixo:
Caro Ademir, meu nome e Maryelle e sou uma Abaetetubense como você. Vi seu blog e achei muito interessante, pois sempre tive um desejo imenso de saber sobre minha genealogia. Meu pai se chama Antonio Nahum Brabo, assim ha uma grande possibilidade de vocês serem ligados. Minha mãe se chama Maria do Carmo Coutinho da Silva. Sei que em minha família, em ambas as partes, houve uma miscigenacão muito grande de racas, e essa é a principal razão de minha curiosidade em relacão a minha origem. Não sei como iniciar essa essa pesquisa, estando tao longe (hoje moro na Inglaterra) e com poucos recursos disponíveis. Atenciosamente. Maryelle.
Família, vide abaixo:
• Otília Gonçalves Brabo, nasceu em 19/1/1934 e foi batizada pelo Padre Ignácio Magalhães na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em 3/12/1934, c/c Heitor Margalho André e tiveram filhos: Maria Rodrigues André, que nasceu em 23/7/1957, falecida pequena; Manoel, que nasceu em 27/8/1958, falecido pequeno;
Maria da Conceição, que nasceu em 4/12/1959, falecida pequena;
Maria Auxiliador, que nasceu em 5/1/1961, falecida pequena;
. Maria do Socorro, que nasceu em 15/6/1963, casada;
. Manoel do Livramento, que nasceu em 30/12/1967;
Maria Gonçalves, que nasceu em 13/5/1969, falecida pequena;
Manoel, que nasceu em 15/4/1972, falecido pequeno.
Maria de Nazaré, que nasceu em 8/4/1973, falecida pequena.
. Maria do Socorro, que c/c João Batista da Silva Vilhena e tiveram os seguintes filhos: Elcilene André Vilhena, José Maria e Andréa.

Continuação da Família Brabo:
Família, vide abaixo:
. Ângelo Nahum Brabo, nascido em 8/1980, profesor na PM de Ig-Miri/PA, residente em Abaetetuba, casado e com filhos
. Antonio Brabo, era comerciante de regatão viajando para o Baixo Amazonas, casado com Maria do Carmo Coutinho da Silva e com filhos: Maryelle Brabo e outros?
. Antonio Nahum Brabo/Antonico, casou com Carmem e com filhos:João/Joãozinho, Nato e Maryelle.
. Antonio Nahum, irmão de Maria Nahum Brabo
. Assis Nahum Brabo, filho de Tito Brabo e Maria Nahum Brabo
. Bilica Brabo, irmã de Tito Brabo
. Fifita Brabo, irmã de Tito Brabo, sogra do Benedito Oscar
. Gastão Brabo, irmão do Tito Brabo, já é falecido, era casado e deixou filhos
. Hugo Nahum, irmão de Maria Nahum Brabo, empresário, foi vereador em Abaetetuba, casado e com filhos.
. Maria Benedita Nanhum Brabo
. Maria Gabriela Brabo
. Maria Nahum Brabo, casada com Tito da Conceição Brabo/Tito Brabo e com filhos.
. Maryelle Brabo, mora na Inglattera, casada com um inglês que é professor e Maryelle é filha de Antonio Nahum Brabo e Maria do Carmo Coutinho da Silva. Citação: vide abaixo:
Caro Ademir, meu nome e Maryelle e sou uma Abaetetubense como você. Vi seu blog e achei muito interessante, pois sempre tive um desejo imenso de saber sobre minha genealogia. Meu pai se chama Antonio Nahum Brabo, assim ha uma grande possibilidade de vocês serem ligados. Minha mãe se chama Maria do Carmo Coutinho da Silva. Sei que em minha família, em ambas as partes, houve uma miscigenacão muito grande de racas, e essa é a principal razão de minha curiosidade em relacão a minha origem. Não sei como iniciar essa essa pesquisa, estando tao longe (hoje moro na Inglaterra) e com poucos recursos disponíveis. Atenciosamente. Maryelle.
. Nato Brabo
. Neila Brabo
. Nice Brabo, irmã de Tito Brabo
. Nicolau Brabo, irmão do Tito Brabo, já é falecido, era casado e deixou filhos
. Tito da Conceição Brabo/Tito Brabo, com origem na localidade Rio Piquiarana, era pescador e dono de empresa de pescado, especialmente do peixe mapará, que depois se mudou para a sede do município trabalhando com o ramo de bar na Rua Lauro Sodré no Bar do Tito Brabo, nascido em 1938, casou com Maria Nahum Brabo e com filhos: Noelza Brabo, casada com Reginaldo/Regis.
Continuação da Família Brabo:
Os de Oliveira Brabo
. ELIAS DE OLIVEIRA BRABO, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os R. Brabo
. Manoel R. Brabo, citado em 1939, 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.
Os da Silva Brabo
. MANOEL DA SILVA BRABO, citado em 1961.

Família
. VICTÓRIA MARIA DA SILVA BRABO, vide acima em Cel. Antonio cardoso Amanajás.
. ANTONIO JOSÉ DA SILVA BRABO, vide acima em Cel. Antonio cardoso Amanajás.
3ª G/Netos/N, filhos do Coronel Antonio Cardoso Amanajás
3ª G/N: HYGINO ANTONIO CARDOSO AMANAJÁS/Hygino Amanajás, casou por 3 vezes e teve perto de 20 filhos, 4ª G/Bisnetos/Bn.
O Coronel Hygino Amanajás, nasceu em 15/5/1852 na antiga Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Abaeté, na localidade Rio Maracapucu, era jornalista (um dos fundadores do jornal O Abaeteense e seu diretor por 10 anos e jornalista em Belém/Pa), advogado, escritor (escreveu diversas obras), foi vogal em Abaeté (espécie de vereador em 1887), procurador de Abaeté, deputado da Assembléia Legislativa por 3 mandatos sucessivos, iniciando no 1º mandato do Governador Lauro Sodré até a proclamação da República, no governo do Dr. João Coelho e o foi o 1º diretor da Imprensa Oficial do Estado por 26 anos (11/6/1891-26/11/1917).
Se Hygino Amanajás/Antonio Hygino Cardoso Amanajás nasceu em 15/6/1852 e a 1ª Câmara da Vila de Santa Anna de igarapé-Miri foi instalada em 1845, isso quer dizer que se trata do Hygino Amanajás, o pai, vereador da 1ª Câmara Municipal dessa Vila e que deve ter nascido por volta de 1812, portanto, contemporâneo dos primeiros Correa de Miranda de Igarapé-Miri dos anos iniciais do 1800.
. VICTÓRIA MARIA DA SILVA BRABO, vide acima em Cel. Antonio cardoso Amanajás.
. ANTONIO JOSÉ DA SILVA BRABO, vide acima em Cel. Antonio cardoso Amanajás.
Genealogia paralela de Victória Maria da Silva Brabo:
1ª G/ Pais de Antonio José da Silva Brabo ou avós de Victória Maria
2ª G/Filhos/F: Antonio José da Silva Brabo, dono de engenhos e escravos, casou e teve filhos, 3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo e outros.
3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, c/c o Cel. Antonio Cardoso Amanajás, com origem na antiga Freguesia de Santa Anna de Igarapé-Miri e tiveram filhos, 4ª G/Nisnetos/Bn: Hygino Amanajás e outros.
. ANTONIO FRANCISCO CORREA DE MIRANDA, trocado para Correa Caripuna.
3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo, casou uma 2ª vez com o Tenente-Coronel Caripuna e tiveram filhos, 4ª G/Bisnetos/Bn: Victório Antonio, José Fleury, Antonio Francisco Correa Caripuna (o filho) e outros, inclusive a que se tornou esposa de Hygino Amanajás.
Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, é citada em 1877, mãe de Hygino Amanajás, citado em 1877, este genro do Tenente-Coronel Caripuna, por que casado com uma das filhas do Tenente-Coronel Caripuna, citado acima, falecido em 1877. Victória Maria da Silva Brabo Amanajás era casada com o Coronel Antonio Cardoso Amanajás (que foi o introdutor do clã Amanajás na antiga Freguesia de Abaeté), com que teve vários filhos, entre os quais o Coronel Hygino Amanajás/Hygino Antonio Cardoso Amanajás.
. MARIA DO CARMO DE CASTILHO, vide abaixo:
5ª G/Trinetos/Tn: filhos de Antonio Francico Correa Caripuna (Tenente-Coronel Caripuna) e Maria do Carmo de Castilho
5ª G/Tn/ Francisco Correa Caripuna, c/c sua prima Aurélia, filha de Justo José (irmão do Coronel Caripuna).
5ª G/Tn/ Firmino Correa de Miranda, c/c sua prima Elíbia (filha de Justo José, irmão do Coronel Caripuna).
5ª G/Trinetos/Tn, filhos do Tenente-Coronel Caripuna e Victória Maria da Silva Brabo, citada em 1877:
5ª G/Tn: Victório Antonio Correa Caripuna, citado em 1877.
5ª G;Tn: José Fleury Correa Caripuna, citado em 1877.
5ª G/Tn: Antonio Francico Correa Caripuna (o filho), citado em 1877.
5ª G/Trinetos/Tn, outros filhos do Tenente-Coronel Caripuna (estes filhos eram vivos quando a 2ª esposa do Tenente-Coronel Caripuna, Victória Maria da Silva Brabo, ficou viúva em 1877:
5ª G/Tn; uma filha c/c Hygino Amanajás, este citado em 1877.

FAMÍLIA BRAGA
Os Braga Nobre
. Doraci Braga Nobre, citada em 1944 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
FAMÍLIA BRANCO
Os Monteiro Branco
. Walter Antonio Monteiro Branco, citado em 1961 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
FAMÍLIA BRANDÃO
Os Lopes Brandão
• Miquilino José Lopes Brandão, presente na instalação da Cidade de Abaeté em 15/8/1895.
FAMÍLIA BRITO
Os Duarte Brito
. Gondelino Duarte Brito, citado em 1953 e 1961 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
F
G
H
Q
Família Barbosa
Baía
Os Baía dos Santos
. Prof. RAIMUNDO BAIA DOS SANTOS, licenciado, Bacharel e pós-graduado em História, residente na Colônia Velha.
Os dos Santos Barbosa
. Eli dos Santos Barbosa, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.
. Joana dos Santos Barbosa, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.
. Raimundo dos Santos Barbosa, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.
Os Lobo Santos Belém
. Alice Lobo Santos Belém, casada, citada em 1950 como contribuinte e juíza da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Lobo Santos
. Alice Lobo Santos Belém, casada, citada em 1950 como contribuinte e juíza da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

Família Brito
Os Santos Brito
. Isabel dos Santos Brito, citada em 1946 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os B. dos Santos
. BENEDITA B. DOS SANTOS, citada em 1947 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Raimundo Segundo dos Santos.
. RAIMUNDO B. DOS SANTOS, citado em 1946, 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.
. BENEDITA B. DOS SANTOS, citada em 1947 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Raimundo Segundo dos Santos.
. BENEDITA B. DOS SANTOS, citada em 1947 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Raimundo Segundo dos Santos.
. RAIMUNDO B. DOS SANTOS, citado em 1946, 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.

Os Baía dos Santos
. Prof. RAIMUNDO BAIA DOS SANTOS, licenciado, Bacharel e pós-graduado em História, residente na Colônia Velha.

Os S. Brito
. Isabel S. Brito, citada em 1947 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os de Sales Baía
• Francisco de Sales Baía (falecido), citado em 1920.

Os Brasil Sampaio
. Maria Brazil Sampaio, citado em 1922 em Abaeté.
Os Brito Sampaio
. Guiomar Brito Sampaio, casada, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.

Os Baía dos Santos
. Prof. RAIMUNDO BAIA DOS SANTOS, licenciado, Bacharel e pós-graduado em História, residente na Colônia Velha.
Os Brito dos Santos
. Severino Brito dos Santos citado em 1942 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.

Os Sanches de Brito
Isabel Sanches de Brito, citada em 1941 como contribuinte e 1961 como mordoma da Festa de N. S. da Conceição.
Os Lobo Santos
Os Lobo Santos Belém
. Alice Lobo Santos Belém, casada, citada em 1950 como contribuinte e juíza da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Sarges Brabo
• Juraci Sarges Brabo, citado em 1944.

FAMÍLIA SENA
. HORÁCIO NABOR DE SENA. Vide abaixo:
A Confraria de São Raimundo Nonato em 1908, tendo como alguns de seus membros:
Horácio Nabor de Sena,
João Cunha de Oliveira,
Raimundo Damião de Carvalho,
Paulo de Araujo Borges,
Abel Guiãs de Barros.

Os Barros Sena
. Lucila Barros Senna.
Comerciantes de Regatão e Donos de embarcações:
• NILAMON XAVIER DE SENA, que nasceu na Costa Maratauhyra, nas Ilhas de Abaeté, foi agricultor, plantando cana-de-açúcar, mandioca, feijão, era católico, músico, viajante marítimo, viajando com os irmãos para o Marajó, Baixo Amazonas, vendendo mercadorias variadas, especialmente cachaça, que era vendida em todos os lugares, em viagens de 45 dias ou 3 meses no inverno, em barco trivela. Com 10 anos de idade veio com sua família para morar na cidade. Casou com Lucila Barros Senna. Em 2003 ficou viúvo e aposentado, quando as casas de Abaetetuba e interior eram cheias de imagens dos santos, com oratórios, quadros de santos.
Os Nabor de Sena
. HORÁCIO NABOR DE SENA, citasção:
A Confraria de São Raimundo Nonato em 1908, tendo como alguns de seus membros:
Horácio Nabor de Sena, João Cunha de Oliveira, Raimundo Damião de Carvalho, Paulo de Araujo Borges, Abel Guiãs de Barros.

FAMÍLIA SILVA
Os da Silva
. LATINO LÍDIO DA SILVA, citação: ANA JUDITH DE ALMEIDA CARDOSO, citação: "Catarina Pereira de Barros é filha de Torquato Pereira de Barros, logo é irmã de Ana Judith de Almeida Cardoso, esta mulher do Coronel Maximiano Guimarães Cardoso. Catarina Pereira de Barros e Silva é avó de Anna da Silva Sena. Latino Lídio da Silva, foi o 1º tabelião de Abaeté e secretário interino da Intendência de Abaeté. Lauro Cardoso da Silva, é filho de Latino Lídio da Silva. Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso. Latino nasceu em 24/3/1890, estudou em Belém o curso primário e o curso secundário. Lauro Cardoso da Silva. "Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso.

Os Silva e as Outras Famílias
Os da Silva Pauxis
. Abaeté da Silva Pauxís/Abaeté Pauxis, era comerciante ambulante e tocava saxofone, na Banda Carlos Gomes em 1928.
Os da Silva Sena
. ANNA DA SILVA SENA, Citação: ANA JUDITH DE ALMEIDA CARDOSO, citação: "Catarina Pereira de Barros é filha de Torquato Pereira de Barros, logo é irmã de Ana Judith de Almeida Cardoso, esta mulher do Coronel Maximiano Guimarães Cardoso. Catarina Pereira de Barros e Silva é avó de Anna da Silva Sena. Latino Lídio da Silva, foi o 1º tabelião de Abaeté e secretário interino da Intendência de Abaeté. Lauro Cardoso da Silva, é filho de Latino Lídio da Silva. Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso. Latino nasceu em 24/3/1890, estudou em Belém o curso primário e o curso secundário. Lauro Cardoso da Silva. "Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso.

As Outras Famílias e os Silva
Silva
. A. BELO DA SILVA, com engenho na margem direita do rio Maracapucu.

Os Gama e Silva
. VICENTE GAMA E SILVA/Vicente Gama, em 1931 era comerciante de gado, com terreno à Rua Benjamim Constant, de 16 x 33m, em Abaeté, confinando com ele mesmo à Rua Nilo Peçanha, casou e com filhos Clóvis Barros da Silva/Fuan e outros em pesquisa.

Os Silva Baía
. Admir Silva Baía, citada em 1939, 1944 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Agissé da Silva Bahia, citado em 1950, 1953 como cadete e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Anete Silva Baía, citada em 1949 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Teodicéa Silva Baía, citada em 1947 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os da Silva Baía
. Teodicéia da Silva Baía, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Rosendo Maués.


Os da Silva Brabo
Família
• Antonio José da Silva Brabo, abastado senhor de escravos e dono de engenho em Abaeté.
• Victória Maria da Silva Brabo, filha de Antonio José da Silva Brabo rico dono de engenhos e escravos na Freguesia de Abaeté, inicialmente casou com o Coronel Antonio Cardoso Amanajás e casou em 2ª núpcias com o viúvo Tenente-Coronel Caripuna e tiveram filhos, citados em 1877. Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, é mãe de Hygino Amanajás, citados em 1877, este genro do Tenente-Coronel Caripuna, por que casou com uma das filhas do Tenente-Coronel Caripuna, citado falecido em 1877.

Os Silva Brabo
. José Antonio da Silva Brabo, antigo morador de Barcarena, com interesses comerciais em Abaeté em 1883.
. MANOEL DA SILVA BRABO, citado em 1961.

Os Silva Sena
. ANNA DA SILVA SENA, citação:  ANA JUDITH DE ALMEIDA CARDOSO, citação: "Catarina Pereira de Barros é filha de Torquato Pereira de Barros, logo é irmã de Ana Judith de Almeida Cardoso, esta mulher do Coronel Maximiano Guimarães Cardoso. Catarina Pereira de Barros e Silva é avó de Anna da Silva Sena. Latino Lídio da Silva, foi o 1º tabelião de Abaeté e secretário interino da Intendência de Abaeté. Lauro Cardoso da Silva, é filho de Latino Lídio da Silva. Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso. Latino nasceu em 24/3/1890, estudou em Belém o curso primário e o curso secundário. Lauro Cardoso da Silva. "Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso.

As Outras Famílias e os Silva
. FREDERICO ARLECIANO DA SILVA, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
Os Coutinho da Silva
Maria do Carmo Coutinho da Silva
Caro Ademir, meu nome e Maryelle e sou uma Abaetetubense como você. Vi seu blog e achei muito interessante, pois sempre tive um desejo imenso de saber sobre minha genealogia. Meu pai se chama Antonio Nahum Brabo, assim ha uma grande possibilidade de vocês serem ligados. Minha mãe se chama Maria do Carmo Coutinho da Silva. Sei que em minha família, em ambas as partes, houve uma miscigenacão muito grande de racas, e essa é a principal razão de minha curiosidade em relacão a minha origem. Não sei como iniciar essa essa pesquisa, estando tao longe (hoje moro na Inglaterra) e com poucos recursos disponíveis. Atenciosamente. Maryelle
Os B. da Silva
. Bibiano B. da Silva, citada em 1942 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.

Os Baia da Silva
. JOANA BAÍA DA SILVA, citada em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.
. JOÃO BAÍA DA SILVA, era membro da Irmandade de São Sebastião em 1908, em Abaeté. Vide Irmandade de S. Sebastião: nesta postagem.

Os Barros da Silva
Família
. ESMALTINA BARROS, esta filha de Coló, casou com VICENTE GAMA DA SILVA e com filhos: Dorita, Inez, Gimico, Clóvis/Fuan, Alfredo/Bigico, Ormi, Osni, Raimunda, Iso, Pedro Elisa Barros da Silva.
. ALFREDO BARROS DA SILVA/Bigico
. CLÓVIS BARROS DA SILVA/Fuan
. DORITA BARROS DA SILVA, filha de Vicente Gama da Silva e Esmaltina Barros e Dorita é casada com Bideca Figueiredo e com filhos: Alcir/Branco, Preto, Mara Figueiredo e outros em Pesquisa.
. ELISA BARROS DA SILVA/Tia Elisa
. GEREMIAS BARROS DA SILVA/Gimico
. INEZ BARROS DA SILVA
. ISO BARROS DA SILVA
. ORMI BARROS DA SILVA
. OSNI BARROS DA SILVA
. PEDRO BARROS DA SILVA
. RAIMUNDA BARROS DA SILVA

Silva
. A. BELO DA SILVA, com engenho na margem direita do rio Maracapucu.

Os Castilho Silva
. RAIMUNDO CASTILHO SILVA, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.

FAMÍLIA SILVESTRE
Os Silvestre Correa
Família, vide abaixo:
. MIGUEL SILVESTRE CORREA
. RAYMMUNDO NONATO VIEGAS/Santinho Viegas, foi antigo funcionário da Prefeitura Municipal de Abaetetuba, citado em 1941 como contribuinte e secretário da diretoria da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba, casado com Beca Margalho e com filhos: Jota, Dié, Terezinha e outros em pesquisa.
. Raymmundo Nonnato Viégas (Santinho Viégas) era filho de João Nepomuceno Viégas e Clotilde/Coló. São seus irmãos: Joanico, Júlio, Henriqueta/Zita (mãe de Miguel Silvestre Correa/Corumbá), Sinhara, Sinhá (casada com Sinhozinho Baía, este filho de Dico Baía), Babá e Ori Viégas.
Santinho Viégas, portanto, é tio de Corumbá, com quem chegou a morar e que prestou estas informações. Morreu em Belém do Pará, praticamente sozinho.
Corumbá, ainda nos dias de hoje (08.08.2008) ainda é vivo. Nasceu no dia 31.12.1923 e casou com Sebastiana dos Santos Correa. São seus pais. Raymmundo Nonnato Correa (Raimundo Chibé) e Henriqueta Viégas Correa (Zita). São seus irmãos, todos morando em Belém: Antonico, Didi, Neuza (falecida), Hilda, Flor, Aída e João (falecido).
Filhos de Corumbá: Conce, Lúcia, Henrique, José, Hugo e Miguel.
A avó de Corumbá teve três maridos, tendo tido três filhos com cada um deles. Valtúlio e Santinha (mãe de Rosildo Reis Ferreira) são meio-irmãos de seu pai Raymmundo Nonnato Correa (Raimundo Chibé). O apelido Corumbá vem do fato de ele ter nascido na época da Revolta de Corumbá.

~~~~~~~~~~
Família
Os de Araújo Barros
. ALTAIR DE ARAUJO BARROS, casou com Janice Medeiros e tiveram duas filhas: Pérola e Altair Medeiros Barros.
Os Medeiros Barros
. ALTAIR MEDEIROS BARROS, filha de Altair de Araujo Barros e Janice Medeiros.
. PEROLA MEDEIROS BARROS, filha de Altair de Araujo Barros e Janice Medeiros
Outros Barros da Silva
. Francisco Barros da Silva, citado em 1942 como contribuinte e juyiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Pereira de Barros Silva
. CATARINA PEREIRA DE BARROS SILVA, ctação: ANA JUDITH DE ALMEIDA CARDOSO, citação: "Catarina Pereira de Barros é filha de Torquato Pereira de Barros, logo é irmã de Ana Judith de Almeida Cardoso, esta mulher do Coronel Maximiano Guimarães Cardoso. Catarina Pereira de Barros e Silva é avó de Anna da Silva Sena. Latino Lídio da Silva, foi o 1º tabelião de Abaeté e secretário interino da Intendência de Abaeté. Lauro Cardoso da Silva, é filho de Latino Lídio da Silva. Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso. Latino nasceu em 24/3/1890, estudou em Belém o curso primário e o curso secundário. Lauro Cardoso da Silva. "Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso.

Os Barros e Silva
Família
. Clóvis Barros da Silva/Fuan, na década de 1940 aprendeu com o Mestre Carlito Loureiro o ofício de sapateiro, em Abaeté.
. Vicente Gama e Silva, em 1931 era comerciante de gado, com terreno à Rua Benjamim Constant, de 16 x 33m, em Abaeté, confinando com ele mesmo à Rua Nilo Peçanha, casou e com filhos Clóvis Barros da Silva/Fuan e outros em pesquisa.
. Clóvis Barros da Silva/Fuan, na década de 1940 aprendeu com o Mestre Carlito Loureiro o ofício de sapateiro, em Abaeté.
Os Batista Silva
• João Batista Silva, citado em 1951 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. através da diretoria.

Silva
. A. Belo da Silva, com engenho na margem direita do rio Maracapucu.

Os Brito da Silva
. Benedita Brito da Silva, nascida em 15/01/1943, casada em 1962, citada em 2017.

FAMÍLIA SOARES
Família
Os Soares
Família
. JOÃO SOARES, casou
Os de Lima Soares
. JOANA DE LIMA SOARES, casou com João Soares e com filhos. Vide abaixo.
. JOÃO SOARES, casou com Joana de Lima Soares e com filhos: Célia Lima Soares e outros.
. CÉLIA LIMA SOARES/Cilica, é filha de Joana de Lima Soares e João Soares, e Cilica faleceu em 13/10.1993, casou com Raimundo e com filhos: Joanita e outros.
. JOANITA DE LIMA BATISTA, faleceu no dia 13.10.1993, é filha de Célia Lima Soares (Cilica) com Raimundo. Joanita teve 5 filhos: Osmar, Danilo, José, Dalcídio e Carlos Lima Batista.
Filhos de Joanita de Lima Batista
. OSMAR DE LIMA BATISTA, casado.
. DANILO DE LIMA BATISTA.
. DALCÍDIO DE LIMA BATISTA, casado.
. CARLOS DE LIMA BATISTA, falecido
. JOÃO DE LIMA BATISTA (Juruti), casou com Alzira Lobato e tiveram 5 filhos: Rosângela, João, Socorro, Antonio, Felício Lobato Batista.
. OSMAR DE LIMA BATISTA, casado. Danilo Lima Batista, casado; Dalcídio Lima Batista, casado.
. RAIMUNDO SOARES/Diquinho Soares, em 1927 é citado como ator do Grupo Scênico de Abaeteense.

Os de Lima Soares
Família
. JOANA DE LIMA SOARES, casou com João Soares e com filhos. Vide abaixo.
. JOÃO SOARES, casou com Joana de Lima Soares e com filhos: Célia Lima Soares e outros.
. CÉLIA LIMA SOARES/Cilica, é filha de Joana de Lima Soares e João Soares, e Cilica faleceu em 13/10.1993, casou com Raimundo e com filhos: Joanita e outros.
. JOANITA DE LIMA BATISTA, faleceu no dia 13.10.1993, é filha de Célia Lima Soares (Cilica) com Raimundo. Joanita teve 5 filhos: Osmar, Danilo, José, Dalcídio e Carlos Lima Batista.
Filhos de Joanita de Lima Batista
. DANILO DE LIMA BATISTA.
. DALCÍDIO DE LIMA BATISTA, casado.
. CARLOS DE LIMA BATISTA, falecido
. JOÃO DE LIMA BATISTA (Juruti), casou com Alzira Lobato e tiveram 5 filhos: Rosângela, João, Socorro, Antonio, Felício Lobato Batista.
. OSMAR DE LIMA BATISTA, casado. Danilo Lima Batista, casado; Dalcídio Lima Batista, casado.

FAMÍLIA SOBRINHO
Os Baía Sobrinho
• Francisco Bahia Sobrinho, foi alferes, membro da antiga Guarda Nacional e esteve presente, uniformizado, na inauguração do antigo Grupo Escolar de Abaeté em 1902.

FAMÍLIA SOUSA
Os Sousa Brasil
. Vitorina Sousa Brasil, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso.

As Outras Famílias e os Sousa
Os B. de Sousa
. Jorge B. de Sousa, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Joana B. de Sousa, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva.
Os de Sousa Pereira
. José de Souza Pereira, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
Os de Sousa Reis
.JÚLIA DE SOUZA REIS, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.

T
FAMÍLIA TIBICA
. TIBICA, era agricultor e tocava bombardino ou barito, na Banda Carlos Gomes em 1928.
FAMÍLIA TRINDADE
Os Maria da Trindade
. IZABEL MARIA DA TRINDADE, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.

U

V
FAMÍLIAS V
Os V
Os V. Alcântara
. DOMINGOS TERTULIANO V. ALCÂNTARA, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
Os V. da Fonseca
Hilda V. da Fonseca, em 1927 é citado como atriz do Grupo Scênico de Abaeteense.

FAMÍLIA VILAÇA
As Outras Famílias e os Vilaça
Os de Araujo Vilaça
Família, vide abaixo:
. ANTONIO DE ARAUJO VILAÇA
Antônio de Araújo Vilaça, casou com Aldenise Carvalho Bararatim.
Filhos, netos, genros e noras de Clarindo do Espírito Santo de Araújo e Ângela Ferreira:
Clarindo de Araújo Vilaça (Caíto), nasceu no dia 26.05.1924 e casou com Iracema e tiveram vários filhos: José Adílson, Paulo Sérgio, Maria de Lourdes, Idália e ...
Idalina Ribeiro de Araújo (Idália), nasceu no dia 09.12.1889, na Ilha de Tabatinga, Distrito de Abaeté e casou com Príncipe da Silva Villaça (Pichota) e tiveram 5 filhos: João Natalino (Joca), Antonio, José (falecido criança), Sebastiaão (Sabarico) e Clarindo de Araujo Vilaça (Caíto). Idália faleceu no dia 08.07.1962, na residência dos herdeiros de seus pais, à Rua Siqueira Mendes, 1531, com 72 anos, 5 meses e 1 dia.
Filhos, netos, genros e noras de Idália (Idalina Ribeiro de Araujo) com Príncipe da Silva Villaça(Pichota):
Sebastião de Araujo Vilaça (Sabarico), nasceu no dia 19.12.1921 e casou com Pedrina. Tiveram 1 casal de filhos: Maria da Conceição e José Roberto.
Angelina Ribeiro de Araújo, asceu no dia 16.07.1904, na cidade de Abaeté, à Rua Siqueira Mendes, na casa do Major Cornélio Pereira de Barros.
                   
Os da Silva Vilaça
Sarah Valente da Silva Villaça, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
Os Valente da Silva Vilaça
Sarah Valente da Silva Villaça, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.

Os Silva Vilhena
Família, vide abaixo:
. JOÃO BATISTA DA SILVA VILHENA, casou com Maria do Socorro e tiveram filhos. Vide abaixo.
• Otília Gonçalves Brabo, nasceu em 19/1/1934 e foi batizada pelo Padre Ignácio Magalhães na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em 3/12/1934, c/c Heitor Margalho André e tiveram filhos: Maria Rodrigues André, que nasceu em 23/7/1957, falecida pequena; Manoel, que nasceu em 27/8/1958, falecido pequeno;
Maria da Conceição, que nasceu em 4/12/1959, falecida pequena; Maria Auxiliador, que nasceu em 5/1/1961, falecida pequena;
Maria do Socorro, que nasceu em 15/6/1963, casada; Manoel do Livramento, que nasceu em 30/12/1967;
Maria Gonçalves, que nasceu em 13/5/1969, falecida pequena;
Manoel, que nasceu em 15/4/1972, falecido pequeno.
Maria de Nazaré, que nasceu em 8/4/1973, falecida pequena.
Maria do Socorro, que c/c João Batista da Silva Vilhena e tiveram os seguintes filhos: Elcilene André Vilhena, José Maria e Andréa.

Os Valente da Silva
Sarah Valente da Silva Villaça, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
FAMÍLIA VIEIRA
Os da Conceição Vieira
Luiza da Conceição Vieira, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
V
Licurgo de Sousa Paixão Pimentel, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
Anselmo Pereira do Valle, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
Domingos Tertuliano V. Alcântara, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
João Nepomuceno Viégas, em 1908 fazia parte da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.

L
. Cap. RAYMMUNDO LEITE LOBATO, era o tesoureiro da Diretoria da Associação Sportiva de Abaeté em 1927.
. ANÍSIO ALVIM DE LIMA, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.

. Cap. RAYMMUNDO LEITE LOBATO, era o tesoureiro da Diretoria da Associação Sportiva de Abaeté em 1927.
. MESSIAS DE SIGMARINGA LOBATO, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Ademar Lobato Rocha, Risoleta de Araújo Rocha, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Roselira Lobato, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Raimundo Leite Lobato, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Dalva Lobato da Cunha, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Capitão Raymmundo Leite Lobato, era o tesoureiro da Diretoria da Associação Sportiva de Abaeté em 1927.

M
José Margalho da Cunha, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Isabel Margalho Viegas, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Terezinha de Jesus Margalho Viegas, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
N
Philo Nery, Ormina Nery, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Lucídio Negrão Paes, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
O
P
Os Paes
. ANTONIO PAES, casado e com filhos: Antonio Paes Filho e outros?
. ANTONIO PAES FILHO, era o vice-presidente da Diretoria da Associação Sportiva de Abaeté em 1927.
Os Pinheiro Paes
Waldemar Pinheiro Paes, Elza de Jesus Silva, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Os Parente
. GIORDANO PARENTE, era o 2º secretário da Assembléia Geral da Associação Sportiva de Abaeté e em 1927estava presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Os Parente de Andrade
. CAIO PARENTE DE ANDRADE, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Os de Lima Pontes
Emiliano de Lima Pontes, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Os Sena dos Passos
. ESTÁCIO SENA DOS PASSOS, era o secretário do Clube Carlos Gomes em 1908.

Garibaldi Parente, era o presidente do Clube Carlos Gomes em 1908.
Os da Silva Pauxis
. RAYMMUNDO DA SILVA PAUXIS/Raymmundo Pauxis, era o contra-mestre do Clube Carlos Gomes em 1908.
Os Sena dos Passos
. ESTÁCIO SENA DOS PASSOS, era o secretário do Clube Carlos Gomes em 1908.

Os de Pontes
João Nepomuceno de Pontes, era o 1º secretário da Assembléia Geral da Associação Sportiva de Abaeté em 1927.
Tesoureiro, Abel Guiães de Barros, era o tesoureiro do Clube Carlos Gomes em 1908.

Foto de Genilda Lima Cardoso
R
Os dos Reis e Silva
Hildefrides dos Reis e Silva, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
1º secretário, Antonio Ribeiro de Araujo, era o 1º secretário da Diretoria da Associação Sportiva de Abaeté em 1927.
Os Ribeiro de Araujo
Lauro Ribeiro de Araújo, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Pedro Ribeiro de Araújo, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Prudente Ribeiro de Araújo, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Raimundo Ribeiro de Araújo, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
Os Lobato Rocha
Ademar Lobato Rocha, Risoleta de Araújo Rocha, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.
FAMÍLIA RODRIGUES
Os Rodrigues
. MAXIMIANO RODRIGUES,  era consórcio do Vera Cruz Sport Club em 1920, citação: Raimundo Pinheiro Garcia, José Joaquim Nunes, Tupy Jorge, Anísio Rodrigues, Joaquim Loureiro Silva, Plínio Andrade, José Ferreira, João Paranhos, Raymundo B. de Araujo Pereira, Maximiano Rodrigues, Pedro Ribeiro de Araujo, Germano Bentes Guerreiro (Juiz Substituto de Abaeté).

S
FAMÍLIA SANTOS
Os Santos Coforote
. Paulo Santos Coforote/Paulinho Coforote, era alfaiate e tocava trompa, na Banda Carlos Gomes em 1928.
. Manoel Santos Coforote/Manoel Coforote, era agricultor e tocava baixo;, na Banda Carlos Gomes em 1928.
. João Santos Coforote/João Coforote, era agricultor e tocava trombone, na Banda Carlos Gomes em 1928.
Oscar Santos Coforote, era professor de música e tocava trombone, na Banda Carlos Gomes em 1928.
. OSCAR SANTOS COFOROTE, era professor de música e tocava trombone, na Banda Carlos Gomes em 1928.

FAMÍLIA SENA
Os Sena dos Passos
. ESTÁCIO SENA DOS PASSOS, era o secretário do Clube Carlos Gomes em 1908.
Os de Sigmaringa Lobato
. MESSIAS DE SIGMARINGA LOBATO, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.

FAMÍLIA SILVA
Os Silva
. LATINO LÍDIO DA SILVA, era o presidente da Assembléia Geral da Associação Sportiva de Abaeté em 1927.
Os silva e as Outras Famílias
Os da Silva Pauxis
. RAIMMUNDO DA SILVA PAUXIS/Raymmundo Pauxis, era o contra-mestre do Clube Carlos Gomes em 1908.

As Outras Famílias e os Silva
Silva
. A. BELO DA SILVA, com engenho na margem direita do rio Maracapucu.

FAMÍLIA SILVESTRE
Os Silvestre Correa
Família, vide abaixo:
. MIGUEL SILVESTRE CORREA
. RAYMMUNDO NONATO VIEGAS/Santinho Viegas, foi antigo funcionário da Prefeitura Municipal de Abaetetuba, citado em 1941 como contribuinte e secretário da diretoria da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba, casado com Beca Margalho e com filhos: Jota, Dié, Terezinha e outros em pesquisa.
. Raymmundo Nonnato Viégas (Santinho Viégas) era filho de João Nepomuceno Viégas e Clotilde/Coló. São seus irmãos: Joanico, Júlio, Henriqueta/Zita (mãe de Miguel Silvestre Correa/Corumbá), Sinhara, Sinhá (casada com Sinhozinho Baía, este filho de Dico Baía), Babá e Ori Viégas.
Santinho Viégas, portanto, é tio de Corumbá, com quem chegou a morar e que prestou estas informações. Morreu em Belém do Pará, praticamente sozinho.
Corumbá, ainda nos dias de hoje (08.08.2008) ainda é vivo. Nasceu no dia 31.12.1923 e casou com Sebastiana dos Santos Correa. São seus pais. Raymmundo Nonnato Correa (Raimundo Chibé) e Henriqueta Viégas Correa (Zita). São seus irmãos, todos morando em Belém: Antonico, Didi, Neuza (falecida), Hilda, Flor, Aída e João (falecido).
Filhos de Corumbá: Conce, Lúcia, Henrique, José, Hugo e Miguel.
A avó de Corumbá teve três maridos, tendo tido três filhos com cada um deles. Valtúlio e Santinha (mãe de Rosildo Reis Ferreira) são meio-irmãos de seu pai Raymmundo Nonnato Correa (Raimundo Chibé). O apelido Corumbá vem do fato de ele ter nascido na época da Revolta de Corumbá.

~~~~~~~~~~

Postagem em construção:
Valendo
Os B
Os B. de Araujo
Raymundo B. de Araujo Pereira, era consórcio do Vera Cruz Sport Club em 1920.
Os B. Carvalho
. THEREZA B. CARVALHO, presente na instalação da cidade de Abaeté em 15/8/1895.
Raymundo B. de Araujo Pereira.

Os B. Costa
. B. Costa, firma que em 1931 ficou com ativo e o passivo da firma Saul & Costa, à Rua Justo Chermont, em Abaeté.
B. Costa &Cia, citação: Nas margens do Rio Paramajó ficava o Engenho Feliz que foi construído por João Ferreira, que o repassou para Aprígio Veloso e seu sócio Bernardino Costa
Engenho Feliz, de B. Costa &Cia, que produzia cachaça. Engenho do Aprígio/Engenho Feliz, de Aprígio/Aprígio Veloso e Bernardino Costa, no Rio Paramajó. O engenho Feliz, dos tempos de Aprígio, teve como gerente o Sr. Lopes. Depois esse engenho foi alugado para o Sr. Getúlio e, posteriormente, para o Sr. Felix. José Maria, filho de Aprígio, vendeu o engenho. O primeiro dono desse engenho foi João Ferreira.
. A firma B. Costa, em 1931 ficou com ativo e o passivo da firma Saul & Costa, à Rua Justo Chermont, em Abaeté.

Os B da Costa
. Nelson B. da Costa, citado em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.
Os B. Ribeiro
. Francisca B. Ribeiro, citada em 1947 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os B. dos Santos
. Benedita B. dos Santos, citada em 1947 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Raimundo Segundo dos Santos.
. Raimundo B. dos Santos, citado em 1946, 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.
Os B. da Silva
. Bibiano B. da Silva, citada em 1942 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.
Os B. de Sousa
. Joana B. de Sousa, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva.
. Jorge B. de Sousa, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os B. Viégas
. Antonia. B. Viégas citada em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso.
Os B
Os B. de Vilhena
. Francisca B. Vilhena, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.
. Francisco B. de Vilhena citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.

FAMÍLIA BACABA
. ELPÍDIO BACABA, foi dono do Engenho Santo Antonio.

FAMÍLIA BADUÉ
• Badué, antigo barbeiro de Abaeté dos anos de 1940, 1950.
FAMÍLIA BAGICO
. Manoel Bagico, citado em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BAÍA
Os Baía
. ALCIDES BAHIA, citado em 1939, 1943, 1944, 1945, 1946, 1947, 1948, 1951 como contribuinte, juiz e da comissão da classe da mocidade para uma noite de leilão de donativos da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. ALUIZIO BAÍA, citado em 1939 e 1940, 1941 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. ANDRECILA BAÍA, citada em 2014.
• ANETE BAÍA, citada em 1951 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. através da diretoria.
• INÊS BAÍA, c/c Dionísio Edimilson Lobato e tiveram filhos. . José Sebastião Bahia, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva.
. JOSÉ BAÍA, foi marítimo em Abaetetuba, com comércio de regatão.
. LIBERATO ANTONIO BAÍA, era membro da Irmandade de São Sebastião em 1908, em Abaeté.
. MANOEL BAHIA, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Coceição em Abaetetuba.
. MARIA JOSÉ BAHIA, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva.
. RAYMUNDA BAHIA, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. RAYMUNDO BAHIA, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

. RAIMUNDO LÍCIO BAÍA
Registros de 1908:
“O Odeon Abaeteense era um clube de música e teatro, com diretoria e sócios. Uma notícia sobre a diretoria: “O tesoureiro, José Cavalcante da Costa, sendo substituído, por pedir dispensa, pelo senhor Raimundo Lício Baía. Promove também sessões de teatro, como o drama “A Órfã de Goiás”.
Citação de 1905:
” Local onde se localizava imóvel de Raimundo Lício Baia, em terreno que media 60x42 metros, entre as casas de Verônica Lobato e a Travessa da Conceição”.
Família Baía
. Raymundo Lício Baia, em 1931 com comércio à Rua Justo Chermont, em Abaeté, possuindo uma ponte em madeira.
. RITA BASÍA, citada em 1940, 1946, 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.
. SEBASTIÃO BAHIA, citado em 1941 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. TEMÍSTOCLE BAHIA, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.
. TEODICÉA BAHIA, citada em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.
. TEODICES BAHIA, citado em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.
. UBALDO BAHIA, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
• VALDOMIRO BAHIA, citado em 1951 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. através da diretoria.

Família
Os Baía
. Raymmundo Lício Bahia, citado em 1922 e 1932 em Abaeté com comércio à Rua Justo Chermont, na frente da cidade, possuindo uma ponte em madeira.
. Raymmundo Nonnato Bahia, citado em 1922 em Abaeté.

Os Baía e as Outras Famílias
Os Baía Dias
. Maria Baía Dias, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia\Leite Lopes.

As Outras Famílias e os Baía
Os da Costa Baía
. JOÃO DA COSTA BAHIA, era consórcio do Vera Cruz em 1926.

Família
Os Pinheiro Bahía
. JOSÉ PINHEIRO BAÍA (Zeca Baía)
. José Pinheiro Baía, em 1931 com casa de comércio à Rua Justo Chermont, em Abaeté.
Citações históricas:
“Era comerciante em Abaeté, com a casa de comércio de nome “Real Modas”, que localizava-se no terreno onde hoje está edificada o prédio da Prefeitura Municipal de Abaetetuba e que em 1933 tornou-se prefeito nomeado da Cidade de Abaeté.
Existem documentos do tempo desse prefeito que cita:
“Santinho Viegas como Secretário de Zeca Bahia na Prefeitura”.
José Pinheiro Baía, na década de 1930, foi um dos baluartes na construção da Igreja Matriz de Abaeté.
Matilde Bahia
Com Zeca Bahia morava uma sua sobrinha de nome Matilde Bahia que casou com Leopoldo Ciciliano Paes. Leopoldo Ceciliano chegou a ser o Secretário na gestão do Coronel Aristides.
Teodicéa Barbosa da Silva
Zeca Bahia era casado com uma filha do Coronel Aristides dos Reis e Silva, chamada Sinhá (Teodicéia Barbosa da Silva).
Raymmundo Nonnato Bahia
“Era comerciante em 1922, à Rua Justo Chermont”.
Raymundo Lício Bahia
Em 1908
“A Odeon Abaeteense, com registro no ano de 1908 e era um clube de música e teatro, com diretoria e sócios. A Diretoria era formada: Tesoureiro, José Cavalcante da Costa, sendo substituído, por pedir dispensa, pelo Senhor Raimundo Lício Baía. Promove também sessões de teatro, como o drama “A Órfã de Goiás”.
Em 1922 era comerciante em Abaeté, à Rua Justo Chermont. É o pai de Zeca Bahia (José Pinheiro Bahia), que era muito rico.
1905:
” Local onde se localizava imóvel de Raimundo Lício Baia, em terreno que media 60x42 metros, entre as casas de Verônica Lobato e a Travessa da Conceição”.
Citação de 1927:
“Avenida Aristides Silva onde ficava a padaria de Raymmundo Nonnato Bahia”.

Os Baía e as Outras Famílias
Os Baía da Costa
. Maria Baía da Costa, citada em , 1946, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.

Os Baía Lobato
Família
Inês Baía Lobato
Nomes presentes em uma sessão civico-literária em1940:
“ ...em 1940, a sessão cívica-literária contou com os seguintes participantes: Ademar Lobato Rocha, Risoleta de Araújo Rocha, Messias de Sigmaringa Lobato, Raimundo Ribeiro de Araújo, Hildefrides dos Reis e Silva, Lauro Ribeiro de Araújo, Giordano Garibaldi Parente, Emiliano de Lima Pontes, Caio Parente de Andrade, Prudente Ribeiro de Araújo, Benvinda de Araújo Pontes, Clélia de Araújo Pontes, Pedro Ribeiro de Araújo, Philo Nery, Ormina Nery, Irandis Batista da Rocha, Raimundo Leite Lobato, Anísio Alvim de Lima, Raimundo Castilho Silva, Waldemar Pinheiro Paes, Elza de Jesus Silva, Lucídio Negrão Paes, Dalva Lobato da Cunha, José Margalho da Cunha, Isabel Margalho Viegas, Roselira Lobato, Terezinha de Jesus Margalho Viegas, Ignez Baia Lobato e Dionísio Edmilson Lobato”.
. Venância Bahia Lobato, citada em 1947 como contribuinte de dádivas e promessas da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Venâncio Baía Lobato, citado em 1946 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Baía Matos
. Ayres Baia Matos, citado em 1944, 1945, 1946, 1947, 1948, 1949, 1950, 1951 como contribuinte e juiz da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Baía dos Santos
Prof. Raimundo Baia dos Santos
Licenciado, Bacharel e pós-graduado em História, residente na Colônia Velha.

Os Baía da Silva
. Joana Baía da Silva, citada em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.
. JOÃO BAÍA DA SILVA, era membro da Irmandade de São Sebastião em 1908, em Abaeté. Vide Irmandade de S. Sebastião: nesta postagem
Os Baía Sobrinho
• Francisco Bahia Sobrinho
Foi alferes, membro da antiga Guarda Nacional e esteve presente, uniformizado, na inauguração do antigo Grupo Escolar de Abaeté em 1902.

As outras famílias e os Baía
Família Calliari Baía
• Anita Calliari Baía, c/c Otávio e tiveram filhos.
• Italo Calliari Baia, antigo jogador de futebol do Palmeiras nos anos de 1970/1980, engenheiro agrônomo.
• Júlio Calliaria Baía, antigo jogador de futebol nos anos de 1970/1980, funcionário estadual.
Os Cardoso Baía
. José Cardoso Baía, citada em 1945 como contribuinte e juiz e da classe da mocidade para uma noite de leilão de donativos da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Carvalho Baía
. Artur Carvalho Baía, citada em 1946 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Costa Bahia
Alcides da Costa Bahia
João da Costa Bahia
• João da Costa Bahia, citado como consórcio do Vera Cruz Sport Club nos anos de 1920.
Eis alguns consórcios do Vera Cruz em 1926:
Tenente Eugênio Tavares, Padre Luiz Varella, Sebastião de Figueiredo, Jorge Felix dos Santos, Pedro Loureiro, Armando Souza Parente, Emercindo Maués, Raymmundo Rodrigues, Andrelino Pontes, Laudelino Ferreira, Maximiano Ferreira, Hygino Loureiro, Benjamim da Costa Lima, Victor  Lima, João da Costa Bahia, Theobaldo Martins, Eduardo Loureiro, Francisco Freire de Andrade, Argemiro Campelo.

Os Dias Baía
• Márcio Dias Baía, parente de Sebastião R. Baía.

Os Ferreira Bahia
. Artunia Ferreira Baía, citada em 1953 e 1961 como juiza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Victor Ferreira Baía, citado em 1920.
Os Maués Baía
. Eulália Maués Baía, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.
Os P. Baía
. José P. Baía, citado em 1946 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Pinheiro Baía
. José Pinheiro Baía, citado em 1945, 1948 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Família
José Pinheiro Bahia
• Foi comerciante à Rua Justo Chermont em 1931, prefeito nomeado de Abaeté (5/3/1933-27/11/1934), membro da 2ª comissão para a construção da Igreja de N. S. da Conceição em 1933 no tempo do Pe. Magalhães, vereador no governo de João Francisco Ferreira (12/2/1936-31/12/1937), ainda citado em 1944.
• Raymundo Lício Bahia, morador à Praça da República e com imóvel à Rua Siqueira Mendes, Rua Coronel Caripuna, comerciante à Rua Justo Chermont, condutor de cargas, citado em 1905-1931, membro do Partido Republicano Federal em Abaeté, vogal na Intendência de: Domingos de Carvalho em 1913-1915, Cel. Aristides dos Reis e Silva em 1919-1922, Lindolpho Cavalcante de Abreu em 1922-1926, Garibaldi Parente em 1926-1930.
• Raimundo Nonato Bahia, comerciante, citado em 1922-1925, dono de padaria na Travessa da Conceição.

Os R. Baía
• Sebastião R. Baía, parente de Márcio Dias Baia.

Os S. Baía
. Admir S. Bahia, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.
Citado em 1940, 1941, 1944 como contribuinte e juiz da festa de N.S. da Coceição em Abaetetuba.
• Francisco S. Baía, citado em 1920.
. Maria D. da S. Baía, citada em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.
. Teodicéa da S. Baía, citada em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.

Os de Sales Baía
• Francisco de Sales Baía (falecido), citado em 1920.
Os Silva Baía
. Admir Silva Baía, citada em 1939, 1944 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Agissé da Silva Bahia, citado em 1950, 1953 como cadete e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Anete Silva Baía, citada em 1949 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Teodicéa Silva Baía, citada em 1947 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os da Silva Baía
. Teodicéia da Silva Baía, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Rosendo Maués.
Os Silva Baía
Os da Silva Baía
. Teodicéa da Silva. Baía, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Nabor Sousa de Azevedo.

Os Viégas Baía
Dico Baía
Sinhozinho Baía
Filho de Dico Baía
Raymmundo Nonnato Viégas (Santinho Viégas) era filho de João Nepomuceno Viégas e Clotilde/Coló. São seus irmãos: Joanico, Júlio, Henriqueta/Zita (mãe de Miguel Silvestre Correa/Corumbá), Sinhara, Sinhá (casada com Sinhozinho Baía, este filho de Dico Baía), Babá e Ori Viégas.
Santinho Viégas, portanto, é tio de Corumbá, com quem chegou a morar e que prestou estas informações. Morreu em Belém do Pará, praticamente sozinho.
Corumbá, ainda nos dias de hoje (08.08.2008) ainda é vivo. Nasceu no dia 31.12.1923 e casou com Sebastiana dos Santos Correa. São seus pais. Raymmundo Nonnato Correa (Raimundo Chibé) e Henriqueta Viégas Correa (Zita). São seus irmãos, todos morando em Belém: Antonico, Didi, Neuza (falecida), Hilda, Flor, Aída e João (falecido).
Filhos de Corumbá: Conce, Lúcia, Henrique, José, Hugo e Miguel.
A avó de Corumbá teve três maridos, tendo tido três filhos com cada um deles. Valtúlio e Santinha (mãe de Rosildo Reis Ferreira) são meio-irmãos de seu pai Raymmundo Nonnato Correa (Raimundo Chibé). O apelido Corumbá vem do fato de ele ter nascido na época da Revolta de Corumbá.

FAMÍLIA BAIÃO
. Joaquim Bailão, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva.

FAMÍLIA BAYMA
Os Redig Bayma
. CARLOS REDIG BAYMA, presente na instalação da cidade de Abaeté em 15/8/1895.
. CARLOTA BAYMA , presente na instalação da cidade de Abaeté em 15/8/1895.

FAMÍLIA BALTASAR
. João Baltasar, citado em 1946 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BANDEIRA
As Outras Famílias e os Bandeira
Os Costa Bandeira
. Aguida Maria da Costa Bandeira, citada em 1961 como mordoma da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Família Bandeira e as Outras Famílias
Os Bandeira dos Reis
. JOÃO BANDEIRA DOS REIS
. JOÃO BANDEIRA DOS REIS FILHO, era membro da Irmandade de São Sebastião em 1908, em Abaeté.
. RAYMMUNDO BANDEIRA DOS REIS, era membro da Irmandade de São Sebastião em 1908, em AbaetÉCitação:
Em 1908 a diretoria da Irmandade de S. Sebastião era assim constituída: Vide em Irmandade de S. Sebastião.

FAMÍLIA BARARATIM
Os Carvalho Bararatim
• Aldenise Carvalho Bararatim, c/c Antonio de Araujo Villaça.
Filhos, netos, genros e noras de Clarindo do Espírito Santo de Araújo e Ângela Ferreira Ribeiro:Idalina Ribeiro de Araújo (Idália), nasceu no dia 09.12.1889, na Ilha de Tabatinga, Distrito de Abaeté e casou com Príncepe da Silva Villaça (Pichota) e tiveram 5 filhos: João Natalino (Joca), Antonio, José (falecido criança), Sebastiaão (Sabarico) e Clarindo de Araujo Vilaça (Caíto). Idália faleceu no dia 08.07.1962, na residência dos herdeiros de seus pais, à Rua Siqueira Mendes, 1531, com 72 anos, 5 meses e 1 dia.
Filhos, netos, genros e noras de Idália (Idalina Ribeiro de Araujo) com Príncipe da Silva Villaça(Pichota):
Aldenise Carvalho Bararatim
Antônio de Araújo Vilaça, casou com Aldenise Carvalho Bararatim.
Sebastião de Araujo Vilaça (Sabarico), nasceu no dia 19.12.1921 e casou com Pedrina. Tiveram 1 casal de filhos: Maria da Conceição e José Roberto.Clarindo de Araújo Vilaça (Caíto), nasceu no dia 26.05.1924 e casou com Iracema e tiveram vários filhos: José Adílson, Paulo Sérgio, Maria de Lourdes, Idália e ...
Angelina Ribeiro de Araújo. Nasceu no dia 16.07.1904, na cidade de Abaeté, à Rua Siqueira Mendes, na casa do Major Cornélio Pereira de Barros.

FAMÍLIA BARARUÁ
Os Bararuá
. Anália Bararuá, citada em 1947 como contribuinte e promessas da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Joana Bararuá, citado em 1939, 1946 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Lauro Bararuá, citado em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os F. Bararuá
. Maria F. Bararuá, citada em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Antonio de Filomena Dume.

FAMÍLIA BARBAGELATA
Carlos Augusto Barbagelata
. Carlos Augusto Barbagelata, antigo jornalista, tipógrafo e editor dos Jornais "A Crônica Mirim e a "Gazeta", semanário que funcionou entre 1968-1970, editado na Gráfica Barbagelata e que possuía na sua equipe de jornalistas: Heitor Maués, José Heiná Maués, Nonato Loureiro, Luiz Reis, Zé do Mamede entre outros, dono do jornal A Crônica Mirim, vereador na gestão do prefeito Francisco Leite Lopes e seu substituto o interventor Mariuadir Miranda dos Santos (1963-1967), casado com Luiza Rodrigues e com filhos: Lourdes, Conceição, Júlio e outros em pesquisa. . Maria de Lourdes Barbagelta . Rosa Barbagelata, citada em 2013 . Terezinha Barbagelata, citada em 2012, casada e com filho: Diego Novaro

FAMÍLIA BARBOSA
Os Barbosa
· Manoel Barbosa, que em 1938 era juiz do mastro e da bandeira da Festa de Nossa S. da Conceição em Abaeté.
. Manoel Júlio Barbosa, foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.
. Nelcinda Barbosa, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.
. Raimunda Catarina Barbosa, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.
. Raimundo Barbosa, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.
. Raimundo Teodoro Barbosa, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.

Os Barbosa e as Outras Famílias
Os Barbosa André
• RAIMUNDO BARBOSA ANDRÉ, C/C Maria Barros e com filhos.
Os Barbosa e Cia.
. Barbosa e Cia, firma que foi antiga dona de engenho na localidade Rio Quianduba.
Os Barbosa Ferreira
. JOSÉ BARBOSA FERREIRA, citação: Em 1931 JOSÉ HONÓRIO ROBERTO MAUÉS com fábrica de cachaça, açúcar e mel, denominada “Conceição”, no Rio Piquiarana, da firma Maués &Barbosa, tendo como sócios José Honório Roberto Maués e José Barbosa Ferreira.
Os Barbosa Ribeiro
. Antonio Barbosa Ribeiro, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.
. Miguel Barbosa Ribeiro, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.

As Outras Famílias e os Barbosa
Os H. Barbosa
. ANSELMO H. BARBOSA, era membro da Irmandade de São Sebastião em 1908, em Abaeté.
Os dos Santos Barbosa
. Eli dos Santos Barbosa, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.
. Joana dos Santos Barbosa, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.
. Raimundo dos Santos Barbosa, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.

FAMÍLIA BARRA
Os Barra
• Dr. José Hermógenes Barra, citado em 1944

FAMÍLIA BARRETO
Os Barreto
. CECÉLIO BARRETO, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena. . João Barreto, citado em 1961. . Jorge Barreto, antigo carpinteiro naval e foi dono de um estaleiro em Abaetetuba. • Maria da Glória Barreto, casou com Paulo Wanzeler Ribeiro e tiveram filhos. . Maria da Glória Barreto, citada em 1961.
• MIGUEL BARRETO, carpinteiro naval de Abaeté, era construtor de barcos de passeio para turistas e ricos da região.
. RAIMUNDO BARRETO, antigo carpinteiro naval, dono de estaleiro em Abaetetuba.
. SEBASTIANA BARRETO, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

Família
. MARIA BARRETO
. Mestre BARRETO/Velho Lica, carpinteiro naval em Abaeté, com 99 anos em ..., atualmente morando em Belém no bairro Sacramenta, casado e com filhos: Maria Barreto e outros?
. MARIA BARRETO, casada e com filhos: Raimundo Barreto e outros?
. RAIMUNDO CARDOSO, de origem libanesa e semita, que anos atrás mudou para Belém/PA, morando no Bairro do Jurunas, casado e com filhos: Raimundo Barreto/Cardoso e outros?
. RAIMUNDO BARRETO/Cardoso, que deveria ser Raimundo Barreto Cardoso, casado e com filhos: Esmael Barreto e outros?
. ESMAEL BARRETO, nascido em Belém, filho de Raimundo Barreto/Cardoso.
Colaboração de Esmael Barreto:.
MARIA BARRETO, casada e com filhos.
RAIMUNDO BARRETO/CARDOSO
Filhos: Raimundo Barreto e outros?
. RAIMUNDO CARDOSO, de origem libanesa e semita, que anos atrás mudou para Belém/PA, morando no Bairro do Jurunas, casado e com filhos: Raimundo Barreto/Cardoso e outros?
. RAIMUNDO BARRETO/Cardoso, que deveria ser Raimundo Barreto Cardoso, casado e com filhos: Esmael Barreto e outros?
. ESMAEL BARRETO, nascido em Belém, filho de Raimundo Barreto/Cardoso.
Colaboração de Esmael Barreto:
Olá Ademir ,tudo bom?espero q sim, me chamo Esmael Barreto, sou nascido em Belém, sou filho de Raimundo Barreto, logo minhas raízes são abaetetubenses, antes de tudo parabéns pelo blog, muito bom mesmo, o conheci em uma noite em que pesquisava sobre minha genealogia de famílias de abaeté, e achei seu blog por acaso, e o leio sempre. Bem, sou um cara que a tempos pesquiso sobre minha origem, e a tempos pesquiso sobre meus antepassados de abaeté, sou descendentes dos Cardoso, principalmente aí de Abaeté, mas como meu avô não registrou meu pai, ele herdou o nome da família de sua mãe, Maria Barreto, filha do Mestre Barreto, (que trabalhava construindo barcos, até fez um para o Roberto Carlos) que vc já citou no blog, quero lhe dizer que o Mestre Barreto, ainda é vivo, ele é meu bisavô, vai fazer 99 anos agora em outubro, e mora com minha vó, na Sacramenta, aqui em Belém, e seu apelido na família é Velho Lica, e sou neto também do Raimundo Cardoso, de Abaeté, que anos atrás se mudou para Belém e morava no Jurunas, e minhas características físicas são bem parecidas com a de meu pai Raimundo Barreto/Cardoso, que logo são bem parecidas com a do Raimundo Cardoso seu pai e meu avô, já fui ter contato com ele na minha adolescência, nunca fomos muito próximos, pelo fato dele não ter criado e nem registrado meu pai, mas nossas características lembram muito feições libanesas, semitas, por isso que minha caçada a minhas origens não terminam ainda, quero muito descobrir minhas raízes e gostaria de saber o que você tem ou sabe mais sobre a família Cardoso, suas origens, se eram libaneses espanhóis. Desde já fico agradecido, e também conheço muitas pessoas e histórias que poderiam acrescentar em seu blog, como o Mestre Barreto que ainda está vivo e tem inúmeras histórias pra contar, abraços Ademir!

Os Barreto de Brito
. Joana Barreto de Brito, citada em 1961.

Os Barreto Farias
Família
. Celestino B. Farias, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Antonia Barreto Farias, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
. Antonio Barreto Farias, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.

Os Barreto Viegas
. Manoel Barreto Viégas, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso.

Família
. Esmael Barreto, nascido em Belém, filho de Raimundo Barreto e Maria Barreto, este vindo da família dos Cardoso, logo Barreto vindo da geração materna.
. Maria Barreto, esta filha do Mestre Barreto, este carpinteiro naval em Abaetetuba.
. Mestre Barreto/Velho Lica, carpinteiro naval em Abaetetuba, que fazia barcos de passeio em madeira, inclusive um barco para o cantor Roberto Carlos nos anos de 1970 e o Mestre Barreto ainda era vivo em 10/2012 com 99 anos de idade, morando com sua filha Maria Barreto, descendente de libaneses espanhóis.
. RAIMUNDO BARRETO/Cardoso, filho de Raimundo Cardoso, foi carpinteiro naval em Abaetetuba, era dono de um estaleiro para construção de embarcações..
. RAIMUNDO CARDOSO

Os G. Barreto
. Izabel G. Barreto, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso. Os Palheta Barreto . Domingas Palheta Barreto, citada em 1961.
Camarão frito
Foto de Made in Abaetetuba

Os Rodrigues Barreto
. Antonio Rodrigues Barreto, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.

FAMÍLIA BARROS
Os Barros
. Abelina Barros, citada em 1913.
• D. Francelina Barros, parente de Lauro Cardoso da Silva, residente em Belém em 1952.
. Esmaltina Barros, filha de D. Coló.
• Hilder Barros, citada em 1944, 1945 como contribuinte e juiz da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
· Jacyra Barros, que em 1938, junto com outros componentes, era membro da Noite da Mocidade da festa de Nossa S. da Conceição em Abaeté, e citada em 1943, 1944, 1945, 1946, 1947 como contribuinte e da classe da mocidade em uma noite de leilão de donativos da da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Jaime Barros, antigo barbeiro de Abaetetuba, dono de salão, que ao cobrar uma dívida de cliente foi barbaramente assassinado por este.
. Ludgero Barros, citado em 1950 como contribuinte de dádivas e promessas e 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.
. Manoel Barros, citado em 1953 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Rosendo Maués.
• Maria Barros, c/c Raimundo Barbosa André e com filhos.
. Sócrates Barros, casado com Onésima e com filhos: Elton Braga

Os de Barros
. ABEL DE BARROS, vice-presidente da Banda Carlos Gomes em 1927, que veio de Jararaca para fixar residência em Abaeté.
Citações:
"Os atores de Abaeté em 1919 foram os seguintes:
Pombo da Maroca Lima, Licínio Araujo, Diquinho Soares, Angelina Araujo, Miloca Matos, Bararaty Barroso Franco, João Pontes, Antonico Araujo, Menina Arthemita, Lucília Pinheiro, Abel de Barros, Edgar Borges, Prudente de Araujo, Raimundo Leite, Guilherme Abreu, Osvaldina da Fonseca, Hilda V. da Fonseca, Elpídio Paes, Risoleta Lima de Araujo Araujo, Abel Lobo, Pedro Loureiro, ... Ano de 1919: “A primeira Diretoria do Grupo Scênico Abaeteense era formado por artistas amadores de Abaeté. Presidente, Abel Barros; vice-dito, João Nepomuceno de Pontes; 2º vice-presidente, Abel Lobo; 1º secretário, Prudente de Araujo; 2º dito, Bararaty Franco; tesoureiro, Raimundo Leite e o ensaiador, Guilherme Abreu”.

Família
• Maria Barros, c/c Raimundo Barbosa André e com filhos.

Os de Barros Ferreira
. ABEL GUIÃES DE BARROS FERREIRA, era português, ferreiro e tocava bumbo, era membro da Banda Carlos Gomes em 1927.

Os Barros dos Santos
. Dedé Barros dos Santos, citada em 1942, 1944, 1945, 1946, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Filomena Dume.
. Haidée Barros dos Santos, casada, citada em 1942, 1944, 1945, 1946, 1947, 1950 como contribuinte e da comissão da classe das mães de famílias para uma noite de leilão de donativos da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Barros Sena
. LUCILA BARROS SENNA
Comerciantes de Regatão e Donos de embarcações:
• NILAMON XAVIER DE SENA, que nasceu na Costa Maratauhyra, nas Ilhas de Abaeté, foi agricultor, plantando cana-de-açúcar, mandioca, feijão, era católico, músico, viajante marítimo, viajando com os irmãos para o Marajó, Baixo Amazonas, vendendo mercadorias variadas, especialmente cachaça, que era vendida em todos os lugares, em viagens de 45 dias ou 3 meses no inverno, em barco trivela. Com 10 anos de idade veio com sua família para morar na cidade. Casou com Lucila Barros Senna. Em 2003 ficou viúvo e aposentado, quando as casas de Abaetetuba e interior eram cheias de imagens dos santos, com oratórios, quadros de santos.

Os Barros e Silva
. Vicente Gama e Silva, em 1931 era comerciante de gado, com terreno à Rua Benjamim Constant, de 16 x 33m, em Abaeté, confinando com ele mesmo à Rua Nilo Peçanha, casou e com filhos Clóvis Barros da Silva/Fuan e outros em pesquisa.

Os Barros e as Outras Famílias.
Os Barros Batista
• Abelina Barros Batista, citada em 1947, 1951 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. através da diretoria.
Os Barros de Castro
. Antonia Barros de Castro, casada, citada em 1948 como contribuinte de juíza da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Barros da Silva
Família
. ESMALTINA BARROS, esta filha de Coló, casou com VICENTE GAMA DA SILVA e com filhos: Dorita, Inez, Gimico, Clóvis/Fuan, Alfredo/Bigico, Ormi, Osni, Raimunda, Iso, Pedro Elisa Barros da Silva.
. ALFREDO BARROS DA SILVA/Bigico
. CLÓVIS BARROS DA SILVA/Fuan
Família
. Clóvis Barros da Silva/Fuan, na década de 1940 aprendeu com o Mestre Carlito Loureiro o ofício de sapateiro, em Abaeté.
. DORITA BARROS DA SILVA, filha de Vicente Gama da Silva e Esmaltina Barros e Dorita é casada com Bideca Figueiredo e com filhos: Alcir/Branco, Preto, Mara Figueiredo e outros em Pesquisa.
. ELISA BARROS DA SILVA/Tia Elisa
. GEREMIAS BARROS DA SILVA/Gimico
. INEZ BARROS DA SILVA
. ISO BARROS DA SILVA
. ORMI BARROS DA SILVA
. OSNI BARROS DA SILVA
. PEDRO BARROS DA SILVA
. RAIMUNDA BARROS DA SILVA

Outros Barros da Silva
. Francisco Barros da Silva, citado em 1942 como contribuinte e juyiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Barros Teixeira
. Ana Barros Teixeira, citada em 1942 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.

As Outras Famílias e os Barros
Os de Araujo Barros
Família
Os de Araújo Barros
. ALTAIR DE ARAUJO BARROS, casou com Janice Medeiros e tiveram duas filhas: Pérola e Altair Medeiros Barros.
Os Medeiros Barros
. ALTAIR MEDEIROS BARROS, filha de Altair de Araujo Barros e Janice Medeiros.
. PEROLA MEDEIROS BARROS, filha de Altair de Araujo Barros e Janice Medeiros
Os Araújo Barros
. Altair de Araújo Barros
· Janice Medeiros, casou com Altair de Araujo Barros e tiveram duas filhas: Pérola e Altair Medeiros Barros.

Os Guiães de Barros
. Abel Guiães de Barros, citado em 1922 em Abaeté.
De volta do Jararaca (Marajó), veio fixar residência em Abaeté.
“Músico da Banda Carlos Gomes em 1928”.
Nome completo: Abel Guiães de Barros Ferreira...Chegou ao posto de vice-presidente da Banda Carlos Gomes.
1927 - Os atores de Abaeté foram os seguintes:
"Pombo da Maroca Lima, Licínio Araujo, Diquinho Soares, Angelina Araujo, Miloca Matos, Bararaty Barroso Franco, João Pontes, Antonico Araujo, Menina Arthemita, Lucília Pinheiro, Abel de Barros, Edgar Borges, Prudente de Araujo, Raimundo Leite, Guilherme Abreu, Osvaldina da Fonseca, Hilda V. da Fonseca, Elpídio Paes, Risoleta de Lima Araujo, Abel Lobo, Pedro Loureiro, ..."
Ano de 1919:
Abel Barros
“A primeira Diretoria do Grupo Scênico Abaeteense era formado por artistas amadores de Abaeté. Presidente, Abel Barros; vice-dito, João Nepomuceno de Pontes; 2º vice-presidente, Abel Lobo; 1º secretário, Prudente de Araujo; 2º dito, Bararaty Franco; tesoureiro, Raimundo Leite e o ensaiador, Guilherme Abreu”.
Em 1927:
Abel Barros
Atores de teatro:
“O Grupo Scênico de Abaeté, encenando o sentimental drama de Júlio Dantas intitulado “Mater Dolorosa”, tendo nos papéis, Angelina Araujo, Miloca Matos, Bararaty Barroso Franco, João Pontes, Antonico Araujo, Menina Arthemita”. Apresentaram também a comédia “Quem Desdenha”, tendo como atores, Lucília Pinheiro, Abel de Barros, Miloca Matos, A. Araujo, João Pontes, Bararaty Franco, Edgar Borges. Foram, também, apresentadas as peças “Mater Dolorosa” e “Rosas de Todo Anno”, do escritor português Júlio Dantas”. “Angelina Araujo e Miloca Matos, do Grupo Scênico Abaeteense, no drama “Mater Dolorosa” de Júlio Dantas”. “A comédia “Quem Desdenha”, de Pinheiro Chagas, tem como atores: Angelina Araujo, Miloca Matos, Lucília Pinheiro e Abel Barros”.
Citação de 1908:
Abel Guiãs de Barros Ferreira/Abel Barros
Abel Guiães de Barros Ferreira, de nacionalidade portuguesa, era ferreiro e músico no tempo do Mestre Chiquinho Margalho e tocava bumbo, conforme documento de 1928. A casa de Abel Barros ficava na entrada da atual Avenida Pedro Rodrigues.
“Abel Barros possuía sua officina no canto da atual Avenida Pedro Rodrigues com a Rua Getúlio Vargas”.
Citações de 1908:
Abel Guiãs de Barros
“O Clube Carlos Gomes, com eleição, ficando assim constituída a diretoria: Presidente, Garibaldi Parente; Secretário, Estácio Sena dos Passos; Tesoureiro, Abel Guiães de Barros; Regente, Gerônimo Guedes e Contra-mestre"
Associação Sportiva de Abaeté
Em 1927 a diretoria da Associação Sportiva de Abaeté era assim constituída:
"Assembléia Geral: presidente, Latino Lídio da Silva; 1º secretário, João Nepomuceno de Pontes; 2º secretário, Giordano Parente.
A Diretoria: presidente, Capitão Acrísio Villaça da Silva; vice-presidente, Antonio Paes Filho; 1º secretário, Antonio Ribeiro de Araujo; 2º secretário, Antonio Gama; tesoureiro, Capitão Raymmundo Leite Lobato; orador oficial, Américo Nery Cordeiro; diretor de sports, Abel Guiães de Barros; diretor de sede, Raymmundo Nonnato Viégas."
Abel Guiãs de Barros Ferreira
Era português, profissão de ferreiro, mecânico, comerciante, desportista e músico e veio da Ilha de Jararaca, município de Muaná e como músico tocava bumbo e ocupou cargos no Clube Carlos Gomes.
Em 1908 era músico e tesoureiro do Clube Carlos Gomes.
Em 1922 possuía um imóvel à Rua Siqueira Mendes.
Foi para São Francisco do Jararaca, na Ilha do Marajó e de lá voltou para fixar residência em Abaeté.
Nos anos de 1920 atuava como ator amador no grupo de teatro denominado Grupo Scênico de Abaeté, onde, em 1919, era o presidente da 1ª diretoria do grupo, que subsistiu até os anos de 1930 e cuja finalidade era angariar fundos para a construção da sonhada Igreja Matriz de Abaeté. Participava, também, da Confraria de São Raimundo Nonato, braço religioso do Clube Musical Carlos Gomes. Residiu na Rua Siqueira Mendes e na entrada da atual Avenida Pedro Rodrigues, canto com a atual Rua Getúlio Vargas, onde também possuía a sua oficina de ferreiro. Como desportista participou, nos anos de 1920, da Associação Sportiva de Abaeté, sendo em 1927 seu diretor de sports.
Documentos de 1947 se referem a uma “Av. Aristides Silva”, onde ficava a oficina mecânica de Abel Barros e a Mercearia Boa Esperança.
Citações:
Clube Carlos Gomes
Banda Carlos Gomes
“O Clube Carlos Gomes, com eleição em 1927, ficando assim constituída a diretoria: presidente, Garibaldi Parente; secretário, Estácio Sena dos Passos; tesoureiro, Abel Guiães de Barros; regente, Gerônimo Guedes e contra-mestre, Raymmundo Pauxis”.
Em 1927: “Abel de Barros, vice-presidente da Banda Carlos Gomes, que veio de Jararaca para fixar residência em Abaeté”.
Em 1927 ainda era músico na Banda Carlos Gomes, tocando bumbo, chegando a ser seu vice-presidente em 1928.
Banda Carlos Gomes
Uma formação da Banda Carlos Gomes e os demais Coforotes estão presentes: Paulinho Coforote, era alfaiate e tocava trompa; Manoel Coforote, era agricultor e tocava baixo; João Coforote, era agricultor e tocava trombone; Oscar Santos Coforote, era professor de música e tocava trombone; Tibica, era agricultor e tocava bombardino ou barito;Horácio Sena, era carpinteiro naval tocava bombardino; Horácio Filho, era carpinteiro naval e tocava bombardino; Mestre Leoderlino, era professor e tocava bombardino; Arcelino (Pinta-Caroço), era carpinteiro e tocava clarinete; Manoel Lipordino, tocava requinta; Estácio Sena, era alfaiate e tocava contra-baixo; Cazuza Sena, era carpinteiro e tocava clarone (instrumento raro); Heráclito, era carpinteiro e tocava clarinete; Abel Guiães de Barros Ferreira, era português, ferreiro e tocava bumbo; Abaeté Pauxis, era comerciante ambulante e tocava saxofone; Orêncio Pimentel Coutinho, era marceneiro e tocava barito (instrumento raro, relíquia); Paulo Borges (Polo), era carpinteiro e tocava afrenquides (instrumento de apelido mamoeiro por ser muito alto); Cici Costa, era comerciante e tocava trompa; Churamba, era comerciante ambulante e tocava trompa; Bernardo Rebolado, era Oficial de Justiça e tocava requinta; Raimundo Melo, tocava surdo; João Bostoque, era marceneiro e tocava caixa (caixista); Mestre Benjamim (cego de um lado), era calafate e tocava trompa; Durico, era calafate e tocava bombardino; Miguel Loureiro, era sapateiro e tocava saxofone; Prudente Araujo, era escriturário e tocava flautim (o menor dos instrumentos); Pedro Araujo, era professor e tocava trombone; Cardinal, tocava clarinete; Chiquinho Margalho, funcionário público municipal e tocava saxofone tenor.
“Abel Guiães de Barros com pagamento de imposto de valor locativo no valor de 6$000, por um imóvel sito à Rua Siqueira Mendes, na cidade de Abaeté”.
Citações sobre Abel Guiães de Barros:
Citação de 1922:
“No teatro de Abaeté destacavam-se Monteiro de Sá e Antonio de Sá como atores”.
Os atores de Abaeté foram os seguintes:
Pombo da Maroca Lima, Licínio Araujo, Diquinho Soares, Angelina Araujo, Miloca Matos, Bararaty Barroso Franco, João Pontes, Antonico Araujo, Menina Arthemita, Lucília Pinheiro, Abel de Barros, Edgar Borges, Prudente de Araujo, Raimundo Leite, Guilherme Abreu, Osvaldina da Fonseca, Hilda V. da Fonseca, Elpídio Paes, Risoleta de Lima Araujo, Abel Lobo, Pedro Loureiro, ...
Ano de 1919:
A primeira Diretoria do Grupo Scênico Abaeteense era formado por artistas amadores de Abaeté. Presidente, Abel Barros; vice-dito, João Nepomuceno de Pontes; 2º vice-presidente, Abel Lobo; 1º secretário, Prudente de Araujo; 2º dito, Bararaty Franco; tesoureiro, Raimundo Leite e o ensaiador, Guilherme Abreu”. Abel Guiães de Barros, citado em 1922. 1925: A Confraria de São Raimundo Nonato, tendo como alguns de seus membros: Horácio Nabor de Sena, João Cunha de Oliveira, Raimundo Damião de Carvalho, Paulo de Araujo Borges, Abel Guiãs de Barros.
Em 1927: “Atores de teatro: Pombo da Maroca Lima, Licínio Araujo, Diquinho Soares”.
“O Grupo Scênico de Abaeté, encenando o sentimental drama de Júlio Dantas intitulado “Mater Dolorosa”, tendo nos papéis, Angelina Araujo, Miloca Matos, Bararaty Barroso Franco, João Pontes, Antonico Araujo, Menina Arthemita”. “Apresentaram também a comédia “Quem Desdenha”, tendo como atores, Lucília Pinheiro, Abel de barros, Miloca Matos, A. Araujo, João Pontes, Bararaty franco, Edgar Borges. Foram, também, apresentadas as peças “Mater Dolorosa” e “Rosas de Todo Anno”, do escritor português Júlio Dantas”. “Angelina Araujo e Miloca Matos, do Grupo Scênico Abaeteense, no drama “Mater Dolorosa” de Júlio Dantas”. “A comédia “Quem Desdenha”, de Pinheiro Chagas, tem como atores: Angelina Araujo, Miloca Matos, Lucília Pinheiro e Abel Barros”. Rua Siqueira Mendes. Abel Guiães de Barros, de nacionalidade portuguesa, era ferreiro e músico que tocava bumbo na Banda Carlos Gomes. No tempo do Mestre Chiquinho Margalho tocava bumbo, conforme documento de 1928. A casa de Abel Barros ficava na entrada da atual Avenida Pedro Rodrigues: “Abel Barros possuía sua officina no canto da atual Avenida Pedro Rodrigues com a Rua Getúlio Vargas”.
Citações de 1908:
“O Clube Carlos Gomes, com eleição, ficando assim constituída a diretoria: Presidente, Garibaldi parente; Secretário, Estácio Sena dos Passos; Tesoureiro, Abel Guiães de Barros; Regente, Gerônimo Guedes e Contra-mestre, Raymmundo Pauxis”. Em 1927 a diretoria da Associação Sportiva de Abaeté era assim constituída: Assembléia Geral: presidente, Latino Lídio da Silva; 1º secretário, João Nepomuceno de Pontes; 2º secretário, Giordano Parente. A Diretoria: presidente, Capitão Acrísio Villaça da Silva; vice-presidente, Antonio Paes Filho; 1º secretário, Antonio Ribeiro de Araujo; 2º secretário, Antonio Gama; tesoureiro, Capitão Raymmundo Leite Lobato; orador oficial, Américo Nery Cordeiro; diretor de sports, Abel Guiães de Barros; diretor de sede, Raymmundo Nonnato Viégas. Documentos de 1947 se referem a uma “Av. Aristides Silva”, onde ficava a oficina mecânica de Abel Barros e a Mercearia Boa Esperança.. Catarina Pereira de Barros é filha de Torquato Pereira de Barros. Logo, é irmã de Ana Judith de Almeida Cardoso, mulher do Coronel Maximiano Guimarães Cardoso. Catarina Pereira de Barros e Silva é avó de Anna da Silva Sena. Latino Lídio da Silva, foi o 1º tabelião de Abaeté e secretário interino da Intendência de Abaeté. Lauro Cardoso da Silva. Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso. Latino nasceu em 24/3/1890, estudou em Belém o curso primário e o curso secundário.

Os Lobato Barros
. ANNA LOBATO BARROS
.CATARINA PEREIRA DE BARROS,  é filha de Torquato Pereira de Barros. Logo, é irmã de Ana Judith de Almeida Cardoso, mulher do Coronel Maximiano Guimarães Cardoso. Catarina Pereira de Barros e Silva é avó de Anna da Silva Sena. Latino Lídio da Silva, foi o 1º tabelião de Abaeté e secretário interino da Intendência de Abaeté. Lauro Cardoso da Silva. Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso. Latino nasceu em 24/3/1890, estudou em Belém o curso primário e o curso secundário.

. ESMERINA DE ALMEIDA CARDOSO, Gertrudes Guimarães, c/c João Lourenço Cardoso e tiveram filhos, são avós paternos de Esmerina de Almeida Cardoso.

Família
Os Pereira de Barros
. ADÁLIA PEREIRA DE BARROS, era componente da Irmandade de S. Sebastião em 1908, em Abaetetuba.
. BERNARDINO PEREIRA DE BARROS, em 1908 era componente da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
. OLEGÁRIO PEREIRA DE BARROS, em 1908 era componente da Irmandade de São Sebastião em Abaeté.
THEREZA PEREIRA DE BARROS, era componente da Irmandade de S. Sebastião em 1908, em Abaetetuba.
. TRAJANO PEREIRA DE BARROS, em 1908 era tesoureiro da diretoria da Irmandade de S. Sebastião em Abaeté.
Citações de 1908:
:Em 1908 a diretoria da Irmandade de S. Sebastião era assim constituída:
"Presidente, Pe. Francisco Manoel Pimentel/Pe. Pimentel; diretor, Horácio de Deus e Silva; tesoureiro, Trajano Pereira de Barros; secretários, Manoel Vigílio de Araujo e José Ferreira Ribeiro; zeladores, Pedro Pena de Araujo e Hygino Pereira; cobrador; Jósimo Leandro de Souza.
Os "irmãos" da Irmandade de S. Sebastião em 1908, eram os seguintes:
osé Brandão Pimentel, Manoel Raymundo do Nascimento, Horácio de Deus e Silva Afilhado, Luiz Cavalcante da Frota, Gabriel Correa de Castro, Raymundo Pimentel da Silva, Liberato Antonio Baía, José da Conceição Amanajás, Raymundo Bandeira dos Reis, Leovegildo de Oliveira Campos, Camilo Alípio Pereira, Raymundo de Araujo Borges, Arlindo Lobato Negrão João Bandeira dos Reis Filho, Pacífico Mariano dos Reis, Prudente Ribeiro de Araujo, João Nepomuceno Viégas, José de Souza Pereira, Manoel Rodrigues, Miguel R. da Costa, Frederico Arleciano da Silva, Benedito Alexandre Cardoso, Anselmo H. Barbosa, Tupy Jorge, Manoel Antonio de França, Benedito do Nascimento, Simeão dos Santos Pereira, Olegário Pereira de Barros, Bernardino Pereira de Barros, Quintino Pauxis de Abreu, Delphino Cardoso, Domingos Tertuliano V. Alcântara, Marcelino Cardoso de Alcântara, Waldério de Moraes Pimentel, Luís Monteiro de Araujo, Abel Constantino da Silva, Ervécio de Castro, Licurgo de Sousa Paixão Pimentel, Benedito Ribeiro, José Pedro de Araujo, Anselmo Pereira do Valle, Raymundo dos Santos, Felippe Santiago de Araujo, Sebastião de Araujo Ferreira, Augusto da Conceição Ferreira, Manoel Carlos Monteiro, Eusébio Antonio da Conceição Ferreira, Jacinto José dos Santos, Edgar Borges, Lucídio Paes, Benedito Joaquim dos Passos, Antonio Hildebrando Cardoso, João Baía da Silva, Flauro Correa Damasceno, Audifax Mendes dos Reis.
Irmãs:
Victória dos Passos, Izabel Correa dos Passos, Constança de Moraes Pimentel, Emídia Ferreira, Izabel Maria da Trindade, Geralda Maria de Castilho, Carolina Maria do Rosário, Maria do Nascimento, Felicidade Maria do E. Santo, Ângela Maria Alves, Ricarda Antonia Leal, Sarah Valente da Silva Villaça, Olinda do Carmo Paiva, Francisca Gemaque, Luiza da Conceição Vieira, Júlia de Souza Reis, Damásia de Araujo, Thereza Pereira de Barros, Adália Pereira de Barros, Júlia  Pereira, Júlia Ferreira de Araujo. Ademir Heleno, Abaetetuba/Pa, 3/9/2009.

Os Pereira de Barros - Continuação
.CATARINA PEREIRA DE BARROS,  é filha de Torquato Pereira de Barros. Logo, é irmã de Ana Judith de Almeida Cardoso, mulher do Coronel Maximiano Guimarães Cardoso. Catarina Pereira de Barros e Silva é avó de Anna da Silva Sena. Latino Lídio da Silva, foi o 1º tabelião de Abaeté e secretário interino da Intendência de Abaeté. Lauro Cardoso da Silva. Bisavós maternos de Lauro: Torquato Pereira de Barros e Ana Lobato Barros. Pais de Lauro: Latino Lídio da Silva e Esmerina de Almeida Cardoso. Latino nasceu em 24/3/1890, estudou em Belém o curso primário e o curso secundário. Vide em Família Silva.

FAMÍLIA PINTA
Os Pinta Caroço
. ARCELINO PINTA CAROÇO/(Pinta-Caroço), era carpinteiro e tocava clarinete, na Banda Carlos Gomes em 1928.
Os Pontes Barros
. Noé Pontes Barros

Os Santos Barros
. Igina Santos Barros, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva.

Os T. Barros .
Jacira T. Barros, citada em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.

Os da Trindade Barros
• Maria Antonia da Trindade Barros, professora do Grupo Escolar Prof. Basílio de Carvalho, citada em 1943.
. Maria da Trindade Barros, citada em 1942, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba..
Foto de Genilda Lima Cardoso

FAMÍLIA BARROSO
Os Barroso Franco
Ano de 1919:
Bararaty Barroso Franco, citação: . Angelina Ribeiro de Araujo/Angelina Araujo, citação: GUILHERME ABREU, fazia parte do Grupo Scênico de Abaeté nos anos 1919-1920 e era o ensaiador do grupo. Guilherme Abreu, era consórcio do Vera Cruz Sport Club de Abaeté nos anos 1919-1920. "Os atores de Abaeté em 1919 foram os seguintes:
Pombo da Maroca Lima, Licínio Araujo, Diquinho Soares, Angelina Araujo, Miloca Matos, Bararaty Barroso Franco, João Pontes, Antonico Araujo, Menina Arthemita, Lucília Pinheiro, Abel de Barros, Edgar Borges, Prudente de Araujo, Raimundo Leite, Guilherme Abreu, Osvaldina da Fonseca, Hilda V. da Fonseca, Elpídio Paes, Risoleta Lima de Araujo Araujo, Abel Lobo, Pedro Loureiro, ...
Ano de 1919: “A primeira Diretoria do Grupo Scênico Abaeteense era formado por artistas amadores de Abaeté. Presidente, Abel Barros; vice-dito, João Nepomuceno de Pontes; 2º vice-presidente, Abel Lobo; 1º secretário, Prudente de Araujo; 2º dito, Bararaty Franco; tesoureiro, Raimundo Leite e o ensaiador, Guilherme Abreu”.
“A primeira Diretoria do Grupo Scênico Abaeteense era formado por artistas amadores de Abaeté. Presidente, Abel Barros; vice-dito, João Nepomuceno de Pontes; 2º vice-presidente, Abel Lobo; 1º secretário, Prudente de Araujo; 2º dito, Bararaty Franco; tesoureiro, Raimundo Leite e o ensaiador, Guilherme Abreu”.
Em 1927:
“O Grupo Scênico de Abaeté, encenando o sentimental drama de Júlio Dantas intitulado “Mater Dolorosa”, tendo nos papéis, Angelina Araujo, Miloca Matos, Bararaty Barroso Franco, João Pontes, Antonico Araujo, Menina Arthemita”. Apresentaram também a comédia “Quem Desdenha”, tendo como atores, Lucília Pinheiro, Abel de Barros, Miloca Matos, A. Araujo, João Pontes, Bararaty Franco, Edgar Borges. Foram, também, apresentadas as peças “Mater Dolorosa” e “Rosas de Todo Anno”, do escritor português Júlio Dantas”. “Angelina Araujo e Miloca Matos, do Grupo Scênico Abaeteense, no drama “Mater Dolorosa” de Júlio Dantas”. “A comédia “Quem Desdenha”, de Pinheiro Chagas, tem como atores: Angelina Araujo, Miloca Matos, Lucília Pinheiro e Abel Barros”.
Ano de 1919:
“A primeira Diretoria do Grupo Scênico Abaeteense era formado por artistas amadores de Abaeté. Presidente, Abel Barros; vice-dito, João Nepomuceno de Pontes; 2º vice-presidente, Abel Lobo; 1º secretário, Prudente de Araujo; 2º dito, Bararaty Franco; tesoureiro, Raimundo Leite e o ensaiador, Guilherme Abreu”.

FAMÍLIA BASTOS
Os Bastos
. Raymunda Bastos, citada em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BATISTA
Os Batista
. Almerindo Batista, casado, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.
. Aline Batista, citada em 2014.
Esmerina Batista, citada em 1946 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Helena Batista, citada em 2012 com origem em Abaetetuba.
. Lúcio Batista, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. . Luiza Batista, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
. Manoel Batista, citado em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

Família
• Anna Porphiria Baptista, c/c Emygdio Nery da Costa, este nascido em 1841 e falecido em 1915, filho de Felippe Nery da Costa e Thereza de Jesus Nery, tenente-coronel, Intendente de Abaeté (1894-1896) na instalação da cidade de Abaeté em 15/8/1895, dono de engenho na localidade rio Biribituba, e tiveram filhos: Felippe Nery da Costa Nery Neto, Adolpho Eugênio, João Nery da Costa e outros.

Os Batista e as Outras Famílias
Os Batista André
3ª geração, irmãos de Horácio Batista André:
Secundino (Segundo) é casado com Raimunda Mantiga e moram no Rio Paramajó.
Amélia é casada com Raimundo Ferreira.
Maria Vitória é casada com Epifânio.
Maria André é casada com Daniel da Silva.
Alzira é casada.
Erundino.
Zito.
Alzira Ferreira André.

Os Batista Cardoso
. João Batista Cardoso, citado em 1950 como contribuinte e da comissão da classe da mocidade para uma noite de leilão de donativos da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Batista Carneiro
· João Baptista Carneiro, antigo capataz do Porto de Abaeté, casou com Adelaide Ferreira Carneiro.

Os Batista da Costa
Felipe Batista da Costa, casado com Maria de Lima Batista/Maroca Lima e com filhos:
Maria de Lima Batista (Maroca Lima)
Nascida, falecida e enterrada em Abaetetuba no Cemitério de N. S. da Conceição, casou com Felipe Batista da Costa e que era uma das famosas parteiras da Vila de Abaeté. Tiveram 5 filhos: Francisco (Pombo), Luzia (Chavita), Raimunda (Nanhá), João (Juruti) e Maria Madalena de Lima Batista (Madá). Luzita (Chavita) e Raimunda (Nanhá) já eram falecidos à época da pesquisa da professora Benvinda Pontes.
José Baptista da Costa, aparece em documentos de 1904, 1905, com imóvel à Rua Lauro Sodré.
. MANOEL BAPTISTA DA COSTA, era fiscal no Rio Sapocajuba na gestão do Coronel Aristides, no período de...

Os Batista Maués
. Emercindo Batista Maués, citado em 1944 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Batista da Rocha
Irandis Batista da Rocha, presente em uma sessão cívico-literária em 1940 em Abaeté.

Irandis Batista da Rocha
Nomes presentes em uma sessão civico-literária em1940:
“ ...em 1940, a sessão cívica-literária contou com os seguintes participantes: Ademar Lobato Rocha, Risoleta de Araújo Rocha, Messias de Sigmaringa Lobato, Raimundo Ribeiro de Araújo, Hildefrides dos Reis e Silva, Lauro Ribeiro de Araújo, Giordano Garibaldi Parente, Emiliano de Lima Pontes, Caio Parente de Andrade, Prudente Ribeiro de Araújo, Benvinda de Araújo Pontes, Clélia de Araújo Pontes, Pedro Ribeiro de Araújo, Philo Nery, Ormina Nery, Irandis Batista da Rocha, Raimundo Leite Lobato, Anísio Alvim de Lima, Raimundo Castilho Silva, Waldemar Pinheiro Paes, Elza de Jesus Silva, Lucídio Negrão Paes, Dalva Lobato da Cunha, José Margalho da Cunha, Isabel Margalho Viegas, Roselira Lobato, Terezinha de Jesus Margalho Viegas, Ignez Baia Lobato e Dionísio Edmilson Lobato”.

Os Batista Rodrigues
. João Batista Rodrigues, citada em 1947 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.


Família
Os Batista Rodrigues
. João Baptista Rodrigues, citação:
. João Baptista Rodrigues, comerciante, marceneiro, carpinteiro e carpinteiro naval e um dos patriarcas da família Rodrigues do Rio Caripetuba, citado em 1931.
. FRANCISCO ANDRÉ/Chico André, casado e com filhos: Manoel Gregório André e outros.
. MANOEL GREGÓRIO ANDRÉ/Manoel Gregório, c/c Maria do Rosário e tiveram filhos: Januário Ferreira André, Horácio Batista André, Secundino André/Segundo, Erundino, Zito, Amélia, Maria Vitória, Maria e Alzira Ferreira André.
A maioria desses irmãos morava no Rio Arumanduba.
. JANUÁRIO FERREIRA ANDRÉ, c/c Jardelina Nazaré Margalho e tiveram filhos: Maria Benta Margalho André/Maria Benta Margalho Moraes, Heitor, Sebastião e Esmerina. Vide abaixo Maria Benta.
. JANUÁRIO FERREIRA ANDRÉ, c/c Jardelina Nazaré Margalho e tiveram filhos: Maria Benta Margalho André/Maria Benta Margalho Moraes, Heitor, Sebastião e Esmerina. Vide abaixo Maria Benta.
. MANOEL GREGÓRIO ANDRÉ e Maria do Rosário, casados e com filhos: Horácio Baptista André e outros.
. HORÁCIO BAPTISTA ANDRÉ, faleceu c/78 anos de idade, c/c Maria Barbosa e tiveram os seguintes filhos: Pretinho, Raimundo/Diquinho Barbosa, Orêncio, Elza Barbosa André Matos, Aládio, Joana André Dias, Manoel, Júlia, Thadeu, Vartúlio/Vavá, Ataídes/Tatá e Ademir Barbosa André, cujos descendentes encontram-se espalhados p/Abaetetuba/Pa, Belém/Pa, Barcarena/Pa, Rio de Janeiro/RJ e outras cidades do Brasil.
. HORÁCIO BAPTISTA ANDRÉ, faleceu c/78 anos de idade, c/c Maria Barbosa e tiveram os seguintes filhos: Pretinho, Raimundo/Diquinho Barbosa, Orêncio, Elza Barbosa André Matos, Aládio, Joana André Dias, Manoel, Júlia, Thadeu, Vartúlio/Vavá, Ataídes/Tatá e Ademir Barbosa André, cujos descendentes encontram-se espalhados p/Abaetetuba/Pa, Belém/Pa, Barcarena/Pa, Rio de Janeiro/RJ e outras cidades do Brasil.
Arumanduba
 
Os Batista Silva
. João Batista da Silva, citado em 1942, 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.

Os Batista Cardoso
. João Batista Cardoso, citado em 1950 como contribuinte e da comissão da classe da mocidade para uma noite de leilão de donativos da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Batista Carneiro
· João Baptista Carneiro, antigo capataz do Porto de Abaeté, casou com Adelaide Ferreira Carneiro.

Os Batista da Costa
Felipe Batista da Costa
José Baptista da Costa
Aparece em documentos de 1904, 1905, com imóvel à Rua Lauro Sodré.

Os Batista Maués
. Emercindo Batista Maués, citado em 1944 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Irandis Batista da Rocha
Nomes presentes em uma sessão civico-literária em1940:
“ ...em 1940, a sessão cívica-literária contou com os seguintes participantes: Ademar Lobato Rocha, Risoleta de Araújo Rocha, Messias de Sigmaringa Lobato, Raimundo Ribeiro de Araújo, Hildefrides dos Reis e Silva, Lauro Ribeiro de Araújo, Giordano Garibaldi Parente, Emiliano de Lima Pontes, Caio Parente de Andrade, Prudente Ribeiro de Araújo, Benvinda de Araújo Pontes, Clélia de Araújo Pontes, Pedro Ribeiro de Araújo, Philo Nery, Ormina Nery, Irandis Batista da Rocha, Raimundo Leite Lobato, Anísio Alvim de Lima, Raimundo Castilho Silva, Waldemar Pinheiro Paes, Elza de Jesus Silva, Lucídio Negrão Paes, Dalva Lobato da Cunha, José Margalho da Cunha, Isabel Margalho Viegas, Roselira Lobato, Terezinha de Jesus Margalho Viegas, Ignez Baia Lobato e Dionísio Edmilson Lobato”.

Os Batista Neri
Anna Phopiria Baptista Nery
Os Batista Rodrigues
. João Batista Rodrigues, citada em 1947 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Batista da Costa
Felipe Batista da Costa
Maria de Lima Batista (Maroca Lima)
Nascida, falecida e enterrada em Abaetetuba no Cemitério de N. S. da Conceição, casou com Felipe Batista da Costa e que era uma das famosas parteiras da Vila de Abaeté. Tiveram 5 filhos: Francisco (Pombo), Luzia (Chavita), Raimunda (Nanhá), João (Juruti) e Maria Madalena de Lima Batista (Madá). Luzita (Chavita) e Raimunda (Nanhá) já eram falecidos à época da pesquisa da professora Benvinda Pontes.
Filhos de Felipe Batista da Costa e Maria de Lima Batista/Maroca Lima
Francisco de Lima Batista (Pombo da Maroca Lima).
Nasceu no dia 10.04.1927 e faleceu no dia 06.11.2003, com 76 anos de idade e foi sepultado no Cemitério de Na. Sa. da Conceição em Abaetetuba-Pa. Casou com Gilce Rodrigues, residentes à Travessa Major Frederico Gama da Costa. Pombo trabalhou até se aposentar como funcionário público do Estado e Gilce trabalhou como serventuária de justiça. Tiveram 10 filhos: Dilce, Francisco Carlos, Lúcia Maria, Luzia, Maria de Nazaré, Carlos Francisco, Maria da Conceição, Cristina do Socorro, Luiza de Marilac Rodrigues Batista e Francisco de Lima Batista Júnior.
Grupo Scênico de Abaeté
Francisco de Lima Batista/Pombo
Os atores de Abaeté foram os seguintes:
"Pombo da Maroca Lima, Licínio Araujo, Diquinho Soares, Angelina Araujo, Miloca matos, Bararaty Barroso Franco, João Pontes, Antonico Araujo, Menina Arthemita, Lucília Pinheiro, Abel de Barros, Edgar Borges, Prudente de Araujo, Raimundo leite, Guilherme Abreu, Osvaldina da Fonseca, Hilda V. da Fonseca, Elpídio Paes, Risoleta de Lima Araujo, Abel Lobo, Pedro Loureiro e outros."
Ano de 1919:
“A primeira Diretoria do Grupo Scênico Abaeteense era formado por artistas amadores de Abaeté. Presidente, Abel Barros; vice-dito, João Nepomuceno de Pontes; 2º vice-presidente, Abel Lobo; 1º secretário, Prudente de Araujo; 2º dito, Bararaty Franco; tesoureiro, Raimundo Leite e o ensaiador, Guilherme Abreu”.
Filhos de Francisco de Lima Batista e Gilce Rodrigues
Dilce Rodrigues Batista
Casou com Raimundo Nonato dos Santos (Nonatinho) e tiveram 2 filhos: Bruno Cristiano e Breno Batista dos Santos. Lúcia Maria Rodrigues Batista, casou com Nazareno Borges e tiveram um filho: Renato Batista da Silva. Francisco Carlos Rodrigues Batista, casou com Maria do Livramento Martins, e tiveram 4 filhos: Walesca, Williames, Willienderson e Vanessa Martins Batista. Maria de Nazaré Rodrigues Batista, que teve 2 filhos: Camila de Cássia e Vítor Felipe Rodrigues Batista.
Lúcia Maria Rodrigues Batista
Casou com Nazareno Borges e tiveram um filho: Renato Batista da Silva
Francisco Carlos Rodrigues Batista
Casou com Maria do Livramento Martins, e tiveram 4 filhos: Walesca, Williams, Willienderson e Vanessa Martins Batista.
Maria de Nazaré Rodrigues Batista
Teve 2 filhos: Camila de Cássia e Vítor Felipe Rodrigues Batista.
Filhos de Felipe Batista da Costa e Maria de Lima Batista/Maroca Lima
Joanita de Lima Batista (Joanita)
Faleceu no dia 13.10.1993. Joanita é filha de Célia Lima Soares(Cilica) com Raimundo. Cilica é filha de Joana de Lima Soares e João Soares. Joanita teve 5 filhos: Osmar, Danilo, José, Dalcídio e Carlos Lima Batista.
Filhos de Joanita de Lima Batista
Osmar Lima Batista, casado. Danilo Lima Batista, casado; Dalcídio Lima Batista, casado. Carlos de Lima Batista, falecido
Filhos de Felipe Batista da Costa e Maria de Lima Batista/Maroca Lima
João de Lima Batista (Juruti), casou com Alzira Lobato e tiveram 5 filhos: Rosângela, João, Socorro, Antonio, Felício Lobato Batista.
Filhos de Felipe Batista da Costa e Maria de Lima Batista/Maroca Lima
Luzia de Lima Batista (Chavita)
Faleceu solteira
Raimunda de Lima Batista (Nhaná)
Faleceu solteira.
Filhos de Felipe Batista da Costa e Maria de Lima Batista/Maroca Lima
Maria Madalena de Lima Batista (Dadá)
Casou com Benedito Amor Ferreira (Amor Ferreira), ainda vivo nesta data (13.09.2007), filho de Miguel Silveira Ferreira, e tiveram 4 filhos: Adamor (falecido jovem), Raimundo (Bodiga), Aldamor e Maria Taciana do Socorro Batista Ferreira.
Aldamor Batista Ferreira (Ada), casou com Maria do Socorro Gonçalves e tiveram 4 filhos: Jéferson, Cléberson, Shirley e Kele Gonçalves Ferreira. Raimundo Batista Ferreira (Bodiga)
Trabalhou longos anos no Banco do Estado do Pará e depois foi trabalhar no Projeto da ALBRÁS/ALUNORTE em Barcarena-Pa. Casou com com Maria de Jesus Oliveira e tiveram os seguintes filhos: Riviane, Viviane, Regiane, Roseana, Rosana e Newton Oliveira Ferreira. Riviane Oliveira Ferreira, naceu em 08.01.1975.
Maria Taciana do S. Batista Ferreira, casou com Adnaldo Vilhena Ferreira e tiveram 1 filho: Adnaldo Vilhena Ferreira Júnior.
Avós Paternos de Raimundo (Bodiga): Miguel Silveira Ferreira (Miguel Ferreira) e Tereza Sergelin Ferreira. Miguel Ferreira era comerciante e industrial da Cidade de Abaeté, muito rico e com muitos bens. Avós Maternos de Raimundo (Bodiga): Maria Madalena Lima Batista (Maroca Lima) e Felipe Batista da Costa.

Os Lobato Batista
Família
Filhos de Felipe Batista da Costa e Maria de Lima Batista/Maroca Lima
João de Lima Batista (Juruti), casou com Alzira Lobato e tiveram 5 filhos: Rosângela, João, Socorro, Antonio, Felício Lobato Batista.

Manoel Baptista da Costa
Manoel Baptista da Costa era fiscal no Rio Sapocajuba na gestão do Coronel Aristides, no período de...

Os Batista Ferreira
Filhos de Felipe Batista da Costa e Maria de Lima Batista/Maroca Lima
Maria Madalena de Lima Batista (Dadá)
Casou com Benedito Amor Ferreira (Amor Ferreira), ainda vivo nesta data (13.09.2007), filho de Miguel Silveira Ferreira, e tiveram 4 filhos: Adamor (falecido jovem), Raimundo (Bodiga), Aldamor e Maria Taciana do Socorro Batista Ferreira.
Aldamor Batista Ferreira (Ada), casou com Maria do Socorro Gonçalves e tiveram 4 filhos: Jéferson, Cléberson, Shirley e Kele Gonçalves Ferreira. Raimundo Batista Ferreira (Bodiga)
Trabalhou longos anos no Banco do Estado do Pará e depois foi trabalhar no Projeto da ALBRÁS/ALUNORTE em Barcarena-Pa. Casou com com Maria de Jesus Oliveira e tiveram os seguintes filhos: Riviane, Viviane, Regiane, Roseana, Rosana e Newton Oliveira Ferreira. Riviane Oliveira Ferreira, naceu em 08.01.1975.
Maria Taciana do S. Batista Ferreira, casou com Adnaldo Vilhena Ferreira e tiveram 1 filho: Adnaldo Vilhena Ferreira Júnior.
Avós Paternos de Raimundo (Bodiga): Miguel Silveira Ferreira (Miguel Ferreira) e Tereza Sergelin Ferreira. Miguel Ferreira era comerciante e industrial da Cidade de Abaeté, muito rico e com muitos bens. Avós Maternos de Raimundo (Bodiga): Maria Madalena Lima Batista (Maroca Lima) e Felipe Batista da Costa.

Os Batista Silva
• João Batista Silva, citado 1942 e em 1951 como contribuinte e juíz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. através da diretoria.

As outras famílias e os Batista
Os Barros Batista
• Abelina Barros Batista, citada em 1947, 1951 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. através da diretoria.

Os de Lima Batista
Família
FRANCISCO DE LIMA BATISTA/Pombo da Moroca Lima, citações:
GUILHERME ABREU, fazia parte do Grupo Scênico de Abaeté nos anos 1919-1920 e era o ensaiador do grupo. Guilherme Abreu, era consórcio do Vera Cruz Sport Club de Abaeté nos anos 1919-1920. "Os atores de Abaeté em 1919 foram os seguintes:
Pombo da Maroca Lima, Licínio Araujo, Diquinho Soares, Angelina Araujo, Miloca Matos, Bararaty Barroso Franco, João Pontes, Antonico Araujo, Menina Arthemita, Lucília Pinheiro, Abel de Barros, Edgar Borges, Prudente de Araujo, Raimundo Leite, Guilherme Abreu, Osvaldina da Fonseca, Hilda V. da Fonseca, Elpídio Paes, Risoleta Lima de Araujo Araujo, Abel Lobo, Pedro Loureiro, ... Ano de 1919: “A primeira Diretoria do Grupo Scênico Abaeteense era formado por artistas amadores de Abaeté. Presidente, Abel Barros; vice-dito, João Nepomuceno de Pontes; 2º vice-presidente, Abel Lobo; 1º secretário, Prudente de Araujo; 2º dito, Bararaty Franco; tesoureiro, Raimundo Leite e o ensaiador, Guilherme Abreu”.
Francisco de Lima Baptista/Pombo da Maroca Lima, na década de 1940 aprendeu com o Mestre Carlito Loureiro o ofício de sapateiro, em Abaeté.
Família
Os de Lima Batista
Filhos de Felipe Batista da Costa e Maria de Lima Batista/Maroca Lima
Joanita de Lima Batista (Joanita)
Faleceu no dia 13.10.1993. Joanita é filha de Célia Lima Soares(Cilica) com Raimundo. Cilica é filha de Joana de Lima Soares e João Soares. Joanita teve 5 filhos: Osmar, Danilo, José, Dalcídio e Carlos Lima Batista.
Filhos de Joanita de Lima Batista
Osmar Lima Batista, casado. Danilo Lima Batista, casado; Dalcídio Lima Batista, casado. Carlos de Lima Batista, falecido.

Os P. Batista
• Esmerino P. Batista, citado em 1951 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. através da diretoria.

Os Ribeiro Batista
. João Ribeiro Batista, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.

Os Rodrigues Batista
Francisco de Lima Batista/Pombo
Os atores de Abaeté foram os seguintes:
"Pombo da Maroca Lima, Licínio Araujo, Diquinho Soares, Angelina Araujo, Miloca matos, Bararaty Barroso Franco, João Pontes, Antonico Araujo, Menina Arthemita, Lucília Pinheiro, Abel de Barros, Edgar Borges, Prudente de Araujo, Raimundo leite, Guilherme Abreu, Osvaldina da Fonseca, Hilda V. da Fonseca, Elpídio Paes, Risoleta de Lima Araujo, Abel Lobo, Pedro Loureiro e outros."
Ano de 1919:
“A primeira Diretoria do Grupo Scênico Abaeteense era formado por artistas amadores de Abaeté. Presidente, Abel Barros; vice-dito, João Nepomuceno de Pontes; 2º vice-presidente, Abel Lobo; 1º secretário, Prudente de Araujo; 2º dito, Bararaty Franco; tesoureiro, Raimundo Leite e o ensaiador, Guilherme Abreu”.
Filhos de Francisco de Lima Batista e Gilce Rodrigues
Dilce Rodrigues Batista
Casou com Raimundo Nonato dos Santos (Nonatinho) e tiveram 2 filhos: Bruno Cristiano e Breno Batista dos Santos. Lúcia Maria Rodrigues Batista, casou com Nazareno Borges e tiveram um filho: Renato Batista da Silva. Francisco Carlos Rodrigues Batista, casou com Maria do Livramento Martins, e tiveram 4 filhos: Walesca, Williames, Willienderson e Vanessa Martins Batista. Maria de Nazaré Rodrigues Batista, que teve 2 filhos: Camila de Cássia e Vítor Felipe Rodrigues Batista.
Lúcia Maria Rodrigues Batista
Casou com Nazareno Borges e tiveram um filho: Renato Batista da Silva
Francisco Carlos Rodrigues Batista
Casou com Maria do Livramento Martins, e tiveram 4 filhos: Walesca, Williams, Willienderson e Vanessa Martins Batista.
Maria de Nazaré Rodrigues Batista
Teve 2 filhos: Camila de Cássia e Vítor Felipe Rodrigues Batista.

Os Silva Batista
. Manoel da Silva Batista
Os Torres Batista
. Esmerino Torres Batista, citado em 1961 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
FAMÍLIA BAYMA
• Carlos Redig Bayma, presente na instalação da cidade de Abaeté em 15/8/1895.
• Carlota Bayma, presente na instalação da cidade de Abaeté em 15/8/1895.

FAMÍLIA BECHIR
Os Bechir
. Elias Bechir, citado em 1940, 1946, 1947 como contribuinte e juiz da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
. Flávio Bechir, jovem citado em 1953 como contribuinte e noitário da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Família
• JOSÉ BECHIR/Zé Bechir, comerciante citado nos anos de 1930, 1940, casado e com filhos: Alberto, Berilo, Edmilson, Olavo Bechir.
Teodora Bechir, irmã do José Bechir, ela que foi mãe de criação do conhecido Bebedito/Bené ou Rabo, nos anos de 1940, 1950, 1960.

. Mahilde Bechir
• Salim José Bechir, imigrante sírio-libanês, comerciante décadas de 1930, 1940, 1950.

Os Dias Bechir
. Mary Dias Bechir

Os Bechir Elias
. José Bechir Elias, citado em 1922, comerciante na Avenida João Pessoa, nº 5 e na Rua Justo Chermont, em Abaeté, na década de 1930 e em 1931 com comércio na Avenida João Pessoa em Abaeté.
. Matilde Bechir Elias, citada em 1944 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Miguel Elias, citado em 1922, comerciante em Abaeté na década de 1930.

FAMÍLIA BELÉM
Os Belém
. Antero Belém, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Gonçalves Garcia Belém
. Lucila Gonçalves Garcia Belém, casada, citada em 1950 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Lobo Santos Belém
. Alice Lobo Santos Belém, casada, citada em 1950 como contribuinte e juíza da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BELO
Os A. Belo da Silva
. A. BELO DA SILVA, com engenho na margem direita do rio Maracapucu.

Os C. de Oliva Belo
Herdeiros de Manoel C. de Oliva Bello, em 1922.
Os Correa Belo
Samuel Correa Bello
Tuna Recreativa Caixeral Abaeteense. Uma citação de 1909:
“Tuna Recreativa Caixeral Abaeteense, com sócios que pagavam mensalidades. Um desses sócios era Samuel Correa Bello, em 01.08.1909”

Família
• Jovita Maria de Araujo
• Manoel C. de Oliva Bello, comerciante e morador à Rua Siqueira Mendes citado em 1922 e falecido por volta de 1922, deixando herdeiros.
. Maria Belo, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva.
• Meire de Araujo, nascida em 3/9/19128 e falecida em 17/1/1994, amiga e contemporânea de Itália da Conceição Calliari.
• Obiracy de Araujo Bello, filha de Samuel Correa Bello, nascida em 5/5/1924 e falecida em 29/9/1949.
• Samuel Correa Bello/Samuca, nascido em 12/11/1891 e falecido em 15/9/1981, associado da Tuna Recreativa Caixeral Abaeteense, foi jogador antigo jogador de futebol, fundou a Associação Sportiva de Abaeté nos anos de 1920, citado em 1943, foi o introdutor do Esoterismo em Abaeté, poeta, casado e com filhos.
• Samuel Bello Filho/Samuquinha, filho de Samuel Correa Bello, engenheiro do antigo DER, jogador de futebol.
• Tabajara de Araujo Bello, filho de Samuel Correa Bello, nascido em 23/9/1926 e falecido em 12/3/2004, foi antigo jogador de futebol jogando como volante, comerciante, dono de terras na localidade Angélica, poeta.
Os Pantoja Belo
. Sireno Pantoja Belo, citado em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
Os T. Belo .
Hildebrandina T. Belo, citada em 1942 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva.
. Maria Cecília T. Belo, citada em 1942 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva.

FAMÍLIA BELÚCIO
Os Ferreira Belúcio
. Lucilinda Ferreira Belúcio

Família
. Elis Bentes .
Pedro Bentes/Raimundo Bandalheira, nascido em 1919, veio de Tucuruí nos anos de 1970, casado e com filhos: Lial, Ronaldo, Orcimar, Elis, Raniel e outros.
. Raimunda Bentes, nascida em 1923, com 90 anos em 2013, casada com Pedro Bentes e com filhos. . Lial Bentes, nascido a 25/2/1957 e que foi nos anos de 1970 membro ativo do grupo de jovens Os Neófitos, de Abaetetuba, cantor e compositor em Abaetetuba com vários discos gravados, atualmente, em 2013, é Secretário Municipal de Cultura do município de Redenção/PA, casado com Franci Lima Bentes e com filhos: Luís Eduardo e outros em pesquisa.
. Raniel Oliveira Bentes
. Ronaldo Bentes, casado e com filhos.
. Teodora Bentes, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.

Os Bentes Guerreiro
. GERMANO BENTES GUERREIRO, foi Jiiz Substituto em Abaeté, era consórcio do Vera Cruz Sport Club em 1920:
Raimundo Pinheiro Garcia, José Joaquim Nunes, Tupy Jorge, Anísio Rodrigues, Joaquim Loureiro Silva, Plínio Andrade, José Ferreira, João Paranhos, Raymundo B. de Araujo Pereira, Maximiano Rodrigues, Pedro Ribeiro de Araujo, Germano Bentes Guerreiro (Juiz Substituto de Abaeté).
. Maria Bentes Guereiro, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Calliari Bentes
. ANA CRISTINA CALLIARI BENTES, filha de Leonídia Calliari e Felisberto Campos Bentes, neta de Menotti Calliari (avô materno) e bisneta de Lectícia Carmela Parente e Julio Ernesto Calliari (bisavô materno).

Os Figueiredo Bentes
. Francisco de Figueiredo Bentes/Frank Bentes, músico eclético, mestre musical de Abaetetuba, antigo membro do grupo de jovens católicos Os Neófitos, desde a década de 1970, fundador do conjunto Os Neófitos, que foi um dos conjuntos precussores da música eletrônica em Abaetetuba nos anos 70, foi secretário municipal em Abaetetuba, casou com Orlandina e com filhos. Os Lins Bentes
. Naídes Lins Bentes, citada em 1961 como juíza da Festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. Os Os Vale Bentes
. Arthur Orlando do Valle Bentes, citado em 1961 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. . Arthur do Valle Bentes, citado em 1962 como juiz na festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BERNARDINO
Os Bernardino
. João Bernardino, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BEVILAQUA
Os Bevilaqua
• Marcílio Bevilaqua, citado em 1944.

FAMÍLIAS BEZERRA
Os Bezerra . Delegado Bezerra, antigo Delegado de Polícia em Abaetetuba, anos de 1960.


FAMÍLIA BOLA
Os Bola
. Antonino Bola, citado em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BOEMA
Os Boema
. José Salgado Boema, citado em 1961.

.:Em 1908 a diretoria da Irmandade de S. Sebastião era assim constituída:
"Presidente, Pe. Francisco Manoel Pimentel/Pe. Pimentel; diretor, Horácio de Deus e Silva; tesoureiro, Trajano Pereira de Barros; secretários, Manoel Vigílio de Araujo e José Ferreira Ribeiro; zeladores, Pedro Pena de Araujo e Hygino Pereira; cobrador; Jósimo Leandro de Souza.
Os "irmãos" da Irmandade de S. Sebastião em 1908, eram os seguintes: José Brandão Pimentel, Manoel Raymundo do Nascimento, Horácio de Deus e Silva Afilhado, Luiz Cavalcante da Frota, Gabriel Correa de Castro, Raymundo Pimentel da Silva, Liberato Antonio Baía, José da Conceição Amanajás, Raymundo Bandeira dos Reis, Leovegildo de Oliveira Campos, Camilo Alípio Pereira, Raymundo de Araujo Borges, Arlindo Lobato Negrão João Bandeira dos Reis Filho, Pacífico Mariano dos Reis, Prudente Ribeiro de Araujo, João Nepomuceno Viégas, José de Souza Pereira, Manoel Rodrigues, Miguel R. da Costa, Frederico Arleciano da Silva, Benedito Alexandre Cardoso, Anselmo H. Barbosa, Tupy Jorge, Manoel Antonio de França, Benedito do Nascimento, Simeão dos Santos Pereira, Olegário Pereira de Barros, Bernardino Pereira de Barros, Quintino Pauxis de Abreu, Delphino Cardoso, Domingos Tertuliano V. Alcântara, Marcelino Cardoso de Alcântara, Waldério de Moraes Pimentel, Luís Monteiro de Araujo, Abel Constantino da Silva, Ervécio de Castro, Licurgo de Sousa Paixão Pimentel, Benedito Ribeiro, José Pedro de Araujo, Anselmo Pereira do Valle, Raymundo dos Santos, Felippe Santiago de Araujo, Sebastião de Araujo Ferreira, Augusto da Conceição Ferreira, Manoel Carlos Monteiro, Eusébio Antonio da Conceição Ferreira, Jacinto José dos Santos, Edgar Borges, Lucídio Paes, Benedito Joaquim dos Passos, Antonio Hildebrando Cardoso, João Baía da Silva, Flauro Correa Damasceno, Audifax Mendes dos Reis.
Irmãs:
Victória dos Passos, Izabel Correa dos Passos, Constança de Moraes Pimentel, Emídia Ferreira, Izabel Maria da Trindade, Geralda Maria de Castilho, Carolina Maria do Rosário, Maria do Nascimento, Felicidade Maria do E. Santo, Ângela Maria Alves, Ricarda Antonia Leal, Sarah Valente da Silva Villaça, Olinda do Carmo Paiva, Francisca Gemaque, Luiza da Conceição Vieira, Júlia de Souza Reis, Damásia de Araujo, Thereza Pereira de Barros, Adália Pereira de Barros, Júlia  Pereira, Júlia Ferreira de Araujo. Ademir Heleno, Abaetetuba/Pa, 3/9/2009.

Banda Carlos Gomes
Uma formação da Banda Carlos Gomes e os demais Coforotes estão presentes: Paulinho Coforote, era alfaiate e tocava trompa; Manoel Coforote, era agricultor e tocava baixo; João Coforote, era agricultor e tocava trombone; Oscar Santos Coforote, era professor de música e tocava trombone; Tibica, era agricultor e tocava bombardino ou barito;Horácio Sena, era carpinteiro naval tocava bombardino; Horácio Filho, era carpinteiro naval e tocava bombardino; Mestre Leoderlino, era professor e tocava bombardino; Arcelino (Pinta-Caroço), era carpinteiro e tocava clarinete; Manoel  Lipordino, tocava requinta; Estácio Sena, era alfaiate e tocava contra-baixo; Cazuza Sena, era carpinteiro e tocava clarone (instrumento raro); Heráclito, era carpinteiro e tocava clarinete; Abel Guiães de Barros Ferreira, era português, ferreiro e tocava bumbo; Abaeté Pauxis, era comerciante ambulante e tocava saxofone; Orêncio Pimentel Coutinho, era marceneiro e tocava barito (instrumento raro, relíquia); Paulo Borges (Polo), era carpinteiro e tocava afrenquides (instrumento de apelido mamoeiro por ser muito alto); Cici Costa, era comerciante e tocava trompa; Churamba, era comerciante ambulante e tocava trompa; Bernardo Rebolado, era Oficial de Justiça e tocava requinta; Raimundo Melo, tocava surdo; João Bostoque, era marceneiro e tocava caixa (caixista); Mestre Benjamim (cego de um lado), era calafate e tocava trompa; Durico, era calafate e tocava bombardino; Miguel Loureiro, era sapateiro e tocava saxofone; Prudente Araujo, era escriturário e tocava flautim (o menor dos instrumentos); Pedro Araujo, era professor e tocava trombone; Cardinal, tocava clarinete; Chiquinho Margalho, funcionário público municipal e tocava saxofone tenor.

FAMÍLIA BORGES
. EDGAR BORGES, citação: GUILHERME ABREU, fazia parte do Grupo Scênico de Abaeté nos anos 1919-1920 e era o ensaiador do grupo. Guilherme Abreu, era consórcio do Vera Cruz Sport Club de Abaeté nos anos 1919-1920. "Os atores de Abaeté em 1919 foram os seguintes:
Pombo da Maroca Lima, Licínio Araujo, Diquinho Soares, Angelina Araujo, Miloca Matos, Bararaty Barroso Franco, João Pontes, Antonico Araujo, Menina Arthemita, Lucília Pinheiro, Abel de Barros, Edgar Borges, Prudente de Araujo, Raimundo Leite, Guilherme Abreu, Osvaldina da Fonseca, Hilda V. da Fonseca, Elpídio Paes, Risoleta Lima de Araujo Araujo, Abel Lobo, Pedro Loureiro, ... Ano de 1919: “A primeira Diretoria do Grupo Scênico Abaeteense era formado por artistas amadores de Abaeté. Presidente, Abel Barros; vice-dito, João Nepomuceno de Pontes; 2º vice-presidente, Abel Lobo; 1º secretário, Prudente de Araujo; 2º dito, Bararaty Franco; tesoureiro, Raimundo Leite e o ensaiador, Guilherme Abreu”.
. EDGAR BORGES, era membro da Irmandade de São Sebastião em 1908, em Abaeté, era ator do Grupo Scênico de Abaeté nos anos de 1920 e Edgar Borges era músico da Banda Carlos Gomes
. Jacob Borges, irmão de João Borges.
. João Borges, irmão de Jacob Borges
• Marcellina Maria Borges, moradora à Rua Siqueira Mendes e comerciante citada em 1922.
. PAULO BORGES (Polo), era carpinteiro e tocava afrenquides (instrumento de apelido mamoeiro por ser muito alto), era membro da Banda Carlos Gomes em 1927.
. Nazareth Borges, citada em 1940 e 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Borges e as Outras Famílias
Os Borges de Carvalho
. MANOEL ÂNGELO BORGES DE CARVALHO, secretário na instalação da Cidade de Abaeté em 15/08/1895 e assinante da Ata de Instalação da cidade.

Os Borges do Rego
. Pedro Borges do Rego, tenente-coronel, citado em 1944 como contribuinte e juiz protetor da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

As Outras Famílias e os Borges
Os Aires Borges
• Jorge Ayres Borges, professor de Inglês e Matematica das primeiras turmas da Escola Bernardino nos anos de 1960.
Os Araújo Borges
. Paulo de Araújo Borges/Polo Borges, era membro da Irmandade de São Sebastião em 1908 e tocava afrenquides em dó (uma espécie de trompa, um instrumento antigo e raro, já extinto, de apelido mamoeiro por ser muito comprido) e foi co-fundador do Clube Carlos Gomes e Paulo de Araujo Borges era membro da Confraria de São Raimundo Nonato nos anos de 1920, mestre carpinteiro, citado em 1927, citado no tempo do Mestre Chiquinho Margalho.
. RAYMMUNDO DE ARAUJO BORGES, era irmão de Paulo de Araújo Borges/Polo e em 1908 era membro da Irmandade de São Sebastião e músico como bumbeiro e pratilheiro do Clube Misical "31 de Agosto", fundado pelo Mestre Hermínio Pauxis e foi co-fundador da Banda Carlos Gomes em 1880, presente na instalação da Cidade de Abaeté em 15/8/1895.
Os Reis Borges

• Edgar dos Reis Borges, músico membro da Banda Carlos Gomes no tempo do Mestre Chiquinho Margalho.

FAMÍLIA BOTELHO
Os Botelho
. Aládio Botelho, citado na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. Os Coutinho Botelho • Antonia Maria Coutinho Botelho, vice-prefeita de Abaetetuba na gestão do prefeito Luiz Gonzaga Leite Lopes (2005-2008).

FAMÍLIA BOU-HABIB
Esmerina Nunes Ferreira Bou-Habib, nasceu no dia 13.03.1891 no lugar chamado Cachoeira, município de Abaeté, e falecida em 08/06/1978. É tia da Professora Carmem Cardoso Ferreira e filha de José Nunes Ferreira e Maria Maués Ferreira.
. Esmerina Nunes Ferreira Bou-Habib, era professora, dona de externato de ensino, manipulava e receitava remédios homeopáticos e caseiros, casada com o sírio. libanês Jorge Antonio Bou-Habib, este que era antigo comerciante em Abaetetuba, citada em 1953 pela Irmandade de São Raimundo Nonato e 1962 como membro auxiliar da diretoria da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba e tem escola estadual fundada em 15/5/1980 com o seu nome em Abaetetuba.
• Jorge Antonio Bou-Habib, sírio-libanês, nascido a 13/61884 e falecido a 1/8/1971, era comerciante à Rua Justo Chermont em 1922-1950, c/c a professora Esmerina Nunes Ferreira Bou-Habib, que foi o 1º casamento realizado na nova Igreja Matriz de N. S. da Conceição e da qual a professora Esmerina confeccionou as primeiras toalhas para o altar da referida igreja. (vide toda família em Família Nunes Ferreira)

FAMÍLIA BRABO
Os Brabo
. Isaías Brabo, citado em 1951 como contribuinte de dádivas e promessas da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
. Manoel Brabo, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.
Família
. Tito Brabo, antigo dono do Bar do Tito Brabo, era casado e com filhos
Família
• Manoel Brabo, c/c Eulina da Silva Lobato/Guita, filha de Manoel Joaquim da Silva Lobato e Maria Sabina e tiveram filhos.
• Maria de Nazaré Brabo, filha de Manoel Brabo e Eulina da Silva Lobato, c/c Abimael Silva e tiveram filhos.
Os Camarão Brabo
• Lucíolo Camarão Brabo, citado em 1946.

Família
• Otília Gonçalves Brabo, nasceu em 19/1/1934 e foi batizada pelo Padre Ignácio Magalhães na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em 3/12/1934, c/c Heitor Margalho André e tiveram filhos: Maria Rodrigues André, que nasceu em 23/7/1957, falecida pequena; Manoel, que nasceu em 27/8/1958, falecido pequeno;
Maria da Conceição, que nasceu em 4/12/1959, falecida pequena; Maria Auxiliador, que nasceu em 5/1/1961, falecida pequena;
Maria do Socorro, que nasceu em 15/6/1963, casada; Manoel do Livramento, que nasceu em 30/12/1967;
Maria Gonçalves, que nasceu em 13/5/1969, falecida pequena;
Manoel, que nasceu em 15/4/1972, falecido pequeno.
Maria de Nazaré, que nasceu em 8/4/1973, falecida pequena.
Maria do Socorro, que c/c João Batista da Silva Vilhena e tiveram os seguintes filhos: Elcilene André Vilhena, José Maria e Andréa.

Família .
Agenor Nahum, trabalhava como mecânico, irmão de Maria Nahum Brabo, falecido, era casado e com filhos:
. Ângelo Nahum Brabo, nascido em 8/1980, profesor na PM de Ig-Miri/PA, residente em Abaetetuba, casado e com filhos
. Antonio Brabo, era comerciante de regatão viajando para o Baixo Amazonas, casado com Maria do Carmo Coutinho da Silva e com filhos: Maryelle Brabo e outros?
. Antonio Nahum Brabo/Antonico, casou com Carmem e com filhos:João/Joãozinho, Nato e Maryelle.
. Antonio Nahum, irmão de Maria Nahum Brabo
. Assis Nahum Brabo, filho de Tito Brabo e Maria Nahum Brabo
. Bilica Brabo, irmã de Tito Brabo
. Fifita Brabo, irmã de Tito Brabo, sogra do Benedito Oscar
. Gastão Brabo, irmão do Tito Brabo, já é falecido, era casado e deixou filhos
. Hugo Nahum, irmão de Maria Nahum Brabo, empresário, foi vereador em Abaetetuba, casado e com filhos.
. Maria Benedita Nanhum Brabo
. Maria Gabriela Brabo
. Maria Nahum Brabo, casada com Tito da Conceição Brabo/Tito Brabo e com filhos.
. Maryelle Brabo, mora na Inglattera, casada com um inglês que é professor e Maryelle é filha de Antonio Nahum Brabo e Maria do Carmo Coutinho da Silva.
. Nato Brabo
. Neila Brabo
. Nice Braba, irmã de Tito Brabo
. Nicolau Brabo, irmão do Tito Brabo, já é falecido, era casado e deixou filhos
. Tito da Conceição Brabo/Tito Brabo, com origem na localidade Rio Piquiarana, era pescador e dono de empresa de pescado, especialmente do peixe mapará, que depois se mudou para a sede do município trabalhando com o ramo de bar na Rua Lauro Sodré no Bar do Tito Brabo, nascido em 1938, casou com Maria Nahum Brabo e com filhos: Noelza Brabo, casada com Reginaldo/Regis.

Os Gonçalves Brabo
. OTÍLIA GONÇALVES BRABO
. MARIA RODRIGUES ANDRÉ, vide abaixo:
Família, vide abaixo:
. JOÃO BATISTA DA SILVA VILHENA, casou com Maria do Socorro e tiveram os seguintes filhos: Elcilene André Vilhena, José Maria e Andréa.
• Otília Gonçalves Brabo, nasceu em 19/1/1934 e foi batizada pelo Padre Ignácio Magalhães na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em 3/12/1934, c/c Heitor Margalho André e tiveram filhos: Maria Rodrigues André, que nasceu em 23/7/1957, falecida pequena; Manoel, que nasceu em 27/8/1958, falecido pequeno;
Maria da Conceição, que nasceu em 4/12/1959, falecida pequena; Maria Auxiliador, que nasceu em 5/1/1961, falecida pequena;
Maria do Socorro, que nasceu em 15/6/1963, casada; Manoel do Livramento, que nasceu em 30/12/1967;
Maria Gonçalves, que nasceu em 13/5/1969, falecida pequena;
Manoel, que nasceu em 15/4/1972, falecido pequeno.
Maria de Nazaré, que nasceu em 8/4/1973, falecida pequena.
Maria do Socorro, que c/c João Batista da Silva Vilhena e tiveram os seguintes filhos: Elcilene André Vilhena, José Maria e Andréa.

Continuação dos Rodrigues André:
. Erundina Cardoso Sarges, com origem na localidade Caripetuba, município de Abaetetuba, que casou com Ramiro Sarges, sendo este irmão da avó de Risolena Sarges Rodrigues/Risó, esta casada com Orêncio Barbosa André, este com aproximadamente 80 anos de idade em setembro/2019.
. Joaquim Sarges, pai da D. Nazaré Sarges, esta casada com Manoel de Nazaré Rodrigues/Mestre Lelé.
. Ramiro Sarges, casado com Erundina Cardoso Sarges.
. Risolena Sarges Rodrigues/Rodrigues André/Risó, casada com o ribeirinho do Arumanduba Sr. Orêncio Barbosa André.

Os de Oliveira Brabo
Elias de Oliveira Brabo, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os R. Brabo
. Manoel R. Brabo, citado em 1939, 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.
.Naiane Brabo
Os Sarges Brabo
• Juraci Sarges Brabo, citado em 1944.

Família
• Antonio José da Silva Brabo, abastado senhor de escravos e dono de engenho em Abaeté.
• Victória Maria da Silva Brabo, filha de Antonio José da Silva Brabo rico dono de engenhos e escravos na Freguesia de Abaeté, inicialmente casou com o Coronel Antonio Cardoso Amanajás e casou em 2ª núpcias com o viúvo Tenente-Coronel Caripuna e tiveram filhos, citados em 1877. Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, é mãe de Hygino Amanajás, citados em 1877, este genro do Tenente-Coronel Caripuna, por que casou com uma das filhas do Tenente-Coronel Caripuna, citado falecido em 1877.

Os da Silva Brabo
. José Antonio da Silva Brabo, antigo morador de Barcarena, com interesses comerciais em Abaeté em 1883.
. Manoel da Silva Brabo, citado em 1961.

Família
FAMÍLIA BRABO
. VICTÓRIA MARIA DA SILVA BRABO, vide acima em Cel. Antonio cardoso Amanajás.
. ANTONIO JOSÉ DA SILVA BRABO, vide acima em Cel. Antonio cardoso Amanajás.
3ª G/Netos/N, filhos do Coronel Antonio Cardoso Amanajás
3ª G/N: HYGINO ANTONIO CARDOSO AMANAJÁS/Hygino Amanajás, casou por 3 vezes e teve perto de 20 filhos, 4ª G/Bisnetos/Bn.
O Coronel Hygino Amanajás, nasceu em 15/5/1852 na antiga Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Abaeté, na localidade Rio Maracapucu, era jornalista (um dos fundadores do jornal O Abaeteense e seu diretor por 10 anos e jornalista em Belém/Pa), advogado, escritor (escreveu diversas obras), foi vogal em Abaeté (espécie de vereador em 1887), procurador de Abaeté, deputado da Assembléia Legislativa por 3 mandatos sucessivos, iniciando no 1º mandato do Governador Lauro Sodré até a proclamação da República, no governo do Dr. João Coelho e o foi o 1º diretor da Imprensa Oficial do Estado por 26 anos (11/6/1891-26/11/1917).
Se Hygino Amanajás/Antonio Hygino Cardoso Amanajás nasceu em 15/6/1852 e a 1ª Câmara da Vila de Santa Anna de igarapé-Miri foi instalada em 1845, isso quer dizer que se trata do Hygino Amanajás, o pai, vereador da 1ª Câmara Municipal dessa Vila e que deve ter nascido por volta de 1812, portanto, contemporâneo dos primeiros Correa de Miranda de Igarapé-Miri dos anos iniciais do 1800.
. VICTÓRIA MARIA DA SILVA BRABO, vide acima em Cel. Antonio cardoso Amanajás.
. ANTONIO JOSÉ DA SILVA BRABO, vide acima em Cel. Antonio cardoso Amanajás.
Genealogia paralela de Victória Maria da Silva Brabo:
1ª G/ Pais de Antonio José da Silva Brabo ou avós de Victória Maria
2ª G/Filhos/F: Antonio José da Silva Brabo, dono de engenhos e escravos, casou e teve filhos, 3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo e outros.
3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, c/c o Cel. Antonio Cardoso Amanajás, com origem na antiga Freguesia de Santa Anna de Igarapé-Miri e tiveram filhos, 4ª G/Nisnetos/Bn: Hygino Amanajás e outros.
. ANTONIO FRANCISCO CORREA DE MIRANDA, trocado para Correa Caripuna.
3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo, casou uma 2ª vez com o Tenente-Coronel Caripuna e tiveram filhos, 4ª G/Bisnetos/Bn: Victório Antonio, José Fleury, Antonio Francisco Correa Caripuna (o filho) e outros, inclusive a que se tornou esposa de Hygino Amanajás.
Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, é citada em 1877, mãe de Hygino Amanajás, citado em 1877, este genro do Tenente-Coronel Caripuna, por que casado com uma das filhas do Tenente-Coronel Caripuna, citado acima, falecido em 1877. Victória Maria da Silva Brabo Amanajás era casada com o Coronel Antonio Cardoso Amanajás (que foi o introdutor do clã Amanajás na antiga Freguesia de Abaeté), com que teve vários filhos, entre os quais o Coronel Hygino Amanajás/Hygino Antonio Cardoso Amanajás.
. MARIA DO CARMO DE CASTILHO, vide abaixo:
5ª G/Trinetos/Tn: filhos de Antonio Francico Correa Caripuna (Tenente-Coronel Caripuna) e Maria do Carmo de Castilho
5ª G/Tn/ Francisco Correa Caripuna, c/c sua prima Aurélia, filha de Justo José (irmão do Coronel Caripuna).
5ª G/Tn/ Firmino Correa de Miranda, c/c sua prima Elíbia (filha de Justo José, irmão do Coronel Caripuna).
5ª G/Trinetos/Tn, filhos do Tenente-Coronel Caripuna e Victória Maria da Silva Brabo, citada em 1877:
5ª G/Tn: Victório Antonio Correa Caripuna, citado em 1877.
5ª G;Tn: José Fleury Correa Caripuna, citado em 1877.
5ª G/Tn: Antonio Francico Correa Caripuna (o filho), citado em 1877.
5ª G/Trinetos/Tn, outros filhos do Tenente-Coronel Caripuna (estes filhos eram vivos quando a 2ª esposa do Tenente-Coronel Caripuna, Victória Maria da Silva Brabo, ficou viúva em 1877:
5ª G/Tn; uma filha c/c Hygino Amanajás, este citado em 1877.

Vínculos da Família Brabo com os Amanajás, os Correa de Miranda e os Caripuna
Genealogia paralela de Hygino Amanajás
1ª G/Pais do Coronel Antonio Cardoso Amanajás.
Victória Maria da Silva Brabo
2ª G/Filhos/F: Coronel Antonio Cardoso Amanajás, com origem na antiga Freguesia de Santa Anna de Igarapé-Miry (que foi o introdutor do clã dos Amanajás), foi membro da 1ª Cãmara da Villa de Igarapé-Miry (1845-1849,. c/c Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, filha de um senhor de engenho e escravos em Abaeté de nome Antonio José da Silva Brabo, e tiveram filhos, 3ª G/Netos/N: Hygino Antonio Cardoso Amanajás e outros.
3ª G/Netos/N, filhos do Coronel Antonio Cardoso Amanajás
3ª G/N: Hygino Antonio Cardoso Amanajás/HYGINO AMANAJÁS, casou por 3 vezes e teve perto de 20 filhos, 4ª G/Bisnetos/Bn.
O Coronel Hygino Amanajás, nasceu em 15/5/1852 na antiga Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Abaeté, na localidade Rio Maracapucu, era jornalista (um dos fundadores do jornal O Abaeteense e seu diretor por 10 anos e jornalista em Belém/Pa), advogado, escritor (escreveu diversas obras), vogal em Abaeté (1887), procurador de Abaeté, deputado da Assembléia Legislativa por 3 mandatos sucessivos, iniciando no 1º mandato do Governador Lauro Sodré até a proclamação da República, no governo do Dr. João Coelho e o 1º diretor da Imprensa Oficial do Estado por 26 anos (11/6/1891-26/11/1917).
Se Hygino Amanajás/Antonio Hygino Cardoso Amanajás nasceu em 15/6/1852 e a 1ª Câmara da Vila de Santa Anna de igarapé-Miri foi instalada em 1845, isso quer dizer que se trata do Hygino Amanajás, o pai, vereador da 1ª Câmara Municipal dessa Vila e que deve ter nascido por volta de 1812, portanto, contemporâneo dos primeiros Correa de Miranda de Igarapé-Miri dos anos iniciais do 1800.
Genealogia paralela de Victória Maria da Silva Brabo
1ª G/ Pais de Antonio José da Silva Brabo ou avós de Victória M
Genealogia paralela de Victória Maria da Silva Brabo
1ª G/ Pais de Antonio José da Silva Brabo ou avós de Victória Maria
2ª G/Filhos/F: Antonio José da Silva Brabo, dono de engenhos e escravos, casou e teve filhos, 3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo.
3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, c/c o Coronel Antonio Cardoso Amanajás, com origem na antiga Freguesia de Santa Anna de Igarapé-Miri e tiveram filhos, 4ª G/Nisnetos/Bn: Hygino Amanajás e outros.
3ª G/Netos/N: Victória Maria da Silva Brabo, casou uma 2ª vez com o Tenente-Coronel Caripuna e tiveram filhos, 4ª G/Bisnetos/Bn: Victório Antonio, José Fleury, Antonio Francisco Correa Caripuna (o filho) e outros, inclusive a que se tornou esposa de Hygino Amanajás.
Victória Maria da Silva Brabo Amanajás, é citada em 1877, mãe de Hygino Amanajás, citado em 1877, este genro do Tenente-Coronel Caripuna, por que casado com uma das filhas do Tenente-Coronel Caripuna, citado falecido em 1877. Victória Maria da Silva Brabo Amanajás era casada com o Coronel Antonio Cardoso Amanajás (que foi o introdutor do clã Amanajás na antiga Freguesia de Abaeté), com que teve vários filhos, entre os quais o Coronel Hygino Amanajás/Hygino Antonio Cardoso Amanajás.
5ª G/Trinetos/Tn: filhos de Antonio Francico Correa Caripuna (Tenente-Coronel Caripuna) e Maria do Carmo de Castilho
5ª G/Tn/ Francisco Correa Caripuna, c/c sua prima Aurélia, filha de Justo José (irmão do Coronel Caripuna).
5ª G/Tn/ Firmino Correa de Miranda, c/c sua prima Elíbia (filha de Justo José, irmão do Coronel Caripuna).
5ª G/Trinetos/Tn, filhos do Tenente-Coronel Caripuna e Victória Maria da Silva Brabo, citada em 1877:
5ª G/Tn: Victório Antonio Correa Caripuna, citado em 1877.
5ª G;Tn: José Fleury Correa Caripuna, citado em 1877.
5ª G/Tn: Antonio Francico Correa Caripuna (o filho), citado em 1877.
5ª G/Trinetos/Tn, outros filhos do Tenente-Coronel Caripuna (estes filhos eram vivos quando a 2ª esposa do Tenente-Coronel Caripuna, Victória Maria da Silva Brabo, ficou viúva em 1877:
5ª G/Tn; uma filha c/c Hygino Amanajás, este citado em 1877.

Antonia Josephina de Lima, nascida em 1893 e falecida em 1938

FAMÍLIA BRAGA
Os Braga
. ELTON BRAGA, filho de Sócrates Barros e Onésima.
. Paulo Braga
. Paulo Roberto Braga

Os Braga de Abreu
. JOANA BRAGA DE ABREU (vide abaixo)
Família
Dr. LINDOLPHO CAVALCANTE DE ABREU/Dr. Abreu, citação:
Médico sanitarista baiano da cidade de Remanso, humanitário em sua função de médico, inspetor sanitário, pesquisador de doenças tropicais, sífilis e doenças de mulheres e crianças, citado em 1904, fabricante de seus próprios remédios e poções e que trabalhou incansavelmente nos surtos e epidemias de febre amarela, cólera malária, varíola e gripe espanhola (esta em 1918) em Abaeté, visitando e tratando os doentes pobres em suas próprias casas, ajudou o Dr. Evandro Chagas em suas pesquisas da leishimaniose e doenças tropicais em Abaeté, como político escreve o Manifesto Político em favor do Partido Republicano Federal em 1918, foi Intendente Municipal de Abaeté (1922-1926) disputando contra tradicionais nomes de Abaeté e nessa função abriu escolas, conservou jardins, comprou antigo prédio da prefeitura que até então era alugado, lutou pela ampliação dos limites de Abaeté, residente à Rua Siqueira Mendes em 1925, c/c Carlota Braga e tiveram filhos.
Uma citação de 1925 dos tempos do Intendente Municipal Dr. Lindolpho Cavalcante de Abreu:
“Praça Dr. Augusto Montenegro, esquina com a Rua Floriano Peixoto”
. JOANA BRAGA DE ABREU, filha do médico Lindolpho Cavalcante de Abreu (que foi intendente de Abaeté de 1922-1926), casou com o abaeteense Theodomiro Amanajás de Carvalho, este membro da 1ª Comissão para arrecadação de fundos para a construção da nova Igreja de N. S. da Conceição e parente do Professor Basílio de Carvalho.
. JOÃO BRAGA DE ABREU, filho do médico sanitarista Lindolpho Cavalcante de Abreu, nasceu em Remanso/Ba em 12/2/1886 e veio para o Pará em 1896, ficou morando com seus pais em Belém e veio com a família para Abaeté em 1911, orador do Clube Lauro Sodré em 1914 e que tinha como presidente Domingos de Carvalho, foi um dos fundadores do jornal “A Evolução” e também o seu redator.
Citações, em maio de 1914:
O Clube Lauro Sodré, tinha como orador João Braga de Abreu, filho de Lindolpho Abreu, foi um dos fundadores do jornal “A Evolução” e também o seu redator. O presidente do Clube Lauro Sodré era Domingos de Carvalho”.
Dr. Lindolpho Cavalcante de Abreu/Dr. Abreu
Uma citação de 1925 dos tempos do Intendente Municipal Dr. Lindolpho Cavalcante de Abreu:
“Praça Dr. Augusto Montenegro, esquina com a Rua Floriano Peixoto”.
. Carlota Braga
Uma citação de 1925 dos tempos do Intendente Municipal Dr. Lindolpho Cavalcante de Abreu:
“Praça Dr. Augusto Montenegro, esquina com a Rua Floriano Peixoto”
Citações, em maio de 1914:
LIndolpho Cavalcante de Abreu foi um médico baiano, que veio para Abaeté, e que se tornou um dos colaboradores da Comissão de Estudos de Leishmaniose Visceral Americana, sob a coordenação do Dr. Evandro Chagas. Evandro Chagas chega com sua equipe ao Pará em 1936 e instala-se na localidade Piratuba, município de Abaeté, ficando embrenhado nas matas dessa localidade até 1938, fazendo suas pesquisas médicas.
O Dr. Abreu, como era conhecido, tornou-se Intendente Municipal de Abaeté no período de 1922 a 1926.

Os Braga Nobre
. Doraci Braga Nobre, citada em 1944 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

As Outras Famílias e os Braga
Os dos Anjos Braga
. MARIA DOS ANJOS BRAGA, citada em 1961.

FAMÍLIA BRAGANÇA
Os Bragança
. Conceição Bragança, foi professora universitária no Campus do Baixo Tocantins, em Abaetetuba.
FAMÍLIA BRANCO
Os Monteiro Branco
. Walter Antonio Monteiro Branco, citado em 1961 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Castelo Branco
. Oscar Castelo Branco, citado em 1953 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BRANDÃO
Os Brandão Ferreira
Paulino Brandão Ferreira.

Os Brandão Pimentel
FAMÍLIA BRANDÃO
. JOSÉ BRANDÃO PIMENTEL, era membro da Irmandade de São Sebastião em 1908, em Abaeté.
Vide Irmandade S. Sebastião acima
Os Lopes Brandão
• Miquilino José Lopes Brandão, presente na instalação da Cidade de Abaeté em 15/8/1895.
Os Rodrigues Brandão
. Dr. José Manoel Rodrigues Brandão, médico ginecologista e obstreta com consultório médico há longos anos em Abaetetuba, casado e com filhos.

FAMÍLIA BRÁS
Os Brás
• Brás, carpinteiro naval em Abaeté.

FAMÍLIA BRASIL
Os Brasil
. Jorge Brasil, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
. Maria Nazareth Brasil, citada em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através da profa. Laura dos Santos Ribeiro.
. Maria Telma Brasil, citada em 2012.

Os Brasil Sampaio
. Maria Brazil Sampaio, citado em 1922 em Abaeté.

Os Franclin Brasil
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
. Pedro Franklin Brasil, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.

Os S. Brasil
. Raimundo S. S. Brasil, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso.
. Vitorina S. Brasil, citado em 1947, 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso.
Os Sousa Brasil
. Vitorina Sousa Brasil, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Zaíde Cardoso.

FAMÍLIA BRILHANTE
Os P. Brilhante
. Dagoberto P. Brilhante, citado em 2013, casado e com filhos: Thaissa, Thaie e outros?
Thaissa Machado Pereira, nascida em 10/2014, é advogada

FAMÍLIA BRITO
Os Brito
. Francisco Alexandre Brito, citado em 1951 como contribuinte de dádivas e promessas da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
. Henrique Brito
• Jacila Brito, c/c Carlos de Araujo Lureiro e tiveram 5 filhos.
. Laurentino Brito, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. . Mary Lea Brito, citada em 2014
. Niza Brito, citada em 1953 como contribuinte e da comissão dos Industriais na festa de N; S. da Conceição.
. Raimundo Brito
. Raimundo Brito Filho, citado em 1946 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os de Brito
. Antonio de Brito, citado em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.
. Severina de Brito citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.

Os Brito Dias
. Ana Maria Brito Dias, citada na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Brito Ribeiro
. Aristides Brito Ribeiro, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.

Os Brito Sampaio
. Guiomar Brito Sampaio, casada, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.

Os Brito dos Santos
. Severino Brito dos Santos citado em 1942 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Laura dos Santos Ribeiro.

Os Brito da Silva
. Benedita Brito da Silva, nascida em 15/01/1943, casada em 02/1962, citada em 2017.

Família
. Bebé Brito
. HIPÓLITO CORDEIRO DE BRITO, comerciante regatão, citado em 1946 e 1953 como contribuinte através de Carmosina Jaques Pinheiro e 1961 como Juiz da Festa de N. S. da Conceição, casado e com filhos: Luciane Vinente de Brito e outros.

. Luciane Vinente de Brito, filha de Hipólito Cordeiro de Brito e gostaria muito que vc me ajude a conhecer um pouco sobre a história da família Brito, sei que ele é conhecido em Abaetetuba. Gostaria de saber nome dos outros filhos dele, para eu possa entrar em contato c/ eles.
. Tibúrcio Cordeiro de Brito, já falecido, citado em 1962 como membro da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba/PA.
Observação: uma vertente da família Brito eram da localidade Rio Tauerá de Beja e eram comerciantes e carpinteiros navais (construtores de barcos em madeira).

As outras famílias e os Brito
Os Barreto de Brito
. Joana Barreto de Brito, citada em 1961.

Os Cordeiro de Brito
. Liberalina Cordeiro de Brito, citada em 1961 como juiza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Lucimar Cordeiro de Brito, professoranda e catequista concluinte da escola INSA em 16/12/1962.
. Raimundo Cordeiro de Brito, juiz da festa de N. S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.

Os Duarte Brito
. Gondelino Duarte Brito, citado em 1953 e 1961 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Figueiredo Brito
. Eliane de Figueiredo Brito

Os Ferreira Brito
. Rosa Ferreira Brito, casada, citada em 1953 como contribuinte da da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os Ferreira de Brito
• Luiza Ferreira de Brito, citada em 1944.

Os Pereira de Brito
. Rosa Pereira Brito, casada, citada em 1946, 1950, 1951 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através da diretoria.
. Rosinha Pereira de Brito, citada em 1951 como contribuinte de dádivas e promessas da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

Os S. Brito
. Isabel S. Brito, citada em 1947 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Santos Brito
Os Sanches de Brito
Isabel Sanches de Brito, citada em 1941 como contribuinte e 1961 como mordoma da Festa de N. S. da Conceição.

Os Santos Brito
. Isabel dos Santos Brito, citada em 1946 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

FAMÍLIA BRONZE
. Silvino Bronze, citado em 1947 como contribuinte de dádivas e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
• Silvino da Silva Bronze, citado em 1944.

FAMÍLIA BUERIS
. Dr. Mário Bueris, diretor do antigo Departamento de Estradas de Rodagens-DER, citado em 1961 como juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba/PA.


~~~~~~~~~~~~~~~~

LOCALIDADES
. Barbosa e Cia, comerciantes citados em 1922
Os Barreto Rodrigues
. Antonio Rodrigues Barreto, foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.

. Manoel Barreto Rodrigues, ,foi colaborador da festa de Nossa S. da Conceição em 1961, em Abaetetuba.

FAMÍLIA BARROS
Os Pinho Barros
. José Pinho Barros, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Esmerino Batista.

FAMÍLIA BATISTA
. Aluizio Batista, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Esmerino Batista.
. Esmerino Batista, citado em 1947 como contribuinte e auxiliar da diretoria para distribuição de convite, cartas, programas e arrecadação de óbulos, dádivas e promessas, donativos e contribuições dos fiéis da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Lauro Batista, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Esmerino Batista
~~~~~~~~~~
juveniano pinheiro
Os B. Oliveira Pinheiro
Alcides B. Oliveira Pinheiro, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Juveniano Pinheiro.
juveniano pinheiro
Os Baía
. Teodicea Baía, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Juveniano Pinheiro.
Os Baía da Costa
. Maria Baía da Costa, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Juveniano Pinheiro.
Os Batista
. Antonio Batista, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Juveniano Pinheiro.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
alaci
Os C. Barreto
. Raimundo C. Barreto, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correia. alaci Família Bernardo . Bernardo . Bernardo Filho, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correia.

FAMÍLIA BATISTA
Alaci
. Pedro Batista, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correia.
. Sebastião Batista, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correia.
Os Batista Costa
. Raimunda Batista Costa, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correa.
Os Batista da Costa
. Raimunda Batista da Costa, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correa.
Os Martins Batista
. Raimunda Martins Batista, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correia.
alaci
Os M. Brito
. Antonio M. Brito, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Alaci da Silva Correia.
~~~~~~~~~~
afonso caetano dos santos
Os F. Batista
. Luiza F. Batista, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Afonso Caetano dos Santos.
Os T. Batista
. Aloísio T. Batista, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Afonso Caetano dos Santos.
. Esmerino T. Batista, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Afonso Caetano dos Santos.

Quianduba
FAMÍLIA COSTA
Os Costa Rodrigues
. Engenho Santa Maria, que também pertenceu a Miguel da Costa Rodrigues no Rio Quianduba

~~~~~~~~~~
justo vilhena

FAMÍLIA BITENCOURT
Os Bitencourt
. Florzinha Bitencourt, citado em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Justo Vilhena.
. Secundino Bitencourt, citada em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Justo Vilhena.
Os Bitencourt Vilhena
. Francisco Bitencourt Vilhena, citado em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Justo Vilhena.
. Henrique Bitencourt Vilhena, citado em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Justo Vilhena.

FAMÍLIA BRITO
Os de Brito
. Antonio de Brito, citado em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Justo Vilhena.
. Januário Antonio de Brito, citado em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Justo Vilhena.
. Severino de Brito, citado em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Justo Vilhena.

teodomiro augusto da costa
FAMÍLIA BENEDITA
Os Benedita
. Maria Benedita, citada em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Teodomiro Augusto da Costa.
aristides de alcântara - arapiranga


ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
FAMÍLIAS B
Os B
Os B. Barbosa
. Sabina B. Barbosa, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os B. de Brito
Joana B. Brito, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Os B. Carneiro
. Manoel B. Carneiro, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Os B. da Costa
. Juvêncio B. da Costa, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
. Manoel B. da Costa, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Os B. Farias
. Celestina B. Farias, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os B. Ferreira
. Agostinha B. Ferreira, citada em 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os B. Filho
. Raimundo B. Filho, citada em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os B. Fontes
. Maurícia B. Fontes, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
Os B. Lima
. Maria B. Lima, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima e Manoel Cardoso da Silva.
Os B. de Moraes
. João B. de Moraes, citado em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Eliziário Damásio Rodrigues.
Os B. Nunes
. Alexandrina B. Nunes, citada em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Eliziário Damásio Rodrigues.
Os B. Palheta
. Ângelo B. Palheta, citada em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os B. Pontes
. Brasolino B. Pontes, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
Os B de Santana
. Maria B. de Santana, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Os B. dos Santos
. Andréia B. dos Santos, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os B. da Silva
. Benedita B. da Silva, citada em 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Maria B. da Silva, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
FAMÍLIA BAÍA
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os Baía
. Maria Bahia, citada em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
. Maria da Conceição Bahia, citada na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Maria do Socorro Bahia, citada na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Miguel Bahia, citado em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
Milício Baía, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Os Baía e as outras família
Os Baía Dias
. Maria Bahia Dias, citada em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
Os Baía dos Santos
Prof. Raimundo Baia dos Santos
É Licenciado e Bacharel em História e pós-graduado em História, residente na Colônia Velha.

ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
As outras famílias e os Baía
Os C. Bahia
. Maria C. Bahia, citada em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
Os Cardoso Bahia
. Maria Leontina Cardoso Bahia, citada na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Maria de Lourdes Cardoso Bahia, citada em 1953 na localidade Rio Curuperé como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os Cruz Baía
• Antonio da Cruz Baía, origem na localidade Rio Camotim, citado em 1944.
Os E.S. Baía
. Miguel E.S. Baía, citado em 1941 na localidade Colônia Dr. João Miranda como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os Ferreira Baía
. Clodomir Venâncio Ferreira Bahia, citado na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os Lima Bahia
. Clodoaldo Lima Bahía . Clodoaldo Lima Bahia citado na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os Rodrigues Baía
. Maria Rodrigues Baía, citada em 1941, 1947 na localidade Colônia Dr. João Miranda como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
FAMÍLIA BALTAZAR
Os Baltazar
. Américo Baltazar, citado em 1941 na localidade Colônia Dr. João Miranda como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA FAMÍLIA BARRETO
Os Barreto
. Adélia Barreto, citada em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Alexandre Barreto citado em 1946 através de José Lima e Manoel Cardoso da Silva e 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
. Alexandre Barreto, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
. Anna Barreto Barreto, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
. Benedito Barreto, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. . Damiana Barreto, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. . Sebastiana Barreto, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
• Irineu Barreto, origem na localidade Bacuri do Curuperé, citada em 1944.
. Irineu Barreto, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. . Jesuína Barreto, citada em em 1946 através de José Lima e Manoel Cardoso da Silva e 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
. João Barreto, citado em 1946 através de José Lima e Manoel Cardoso da Silva e 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
. Maria Barreto, citada em 1946, através de José Lima e Manoel Cardoso da Silva, e 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
. Miquelina Maria Barreto, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Nircio Barreto, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Raymundo Barreto, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. . Raimundo Barreto, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
. Sinforosa Barreto, citada em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
• Tomé Barreto, origem na localidade Bacuri do Curuperé, citado em 1944.
Os Barreto Brito
. Domingos Barreto Cardoso, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Raimundo Barreto, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
Os Barreto de Brito
Joana Barreto de Brito, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima e Manoel Cardoso da Silva.
Os Barreto Cardoso
. Antonio Barreto Cardoso, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
Os Barreto Farias
. Antonia Barreto Farias, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
. Antonio Barreto Farias citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena..
Os Barreto Menezes
. Ana Barreto Menezes, citada em 1942, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Euclides Barreto Menezes, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os Barreto da Silva
. Ana Barreto da Silva, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os A. Barreto
. Miquelina A. Barreto, citada em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os Cardoso Barreto
. João Cardoso Barreto, citado na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Thiago Cardoso Barreto, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os G. Barreto
. Isabel G. Barreto, citada em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os Gomes Barreto
. Maria Gomes Barreto, citada em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os L. Barreto
. Antonio de L. Barreto, citado em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
Os Lima Barreto
. Antonia Lima Barreto, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os S. Barreto
. Benedita S. Barreto, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Benedito S. Barreto, citado em 1947 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Irineu S. Barreto, citado em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Irene S. Barreto, citada em 1947 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Miguel S. Barreto, citado em 1947 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Raimundo S. Barreto, citado em 1947, 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Raimundo S. Barreto, citado junto com Romualda dos Santos Rodrigues, na localidade Rio Curuperé em 1961.
. Raimundo S. Barreto, citado na localidade Rio Curuperé em 1942, 1950, 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os Santos Barreto
. Benedito dos Santos Barreto, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Silva Barreto
. Benedito Silva Barreto, origem na localidade Rio Curuperé, citado em 1961.
Os Soares Barreto
. Irineu Soares Barreto, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os Viégas Barreto
• Ana Viégas Barreto, origem na localidade Bacuri do Curuperé, citada em 1944. ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA FAMÍLIA BARROS
Os Barros
. Braulino Barros, citado em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
. Honorita Barros, citada em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
. Maria Barros, citada em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
Os de Barros
. Damásia Barros, citada em 1941 na localidade Colônia Dr. João Miranda como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
. Deusdete de Barros, citado em 1941 na localidade Colônia Dr. João Miranda como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
. Jacyra Yerecê de Barros, citada em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
. Laércio de Barros, citado em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite
. Maria de Barros, citado em 1941 na localidade Colônia Dr. João Miranda como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
. Lina Neusa de Barros, citada em 1941 na localidade Colônia Dr. João Miranda como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
. Zacarias de Barros, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Lete.
Os Barros Batista
. Belina Barros Baptista, com origem em Abaetetuba, morou na localidade Ipixuna, em Abaetetuba, casada e com filhos: Manoel, Inez e outros.
. Inêz Batista, citada em 2012.
. Manoel Barros Batista, nascido em Belém, citado em 2012.
Os Barros Pereira
. Enéas Barros Pereira, citado em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os Lima Barros
• Alberto de Lima Barros, citado em 1944.
• Dulcinéa de Lima Barros, citada em 1944. Os Miranda de Barros
• França de Miranda Barros, citada em documento de 1944.
• Francelina M. Barros, citada em 1944.
Os Pereira de Barros
• Joana Pereira de Barros, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944.
. Liberata Pereira Barros, citada em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
. Raimunda Pereira de Barros, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Amanajás Rodrigues.
. Raimundo Pereira de Barros, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
Os Trindade Barros
• Maria da Trindade Barros, origem da localidade Rio Camotim, citado em 1944. ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA

FAMÍLIA BASTOS
Os Bastos
. Raimunda Bastos, citada em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Eliziário Damásio Rodrigues.
Os Bastos de Lima . João Bastos de Lima, citado em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
FAMÍLIA BATISTA
Os Batista
. Joana Batista, citada em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
Os Batista de Moraes
. Alexandrino Batista N., citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Batista N
. Manoel B. Martins, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Batista Palheta
. Luzia Batista Palheta citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena..
Os Batista Pinheiro
. João Batista Pinheiro, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Elisiário Damásio Rodrigues.
. José Batista Pinheiro, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Elisiário Damásio Rodrigues.
Os Batista da Silva
. João Batista da Silva, citado em 1942, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Família
Os Barros Batista
. Belina Barros Baptista, com origem em Abaetetuba, morou na localidade Ipixuna, em Abaetetuba, casada e com filhos: Manoel, Inez e outros.
. Inêz Batista, citada em 2012.
. Manoel Barros Batista, nascido em Belém, citado em 2012.
Os Santos Batista
. Maria dos Santos Batista, citado na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Maria dos Santos Batista, origem na localidade Rio Curuperé, citada em 1961.
Os Silva Batista
. Quitéria Silva Batista, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Elisiário Damásio Rodrigues.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
FAMÍLIA BECHIR
. Matilde Bechir, citado em 1940, 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
• Matilde Bechir, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944.
FAMÍLIA BENEDITA
. Maria Benedita, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
FAMÍLIA BENEDITO
. Raimundo Benedito, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA FAMÍLIA BITENCOURT
Os Bitencourt
. Inair Bittencourt, citada em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
. José Bittencourt, citado em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
. Raimundo Bitencourt, citado em 1946 através de José Lima e Manoel Cardoso da Silva e 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Os Lima Bitencourt
• Firmo de Lima Bitencourt, comerciante, c/c Benedita Silva e tiveram filhos.
Os de Matos Bitencourt
João de Matos Bitencourt
Em 1927 há a seguinte citação:
“O Clube Musical São Sebastião abrilhantou a festa de Santa Maria no Rio Abaeté, na residência do Sr. João de Matos Bitencourt de 3 a 14 de agosto”.
Os Sousa Bitencourt
• Adriano de Souza Bittencourt com comércio no Rio Camotim em 1931.
FAMÍLIA BOTELHO
. Raimunda Maciel Botelho, citada em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Elisiário Damásio Rodrigues.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
FAMÍLIA BRASIL
Os Brasil Fortes
. Brasilina Brasil Fortes citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
. Maurícia Brasil Fortes citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
. Raimundo Brasil Fortes citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena.
Os Franklim Brasil
. Pedro Franklim Brasil citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Vilhena..
Os Sousa Brasil
. Raimundo Sebastião Sousa Brasil, citado na localidade Rio Curuperé em 1961 na festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Vitorina de Sousa Brasil, citada na localidade Rio Curuperé em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
FAMÍLIA BRITO
Os Brito
. Antonio Brito, citado em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Júlia Leite.
. Vespasiano Brito, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Prudente Ribeiro de Araujo.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os de Brito
. Basílio de Brito, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
. Raimunda de Brito, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima e Manoel Cardoso da Silva.
• Teodora Maria de Brito, origem na localidade Rio Abaeté, citada em 1944.
Os B. de Brito
. Joana B. de Brito, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Os Brito de Lima
. Manoel Brito de Lima, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Os Brito dos Santos
. Raimundo Brito dos Santos citada em 1942 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os Barreto de Brito
. Joana Barreto de Brito, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima e Manoel Cardoso da Silva.
Os Ferreira Brito
. Delci Ferreira Brito, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Os Marques de Brito
• Raimunda Marques de Brito, origem na localidade Rio Camotim, citada em 1944. ABAETÉ/AFLUENTES/COLÔNIA
Os Santos Brito
. Raimunda dos Santos Brito, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Os Siqueira de Brito
. Maria Siqueira de Brito citada em 1942, 1944 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
Os Sousa Brito
. Joaquim Sousa Brito citada em 1942 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Lima.
. Mariléa Sousa Brito, origem no Rio Abaeté, citada em 1961.


ACARAQUI/BELCHIOR/SIRITUBA/TABATINGA
Os B. Cardoso
. Lourença B. Cardoso, citada em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Raimundo Silvino.
Os B. Santos
. Oladir B. dos Santos, citado em 1942 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Raimundo Silvino.
Os B. Silva
. Manoel B. Silva, citado em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Raimundo Silvino.
. Matilde B. Silva, citada em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Raimundo Silvino.
FAMÍLIA BAILÃO
Os Bailão
. Francisco Bailão, citado na localidade Rio Acaraqui em 1953 e 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Loureiro Maués.

FAMÍLIA BITENCOURT
Os Bitencourt
. Matilde Bitencourt, citado em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Raimundo Silvino.
. Manoel Bitencourt, citado em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Raimundo Silvino.
• Miguel Bitencourt, origem na localidade Rio Acaraqui, citado em 1944.
• Sebastião Bitencourt, origem na localidade Rio Acaraqui, citado em 1944. Família
. Benedito Bittencourt/Bena, filho de Beni Bittencourt, com origem na localidade Rio Belchior, em Abaetetuba, é professor em Belém.
. Beni Bittencourt, com origem na localidade Rio Belchior, casado e com filhos: Benedito/Bena e Osvaldo Bittencourt.
. Osvaldo Bittencourt, com origem na localidade Rio Belchior, filho de Beni Bittencourt, antigo comerciante em Abaetetuba.
Os B. Araujo
. Ruth B. Araujo, citado em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Raimundo Silvino.
Os Bitencourt Silva
. Matilde Bittencourt Silva, citada em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Raimundo Silvino.


AJUAÍ/AJUAIZINHO
FAMÍLIAS B
Os B
Os B. Faria
. Rita B. Farias, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Juveniana Pinheiro.
Os B. Nunes
. Maria B. Nunes, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Juveniana Pinheiro.
Os B. Oliveira
Aciolis B. Oliveira, citado em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Juveniana Pinheiro.
Os B. Ribeiro
Aristides B. Ribeiro, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Juveniana Pinheiro.
Os B. de Sarges
. Maria B. de Sarges, citada em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Juveniana Pinheiro.
FAMÍLIA BAILÃO
Os Bailão
. Frederico Bailão, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Juveniana Pinheiro.

FAMÍLIA BASTOS
Os Maués Bastos
. Manoel Maués Bastos, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Juveniana Pinheiro.
FAMÍLIA BATISTA
. Antonio Batista, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Juveniana Pinheiro.
FAMÍLIA BRABO
Os S. Brabo
. Esotina do S. Brabo, citada em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Juveniana Pinheiro.
FAMÍLIA BRITO
Os Santana Brito
. Maria Sanatana Brito, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Juveniana Pinheiro. Os Brito Melo . Vicência Brito Melo, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

ARAPIRANGA/URAENGA
FAMÍLIA BAÍA
Os Baía da Silva
. Nantilde Baía da Silva, citado em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Mitirito Cardoso.
Os Brito Baía
. João Brito Baía, citado em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Mitirito Cardoso.
Os Carvalho Baía
. Odir de Carvalho Baía, citado em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Mitirito Cardoso.

FAMÍLIA BALIEIRO
. Antonio Balieiro, citado em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Mitirito Cardoso.

FAMÍLIA BATISTA
Os S. Batista
. Estefânia S. Batista, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Mitirito Cardoso.
Os Sousa Batista
. Orfila Sousa Batista, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Mitirito Cardoso.

FAMÍLIA BRITO
Os Ferreira Brito
. Manoel Ferreira Brito, citada em 1953 como contribuinte e representante da comissão do leilão da zona do Uraenga, Beja, Arapiranga e Guajará de Beja da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba.

ARUMANDUBA/SARAPUQUARA/GUAJARÁZINHO
Rio Arumanduba
É um afluente do Rio Maratauhyra e divide-se em Arumanduba Grande e Arumanduba da Zona das Estradas, com o Ramal do Arumanduba, na Colônia Velha. As famílias residentes no Arumanduba passam de 500 famílias e a população do Quianduba tem sua origem a partir dos antigos colonizadores portugueses e imigrantes cearenses, estes chegados a partir do fim do século 19 e início do século 20.
Abriga a Comunidade Nossa Senhora da Paz, uma secretaria da Colônia de Pescadores Z-14 e uma Delegacia Sindical do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Abaetetuba.
A Banda de Música do Arumanduba e a Banda Henrique Gurjão, em 1905, estiveram tocando no batizado do filho do Sr. Olinto Rocha, o pequeno Santino, sendo padrinhos o Major Honório Roberto Maués e Dona Hildebrandina Maués.
A família Barreto do Arumanduba forneceu grandes mestres carpinteiros navais e marceneiros de Abaeté.
Os B
Os B. Rodrigues
. João B. Rodrigus, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.

ARUMANDUBA/SARAPUQUARA/GUAJARAZINHO
FAMÍLIA BAÍA
Família
Os André Baía
. Esmerina André Baía e Hilarinho Baía, moram em Abaetetuba/Pa e têm 4 filhos: Maria Raimunda, Merlindo, Miguilito e Odivaldo André Baia.
Os Brabo André
. Heitor Margalho André/Branco, nasceu em 19/1/1934, ainda era vivo em 1994 e com a esposa já falecida, com que teve 3 filhos e mudaram para a cidade de Abaetetuba. Heitor Margalho André em 31/3/1993, forneceu os seguintes dados: é pintor e é irmão de Maria Benta Margalho Moraes, é filho de Januário Ferreira André e Jardelina de Nazaré Margalho, esta nascida em 8/9/1908. Heitor casou com Otília Gonçalves Brabo, esta nascida em 19/1/1934 e que foi batizada pelo Padre Ignácio Magalhães, conforme lv. 28, fls. 97, nº 924 da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em 3/12/1934.
Os Rodrigues André
São filhos de Heitor e Otília: Maria Rodrigues André, que nasceu em 23/7/1957, falecida pequena; Manoel, que nasceu em 27/8/1958, falecido pequeno; Maria da Conceição, que nasceu em 4/12/1959, falecida pequena; Maria Auxiliador, nascida em 5/1/1961, falecida pequena; Maria do Socorro, nascida em 15/61963, casada; Manoel do Livramento, nascido em 30/12/1967; Maria Gonçalves, nascida em 13/5/1969, falecida pequena; Manoel, nascido em 15/4/1972, falecido pequeno e Maria de Nazaré, nascida em 8/4/1973, falecida pequena. Heitor, questionado sobre o porque de tantos filhos nascidos e falecidos pequenos, explicou da falta de condições financeiras e serviços médicos na localidade.
Família
Os Baía Ferreira
. Agripino Ferreira casou com Raimunda Gomes e tiveram 3 filhos: Miguel, Maria e Antonio Gomes Ferreira/Suraca
. Miguel Gomes Ferreira
. Maria Gomes Ferreira
. Antonio Gomes Ferreira/Suraca, nascido a 25/4/1902 na localidade Rio Arumanduba, casou com Vita Ferreira Baia, esta nascida a 24/61908 na localidade Rio Paramajó e tiveram 9 filhos: Maria Raimunda, Aládio, Maria da Conceição, Sandoval, Nazaré João, José, Expedito e Antonio Baia Ferreira.
. Maria Raimunda Baia Ferreira
. Aládio Baia Ferreira
. Maria da Conceição Baia Ferreira
. Sandoval Baia Ferreira
. Nazaré Baia Ferreira
. João Baia Ferreira
. José Baia Ferreira
. Expedito Baia Ferreira
. Antonio Baia Ferreira
Família
Os Ferreira Baía
Pais de Vita Ferreira Baia, com filhos: Vita, Hilário, Joana, Pedro, Didi, Nicota e Aladica Ferreira Baia
. Vita Ferreira Baia
. Hilário Ferreira Baia
. Joana Ferreira Baia
. Pedro Ferreira Baia
. Didi Ferreira Baia
. Nicota Ferreira Baia
. Aladica Ferreira Baia.
Os André Baía
Esmerina André Baía
. Esmerina Margalho André, filha de Januário Ferreira André, c/c Hilarinho Baía, moram em Abaetetuba e têm 4 filhos: Maria Raimunda, Merlindo, Miguilito e . . Odivaldo André Baia. Esmerina André Baía e Hilarinho Baía, moram em Abaetetuba/Pa e têm 4 filhos: Maria Raimunda, Merlindo, Miguilito e Odivaldo André Baia.

ARUMANDUBA/SARAPUQUARA/GUAJARAZINHO
FAMÍLIA BARRETO
Mestres Carpinteiros e Marceneiros da Família Barreto
A família Barreto do Arumanduba forneceu grandes mestres carpinteiros navais e marceneiros de Abaeté: como os mestres: Miguel, Rosa, João, Bráulio Barreto e seus respectivos filhos e netos.
Além desses mestres carpinteiros e marceneiros acima, são da localidade Arumanduba muitos outros carpinteiros navais no Arumanduba.

ARUMANDUBA/SARAPUQUARA/GUAJARAZINHO
'FAMÍLIA BARRETO
Os Barreto
. Braulino Barreto, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho. . Estácio Barreto, citado em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Magno Barreto, citado em 1941, 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Norberto Barreto, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Orêncio Barreto, citado em 1946, 1950, 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Raul Barreto, citado em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Renato Barreto, citado em 1939, 1941, 11946, 947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Rosa Barreto, citado em 1941, 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Rosa de Sarges Barreto, citado em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Barbosa.
. Rosalina Barreto, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Rosalino Barreto, citado em 1939 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Saul Barreto, citado em 1939, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Silvino Barreto, citado em 1939, 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Vitor Barreto, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.

ARUMANDUBA/SARAPUQUARA/GUAJARÁZINHO
Os Sarges Barreto
. Rosa Sarges Barreto, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
Os Barreto
Família
Rosa Barreto
Casada e com filhos: Januário Barreto e outros
Januário Barreto, carpinteiro naval, casado e com filhos: Carmito Silva Barreto, João do Carmo, Ramito e Lucivan.
Antonia Barreto, mãe da sogra de Maria da Paixão.
Casada e com filhos
Carmito da Silva Barreto
Carpinteiro naval, casado com Maria da Paixão Cruz Barreto e com filhos
João do Carmo Silva Barretio, filho de Januário Barreto
Ramito Silva Barreto, filho de Januário Barreto
Márcio Barreto, parente de Marciano Barreto
Marciano Barreto, parente de Márcio Barreto
Rosa Barreto, carpinteiro naval
João Barreto, carpinteiro naval
Bráulio Barreto, carpinteiro naval
Miguel Barreto
Carpinteiro naval, é primo de Carmito Silva Barreto. Miguel Barreto se mudou para a cidade de Abaetetuba e se tornou especialista na construção de barcos de passeio para turistas e endinheirados da região.
Donato Barreto, carpinteiro naval
Os Cruz Barreto
Maria da Paixão Cruz Barreto
É casada com Carmito da Silva Barreto e com filhos
Miguel Barreto é primo do Marido de Maria da Paixão Cruz Barreto (Carmito Silva Barreto).
. Bráulio Barreto e seus respectivos filhos e netos.

ARUMANDUBA/SARAPUQUARA/GUAJARAZINHO
Os Barreto e as Outras Famílias
Os Barreto Rodrigues
. Manoel Barreto Rodrigues
Citado em 1961 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Rodrigues Barreto
. Antonio Rodrigues Barreto
Citado em 1961 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Silva Barreto
João do Carmo Silva Barreto
Ramito Silva Barreto
Lucivan da Silva Barreto, é filho e Januário Barreto

ARUMANDUBA/SARAPUQUARA/GUAJARAZINHO
FAMÍLIA BARROS
Os Barros
. Anísio Barros, citado em 1950, 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição através de Emercindo Maués.
FAMÍLIA BATISTA
Os Batista Rodrigues
. João Baptista Rodrigues, comerciante, marceneiro, carpinteiro e carpinteiro naval e um dos patriarcas da família Rodrigues do Rio Arumanduba, citado em 1931, 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
FAMÍLIA BELO
. Joana Belo, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho. . Manoel Belo, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.

ARUMANDUBA/SARAPUQUARA/GUAJARAZINHO
FAMÍLIA BICHO
Os Bicho da Costa
Sebastião Bicho da Costa
É citado em documentos de 1925 e 1926. 3ª geração, filhos João Nepomuceno de Pontes e Benvinda de Lima:
Domingas de Lima Pontes: nascida em 13.08.1903, ficou viúva e faleceu em 04.07.1989 com 86 anos, em Belém-Pa. Casou com Sebastião Bicho da Costa e tiveram 7 filhos: Gertrudes Gegé), João Francisco (falecido), Maria Tereza Mariinha), Sebastiana (Sinhá), Rosilda (Rosa Palmeirão), Miguel Miguilito) e Terezinha Pontes da Costa (Zinha).
4ª geração, filhos de Domingas e Sebastião
Gertrudes Pontes da Costa (Gegé), casada com Aladino Rodrigues Ferreira (Duca Aladino ou Duca da Gegé) e tiveram 14 filhos: Alba (falecida), Alofila (Lola), Maria Luzia (Marilu), Aleixo Brasil, José Maria, João Bosco, Aládio, Aladino, Linomar do Espírito Santo (Lino), Terezinha (falecida), Mario Natalino, Telda, Armando e Williames (falecido).

ARUMANDUBA/SARAPUQUARA/GUAJARAZINHO
FAMÍLIA BIGU
. Raimundo Bigu dos Santos, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
FAMÍLIA BITENCOURT
Os Bitencourt
. Antonio Bittencourt, citado em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição através de Dulcinda Carvalho. Os F. Bittencourt . Isaura F. Bittencourt, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
FAMÍLIA BRABO
Os Brabo André
Otília Gonçalves Brabo
Vínculos da Família Brabo com os Margalho, André e outras famílias
Heitor Margalho André/Branco
Nasceu em 19/1/1934, ainda era vivo em 1994 e com a esposa Otília Gonçalves Brabo, esta nascida em 19/1/1934 e que foi batizada pelo Padre Ignácio Magalhães, conforme lv. 28, fls. 97, nº 924 da Paróquia de Nossa S. da Conceição, em 3/12/1934, e Otília já é falecida, com Heitor que teve 3 filhos e mudaram para a cidade de Abaetetuba. Heitor Margalho André em 31/3/1993, forneceu os seguintes dados: é pintor e é irmão de Maria Benta Margalho Moraes, é filho de Januário Ferreira André e Jardelina de Nazaré Margalho, esta nascida em 8/9/1908.
São filhos de Heitor e Otília:
Maria Rodrigues André, que nasceu em 23/7/1957, falecida pequena; Manoel, que nasceu em 27/8/1958, falecido pequeno; Maria da Conceição, que nasceu em 4/12/1959, falecida pequena; Maria Auxiliador, nascida em 5/1/1961, falecida pequena; Maria do Socorro, nascida em 15/6/1963, casada; Manoel do Livramento, nascido em 30/12/1967; Maria Gonçalves, nascida em 13/5/1969, falecida pequena; Manoel, nascido em 15/4/1972, falecido pequeno e Maria de Nazaré, nascida em 8/4/1973, falecida pequena. Heitor, questionado sobre o porque de tantos filhos nascidos e falecidos pequenos, explicou da falta de condições financeiras e sem serviços médicos na localidade.


ARUMANDUBA/SARAPUQUARA/GUAJARAZINHO
FAMÍLIA BRAGA
Os Rodrigues Braga
. Manoel Rodrigues Braga, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.
FAMÍLIA BRAZ
. Miguel Braz da Silva, citado em 1942, 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
FAMÍLIA BRITO
Os de Brito
. Francisco Alexandre de Brito, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
. Francisco Alexandre de Brito, citada na localidade Rio Arumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

CAMPOMPEMA
FAMÍLIA BITENCOURT
Os Cardoso Bitencourt
. Raimundo Cardoso Bittencourt, origem na localidade Rio Campompema, citado em 1961. . Raimundo Cardoso Bittencourt, origem na localidade Rio Campompema, citado em 1961 como colaborador da festa de N. S. da Conceição.
Os R. Bitencourt
. Brasiliano R. Bitrencourt, origem na localidade Campompema, citado em 1961.
. Brasiliano R. Bittencourt, origem na localidade rio Campompema, citado em 1961 como colaborador da festa de N. S. da conceição em Abaetetuba.
. Henrique R. Bittencourt, origem na localidade rio Campompema, citado como colaborador da festa de N. S. da Conceição.
. Miguel R. Bittencourt, origem na localidade Rio Campompema, citado em 1961 como colaborador da festa de N. S. da Conceição.
Os S. Bitencourt
. José Adnaldo S. Bittencourt, origem na localidade Rio Campompema, citado em 1961 como colaborador na festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Santos Bitencourt
. José Adnaldo Santos Bittencourt, origem na localidade Campompema, citado em 1961.

CAPIM
FAMÍLIAS B
Os B. Carvalho
. Raimundo B. Carvalho, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Nabor Sousa de Azevedo.
Os B. Dias
. João B. Dias, citada em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Nabor Sousa de Azevedo.
Os B. Ribeiro
. Antonio B. Ribeiro, citada em 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. através de Nabor Sousa de Azevedo.
Os B. Rodrigues
. Antonio B. Rodrigues, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Nabor Sousa de Azevedo.
Os B. Sousa
. Sebastião B. Sousa, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Nabor Sousa de Azevedo.
FAMÍLIA BATISTA
. Crispim R. Batista, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Nabor Sousa de Azevedo.

CARIPETUBA/XINGU/PARAMAJÓ
Os B. de Moraes
. Raimundo B. de Moraes, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.
CARIPETUBA/XINGU/PARAMAJÓ
FAMÍLIA BAÍA
Os Baía
. Anísio Baía, citado em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através da professora Dalica Paixão.
FAMÍLIAS BAÍA
Os Baía Cordeiro
. João Bahia Cordeiro, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.

Os Baía de Moraes
. Raimundo Bahia de Moraes, citada em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Rosendo Maués.
Os Ferreira Baía
. Antonio Ferreira Baía, citado em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.
. Manoel Ferreira Bahiaa, citado em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.

FAMILIA BARROS
. Auquiteclino Barros, citado em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Antonio de Freitas Benjó.
FAMÍLIA BELO
. Edir Belo, citado em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.

FAMÍLIA BENJÓ
Os Benjó
. Antonio Benjó, citado em 1944 como contribuinte e auxiliar da diretoria e 1946, 1947 como contribuinte e juiz da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Antonio de Freitas Benjó. . Elza Benjó, citado em 1950, 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Nabor de Sousa Azevedo.
. Emília Benjó, citado em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Antonio de Freitas Benjó.
. Joãozinho Benjó, citado em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Antonio de Freitas Benjó.
. Milton Benjó, citado em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Antonio de Freitas Benjó.
Os de Freitas Benjó
. Antonio de Freitas Benjó, citado em 1944, 1946 como contribuinte e auxiliar da diretoria da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba na distribuição de cartas, convites, programas e na arrecadação de donativos e contribuições nas localidades rios Caripetuba, Xingu e Paramajó.
FAMÍLIA BICHO
Os Bicho de Moraes
. Raimundo Bicho de Moraes, citado em 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.

CARIPETUBA/XINGU/PARAMAJÓ
FAMÍLIA BRABO
Os Brabo
. Manoel Brabo, contribuinte em 1941, 1946, 1947 e citado em 1953 como contribuinte e responsável nas localidades rio Xingu, Caripetuba e Paramajó da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. . Maria do Carmo Brabo, citada em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Emercindo Maués.
. Raildo Brabo, citado em 2013, casado com Anette Brabo . Raimunda Brabo, citada em 1944.
. Roseane Brabo, citada em 2014
Os Gonçalves Brabo
• Nadir Gonçalves Brabo, origem na localidade Rio Caripetuba, citado em 1944.
Os R. Brabo
. Marina R. Brabo, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição através de Emercindo Maués.
Os Sarges Brabo
• Jurandir Sarges Brabo, origem na localidade Rio Caripetuba, citado em 1944.

COSTA MARATAUÍRA
FAMÍLIA BACABA
• Elpídio Bacaba, dono do Engenho Santo Antonio na Costa Maratauhyra.

CUITININGA/SAMAÚMA/TUCUMANDUBA/CAMARÃOQUARA/VILHENA
FAMÍLIA BENEDITA
. Maria Benedita, citada em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Amanajás Rodrigues.
FAMÍLIA BENTES
Os Bentes
. Miguel Bentes, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Amanajás Rodrigues.
Os Silva Bentes
. Miguel Silva Bentes, citado em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Amanajás Rodrigues.
FAMÍLIA BITENCOURT
Os Bitencourt
. Sebastião Bittencourt, citado em 1946, 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Amanajás Rodrigues.
Os F. Bitencourt
. Raimundo F. Bittencourt, citado em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Amanajás Rodrigues.
Os S. Bitencourt
. R. S. Bitencourt, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Amanajás Rodrigues.
Os Silva Bitencourt . Vitalina da Silva Bittencourt, citado em 1946, 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Amanajás Rodrigues.

FURO GRANDE/TUCUMANDUBA/BACURI/BIRIBATUBA/PAI PEDRO/COSTA MARATAUÍRA
FAMÍLIAS B
Os Pinheiro B
. 4 Irmãos Pinheiro B, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição através de Horácio Maués Cardoso.
Os B. da Costa
. Malaquias B. da Costa, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os B. Ferreira
. Inézia B. Ferreira, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os B. Macena
. Malaquias B. Macena, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os B. Maués
. Olímpio B. Maués, casado, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os B. da S. Ribeiro
. Francisca B. da S. Ribeiro, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso
FURO GRANDE/TUCUMANDUBA/BACURI/BIRIBATUBA/PAI PEDRO/COSTA MARATAUÍRA
FAMÍLIA BAÍA
Os Baía
. Eulália Baía, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
. Maria José Bahia, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FURO GRANDE/TUCUMANDUBA/BACURI/BIRIBATUBA/PAI PEDRO/COSTA MARATAUÍRA
Os Feio Baía
. Claudionor Feio Baía, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os Gonçalves Baía
. Raimundo Gonçalves Baía, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os Maués Baia
. Eulália Maués Baía, citada em 1941, 1942, 1946, 1950 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FAMÍLIA BARATA
. Raimunda Barata, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FAMÍLIA BARROS
. João Barros, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os S. Barbosa
. Ubasldina S. Barbosa, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FAMÍLIA BASTOS
Os Bastos
. Antonio Bastos, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.

FURO GRANDE/TUCUMANDUBA/BACURI/BIRIBATUBA/PAI PEDRO/COSTA MARATAUÍRA
FAMÍLIA BATISTA
Os Batista
. Almeirndo Batista, casado, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
. Hipólito Batista, citada em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
. Mirico Batista, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
. Nenê Batista, citada em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os Batista Duarte
. Raimundo Batista Duarte, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio maués Cardoso.
Os Batista Pantoja
João Batista Pantoja, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.

FURO GRANDE/TUCUMANDUBA/BACURI/BIRIBATUBA/COSTA MARATAUÍRA
Costa Maratauíra
Os Batista Neri
Anna Porphiria Batista Nery
Vínculos dos Nery da Costa com os Batista
. Felippe Nery da Costa, c/c Thereza de Jesus Nery e com filhos: Emygdio Nery da Costa e outros.
. Filhos de Felipe Nery da Costa:
. Emygdio Nery da Costa, faleceu em 27/5/1915, conforme Certidão de Óbito datada de 30/8/1977, assinada pela tabeliã Alverina Rodrigues, de Emygdio Nery da Costa, falecido às 21:00hs, no distrito de Abaetetuba – Costa Maratauíra, aos 73 anos de idade, viúvo de Anna Porphiria Baptista Nery, filho de Felippe Nery da Costa e Thereza de Jesus Nery, sendo declarante Adolpho Eugênio Nery, lv. C-18, fls. 55 e vº, nº 144.
Citações históricas:
O filho de Emygdio Nery, de nome Felippe, ao fazer um determinado serviço na casa “Cruz & Silva”, acende um fósforo e joga o palito por cima do balcão. O palito cai justamente num barril de pólvora, o que ocasiona explosão e incêndio no comércio, ficando Felippe preso, junto com mais três pessoas. Quando veio o socorro os moços se jogam no rio. Felippe não resiste às queimaduras e morre. O prejuízo foi mais de três contos de réis.
Citações em documentos de 1915
“Felippe Baptista Nery ou Felippe Nery da Costa Neto, 1915”.
“Anna Phorpiria Baptista Nery, 1915”.
3ª G, filhos de Emygdio Nery da Costa com Anna Porphiria Baptista Nery
Dr. Nery (Dr. João Nery da Costa, advogado) , Felippe e Adolpho Eugênio Nery.
Dr. João Nery da Costa. O Dr. Nery, segundo o idoso casal Egýdio e Olinda Gonçalves, era advogado, sendo a origem de sua família no Rio Itacuruçá.
Felippe Neto (Felippe Baptista Nery). Felippe Baptista Nery ou Felippe Nery da Costa Neto, é citado em documento de 1915.
Adolpho Eugênio Nery.
Vínculos da Família Nery da Costa com a Família Barbosa
Marcília Sardinha Barbosa
Sabino Felipe de Carvalho, casou com Marcília Sardinha Barbosa e tiveram os seguintes filhos: Raimundo Fraklim de Carvalho, Papoula, Faustino, Caridade e Maria.
Sabino era filho bastardo de Emygdio Nery da Costa. Outros irmãos de Sabino: Pampoula, Faustino, Caridade e Maria.
Maria: casou com Manoel Ribeiro e não deixaram filhos.
Segundo o casal Egídio e Olinda Gonçalves, Emygdio teve a sua origem no Rio Itacuruçá.
FAMÍLIA BECHIR
. José Bechir, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FURO GRANDE/TUCUMANDUBA/BACURI/BIRIBATUBA/PAI PEDRO/COSTA MARATAUÍRA
FAMÍLIA BELO
Os P. Belo
. Cirênio P. Belo, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FAMÍLIA BORGES
Os Borges Ribeiro
. Francisca Borges Ribeiro, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
. Francisco Borges Ribeiro, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FAMÍLIA BOTELHO
. Miguel Botelho, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FAMÍLIA BRABO
Os Brabo
. Alzira Brabo, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba. . Elias Brabo, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Costa Brabo
. João da Costa Brabo, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os O. Brabo
. Elias O. Brabo, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Ferreira.
Os Oliveira Brabo
. Elias Oliveira Brabo, citado em 1946, 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os Romana Brabo
. Maria Romana Brabo, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
. Manoel da Silva Brabo, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FURO GRANDE/TUCUMANDUBA/BACURI/BIRIBATUBA/PAI PEDRO/COSTA MARATAUÍRA
FAMÍLIA BRAGA
Os Braga
. Justiniano Braga, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os C. Braga
. Militão da C. Braga, citado em 1946, 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Ferreira.
Os Costa Braga
. Militão da Costa Braga, citado em 1950, 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
Os M. Braga
. João M. Braga, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FURO GRANDE/TUCUMANDUBA/BACURI/BIRIBATUBA/PAI PEDRO/COSTA MARATAUÍRA
FAMÍLIA BRASIL
Os Brasil Ferreira
. Arino Brasil Ferreira, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
. Ubasldina S. Barbosa, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FAMÍLIA BRANCO
. Oscar Castelo Branco, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FAMÍLIA BRÍCIO
. João Brício de Castro, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.
FAMÍLIA BRITO
. Maria de Nazaré Brito, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Horácio Maués Cardoso.

GUAJARÁ DE BEJA
FAMÍLIAS B
Os Sarges B
. Maria de Sarges B, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.
GUAJARÁ DE BEJA
FAMÍLIA BAÍA
Os Baía
. Terezinha Baía, citada em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.
GUAJARÁ DE BEJA
Os C. Baía
. Bernardino C. Baía, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Carmosina Jaques Pinheiro.
. Manoel da C. Baía, citado em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Carmosina Jaques Pinheiro.
GUAJARÁ DE BEJA
FAMÍLIA BAÍA
Os L. Baía
. Maria de L. Baía, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.
Os Pereira Baía
. Euclides Pereira Baía, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.
GUAJARÁ DE BEJA
Os O. Baía
. Francisco O. Baía, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.
Os P. Baía
. Rosa P. Baía, citada em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Carmosina Jaques Pinheiro.
Os Rodrigues Baía
. Manoel dos Santos Rodrigues Baía, citado em 1942 como contribuinte e juiz da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.
FAMÍLIA BATISTA
. João Ribeiro Batista, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de João Alkbino Gomes.
GUAJARÁ DE BEJA
FAMÍLIA BELÉM
Os C. Belém
. Paulo de C. Belém, citada em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Carmosina Jaques Pinheiro.
Os L. Belém
. Maria de L. Belém, citada em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.
GUAJARÁ DE BEJA
Os O. Belo
. Silvéria R. de O. Belo, citada em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.
Os R. de O. Belo
. Silvéria R. de O. Belo, citada em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de João Albino Gomes.
GUAJARÁ DE BEJA
FAMÍLIA BRITO
Os F. Brito
. Manoel F. Brito, citada em 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Carmosina Jaques Pinheiro.

ITACURUÇÁ/PANEMA/ARAPAPU
FAMÍLIA BAIÃO
Os Baião
. Bebé Baião, citado na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ITACURUÇÁ/PANEMA/ARAPAPU
FAMÍLIA BARÃO
. Mariano Barão, citado na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Nazi Barão, citada na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição.
FAMÍLIA BARRÃO
. Cipriano Barrão, citado na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ITACURUÇÁ/PANEMA/ARAPAPU
FAMÍLIA BARROS
Os Barros
. Francisco Barros, citado na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ITACURUÇÁ/PANEMA/ARAPAPU
Os Rodrigues Barros
. Francisco Rodrigues Barros, citado na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ITACURUÇÁ/PANEMA/ARAPAPU
FAMÍLIA BATISTA
Os Batista
. João Batista, citado em 1946 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Teobaldo Góes.
. José Batista, citado na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ITACURUÇÁ/PANEMA/ARAPAPU
FAMÍLIA BOTELHO
Os Botelho
. Maria Gertrudes Botelho, citada na localidade Rio Itacuruçá em 1961 na festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ITACURUÇÁ/PANEMA/ARAPAPU
FAMÍLIA BRANDÃO
Os Brandão
. Francisco Brandão, citado na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
ITACURUÇÁ/PANEMA/ARAPAPU
FAMÍLIA BRITO
Os Ferreira de Brito
. Sebastião Ferreira de Brito, citado na localidade Rio Itacuruçá em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

JARUMÃ/TAUERÁ DE BEJA/TAUERAZINHO
FAMÍLIA BAÍA
Os Baía
• Venâncio Bahia, comerciante no Rio Tauerá de Beja em 1922. Os Pureza Baía . Manoel Pureza Bahia, citado em 1942, 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Teodoro dos Santos.
JARUMÂ/TAUERÁ DE BEJA/TAUERAZINHO
FAMÍLIA BATISTA
Ana Batista
3ª geração, filhos de Ramiro Pereira de Araujo com Ana Batista:
Roque Muniz de Araújo. Na família de Roque Muniz de Araújo, despontou seu filho Denizar (4ª geração). Denizar, numa festa no interior do município, na localidade de seus avós: Valério e Ana Batista.
JARUMÃ/TAUERÁ DE BEJA/TAUERAZINHO
FAMÍLIA BELO
Os F. Belo
. Cipriano F. Belo, citado em 1953 como contribuinte e auxiliar da diretoria da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba nas localidades rios Tauerá e Tauerázinho.
JARUMÃ/TAUERÁ DE BEJA/TAUERÁZINHO
FAMÍLIA BRABO
Os S. Brabo
. José da S. Brabo, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Sisínia Silva, esta da localidade Jarumã.
FAMÍLIA BAÍA
Os Baía da Silva
. Narzila Bahia da Silva, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Nabor Sousa de Azevedo.
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
FAMÍLIAS B
Os B
. Raimundo B., citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
Os B. Correa
. Maria José B. Correa, citada em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
Os B. Dias
. Antonia B. Dias, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Ana Ferreira Dias.
Os B. Filho
. Raimundo B. Filho, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
Os B. Patrocínio
. Sebastião B. Patrocínio, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
Os B. Rodrigues
. Arquimedes B. Rodrigues, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
. Benedito B. Rodrigues, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
. Raimundo B. Rodrigues, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
Os B. Soares
. Virgínio B. Soares, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Ana Ferreira Dias.
FAMÍLIA BACELAR
. Luiz Bacelar, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
FAMÍLIA BAÍA
Os Baía
. Francisco Bahia, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Samuel Ferreira e outros.
Os Baía Soares
. Miguel Bahia Soares, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Ana Ferreira Dias.
Os Carvalho Baía
. Maria do Socorro Carvalho Baía, citada na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Gonçalves Baía
. Raimundo Gonçalves Bahia, citada na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Maués Baía
. Eulália Maués Bahia, citada em 1940 na localidade Rio Maracapucu como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba e em 1961 na mesma festa
. Jaime Maués Bahia, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Lucídio Maués Bahia, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Raimundo Maués Bahia, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os R. Baía
• Sebastião R. Baía, nascido em 7/4/1889 e falecido em 12/3/1999.
Os Soares Baía
. Miguel Soares Bahia, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Virgínia Soares Baia, citada em 1942, 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Ana Dias Ferreira..
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
FAMÍLIA BAIÃO
Os Baião
. Joaquim Cláudio Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Andrasde Baião
. Manoel Neves Andrade Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Bendelaque Baião
. Manoel Bendelaque Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Conte Baião
. Antonio Conte Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Correa Baião
. Eduardo Correa Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Favacho Baião
. Emiliano Gomes Favacho Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Gonçalves Neves Baião
. Otacílio Gonçalves Neves Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. Os Oliveira Baião
. João Fernandes de Oliviera Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Paixão Baião
. José Carlos da Paixão Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Pompeu Baião
. Jolfino Pompeu Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Rodrigues Vieira Baião
. Elpídio Rodrigues Vieira Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Rodrigues Baião
. Lourival Rodrigues Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Romão Vieira Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Vieira Baião
. Benjamim Domingos Vieira Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Elpídio Rodrigues Vieira Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Romão Vieira Baião, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
MARACAPUCU/BAIXO PARURU
FAMÍLIA BALIEIRA
Os Sousa Balieira
. Manoel Sousa Balieira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Raimundo Sousa Balieira, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
FAMÍLIA BARARUÁ
Os Bararuá
• Lauro Bararuá, origem na localidade Baixo Maracapucu, citado em 1944.
. Maria Bararuá, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
. Raimunda Bararuá Rodrigues, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
. Raimundo Bararuá . Raimundo Bararuá Filho, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias..
Os Bararuá Farias
. Raimundo Bararuá Farias, citada em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
Os Bararuá Macedo
. Domingos Bararuá Macedo, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
. Mariana Barauá Macedo, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
Os Bararuá Rodrigues
. Verdil Bararuá Rodrigues, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
Os Cardoso Bararuá
. Sebastiana Maria Cardoso Bararuá, citada na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
FAMÍLIA BARRETO
Os Barreto
. Ernandina Barreto, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
. Manoel Barreto, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Ozírio Barreto, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba
. Raimunda Barreto, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Samuel Ferreira e outros.
Os Barreto Silva
. Ernandina Barreto Silva, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
Os Paes Barreto
. Maria José Paes Barreto, citada na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Silva Barreto
• Joana Silva Barreto, origem na localidade Baixo Maracapucu, citada em 1944.
FAMÍLIA BARROS
Os Barros Silva
. Raimundo Barros Silva, citada em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
FAMÍLIA BATISTA
. Maria Benedita Dias Batista, citada na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Agenor Rodrigues Batista, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
FAMÍLIA BELO
. Maria Rosado Belo, citada em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Ana Dias Ferreira.
FAMÍLIA BENJÓ
Os Benjó
. Antonio Benjó, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
FAMÍLIA BITENCOURT
Os André Bitencourt
• Rosinete André Bitencourt, origem na localidade Baixo Matracapucu, citada em 1944.
Os Bitencourt Farias
. Odete Bittencourt Farias, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
Os Bitencourt Lima
. Odete Bittencourt Lima, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
Os Rodrigues Bitencourt
. Brasil Rodrigues Bittencourt, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
FAMÍLIA BOTELHO
Os Botelho Ferreira
. Maria Botelho Ferreira, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
. Miquelina Ferreira Botelho, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
FAMÍLIA BRAGA
Os Braga
. Militão Braga, citado na localidade Rio Maracapucu em 1940, 1941 e 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
Os Carneiro Braga
. Raimundo de Jesus Carneiro Braga, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
FAMÍLIA BRANDÃO
Os Brandão
. João Cassiano Brandão, origem na localidade Rio Maracapucu, citado em 1961 como colaborador da festa de N. S. da Conceição.
. Tenório Brandão, origem na localidade Rio Maracapucu, citado em 1961 como colaborador da festa de N. S. da Conceição.
MARACAPUCU/MARACAPUCU-MIRI
FAMÍLIA BRITO
Os Brito
. Basílio Brito, citado na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Maués Brito . Eunice Maués Brito, citada em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de José Farias.
Postas de Pirarucu
MAÚBA
FAMÍLIA BRABO
Os Brabo
. Alexandrina Brabo, citada em 1950, 1953 como contribuinte da festa de N; S. da Conceição em Abaetetuba através de Rosendo Maués.
. Isaías Brabo, citada em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Rosendo Maués.
. Tomaz R. Brabo, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Rosendo Maués.
FAMÍLIA BRASIL
Os Brasil Ferreira . Urbano Brasil Ferreira, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Rosendo Maués

PIQUIARANA/ITANIMBUCA/ACARAJÓ/FURO DO LIMÃO
OS B
• Raimundo B. Carvalho, citado em 1951 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. através de Firmo Roberto Maués.
Os B. Monteiro
. Agostinho B. Monteiro, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.
Os B. dos Santos Quaresma
. Francisco B. dos Santos Quaresma, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.
Os B. Vilhena
. Geraldo B. Vilhena, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.
FAMÍLIA BAÍA
. Valdomiro Baía, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.
FAMÍLIA BARRETO
Os Barreto
. Noberto Barreto, citado em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
PIQUIARANA/ITANIMBUCA/ACARAJÓ/FURO DO LIMÃO
FAMÍLIA BASTOS
Os Bastos
. Antonio Bastos, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Maués.
. Nestor Bastos, citado na localidade Rio Piquiarana em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Joaquim Bastos, citado na localidade Rio Piquiarana em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Fonseca Bastos
. José Fonseca Bastos, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.
Os P. Bastos
. Jaime P. Bastos, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Maués.

Os Ramos Pinheiro Bastos
. Gildo Ramos Pinheiro Bastos, citado na localidade Rio Piquiarana em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Pinheiro Bastos
. Gildo Ramos Pinheiro Bastos, citado na localidade Rio Piquiarana em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
PIQUIARANA/ITANIMBUCA/ACARAJÓ/FURO DO LIMÃO
FAMÍLIA BATISTA
Os Batista
. João Batista, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Dulcinda Carvalho.
Os Conceição Batista
. Manoel Conceição Batista, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.
Os Batista da Costa Maués
. Rosa Batista da Costa Maués, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.
Os S. Batista
. Alice de S. Batista, citada em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués e Francisco Nobre.
PIQUIARANA/ITANIMBUCA/ACARAJÓ/FURO DO LIMÃO
Os Torres Batista
. Francisca Torres Batista, citada em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués e Francisco Nobre. PIQUIARANA/ITANIMBUCA/ACARAJÓ/FURO DO LIMÃO
FAMÍLIA BENÍCIO
Os Benício
. Manoel Benício, citado em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués e Francisco Nobre.
. Manoel Raymundo Benício, citado em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Maués.
PIQUIARANA/ITANIMBUCA/ACARAJÓ/FURO DO LIMÃO
FAMÍLIA BITENCOURT
Os Bitencourt
. Flosina Bitencourt, citada em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués e Francisco Nobre.
. Honorato Bitencourt, citada em 1941 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués e Francisco Nobre.
. João Bittencourt, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.
PIQUIARANA/ITANIMBUCA/ACARAJÓ/FURO DO LIMÃO
Os Moraes Bitencourt
• João de Moraes Bittencourt, dono do engenho Carapajó no rio Carapajó, que foi um dos primeiros da cidade de Abaeté.
FAMÍLIA BORGES
. Joca Borges, citado em 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.
Os Borges Quaresma
• Francisco Borges Quaresma, citado em 1951 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba. através de Firmo Roberto Maués.
Os S. Brasil
. Urbano S. Brasil, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Rosendo Maués.
FAMÍLIA BOTELHO
Os Sousa Botelho
. Izabel de Souza Botelho, citado em 1950, 1951 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués.
FAMÍLIA BRONZE
. Miquelina da Silva Bronze, citada em 1941 na localidade Rio Piquiarana como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Roberto Maués e Francisco Nobre.
. Raymunda da Silva Bronze, citada em 1940 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba através de Firmo Maués.

QUIANDUBA/NARIANDUBA
Rio Quianduba
Rio largo, que possui aproximadamente 3.500 metros de extensão e está a 40 minutos de Abaetetuba e cuja população estimada é de aproximadamente 5.000 habitantes distribuídos em mais de 600 famílias. Abriga a Comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e uma Delegacia Sindical do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Abaetetuba.
Educação no Rio Quianduba:
Na localidade Quianduba existe a Escola Municipal Dionísio Hage, que também funciona como Escola Anexa da Escola Estadual Basílio de Carvalho, com o ensino dos cursos Fundamental e Médio nessa localidade.
Atualmente o cultivo do açaí está se tornando o maior gerador de renda no Quianduba.
QUIANDUBA/NARIANDUBA
FAMÍLIAS B
Os C. B
. Raimunda C. B, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Egídio Pacheco e João Manuel da Silva.
QUIANDUBA/NARIANDUBA
FAMÍLIA BARARUÁ
Os Bararuá
. Laura Bararuá, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Egídio da Silva Pacheco.
QUIANDUBA/NARIANDUBA
. Lauro Bararuá, citado em 1946, 1950, 1953, 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Egídio Pacheco e João Manuel da Silva.
QUIANDUBA/NARIANDUBA
FAMÍLIA BARRETO
Os Barreto e as outras famílias
Os Barreto Rodrigues
. Manoel Barreto Rodrigues, citado em 1961 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
As outras famílias e os Barreto
Os Rodrigues Barreto
. Antonio Rodrigues Barreto, citado em 1961 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba.
FAMÍLIA BATISTA
Os Batista da Costa
Felipe Batista da Costa
Em 1922 Felippe Baptista da Costa era comerciante no Rio Urubuéua. Segundo um documento de 1938, Felippe era Fiscal no Rio Urubuéua, na gestão do Coronel Aristides.
QUIANDUBA/NARIANDUBA
FAMÍLIA BENTES
Os Bentes da Costa
. Benedita Bentes da Costa, citada em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Egídio da Silva Pacheco.
Os Bentes Rodrigues
. Ivo Bentes Rodrigues, citada em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Egídio da Silva Pacheco.
. Manoel Bentes Rodrigues, citado em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Egídio da Silva Pacheco.
. Maria Bentes Rodrigues, citada em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Egídio da Silva Pacheco.
. Oscarina Bentes Rodrigues, citada em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Egídio da Silva Pacheco.
QUIANDUBA/NARIANDUBA
FAMÍLIA BRAGA
Os C. Braga
. José C. Braga, citado em 1944 como contribuinte da festa de N.S. da Conceição em Abaetetuba
Os Braga Rodrigues
. Etelvina Braga Rodrigues, citada em 1942, 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Egídio da Silva Pacheco.
FAMÍLIA BRASILEIRO
Os Brasileiro Rodrigues
. Pedro Brasileiro Rodrigues, citado em 1942, 1950, 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Egídio da Silva Pacheco.

SAPOCAJUBA/ANEQUARA/URUCURI
Comunidade Menino Deus, Rio Urucuri.
Igarapé São José:
Comunidade São José.
FAMÍLIAS B
Os B. da Costa
. João B. da Costa, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Belino Pinheiro.
Os B. Farias
. Carmosina B. Farias, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Belino Pinheiro.
Os B. dos Passos
. Benedito B. dos Passos, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Belino Pinheiro.
SAPOCAJUBA/ASNEQUARA/URUCURI
. João Barbosa Ferreira, citado na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
FAMÍLIA BARROS
. Teófilo Barros, citado na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
SAPOCAJUBA/ANEQUARA/URUCURI
FAMÍLIA BASTOS
Os Bastos
. Olímpio Bastos, citado na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
FAMÍLIA BATALHA
Os Batalha
. Feliciano Batalha, citado na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os M. Batalha
. Maria do R. M. Batalha, citada na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os R. M. Batalha
. Maria do R. M. Batalha, citada na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
FAMÍLIA BATISTA
Os Batista
. João Batista, citada em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Belino Pinheiro.
. Marcos Batista, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Belino Pinheiro.
Família Batista da Costa
. Manoel Baptista da Costa
Era Fiscal no Rio Sapocajuba no Governo do Coronel Aristides.
Os Batista Silva Castilho
. Maria Batista Silva Castilho, citada em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Nabor Sousa de Azevedo.
Os Pantoja Batista
. Raimunda Pantoja Batista, citada em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Belino Pinheiro.
SAPOCAJUBA
SAPOCAJUBA/ANEQUARA/URUCURI
. Engenhos no Rio Sapocajuba:
. Engenho SÃO RAIMUNDO, de Raimundo da Silva Correa.

FAMÍLIA COSTA
Os Baptista da Costa
. MANOEL BAPTISTA DA COSTA, era Fiscal no Rio Sapocajuba no Governo do Coronel Aristides.

FAMÍLIA BRAGA
. Estacina Braga Rodrigues, citada em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Egídio da Silva Pacheco.
FAMÍLIA BRASIL
Os Brasil Martins
. Maria Brasil Martins, citada em 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Belino Pinheiro.
FAMÍLIA BRITO
Os G. Brito
. Onildo G. Brito, citado na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Gonçalves de Brito
. Ozias Gonçalves de Brito, citado na localidade Rio Sapocajuba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

TUCUMANDUBA/BAIXO PARURU
FAMÍLIAS B
Os Marques B
. Eufrásio Marques B., citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emília Maués Pinheiro e Maria Loureiro Maués.
FAMÍLIA BAIÃO
Os Paixão Baíão
. Carlos José da Paixão Baião, citado na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
TUCUMANDUBA/BAIXO PARURU FAMÍLIA BAILÃO
Os Bailão
. José Bailão, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emília Maués Pinheiro
. Maria Bailão, citada em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emília Maués Pinheiro.
Os Bailão da Costa
. Maria da Consolação Bailão da Costa, casada com João Batista Ferreira da Costa e com filhos: Regina Lúcia Bailão da Costa e outros em pesquisa.
. Maria Santana Bailão, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emília Maués Pinheiro e Maria Loureiro Maués.
. Regina Lúcia Bailão da Costa, casada com Rosinaldo Silva da Silva e Regina Lúcia é filha de Maria da Consolação Bailão da Costa e João Batista Ferreira da Costa.
Os C. Bailão
. Orlamina C. Bailão, citada em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Loureiro Maués.
Os da Conceição Bailão
. Orlandina da Conceição Bailão, citado na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os E. S. Bailão
. Domingos de Jesus E.S. Bailão, citado na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os M. Bailão
. Agostinha M. Bailão, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emília Maués Pinheiro e Maria Loureiro Maués.
. Agostinho M. Bailão, citado em 1953 na localidade Rio Tucumanduba como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Loureiro Maués.
. Eufrásio M. Bailão, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Loureiro Maués, esta da localidade Rio Tucumanduba.
. Francisco M. Bailão, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Loureiro Maués.
. Lourival M. Bailão, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Loureiro Maués.
. Lúcia M. Bailão, citado em 1950, 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Loureiro Maués.
Os Marques Bailão
. Agostinho Marques Bailão, citado na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Eufrásia Marques Bailão, citado na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Francisca Marques Bailão, citada na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Francisco Marques Bailão, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emília Maués Pinheiro.
. Helena Marques Bailão, citada em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emília Maués Pinheiro.
. Lúcia Marques Bailão, citado na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Santana Bailão
. Maria Santana Bailão, citada em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Emília Maués Pinheiro.
TUCUMANDUBA/BAIXO PARURU
FAMÍLIA BARARUÁ
. Helena B. Bararuá, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Loureiro Maués, esta da localidade Rio Tucumanduba.
Os Bararuá Negrã
. Maria Bararuá Negrão, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Manoel Francisco Lobato.
FAMÍLIA BARRA
Os Maués Barra . Hildebrandina Maués Barra, citada na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
TUCUMANDUBA
FAMÍLIA BENTES Os Bentes . Antonio Bentes, citado na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
TUCUMANDUBA/BAIXO PARURU
FAMÍLIA BRABO
Os C. Brabo
. Antonio da C. Brabo, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Loureiro Maués.
. Raimundo C. Brabo, citado em 1953 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Maria Loureiro Maués.
Os Cunha Brabo
. Antonio da Cunha Brabo, citado na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Raimundo Cunha Brabo, citado na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Carneiro Braga
. Antonio do E. S. Carneiro Braga, citado na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
. Esmeralda Carneiro Braga, citada na localidade Rio Maracapucu em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
TUCUMANDUBA
FAMÍLIA BRAZ
. Manoel Braz, citado na localidade Rio Tucumanduba em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.

URUBUÉUA/PRATA/DOCE
. Rio da Prata:
Possui mais de 200 famílias de moradores e abriga uma secretaria da Colônia de Pescadores Z-14 e uma Delegacia Sindical do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Abaetetuba.
Localidade onde existiam importantes casas de comércio, conforme atestam documentos de 1922.
Rio Doce
Abriga a Comunidade São João Batista e desenvolve atividade de pesca, inclusive a pesca de camarão com matapi.
URUBUÉUA/PRATA/DOCE
FAMÍLIAS B
Os B. Benjó
. João B. Benjó, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os B. da Costa
. Augusta B. da Costa, citada em 1946, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
. Augusto B. da Costa, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
. Francisco B. da Costa, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
. Nelson B. da Costa, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os B. Martins
. Manoel B. Martins, citado em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Augusto Feliciano da Silva.
Os B. Pinto
. Amado B. Pinto, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os B. Reis
Oladir B. dos Santos, citada em 1942 como contribuinte e juíza da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os B. Sena
. Aldemira B. Sena, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os B. Silva
. Esmelita B. Silva, citada em 1942,1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
. Eurico B. Silva, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os B. da Silva
. Esmelita B. da Silva, citada em 1942, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
. Evandro B. da Silva, citado em 1946, 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
URUBUÉUA/PRATA/DOCE
FAMÍLIA BARRA
. Odílio Barra, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
FAMÍLIA BARROS
Os Barros
. Antenor Barros, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os Barros dos Passos
. Arquitechino Barros dos Passos, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os C. Barros
. Raimundo C. Barros, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os Cardoso Barros
. Raimundo Cardoso Barros, citado em 1946 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os C. P. Barros
. Benedita do C. P. Barros, citada na localidade Rio Urubueua em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
URUBUÉUA/PRATA/DOCE
Os Pantoja Barros
. Cleonildes Pantoja Barros, citada na localidade Rio Urubueua em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
Os Sena Barros
. Nicanior de Sena Barros, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
URUBUÉUA/PRATA/DOCE
FAMÍLIA BATISTA
Os Batista
. Felipe. Batista, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os Batista da Costa
Felipe Batista da Costa
Em 1922 Felippe Baptista da Costa era comerciante no Rio Urubuéua. Segundo um documento de 1938, Felippe era Fiscal no Rio Urubuéua, na gestão do Coronel Aristides.
Os Batista Silva
. Evandro Batista Silva, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma..
Os Batista da Silva
. Esmelita Batista da Silva, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma. Família
Os Nery Batista
• Esmerino Nery Batista
• Esmerino Nery Batista Filho, professor, político.
. Manoel Nery Batista
• Maria Nery Batista, origem na localidade Rio Urubuéua, citada em 1944.
Os Torres Batista
. Esmerino Torres Batista, citado em 1942, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
. Luiza Torres Batista, citada em 1942, 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
URUBUÉUA/PRATA/DOCE
FAMÍLIA BENJÓ
Os B. Benjó
. João B. Benjó, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os F. Benjó
Esmerino F. Benjó, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
Os Sousa Benjó
. Joana de Sousa Benjó, citada em 1942 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Augusto Feliciano da Silva.
URUBUÉUA/PRATA/DOCE FAMÍLIA BICHO
Os Bicho da Costa
. Nelson Bicho da Costa, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
FAMÍLIA BITENCOURT
Os Ferreira Bitencourt
. Raimundo Ferreira Bittencourt, citado na localidade Rio Urubueua em 1961 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba.
FAMÍLIA BRABO
. Loló Brabo, citado em 1947 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Benjamim Quaresma.
FAMÍLIA BITENCOURT
Os Bitencourt
• Henrique Bitencourt, dono do engenho Santo Antonio, Rio Vilhena, início do século 20 e com Engenho Nazaré, no Rio Domingos em Igarapé-Miry, que foi repassado para a firma Viúva Bitencourt e Cia, fabricante de cachaça, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Plácido Justo da Silva.
. Sebastião Bittencourt, citado em 1947, 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Plácido Justo da Silva.
. Totônio Bittencourt, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Plácido Justo da Silva.
Os Quaresma Bitencourt
. Antonica Quaresma Bittencourt, citada em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Plácido Justo da Silva.
Os Silva Bitencourt
• Henrique da Silva Bitencourt, morador na cidade de Abaeté/Pa e com comércio no Rio Vilhena, que assumiu o passivo da firma Silva e Mendes, com commércio no Rio Vilhena, em 1922.
FAMÍLIA BORGES
. Manoel Borges, citado em 1950 como contribuinte da festa de N. S. da Conceição em Abaetetuba através de Plácido Justo da Silva.

VILA DE BEJA
FAMÍLIA BAÍA
Os Cruz Baia
Maria da Cruz Baía
Maria da Cruz Baía, junto com Agostinho Pimentel Coutinho, irmão do Capitão Orêncio Pereira Coutinho, aparecem no início do Século XX, na Vila da Beja, como padrinhos de Oziel Pimentel Coutinho, batizado pelo Padre Pimentel.
FAMÍLIA BRASIL
Os Brazil
• Maria Brazil, com mercearia na Povoação de Beja e comércio no Rio Guajará de Beja em 1931.
VILA DE BEJA
FAMÍLIA BRITES
Os Brites
• Mariana Brites, mulata marajoara que casa-se com o bejaense André Soares Muniz nos anos de 1770.
Prof. Ademir Rocha, de Abaetetuba/Pa, em 23/12/2010.
Postado por BLOG DO ADEMIR ROCHA às 18:54

Reações:
Enviar por e-mail BlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no Facebook
Compartilhar com o Pinterest Marcadores: genealogia
5 comentários:
CARLOS AMÉRICO NERI
de janeiro de 2011 08:14
Olá Prof. Ademir, boa tarde!!! Meu nome é Carlos Américo Neri Serra, natural de Fortaleza - CE e estou tentado montar a árvore genealógica da família (NERY ou NERI) de minha mãe MARIA ANTONIZA NERI SERRA, FILHA DE ANTONIO DA COSTA NERI (nascido em Pernambuco)E ISABEL DOS SANTOS NERI, se não me engano o nome de meu bisavô por parte de mãe é VICENTE DA COSTA NERI (ou NERY). Tenho quase certeza que meu bisavô tem alguma ligação de parentesco com o Sr. Antonio da Costa Neri ou Antonio Nery - Major de Fragata da Marinha brasileira(ele estava lotado em Pernambuco), casado com a Sra Ana Neri (Heroína Brasileira da Guerra do Paraguai)
Gostaria de saber se o senhor tem, ou sabe onde posso encontrar, informções o local de nascimento do Sr Emygdio Nery da Costa e de seu pai Felippe Nery da Costa. Se nasceram nesse Estado ou são originários de algum Estado do Nordeste ou desembarcaram por estas paragens oriundos da Europa (Itália) Se puder me ajudar nessa questão agrader-lho-ia imensamente!!! Abraços SAÚDE E PAZ!!!! Carlos Neri Serra (carlosneriserra@hotmail.com

BLOG DO PROF. ADEMIR ROCHA28 de janeiro de 2011 16:13
Caro Carlos Neri Serra, Obrigado pela visita ao blog. Fiz minhas pesquisas em antigos jornais e revistas e documentos aqui de Abaetetuba e o que encontrei foram essas informaçes de Famílias B e Famílias Nery e Nery da Costa (já publicados). Estou pesquisando documentos da era provincial do Pará e tenho encontrado outros Nery da Costa e Nery. Vou tentar localizar essas pesquisas e lhe mandar. sei também que os militares dos tempos provinciais mudavam constantemente de endereço. Aguarde alguma resposta. Abraços do Prof. Ademir Rocha.

tudoaomesmotempoagora19 de maio de 2011 10:39
Caro Sr. Ademir, meu nome é Paulo Barros e ví o nome do meu saudoso pai Alberto de Lima Barros citado na pesquisa. Se eu puder ajudar com alguma informação, estou a disposição. Na verdade, também gostaria de saber mais informações sobre o meu avô, Alvaro Barros. Gostaria de entrar em contato com o senhor. Seria possível o senhor divulgar um e-mail para nos contactarmos?

BLOG DO PROF. ADEMIR ROCHA19 de maio de 2011 18:38
Caro Paulo Barros, Obrigado pela visita ao Blog e pelo interesse nas pesquisas genealógicas. Apanhei o nome de seu pai de uma antiga lista de festa de santo Nossa S. de Nazaré do ano de 1944, onde ele aparece como contribuinte dessa festa da cidade de Abaetetuba e lancei nas Famílias B. Deu resultado, porque a finalidade é essa mesmo: construir a genealogia das famílias que constituíram a população de Abaetetuba desde os seus primeiros anos de existência. Só conseguirei alguns avanços com ajudas como a sua. Junto com o nome de seu pai aparece também o nome de Dulcinéa de Lima Barros, que eu deduzo ser irmã de seu pai. Só tenho essas informações sobre sua família e se vc quiser contribuir para perpetuar no tempo o nome de sua família (pretendo lançar um livro sobre a genealogia de Abaetetuba) pode escrever para os endereços eletrônicos: ademirheleno@yahoo.com.br e ademir-heleno@bol.com.br. Agradeço antecipadamente por essas preciosas informações. Do Ademir Rocha.

ChrisCall@31 de outubro de 2011 06:52
Bom Dia, sou Ana Christina Calliari Bentes, Filha de Leonidia Calliari e Felisberto Campos Bentes, então, gostaria que esclarecesse se entendi direito, sou Neta de Menotti Calliari (Avô Materno), e bisneta de Leticia Carmela Parente e de Julio Ernesto Calliari, (Bisavós Meternos?) Estou certa? Quem foram os pais destes ultimos? As informações que você registra são muito importantes, e devo adicionar que eu era bem ignorante na historia das familias Calliari e Parente, e você acresentou muito aos meus conhecimentos! Aguardo Resposta! Obrigada Ana Christina (christinacalliari@hotmail.com ResponderExcluir Pôr-do-sol Pôr-do-sol Pesquisar este blog

Blog do Ademir Rocha, de Abaetetuba/PA





Prof. Ademir Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário